fbpx
Analisamos os títulos, recordes e carreira de 38 atletas para descobrir quem é o maior e melhor tenista de todos os tempos

Quem é o melhor tenista de todos os tempos? A pergunta é polêmica e, provavelmente, você tem seu preferido.

Betway Brazil Sports Banners

Podemos usar diferentes critérios. O que vale mais: ter mais títulos de Grand Slams ou ter permanecido mais semanas no topo do ranking?

Como considerar o peso dos adversários? Na Fórmula 1, não teriam sido os títulos de Ayrton Senna conquistados em uma era de melhores pilotos do que aqueles que disputaram com Michael Schumacher?

Roger Federer, por exemplo, é contemporâneo de outros grandes tenistas da história do esporte, como Rafael Nadal e Novak Djokovic. Já Serena Williams não teve uma adversária que se destacasse tanto quanto ela. Concorda?

Nós encaramos a missão de apontar uma lista de melhores tenistas de todos os tempos!

Nossa relação conta com homens e mulheres. Não vamos aqui dizer quem é o rei ou rainha do esporte, mas vamos indicar aqueles que têm lugar cativo na história.

Venha com a gente!

Tênis: era amadora x era aberta

Um dos grandes pontos de polêmica sobre quem é o melhor tenista de todos os tempos passa pela história do tênis.

amazon

Até 1967, de acordo com as regras do tênis, os Grand Slams não aceitavam a participação de jogadores profissionais. Esse  cenário chegou ao fim em 1968, quando foi iniciada a “era aberta” do tênis.

Desde então, os principais torneios do circuito mundial de tênis contam com a presença de profissionais. Há quem defenda que a escolha dos melhores tenistas de todos os tempos deva valorizar ainda mais a “era aberta”.

Mas, e os grandes feitos do tênis até 1967? Não vamos esquecê-los!

Sem mais delongas, vamos lá. A seguir, você confere a relação de melhores tenistas da história!

Você ama outros esportes além do Tênis? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Melhores tenistas de todos os tempos da era aberta

Roger Federer

Roger Federer maior tenista de todos os tempos

Em diversas listas já formuladas sobre os maiores da história, Roger Federer é indicado como o melhor tenista de todos os tempos. E não é difícil entender a razão para que isso aconteça.

Entre os homens, o suíço é o tenista mais vitorioso na história dos Grand Slams, com 20 títulos de simples. Até a disputa da final de Wimbledon em 2019, quando foi derrotado por Novak Djokovic, Federer somava 8 conquistas em Wimbledon, 6 no Australian Open, 5 no US Open e uma em Roland Garros.

amazon

Roger Federer é o único tenista a ter conseguido por três vezes vencer 3 dos 4 torneios do Grand Slam na mesma temporada.

O sucesso do gênio suíço não se restringe a Grand Slams. Vencedor de 102 títulos, Federer tem o recorde de 310 semanas como número 1 do mundo, entre 2004 e 2018.

Em fevereiro de 2018, com 36 anos e meio, tornou-se o tenista mais velho a assumir o topo do ranking da ATP. Anteriormente, esse recorde era do norte-americano Andre Agassi.

Federer ainda foi campeão do torneio de duplas da Olimpíada de Pequim, em 2008. Quatro anos depois, conquistou a medalha de prata em simples nos Jogos Olímpicos de Londres.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 20
    • Australian Open: 6 (2004, 2006, 2007, 2010, 2017, 2018)
    • Roland Garros: 1 (2009)
    • Wimbledon: 8 (2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2012, 2017)
    • US Open: 5 (2004, 2005, 2006, 2007, 2008)
  • Títulos na carreira em simples: 102
  • Títulos na carreira em duplas: 8
  • Melhor ranking: 1º (2004)
  • Histórico da carreira em simples: 1223 vitórias e 266 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 129 vitórias e 89 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 2
    • Ouro em duplas em Pequim, em 2008
    • Prata em simples em Londres, em 2012

Saiba tudo da carreira de Roger Federer nesse link

Steffi Graf

Steffi Graf melhor tenista de todos os tempos

Sempre que houver uma eleição de melhores tenistas em toda a história, o nome de Steffi Graf deve ser lembrado.

A tenista alemã venceu 22 Grand Slams e é a única pessoa (homem ou mulher) a já ter vencido todos os torneios de Grand Slam e conquistado uma medalha de ouro em Jogos Olímpicos no mesmo ano. O feito aconteceu em 1988.

Steffi Graf venceu ao menos um Grand Slam durante 10 anos seguidos, entre 1987 e 1996, e é a mulher que permaneceu mais tempo como a número 1 do mundo.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 22
    • Australian Open: 4 (1988, 1989, 1990, 1994)
    • Roland Garros: 6 (1987, 1988, 1993, 1995, 1996, 1999)
    • Wimbledon: 7 (1988, 1989, 1991, 1992, 1993, 1995, 1996)
    • US Open: 5 (1988, 1989, 1993, 1995, 1996)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 1
    • Wimbledon: 1 (1988)
  • Títulos na carreira em simples: 107
  • Títulos na carreira em duplas: 11
  • Melhor ranking: 1º (1987)
  • Histórico da carreira em simples: 900 vitórias e 115 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 173 vitórias e 72 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 3
    • Ouro em simples em Seul, em 1988
    • Bronze, em duplas, em Seul, em 1988
    • Prata, em simples, em Barcelona, em 1992

Pete Sampras

Pete Sampras melhor tenista de todos os tempos

Antes da geração de Federer, Nadal e Djokovic dominar o tênis, Pete Sampras era comumente apontado como o maior tenista de todos os tempos.

Betway Brazil Sports Banners

Com estilo de jogo rápido, o norte-americano nunca ganhou Roland Garros, mas somou 14 títulos nos outros três Grand Slams. Ainda esteve na liderança do ranking da ATP por 286 semanas, recorde superado por Roger Federer.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 14
    • Australian Open: 2 (1994, 1997)
    • Wimbledon: 7 (1993, 1994, 1995, 1997, 1998, 1999, 2000)
    • US Open: 5 (1990, 1993, 1995, 1996, 2002)
  • Títulos na carreira em simples: 64
  • Títulos na carreira em duplas: 2
  • Melhor ranking: 1º (1993)
  • Histórico da carreira em simples: 762 vitórias e 222 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 64 vitórias e 70 derrotas

Saiba tudo da carreira de Pete Sampras nesse link

Serena Williams

Serena Williams estreou como profissional em 1995 e, desde então, construiu uma das carreiras mais vitoriosas da história do tênis. A norte-americana conquistou 23 Grand Slams em simples, o que a deixa como a maior vencedora da história entre as mulheres na era aberta.

A norte-americana está a apenas um título de Majors de igualar o recorde de Margaret Court, recordista em toda a história, considerando também a era amadora.

Ela tem ainda 14 títulos de Grand Slams em duplas, além de dois em duplas mistas. Serena tem também 4 medalhas de ouro em Olimpíadas (3 em duplas e uma em simples).

  • Títulos de Grand Slam em simples: 23
    • Australian Open: 7 (2003, 2005, 2007, 2009, 2010, 2015, 2017)
    • Roland Garros: 3 (2002, 2013, 2015)
    • Wimbledon: 7 (2002, 2003, 2009, 2010, 2012, 2015, 2016)
    • US Open: 6 (1999, 2002, 2008, 2012, 2013, 2014)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 14
    • Australian Open: 4 (2001, 2003, 2009, 2010)
    • Roland Garros: 2 (1999, 2010)
    • Wimbledon: 6 (2000, 2002, 2008, 2009, 2012, 2016)
    • US Open: 2 (1999 e 2009)
  • Títulos na carreira em simples: 72
  • Títulos na carreira em duplas: 23
  • Melhor ranking: 1º (2002)
  • Histórico da carreira em simples: 820 vitórias e 141 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 187 vitórias e 33 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 4
    • Ouro em duplas, em Sydney, em 2000
    • Ouro em duplas, em Pequim, em 2008
    • Ouro em simples, em Londres, em 2012
    • Ouro em duplas, em Londres, em 2012

Saiba tudo da carreira de Serena Williams nesse link

Rod Laver

Rod Laver melhor tenista de todos os tempos

Por duas vezes, o australiano Rod Laver conquistou todos os 4 torneios de Grand Slam em uma mesma temporada. A primeira vez que atingiu o feito foi em 1962, ainda como amador.

Como se profissionalizou em 1963, ele teve de esperar até o início da era aberta, em 1968, para voltar a disputar Grand Slams. Em 1969, ele voltou a vencer, num mesmo ano, Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open.

amazon

Em toda sua carreira, Rod Laver venceu 11 Grand Slams em simples, 6 em duplas e 3 em duplas mistas.

A quadra central do Australian Open recebeu o nome de Rod Laver Arena em sua homenagem.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 11
    • Australian Open: 3 (1960,1962,1969)
    • Roland Garros: 2 (1962, 1969)
    • Wimbledon: 4 (1961, 1962, 1968, 1969)
    • US Open: 2 (1962, 1969)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 6
    • Australian Open: 4 (1959, 1960, 1961, 1969)
    • Roland Garros: 1 (1961)
    • Wimbledon: 1 (1971)
  • Títulos na carreira em simples: 52
  • Títulos na carreira em duplas: 28
  • Melhor ranking: 1º (1961)
  • Histórico da carreira em simples: 540 vitórias e 135 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 237 vitórias e 77 derrotas

Martina Navratilova

Martina Navratilova maior campeã do torneio de Wimbledon

Nascida na República Tcheca e naturalizada norte-americana, Martina Navratilova conquistou 18 Grand Slams de simples. Ela é recordista em títulos de duplas em Grand Slams, com 31 conquistas, além de ter vencido 10 Grand Slams de duplas mistas.

Desde 1968, quando foi iniciada a era aberta, ninguém, entre homens e mulheres, venceu tanto quanto Navratilova em torneios de simples (167), duplas (177), ou partidas (2189).

Ela ainda ostenta a marca de ter vencido todos os Grand Slams em simples, duplas e duplas mistas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 18
    • Australian Open: 3 (1981, 1983, 1985)
    • Roland Garros: 2 (1982, 1984)
    • Wimbledon: 9 (1978, 1979, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1990)
    • US Open: 4 (1983, 1984, 1986, 1987)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 31
    • Australian Open: 8 (1980, 1982, 1983, 1984, 1985, 1987, 1988, 1989)
    • Roland Garros: 7 (1975, 1982, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988)
    • Wimbledon: 7 (1976, 1979, 1981, 1982, 1983, 1984, 1986)
    • US Open: 9 (1977, 1978, 1980, 1983, 1984, 1986, 1987, 1989, 1990)
  • Títulos na carreira em simples: 167
  • Títulos na carreira em duplas: 177
  • Melhor ranking: 1º (1978)
  • Histórico da carreira em simples: 1442 vitórias e 219 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 747 vitórias e 143 derrotas

Bjorn Borg

Bjorn Borg um dos melhores tenistas de todos os tempos

Bjorn Borg abandonou o tênis quando tinha apenas 26 anos, com a justificativa que já não se divertia mais. A aposentadoria precoce não impediu que o tenista sueco construísse uma das carreiras mais brilhantes da história do esporte.

Em 10 anos de carreira, Borg venceu 11 Grand Slams, sendo 5 títulos consecutivos de Wimbledon e outros 6 de Roland Garros.

Ele ainda perdeu 4 finais do US Open, duas para Jimmy Connors e duas para John McEnroe.

Dica da Esportelândia: assista ao filme “Borg x McEnroe”, que retrata a rivalidade do sueco com John McEnroe.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 11
    • Roland Garros: 6 (1974, 1975, 1978, 1979, 1980, 1981)
    • Wimbledon: 5 (1976, 1977, 1978, 1979, 1980)
  • Títulos na carreira em simples: 64
  • Títulos na carreira em duplas: 4
  • Melhor ranking: 1º (1977)
  • Histórico da carreira em simples: 639 vitórias e 130 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 93 vitórias e 89 derrotas

Chris Evert

Chris Evert uma das melhores tenistas de todos os tempos

A americana Chris Evert foi a primeira mulher no tênis a chegar a US$ 1 milhão em premiações, o que aconteceu em 1976. Com 154 conquistas, ela é também a segunda tenista com mais títulos no circuito feminino, atrás apenas de Martina Navratilova.

Chris Evert chegou à final de Grand Slams 34 vezes, mas perdeu 10 delas para Navratilova. Nas outras 24 decisões, foi campeã 18 vezes. Ela também tem 3 títulos de Grand Slams em duplas.

Entre 1975 e 1986, Evert passou 260 semanas ocupando ou a liderança ou o segundo lugar do ranking mundial da WTA. Além disso, durante 13 anos seguidos, ganhou ao menos um Grand Slam por temporada.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 18
    • Australian Open: 2 (1982, 1984)
    • Roland Garros: 7 (1974, 1975, 1979, 1980, 1983, 1985, 1986)
    • Wimbledon: 3 (1974, 1976, 1981)
    • US Open: 6 (1975, 1976, 1977, 1978, 1980, 1982)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 3
    • Roland Garros: 2 (1974, 1975)
    • Wimbledon: 1 (1976)
  • Títulos na carreira em simples: 157
  • Títulos na carreira em duplas: 18
  • Melhor ranking: 1º (1975)
  • Histórico da carreira em simples: 1304 vitórias e 144 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 117 vitórias e 39 derrotas

Novak Djokovic

Novak Djokovic melhor tenista de todos os tempos

Ainda em atividade, Novak Djokovic terá mais tempo para continuar construindo uma carreira recheada de conquistas. Não é à toa que o sérvio já garantiu seu lugar na lista de maiores tenistas de todos os tempos.

Djokovic é dono de 16 títulos de Grand Slam, com conquistas em todos os 4 grandes torneios.

Ele divide o posto de maior campeão da história do Australian Open na era aberta, ao lado de Serena Williams.

O sérvio ainda tem uma medalha de bronze em Olimpíadas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 16
    • Australian Open: 7 (2008, 2011, 2012, 2013, 2015, 2016 e 2019)
    • Roland Garros: 1 (2016)
    • Wimbledon: 4 (2011, 2014, 2015, 2018 e 2019)
    • US Open: 3 (2011, 2015 e 2018)
  • Títulos na carreira em simples: 75
  • Títulos na carreira em duplas: 1
  • Melhor ranking:
  • Histórico da carreira em simples: 874 vitórias e 183 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 52 vitórias e 67 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 1
    • Bronze em simples, em Pequim, em 2008

Saiba tudo da carreira de Djokovic nesse link

Billie Jean King

Billie Jean King uma das melhores tenistas de todos os tempos

Reconhecidamente uma das maiores tenistas de todos os tempos, a norte-americana Billie Jean King construiu uma trajetória brilhante também fora das quadras.

Sua luta por melhores premiações para as mulheres é retratada no filme A Guerra dos Sexos, quando ela enfrentou o ex-campeão de Wimbledon Bobby Riggs.

Billie Jean King foi presidente da WTA e uma das primeiras atletas na história do esporte a assumir a homossexualidade e a estar à frente de luta por direitos LGBT.

Dentro das quadras, ela conquistou 39 títulos de Grand Slam — 12 em simples, 16 em duplas e 11 em duplas mistas. Apenas em Wimbledon, foram 20 conquistas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 12
    • Australian Open: 1 (1968)
    • Roland Garros: 1 (1972)
    • Wimbledon: 6 (1966, 1967, 1968, 1972, 1973, 1975)
    • US Open: 4 (1967, 1971, 1972, 1974)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 16
    • Roland Garros: 1 (1972)
    • Wimbledon: 10 (1961, 1962, 1965, 1967, 1968, 1970, 1971, 1972, 1973, 1979)
    • US Open: 5 (1964, 1967, 1974, 1978, 1980)
  • Títulos na carreira em simples: 129 (62 como amadora e 67 na era aberta)
  • Melhor ranking: 1º (1966)
  • Histórico da carreira em simples: 695 vitórias e 155 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 87 vitórias e 37 derrotas

Rafael Nadal

Rafael Nadal, maior campeão de Roland Garros

O espanhol Rafael Nadal é reconhecido como o maior tenista da história no saibro. Em Roland Garros, já conquistou 12 títulos.

Porém, os títulos de Nadal não se resumem à terra batida. Ele já venceu todos os Grand Slams.

Ao todo, são 19 conquistas em simples nos quatro principais torneios do tênis, além de uma medalha de ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008.

Nas duplas, ele soma 11 títulos, incluindo uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 19
    • Australian Open: 1 (2009)
    • Roland Garros: 12 (2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2017, 2018, 2019)
    • Wimbledon: 2 (2008, 2010)
    • US Open: 4 (2010, 2013, 2017, 2019)
  • Títulos na carreira em simples: 83
  • Títulos na carreira em duplas: 11
  • Melhor ranking:
  • Histórico da carreira em simples: 960 vitórias e 196 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 131 vitórias e 72 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 2
    • Ouro em simples, em Pequim, em 2008
    • Ouro em duplas, no Rio de Janeiro, em 2016

Conheça toda a carreira de Rafael Nadal nesse link

Margaret Court

Margaret Court melhor tenista de todos os tempos

Há quem diga que Margaret Court foi a melhor tenista de todos os tempos. Os defensores dessa afirmação se apoiam no fato de ela ter vencido 62 Grand Slams (24 em simples, 19 duplas e 19 duplas mistas).

Os 24 títulos de Grand Slam em simples são um recorde no circuito feminino. É válido lembrar que boa parte dessas conquistas foram ainda na era amadora.

A segunda quadra principal do complexo do Australian Open recebeu o nome de Margaret Court em homenagem à ex-tenista australiana.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 24
    • Australian Open: 11 (1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1969, 1970, 1971, 1973)
    • Roland Garros: 5 (1962, 1964, 1969, 1970, 1973)
    • Wimbledon: 3 (1963, 1965, 1970)
    • US Open: 5 (1962, 1965, 1969, 1970, 1973)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 19
    • Australian Open: 8 (1961, 1962, 1963, 1965, 1969, 1970, 1971, 1973)
    • Roland Garros: 4 (1964, 1965, 1966, 1973)
    • Wimbledon: 2 (1964, 1969)
    • US Open: 5 (1963, 1968, 1970, 1973, 1975)
  • Títulos na carreira em simples: 92
  • Títulos na carreira em duplas: 48
  • Melhor ranking: 1º (1962)

John McEnroe

John McEnroe

Conhecido pelo seu perfil explosivo, John McEnroe fez grandes confrontos com Bjorn Borg e Jimmy Connors. Ele ainda detém o recorde masculino de 149 títulos em torneios na Era do Aberta (77 em simples e 72 em duplas).

McEnroe venceu 7 Grand Slams em simples, entre títulos em Wimbledon e US Open. Em duplas, foram 9 conquistas, além de uma em duplas mistas.

Lembre-se da dica da Esportelândia, que deixamos quando falamos de Bjorn Borg: assista ao filme “Borg x McEnroe”!

  • Títulos de Grand Slam em simples: 7
    • Wimbledon: 3 (1981, 1983, 1984)
    • US Open: 6 (1979, 1980, 1981, 1984)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 9
    • Wimbledon: 5 (1979, 1981, 1983, 1984, 1992)
    • US Open: 4 (1979, 1981, 1983, 1989)
  • Títulos na carreira em simples: 77
  • Títulos na carreira em duplas: 72
  • Melhor ranking: 1º (1980)
  • Histórico da carreira em simples: 877 vitórias e 198 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 532 vitórias e 103 derrotas

Monica Seles

Monica Seles

Vencedora de 9 Grand Slams, a sérvia Monica Seles não foi vitoriosa apenas em Wimbledon, onde perdeu uma final para Steffi Graf em 1992.

Foi em um jogo contra Steffi Graf que Monica Seles passou por um dos momentos mais tristes de sua carreira. Numa partida entre as duas tenistas em 1993, um fã da alemã a apunhalou pelas costas durante um intervalo. A facada a retirou do circuito até 1995.

Monica Seles conquistou ainda um medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 9
    • Australian Open: 4 (1991, 1992, 1993, 1996)
    • Wimbledon: 3 (1990, 1991, 1992)
    • US Open: 1 (1991, 1992)
  • Títulos na carreira em simples: 53
  • Títulos na carreira em duplas: 6
  • Melhor ranking: 1º (1991)
  • Histórico da carreira em simples: 595 vitórias e 122 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 89 vitórias e 45 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 1
    • Bronze em simples em Sydney, em 2000

Andre Agassi

Andre Agassi campeão em Wimbledon

Um dos melhores tenistas do mundo entre a década de 1990 e inícios dos anos 2000, Andre Agassi iniciou sua carreira profissional aos 16 anos e conquistou 61 torneios.

O norte-americano acumulou 8 títulos de Grand Slams, tendo vencido todos os quatro principais torneios. Ele conquistou ainda uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 8
    • Australian Open: 4 (1995, 2000, 2001, 2003)
    • Roland Garros: 1 (1999)
    • Wimbledon: 1 (1992)
    • US Open: 2 (1994 e 1999)
  • Títulos na carreira em simples: 60
  • Títulos na carreira em duplas: 1
  • Melhor ranking: 1º (1995)
  • Histórico da carreira em simples: 870 vitórias e 274 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 40 vitórias e 42 derrotas

Vá além do mundo do Tênis! Confira também nossos outros conteúdos:

Martina Hingis

Martina Hingis uma das melhores tenistas de todos os tempos

Nascida na Eslováquia e naturalizada suíça, Martina Hingis marcou seu nome na história do tênis logo nos seus primeiros anos de carreira. Antes mesmo de completar 19 anos, já havia conquistado 5 Grand Slams em simples.

Em duplas, Martina Hingis conquistou todos os quatro Grand Slams, além de uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Em 1998, liderou os rankings da WTA tanto em simples quanto em duplas.

Em toda sua carreira, encerrada em 2017, Hingis venceu 114 torneios. Foram 25 Grand Slams (5 em simples, 13 em duplas e 7 em duplas mistas).

  • Títulos de Grand Slam em simples: 5
    • Australian Open: 3 (1997, 1998, 1999)
    • Wimbledon: 1 (1997)
    • US Open: 1 (1997)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 13
    • Australian Open: 5 (1997, 1998, 1999, 2002, 2016)
    • Roland Garros: 2 (1998, 2000)
    • Wimbledon: 3 (1996, 1998, 2015)
    • US Open: 3 (1998, 2015, 2017)
  • Títulos na carreira em simples: 43
  • Títulos na carreira em duplas: 64
  • Melhor ranking: 1º (1998)
  • Histórico da carreira em simples: 548 vitórias e 135 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 489 vitórias e 109 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 1
    • Prata em duplas no Rio de Janeiro, em 2016

Jimmy Connors

Jimmy Connors um dos maiores tenistas de todos os tempos

Dono do recorde de títulos de simples no circuito masculino, o norte-americano Jimmy Connors venceu 109 torneios. Ele ainda permaneceu 160 semanas no topo do ranking ATP, esse recorde que foi superado por Roger Federer.

Connors venceu 8 Grand Slams em simples e outros dois em duplas, sendo 6 vezes campeão do US Open — Connors é o maior campeão da era aberta do Aberto dos Estados Unidos.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 8
    • Australian Open: 1 (1974)
    • Wimbledon: 2 (1974 e 1982)
    • US Open: 5 (1974, 1976, 1978, 1982, 1983)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 2
    • Wimbledon: 1 (1973)
    • US Open: 1 (1975)
  • Títulos na carreira em simples: 109
  • Títulos na carreira em duplas: 16
  • Melhor ranking: 1º (1974)
  • Histórico da carreira em simples: 1254 vitórias e 278 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 174 vitórias e 78 derrotas

Justine Henin

Justine Henin uma das melhores tenistas de todos os tempos

Em uma carreira que durou menos de uma década, a tenista belga Justine Henin conquistou 7 títulos de Grand Slam, além de ter sido derrotada duas vezes na final de Wimbledon.

Dona ainda de uma medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Atenas, ela encerrou a carreira aos 28 anos, em consequência de uma lesão no cotovelo.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 7
    • Australian Open: 1 (2004)
    • Roland Garros: 4 (2003, 2005, 2006, 2007)
    • US Open: 2 (2003, 2007)
  • Títulos na carreira em simples: 43
  • Títulos na carreira em duplas: 2
  • Melhor ranking: 1º (2003)
  • Histórico da carreira em simples: 525 vitórias e 115 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 47 vitórias e 35 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 1
    • Ouro em simples em Atenas, em 2004

Ivan Lendl

Ivan Lendl um dos melhores tenistas de todos os tempos

Tcheco naturalizado norte-americano, Ivan Lendl chegou ao topo do ranking da ATP em 1983.

Ele conquistou 8 títulos de Grand Slam e acumulou 100 títulos na carreira, além de ter vencido mais de mil partidas em torneios de simples.

Lendl nunca venceu Wimbledon, tendo perdido duas finais do Grand Slam inglês, em 1986 e 1987, para Boris Becker e Pat Cash, respectivamente.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 8
    • Australian Open: 2 (1989, 1990)
    • Roland Garros: 3 (1984, 1986, 1987)
    • US Open: 3 (1985, 1986, 1987)
  • Títulos na carreira em simples: 94
  • Títulos na carreira em duplas: 6
  • Melhor ranking: 1º (1983)
  • Histórico da carreira em simples: 1071 vitórias e 243 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 187 vitórias e 140 derrotas

Arantxa Sánchez-Vicario

Arantxa Sánchez Vicario uma das melhores tenistas de todos os tempos

Dona de 102 títulos na carreira e de quatro medalhas olímpicas, a espanhola Arantxa Sánchez-Vicario conquistou 14 Grand Slams em sua carreira (4 em simples, 6 em duplas e 4 em duplas mistas).

Tricampeã de Roland Garros e vencedora do US Open em simples, ela ainda foi derrotada duas vezes na final do Australian Open e outras duas em Wimbledon.

Arantxa Sánchez-Vicario foi líder do ranking da WTA tanto de simples quanto de duplas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 4
    • Roland Garros: 3 (1989, 1994, 1998)
    • US Open: 2 (1995, 1996)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 6
    • Australian Open: 3 (1992, 1995, 1996)
    • Wimbledon: 1 (1995)
    • US Open: 2 (1993, 1994)
  • Títulos na carreira em simples: 29
  • Títulos na carreira em duplas: 69
  • Melhor ranking: 1º (1995)
  • Histórico da carreira em simples: 759 vitórias e 295 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 676 vitórias e 224 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 4
    • Prata em duplas em Barcelona, em 1992
    • Bronze em duplas em Barcelona, em 1992
    • Prata em simples em Atlanta, em 1996
    • Bronze em duplas em Atlanta, em 1996

Boris Becker

Boris Becker um dos melhores tenistas de todos os tempos

Ao vencer Wimbledon em 1985, aos 17 anos e 7 meses, Boris Becker se tornou, naquela ocasião, o tenista mais novo a conquistar um Grand Slam.

O tenista alemão venceu Wimbledon mais duas vezes e conquistou outros dois títulos do Australian Open.

Ele ainda conquistou uma medalha de ouro no torneio de duplas dos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 6
    • Australian Open: 2 (1991 e 1996)
    • Wimbledon: 3 (1985, 1986, 1989)
    • US Open: 1 (1989)
  • Títulos na carreira em simples: 49
  • Títulos na carreira em duplas: 15
  • Melhor ranking: 1º (1991)
  • Histórico da carreira em simples: 713 vitórias e 214 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 254 vitórias e 136 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 1
    • Ouro em duplas em Barcelona, em 1992

Evonne Goolagong

Evonne Goolagong

A australiana Evonne Goolagong conquistou 7 títulos de Grand Slam em simples. O único dos quatro principais torneios em que ela não foi campeã foi o US Open, onde perdeu quatro finais consecutivas entre 1973 e 1976.

Ela ainda venceu 5 Grand Slams em duplas femininas e um em duplas mistas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 7
    • Australian Open: 4 (1974, 1975, 1976, 1977)
    • Roland Garros: 1 (1971)
    • Wimbledon: 2 (1971, 1980)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 4
    • Australian Open: 4 (1971, 1974, 1975, 1976)
    • Wimbledon: 1 (1974)
  • Títulos na carreira em simples: 68
  • Títulos na carreira em duplas: 11
  • Melhor ranking: 1º (1976)
  • Histórico da carreira em simples: 704 vitórias e 165 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 18 vitórias e 16 derrotas

Mats Wilander

Mats Wilander

O sueco Mats Wilander conquistou 8 títulos de Grand Slams, sendo 7 em simples e um em duplas. Ele foi o número 1 do mundo em 1988.

Tricampeão de Roland Garros, Wilander também venceu o Australian Open em três oportunidades. Ele ainda conquistou uma vez o US Open.

Embora não tenha vencido Wimbledon em simples, foi campeão do torneio inglês em duplas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 7
    • Australian Open: 3 (1983, 1984 e 1988)
    • Roland Garros: 3 (1982, 1985, 1988)
    • US Open: 1 (1988)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 1
    • Wimbledon: 1 (1986)
  • Títulos na carreira em simples: 33
  • Títulos na carreira em duplas: 7
  • Melhor ranking: 1º (2003)
  • Histórico da carreira em simples: 571 vitórias e 222 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 168 vitórias e 127 derrotas

Venus Williams

Venus Williams uma das melhores tenistas de todos os tempos

A norte-americana Venus Williams se profissionalizou em 1994 e, oito anos depois, se tornou a primeira tenista negra a assumir o topo do ranking da WTA. Ela também ocupou a liderança do ranking de duplas.

Venus venceu 7 torneios de Grand Slam em simples, 14 em duplas e dois em duplas mistas. Ela é ainda dona de quatro medalhas de ouro e uma prata em Jogos Olímpicos — na história do tênis nas Olimpíadas, ninguém conquistou tantas medalhas quanto ela.

Curiosamente, Venus enfrentou a irmã Serena em oito finais de Grand Slam.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 7
    • Wimbledon: 5 (2000, 2001, 2005, 2007, 2008)
    • US Open: 2 (2000, 2001)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 14
    • Australian Open: 4 (2001, 2003, 2009, 2010)
    • Roland Garros: 2 (1999, 2010)
    • Wimbledon: 6 (2000, 2002, 2008, 2009, 2012, 2016)
    • US Open: 2 (1999 e 2009)
  • Títulos na carreira em simples: 49
  • Títulos na carreira em duplas: 22
  • Melhor ranking: 1º (2002)
  • Histórico da carreira em simples: 729 vitórias e 233 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 185 vitórias e 35 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 4
    • Ouro em duplas, em Sydney, em 2000
    • Ouro em duplas, em Pequim, em 2008
    • Ouro em duplas, em Londres, em 2012
    • Prata em duplas mistas no Rio de Janeiro, em 2016

Melhores tenistas de todos os tempos da era amadora

Bill Tilden

Bill Tilden

O norte-americano Bill Tilden foi o primeiro colocado do ranking mundial durante 7 anos. Na década de 1920, ele conquistou 21 Grand Slams (10 em simples, 6 em duplas masculinas e 5 em duplas mistas).  

  • Títulos de Grand Slam em simples: 10
    • Wimbledon: 3 (1920, 1921, 1930)
    • US Open: 7 (1920, 1921, 1922, 1923, 1924, 1925, 1929)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 6
    • Wimbledon: 1 (1927)
    • US Open: 5 (1918, 1921, 1922, 1923, 1927)
  • Títulos na carreira: 138 (simples e duplas)
  • Melhor ranking: 1º (1920)
  • Histórico da carreira: 907 vitórias e 62 derrotas

Helen Wills Moody

Helen Wills Moody

Uma lenda dos anos 1920, a norte-americana Helen Wills Moody chegou à sua primeira final de Grand Slam aos 16 anos. Aos 17, conquistou o primeiro de seus 19 títulos de simples, com direito a conquistas em todos os quatro principais torneios do circuito.

Ela ainda foi campeã mais 12 vezes em Grand Slams (9 em duplas femininas e 3 em duplas mistas).

Na Olimpíada de Paris, em 1924, Wills Moody conquistou duas medalhas de ouro, em simples e duplas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 19
    • Roland Garros: 4 (1928, 1929, 1930, 1932)
    • Wimbledon: 8 (1927, 1928, 1929, 1930, 1932, 1933, 1935, 1938)
    • US Open: 7 (1923, 1924, 1925, 1927, 1928, 1929, 1931)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 9
    • Roland Garros: 2 (1930, 1932)
    • Wimbledon: 3 (1924, 1927, 1930)
    • US Open: 4 (1922, 1924, 1925, 1928)
  • Melhor ranking: 1º (1927)
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 2
    • Ouro em simples, em Paris, em 1924
    • Ouro em duplas, em Paris, em 1924

Don Budge

Don Budge

Em 1938, Don Budge se tornou o primeiro tenista da história a ter vencido cada um dos quatro Grand Slams.

Também em 1938, Budge venceu Wimbledon sem perder nenhum set, além de ter vencido também os torneios de duplas masculinas e duplas mistas do Grand Slam inglês.

Ao todo, o tenista norte-americano venceu 14 Grand Slams (6 em simples, 4 em duplas e 4 em duplas mistas).

  • Títulos de Grand Slam em simples: 6
    • Australian Open: 1 (1938)
    • Roland Garros: 1 (1938)
    • Wimbledon: 2 (1937, 1938)
    • US Open: 2 (1937, 1938)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 4
    • Wimbledon: 2 (1937, 1938)
    • US Open: 2 (1937, 1938)
  • Melhor ranking: 1º (1942)

Maureen Connolly

Maureen Connolly

A norte-americana Maureen Connolly foi um das principais tenistas da década de 1950 em uma carreira que durou apenas quatro anos.

Conhecida como “Little Mo”, ela venceu todos os Grand Slams, acumulando 9 títulos em simples. Também foi campeã uma vez em duplas e outra em duplas mistas.

Em 1954, a tenista encerrou a carreira em consequência de uma queda de cavalo, após ser atingida por um carro. O acidente causou séria lesão em sua perna direita.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 9
    • Australian Open: 1 (1953)
    • Roland Garros: 2 (1953, 1954)
    • Wimbledon: 3 (1952, 1953, 1954)
    • US Open: 3 (1951, 1952 e 1953)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 2
    • Australian Open: 1 (1953)
    • Roland Garros: 1 (1954)
  • Melhor ranking: 1º (1952)

Roy Emerson

Roy Emerson

O australiano Roy Emerson foi um dos tenistas mais vencedores da década de 1960, ainda na era amadora. Ele conquistou 28 Grand Slams (12 em simples e 16 em duplas).

Roy Emerson é o único homem da história a ter vencido todos os torneios de Grand Slam tanto em simples quanto em duplas.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 12
    • Australian Open: 6 (1961, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967)
    • Roland Garros: 2 (1963, 1967)
    • Wimbledon: 2 (1964, 1965)
    • US Open: 2 (1961, 1964)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 16
    • Australian Open: 3 (1962, 1966, 1969)
    • Roland Garros: 6 (1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965)
    • Wimbledon: 3 (1959, 1961, 1971)
    • US Open: 4 (1959, 1960, 1965, 1966)
  • Títulos na carreira: 103 (88 como amador)
  • Melhor ranking: 1º (1964)
  • Histórico da carreira em simples: 396 vitórias e 155 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 204 vitórias e 65 derrotas

Suzanne Lenglen

Suzanne Lenglen

Atleta na década de 1920, a francesa Suzanne Lenglen conquistou 12 Grand Slams de simples. Foi hexacampeã tanto em Roland Garros quanto em Wimbledon.

Suzanne Lenglen também teve 12 títulos de Grand Slam em duplas, além de 10 em duplas mistas.

A tenista francesa conquistou ainda três medalhas olímpicas, duas de ouro e uma de bronze.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 12
    • Roland Garros: 6 (1920, 1921, 1922, 1923, 1925, 19262)
    • Wimbledon: 6 (1919, 1920, 1921, 1922, 1923, 1925)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 12
    • Roland Garros: 6 (1920, 1921, 1922, 1923, 1925, 1926)
    • Wimbledon: 6 (1919, 1920, 1921, 1922, 1923, 1925)
  • Melhor ranking: 1º (1921)
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 3
    • Ouro em simples, na Antuérpia, em 1920
    • Ouro em duplas mistas, na Antuérpia, em 1920
    • Bronze em duplas, na Antuérpia, em 1920

Melhores tenistas brasileiros de todos os tempos

Se você chegou até aqui e a ausência de brasileiros causou incômodo, pode ter calma!

Separamos um espaço para falar apenas de Gustavo Kuerten e Maria Esther Bueno, os dois maiores nomes da história do tênis no Brasil.

Vamos começar com Maria Esther. Afinal, ela foi pioneira em colocar o Brasil no mapa do tênis mundial!

Maria Esther Bueno

Maria Esther Bueno, melhor tenista brasileira de todos os tempos

Uma brasileira no topo do ranking mundial. Isso poderia parecer improvável, mas foi possível graças a Maria Esther Bueno. Ela chegou à primeira colocação em 1959.

A tenista paulista teve uma carreira brilhante, com 19 títulos de Grand Slams em 35 torneios disputados — um aproveitamento de 54%.

Maria Esther Bueno venceu 7 torneios de simples de Grand Slams, 11 em duplas e um em duplas mistas.

Ela foi campeã em simples Wimbledon e US Open, além de ter disputado finais de Roland Garros e Australian Open. Em duplas, ela ganhou todos os quatro.

A maior tenista da história do esporte brasileiro morreu em 8 de junho de 2018, aos 78 anos.

  • Títulos de Grand Slam em simples: 7
    • Wimbledon: 3 (1959, 1960, 1964)
    • US Open: 4 (1959, 1963, 1964, 1966)
  • Títulos de Grand Slam em duplas: 11
    • Australian Open: 1 (1960)
    • Roland Garros: 1 (1960)
    • Wimbledon: 5 (1958, 1960, 1963, 1965, 1966)
    • US Open: 4 (1960, 1962, 1966, 1968)
  • Títulos de Grand Slam em duplas mistas: 1
    • Roland Garros: 1 (1960)
  • Melhor ranking: 1º (1959)

Veja a carreira completa de Maria Esther Bueno nesse link

Gustavo Kuerten

Um desconhecido que, em duas semanas, se tornou um ídolo nacional. Foi assim que Gustavo Kuerten começou a escrever sua história como o maior tenista brasileiro de todos os tempos, ao vencer Roland Garros em 1997.

Guga voltou a vencer o Grand Slam francês mais duas vezes, em 2000 e 2001.

Foi em 2000 que Gustavo Kuerten chegou ao posto de número 1 do ranking da ATP.  Em sua carreira, ele conquistou 28 títulos.

  • Títulos de Grand Slam: 3
    • Roland Garros: 3 (1997, 2000 e 2001)
  • Títulos na carreira em simples: 20
  • Títulos na carreira em duplas: 8
  • Melhor ranking: 1º (2000)
  • Histórico da carreira em simples: 358 vitórias e 195 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 108 vitórias e 95 derrotas

Veja a carreira completa de Gustavo Kuerten nesse link

Todas as listas que apontam os melhores da história tendem a ser polêmicas. O tênis não é uma exceção. Depois desse resumo da carreira de cada atleta, você pode conferir abaixo nossa lista final.

Lista dos maiores tenistas de todos os tempos

  1. Roger Federer
  2. Margaret Court
  3. Steffi Graf
  4. Novak Djokovic
  5. Rafael Nadal
  6. Serena Williams
  7. Martina Navratilova
  8. Chris Evert
  9. Billie Jean King
  10. Pete Sampras
  11. Andre Agassi
  12. Bjorn Borg
  13. Rod Laver
  14. Jimmy Connors
  15. Ivan Lendl
  16. John McEnroe
  17. Monica Seles
  18. Evonne Goolagong
  19. Venus Williams
  20. Boris Becker
  21. Martina Hingis
  22. Justine Henin
  23. Mats Wilander
  24. Arantxa Sánchez-Vicario
  25. Helen Wills Moody
  26. Bill Tilden
  27. Roy Emerson
  28. Suzanne Lenglen
  29. Maria Esther Bueno
  30. Maureen Connolly
  31. Don Budge
  32. Gustavo Kuerten

Se você sentiu a falta de algum nome na nossa lista dos maiores tenistas de todos os tempos, não hesite em compartilhar sua opinião com a gente. Vai lá, deixe seu comentário aí embaixo!

Agora que você já conhece os maiores tenistas de todos os tempos, aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos:

* Última atualização em 9 de setembro de 2019

Betway Brazil Sports Banners
Ficha Técnica
Título
Melhor tenista de todos os tempos: Análise de 32 atletas!
Resumo
Analisamos os títulos, recordes e carreira de 38 atletas para descobrir quem é o maior e melhor tenista de todos os tempos
Autor

Comentários

Salvar