Conheça toda a história do torneio de Roland Garros, regras, maiores os vencedores, curiosidades e os títulos do Guga

Quem acompanha o tênis sabe que o torneio de Roland Garros tem um peso especial para os brasileiros. Guga foi campeão três vezes, em 1997, 2000 e 2001, e se tornou um dos maiores tenistas da história do Aberto da França.

Mas quem manda mesmo nas quadras de saibro de Paris é Rafael Nadal. O espanhol soma 13 títulos do torneio. Em 16 anos de disputas, ele perdeu apenas dois jogos! Impressionante, não é mesmo?

Se você não sabia desses números, não se incomode. Nós vamos te ajudar a conhecer cada detalhe da história de Roland Garros!

Venha com a gente e aprenda como foi criado o torneio, como funciona a disputa e quem são os maiores campeões! Nadal é o maior vencedor entre os homens, mas você sabe quem tem mais títulos entre as mulheres? Confira!

História do torneio de Roland Garros

O Aberto da França de tênis é mais conhecido como Roland Garros. O torneio realizado todos os anos em Paris reúne os melhores tenistas do mundo, tanto para a disputa masculina quanto para a competição feminina. Também são disputados os torneios de duplas masculinas, femininas e mistas.

Roland Garros foi disputado pela primeira vez em 1891 e tem lugar especial na história do tênis por ser o primeiro torneio em quadras de saibro do mundo.

Além disso, é o segundo mais antigo entre os quatro Grand Slams, atrás apenas de Wimbledon — os Abertos da Austrália e dos Estados Unidos foram criados anos depois.

Como surgiu o torneio de Roland Garros?

Em 1891, foi criado o Campeonato Francês de tênis, aberto somente a atletas membros dos clubes franceses. Porém, o primeiro campeão foi o britânico H. Briggs, que morava em Paris.

Seis anos depois, a francesa Adine Masson foi a primeira vencedora do torneio de Roland Garros feminino.

Já o torneio de duplas mistas começou a ser disputado em 1902, enquanto a disputa de duplas femininas começou em 1907.

A possibilidade de apenas tenistas de clubes franceses disputarem o torneio seguiu até 1924. Um ano depois, a competição foi aberta internacionalmente. Porém, o nome Roland Garros veio apenas em 1928.

Quem foi Roland Garros?

Roland Garros foi um piloto francês da Primeira Guerra Mundial. Em sua homenagem, em 1928, dez anos após sua morte, foi fundado o estádio de tênis Stade de Roland Garros, onde é disputado anualmente o torneio com o mesmo nome.

Como funciona o torneio de Roland Garros?

Desde 1968, Roland Garros está aberto à participação de tenistas profissionais. A competição é realizada em quadras de saibro durante duas semanas.

As partidas do torneio de simples masculino são disputadas em cinco sets, como os demais Grand Slams — esse é um ponto que difere das regras de tênis utilizadas nas demais competições.

Já no torneio de simples feminino e nas disputas de duplas, os jogos são de três sets. Ou seja, os vencedores serão aqueles que ganharem 2 sets.

Qual é a premiação do torneio de Roland Garros?

Em 2020, Roland Garros distribuiu 42 milhões de euros em prêmios aos tenistas. Os atletas que alcançam a chave principal recebem 46 mil euros. os campeões de simples de 2020 embolsam cada um 2,3 milhões de euros. O vice fica com 1,2 milhão.

Quem é o maior campeão de Roland Garros?

Quando o assunto é campeões de Roland Garros, ninguém se compara a Rafael Nadal. O tenista espanhol é o maior vencedor da história do Aberto da França, com 13 títulos.

Desde que Nadal estreou em Paris, em 2005, ele somente não foi campeão de Roland Garros em três edições, 2009, 2015 e 2016, quando os vencedores foram Roger Federer, Stan Wawrinka e Novak Djokovic, respectivamente.

Em 2009, Rafael Nadal foi eliminado nas oitavas de final de Roland Garros pelo sueco Robin Soderling, que acabaria perdendo a final para Federer. Seis anos depois, em 2015, Nadal voltou a ser eliminado pelo tenista que viria a ser vice-campeão.

Naquela oportunidade, Djokovic derrotou o espanhol por 3 a 0 nas quartas de final e, posteriormente, foi batido por Wawrinka na decisão.

Já em 2016, Rafa Nadal desistiu de Roland Garros antes de entrar em quadra pela terceira rodada, por consequência de uma grave lesão no pulso esquerdo.

Em toda a sua história em Roland Garros, Nadal soma 100 vitórias e apenas duas derrotas no Grand Slam francês.

Rafael Nadal, maior campeão de Roland Garros
Rafael Nadal é o tenista mais vitorioso da história do torneio de Roland Garros, com 13 títulos Crédito: Reuters

Atrás do espanhol, na lista de maiores campeões do Aberto da França, estão Max Decugis, com 8 títulos no início do século 20, quando apenas tenistas amadores disputavam Roland Garros, e o sueco Bjorn Borg, campeão 6 vezes entre 1974 e 1981.  

Considerados apenas os tenistas que venceram na “era aberta” do tênis (iniciada em 1968, com a participação de profissionais nos Grand Slams), o brasileiro Gustavo Kuerten é terceiro maior campeão de Roland Garros, ao lado de Mats Wilander e Ivan Lendl. Guga e os tenistas sueco e tcheco venceram o torneio de Paris três vezes.

Lista dos maiores campeões de Roland Garros no torneio masculino

  • Rafael Nadal – 13 títulos na era aberta
  • Max Decugis – 8 títulos na era amadora
  • Bjorn Borg – 6 títulos na era aberta
  • Henri Cochet – 5 títulos na era amadora
  • André Vacherot – 4 títulos na era amadora
  • Paul Aymé – 4 títulos na era amadora
  • Maurice Germot – 3 títulos na era amadora
  • René Lacoste – 3 títulos na era amadora
  • Mats Wilander – 3 títulos na era aberta
  • Ivan Lendl – 3 títulos na era aberta
  • Gustavo Kuerten – 3 títulos na era aberta

Todos os campeões do torneio de Roland Garros ano a ano

Ano Campeão Vice-campeão
2020 Rafael Nadal Novak Djokovic
2019 Rafael Nadal Dominic Thiem
2018 Rafael Nadal Dominic Thiem
2017 Rafael Nadal Stan Wawrinka
2016 Novak Djokovic Andy Murray
2015 Stan Wawrinka Novak Djokovic
2014 Rafael Nadal Novak Djokovic
2013 Rafael Nadal David Ferrer
2012 Rafael Nadal Novak Djokovic
2011 Rafael Nadal Roger Federer
2010 Rafael Nadal Robin Soderling
2009 Roger Federer Robin Soderling
2008 Rafael Nadal Roger Federer
2007 Rafael Nadal Roger Federer
2006 Rafael Nadal Roger Federer
2005 Rafael Nadal Mariano Puerta
2004 Gaston Gaudio Guillermo Coria
2003 Juan Carlos Ferrero Martin Verkerk
2002 Albert Costa Juan Carlos Ferrero
2001 Gustavo Kuerten Alex Corretja
2000 Gustavo Kuerten Magnus Norman
1999 Andre Agassi Andrei Medvedev
1998 Carlos Moya Alex Corretja
1997 Gustavo Kuerten Sergi Bruguera
1996 Yevgeny Kafelnikov Michael Stich
1995 Thomas Muster Michael Chang
1994 Sergi Bruguera Alberto Berasategui
1993 Sergi Bruguera Jim Courier
1992 Jim Courier Petr Korda
1991 Jim Courier Andre Agassi
1990 Andres Gomez Andre Agassi
1989 Michael Chang Stefan Edberg
1988 Mats Wilander Henri Leconte
1987 Ivan Lendl Mats Wilander
1986 Ivan Lendl Mikael Pernfors
1985 Mats Wilander Ivan Lendl
1984 Ivan Lendl John McEnroe
1983 Yannick Noah Mats Wilander
1982 Mats Wilander Guillermo Vilas
1981 Bjorn Borg Ivan Lendl
1980 Bjorn Borg Vitas Gerulaitis
1979 Bjorn Borg Victor Pecci
1978 Bjorn Borg Guillermo Vilas
1977 Guillermo Vilas Brian Gottfried
1976 Adriano Panatta Harold Solomon
1975 Bjorn Borg Guillermo Vilas
1974 Bjorn Borg Manuel Orantes
1973 Ilie Nastase Niki Pilic
1972 Andres Gimeno Patrick Proisy
1971 Jan Kodes Ilie Nastase
1970 Jan Kodes Zeljko Franulovic
1969 Rod Laver Ken Rosewall
1968 Ken Rosewall Rod Laver
1967 Roy Emerson Tony Roche
1966 Tony Roche István Gulyas
1965 Fred Stolle Tony Roche
1964 Manuel Santana Nicola Pietrangeli
1963 Roy Emerson Pierre Darmon
1962 Rod Laver Roy Emerson
1961 Manuel Santana Nicola Pietrangeli
1960 Nicola Pietrangeli Luis Ayala
1959 Nicola Pietrangeli Ian Vermaak
1958 Mervyn Rose Luis Ayala
1957 Sven Davidson Herbert Flam
1956 Lew Hoad Sven Davidson
1955 Tony Trabert Sven Davidson
1954 Tony Trabert Art Larsen
1953 Ken Rosewall Vic Seixas
1952 Jaroslav Drobny Frank Sedgman
1951 Jaroslav Drobny Eric Sturgess
1950 Budge Patty Jaroslav Drobny
1949 Frank Parker Budge Patty
1948 Frank Parker Jaroslav Drobny
1947 Joseph Asboth Eric Sturgess
1946 Marcel Bernard Jaroslav Drobny
1940-45 Não houve disputa por causa da Segunda Guerra Mundial
1939 Don McNeill Bobby Riggs
1938 Don Budge Roderich Menzel
1937 Henner Henkel Henry Austin
1936 Gottfried von Cramm Fred Perry
1935 Fred Perry Gottfried von Cramm
1934 Gottfried von Cramm Jack Crawford
1933 Jack Crawford Henri Cochet
1932 Henri Cochet Giorgio de Stefani
1931 Jean Borotra Christian Boussus
1930 Henri Cochet Bill Tilden
1929 Rene Lacoste Jean Borotra
1928 Henri Cochet Rene Lacoste
1927 Rene Lacoste Bill Tilden
1926 Henri Cochet Rene Lacoste
1925 Rene Lacoste Jean Borotra
1924 Jean Borotra René Lacoste
1923 François Blanchy Max Decugis
1922 Henri Cochet Jean Samazeuilh
1921 Jean Samazeuilh André Gobert
1920 André Gobert Max Decugis
1915-19 Não houve disputa por causa da Primeira Guerra Mundial
1914 Max Decugis Jean Samazeuilh
1913 Max Decugis Georges Gault
1912 Max Decugis André Gobert
1911 André Gobert Maurice Germot
1910 Maurice Germot François Blanchy
1909 Max Decugis Maurice Germot
1908 Max Decugis Maurice Germot
1907 Max Decugis Robert Wallet
1906 Maurice Germot Max Decugis
1905 Maurice Germot André Vacherot
1904 Max Decugis André Vacherot
1903 Max Decugis André Vacherot
1902 Michel Vacherot Max Decugis
1901 André Vacherot Paul Lebreton
1900 Paul Aymé André Prévost
1899 Paul Aymé Paul Lebreton
1898 Paul Aymé Paul Lebreton
1897 Paul Aymé Franck N. Wardan
1896 André Vacherot Gérard Brosselin
1895 André Vacherot Laurent Riboulet
1894 André Vacherot Gérard Brosselin
1893 Laurent Riboulet Jean Schopfer
1892 Jean Schopfer Francis Louis Fassitt
1891 H. Briggs P. Baigneres

Quem é a maior campeã de Roland Garros?

A tenista mais vitoriosa da história de Roland Garros é a norte-americana Chris Evert. Nas décadas de 1970 e 1980, ela venceu o Aberto da França em 7 oportunidades, uma a mais que a alemã Steffi Graf, que acumulou 6 títulos entre 1987 e 1999.

Steffi Graf não é a única tenista que venceu o torneio de Roland Garros em 6 edições. A francesa Suzanne Lenglen também conquistou 6 títulos, num intervalo de 7 anos, na década de 1920.

Naquela época, apenas jogadores amadores disputavam o Grand Slam francês. A entrada de profissionais aconteceu apenas em 1968, quando foi iniciada a “era aberta”.

A brasileira Maria Esther Bueno disputou uma final do torneio de simples feminino de Roland Garros, mas perdeu a decisão de 1964 para a australiana Margaret Court, que venceu o Aberto da França 5 vezes.

Chris Evert maior campeã da história de Roland Garros
Chris Evert é a tenista com mais títulos de Roland Garros no torneio feminino, com 7 conquistas

Lista de maiores campeãs de Roland Garros no torneio feminino

  • Chris Evert – 7 títulos na era aberta
  • Suzanne Lenglen – 6 títulos na era amadora
  • Steffi Graf – 6 títulos na era aberta
  • Margaret Court – 5 títulos (2 na era amadora e 3 na era aberta)
  • Françoise Masson – 5 títulos na era amadora
  • Kate Gillou – 4 títulos na era amadora
  • Jeanne Matthey – 4 títulos na era amadora
  • Helen Wills – 4 títulos na era amadora
  • Justine Henin – 4 títulos na era aberta

Todas as campeãs do torneio de Roland Garros ano a ano

Ano Campeã Vice-campeã
2020 Iga Swiatek Sofia Kenin
2019 Ashleigh Barty Markéta Vondroušová
2018 Simona Halep Sloane Stephens
2017 Jelena Ostapenko Simona Halep
2016 Garbiñe Muguruza Serena Williams
2015 Serena Williams Lucie Šafářová
2014 Maria Sharapova Simona Halep
2013 Serena Williams Maria Sharapova
2012 Maria Sharapova Sara Errani
2011 Na Li Francesca Schiavone
2010 Francesca Schiavone Samantha Stosur
2009 Svetlana Kuznetsova Dinara Safina
2008 Ana Ivanović Dinara Safina
2007 Justine Henin Ana Ivanovic
2006 Justine Henin Svetlana Kuznetsova
2005 Justine Henin Mary Pierce
2004 Anastasia Myskina Elena Dementieva
2003 Justine Henin Kim Clijsters
2002 Serena Williams Venus Williams
2001 Jennifer Capriati Kim Clijsters
2000 Mary Pierce Conchita Martinez
1999 Steffi Graf Martina Hingis
1998 Arantxa Sanchez Vicario Monica Seles
1997 Iva Majoli Martina Hingis
1996 Steffi Graf Arantxa Sanchez Vicario
1995 Steffi Graf Arantxa Sanchez Vicario
1994 Arantxa Sanchez Vicario Mary Pierce
1993 Steffi Graf Mary Joe Fernandez
1992 Monica Seles Steffi Graf
1991 Monica Seles Arantxa Sanchez Vicario
1990 Monica Seles Steffi Graf
1989 Arantxa Sanchez Vicario Steffi Graf
1988 Steffi Graf Natasha Zvereva
1987 Steffi Graf Martina Navratilova
1986 Chris Evert Lloyd Martina Navratilova
1985 Chris Evert Lloyd Martina Navratilova
1984 Martina Navratilova Chris Evert Lloyd
1983 Chris Evert Lloyd Mima Jausovec
1982 Martina Navratilova Andrea Jaeger
1981 Hana Mandlikova Sylvia Hanika
1980 Chris Evert Lloyd Virginia Ruzici
1979 Chris Evert Lloyd Wendy Turnbull
1978 Virginia Ruzici Mima Jausovec
1977 Mima Jausovec Florenta Mihai
1976 Sue Barker Renata Tomanova
1975 Chris Evert Martina Navratilova
1974 Chris Evert Olga Morozova
1973 Margaret Court Chris Evert
1972 Billie Jean King Evonne Goolagong
1971 Evonne Goolagong Helen Gourlay
1970 Margaret Court Helga Niessen
1969 Margaret Court Ann Haydon Jones
1968 Nancy Richey Ann Haydon Jones
1967 Francoise Durr Lesley Turner
1966 Ann Jones Nancy Richey
1965 Lesley Turner Margaret Court
1964 Margaret Court Maria Esther Bueno
1963 Lesley Turner Ann Haydon Jones
1962 Margaret Court Lesley Turner
1961 Ann Haydon Yola Ramirez
1960 Darlene Hard Yola Ramirez
1959 Christine Truman Zsuzsi Kormoczi
1958 Susi Kormoczi Shirley Bloomer
1957 Shirley Bloomer Dorothy Knode
1956 Althea Gibson Angela Mortimer
1955 Angela Mortimer Dorothy Knode
1954 Maureen Connolly Ginette Bucaille
1953 Maureen Connolly Doris Hart
1952 Doris Hart Shirley Fry
1951 Shirley Fry Doris Hart
1950 Doris Hart Pat Todd
1949 Margaret duPont Nelly Adamson
1948 Nelly Landry Shirley Fry
1947 Patricia Todd Doris Hart
1946 Margaret Osborne Pauline Betz
1940-45 Não houve disputa por causa da Segunda Guerra Mundial
1939 Simone Mathieu Jadwiga Jedrzejowska
1938 Simone Mathieu Nelly Landry
1937 Hilde Sperling Simone Mathieu
1936 Hilde Sperling Simone Mathieu
1935 Hilde Sperling Simone Mathieu
1934 Margaret Scriven Helen Hull Jacobs
1933 Margaret Scriven Simone Mathieu
1932 Helen Moody Simone Mathieu
1931 Cilly Aussem B. Nuthall
1930 Helen Moody Helen Hull Jacobs
1929 Helen Wills Simone Mathieu
1928 Helen Wills Eileen Bennett
1927 Kea Bouman Irene Peacock
1926 Suzanne Lenglen Mary Browne
1925 Suzanne Lenglen Kitty McKane
1924 Julie Vlasto Jeanne Vaussard
1923 Suzanne Lenglen Germaine Golding
1922 Suzanne Lenglen Germaine Golding
1921 Suzanne Lenglen Germaine Golding
1920 Suzanne Lenglen Marguerite Broquedis
1915-19 Não houve disputa por causa da Primeira Guerra Mundial
1914 Marguerite Broquedis Suzanne Lenglen
1913 Marguerite Broquedis Jeanne Matthey
1912 Jeanne Matthey Marie Danet
1911 Jeanne Matthey Marguerite Broquedis
1910 Jeanne Matthey Germaine Régnier
1909 Jeanne Matthey Abeille Villard Gallay
1908 Kate Gillou Pean
1907 Comtesse de Kermel Catherine d’Aliney d’Elva
1906 Kate Gillou Virginia MacVeagh
1905 Kate Gillou Yvonne de Pfeffel
1904 Kate Gillou Adine Masson
1903 Adine Masson Kate Gillou
1902 Adine Masson P. Girod
1901 P. Girod Leroux
1900 Hélène Prévost Não houve disputa da final
1899 Adine Masson Não houve disputa da final
1898 Adine Masson Não houve disputa da final
1897 Adine Masson P. Girod

História de Gustavo Kuerten (Guga) em Roland Garros

Gustavo Kuerten foi tricampeão em Roland Garros
Tricampeão de Roland Garros, Guga comemorou seu terceiro título desenhando um coração no saibro

Até 1997, o nome de Gustavo Kuerten era pouco conhecido entre os brasileiros. Mas, naquele ano, o catarinense começou a se tornar um grande ídolo do esporte no Brasil.

Guga conquistou o primeiro de seus 3 títulos em Roland Garros, dando início à mais vitoriosa carreira de um tenista brasileiro em toda a história.

Grande parte da idolatria de Guga veio com seu perfil atípico no mundo do tênis. Cabeludo, o brasileiro usava uma faixa na cabeça e roupas em amarelo e azul. Aos poucos, ele foi surpreendendo os grandes tenistas do mundo.

Nas quartas de final de Roland Garros 1997, Guga derrotou o russo Yevgeny Kafelnikov, por 3 a 2. Nas semifinais, a vitória sobre o belga Filip Dewulf foi por 3 a 1.

Já na final, Gustavo Kuerten encontrou o espanhol Sergi Bruguera, que havia vencido Roland Garros em 1994 e 1995.

O brasileiro derrotou o bicampeão do Aberto da França com 3 a 0, sagrando-se à época o segundo tenista com o pior ranking a ser campeão de um Grand Slam.

Guga passou então a ser o 15º melhor do mundo na lista da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais).

Bicampeonato de Guga em Roland Garros

Campeão de Roland Garros em 1997, Guga caiu na segunda rodada do ano seguinte, ao ser derrotado pelo russo Marat Safin. Já em 1999, Gustavo Kuerten foi até as quartas de final, quando perdeu para o ucraniano Andriy Medvedev por 3 a 0.

Se passasse, Guga faria uma semifinal brasileira em Paris contra Fernando Meligeni, que também foi eliminado por Medvedev. Depois de ser algoz dos brasileiros, o ucraniano perdeu a final para o norte-americano Andre Agassi.

Após dois anos sem conseguir chegar às semifinais, Guga voltou a ser campeão de Roland Garros em 2000. Assim como em seu primeiro título em Paris, o brasileiro eliminou o russo Yevgeny Kafelnikov nas quartas de final.

Depois, passou pelo espanhol Juan Carlos Ferrero nas semifinais e venceu o sueco Magnus Norman na final. O título do Grand Slam francês ajudou a levar Gustavo Kuerten ao topo do ranking mundial de tênis.

Guga tricampeão do torneio de Roland Garros

Gustavo Kuerten chegou a Paris em 2001 como atual campeão de Roland Garros e carregando também na bagagem a conquista de 1997.

Nas duas primeiras rodadas, eliminou os argentinos Guillermo Coria e Agustín Calleri. Também passou pelo marroquino Karim Alami e pelo norte-americano Michael Russell, até reencontrar Yevgeny Kafelnikov. Mais uma vez, o brasileiro derrotou o russo.

Na semifinal e na final, Guga bateu os espanhóis Juan Carlos Ferrero e Alex Corretja, sagrando-se tricampeão de Roland Garros.

Na final do Aberto da França de 2001, o triunfo de Gustavo Kuerten sobre Corretja, por 3 a 1, teve direito a um pneu (6 a 0) no quarto set.

Vitorioso, o brasileiro utilizou a raquete para desenhar um coração no saibro de Roland Garros e se deitou no centro desse coração, demonstrando todo o seu carinho e amor pelo torneio de Paris.

Em 2018, a Federação Francesa de Tênis anunciou que Guga foi o primeiro embaixador mundial de Roland Garros.

Na era aberta do tênis (iniciada em 1968, permitindo a participação de profissionais em Grand Slams), Gustavo Kuerten é o terceiro maior vencedor do Aberto da França, ao lado de Mats Wilander e Ivan Lendl.

Com três títulos, o brasileiro está atrás apenas de Rafael Nadal, 12 vezes campeão em Paris, e Bjorn Borg, dono de 6 títulos.

Brasileiros campeões em Roland Garros

Ao lado do croata Ivan Dodig, Marcelo Melo foi campeão do torneio de duplas de Roland Garros em 2015

Em toda a sua vida, Guga foi campeão quatro vezes em Roland Garros. Antes de se sagrar tricampeão no torneio de simples como profissional, Gustavo Kuerten conquistou um título do Aberto da França em 1994, no torneio de duplas masculinas juvenis, ao lado do equatoriano Nicolas Lapentti.

Além de Guga, outros três brasileiros foram campeões em Roland Garros, todos em torneios de duplas.

Tenista mais vitoriosa entre as mulheres no Brasil, Maria Esther Bueno teve dois títulos no Grand Slam francês, ambos em 1960. Naquele ano, ela foi campeã tanto de duplas femininas quanto de duplas mistas.

Quinze anos depois, em 1975, Thomaz Koch foi campeão em duplas mistas. Já Marcelo Melo levou o título de duplas masculinas de Roland Garros em 2015, ao lado do croata Ivan Dodig.

Na edição de 2020, foi a vez de Bruno Soares chegar à final do torneio de duplas masculinas do Grand Slam francês. Ao lado do croata Mate Pavic, o mineiro foi vice-campeão.

Também em 2020, no torneio juvenil de duplas masculinas, os brasileiros Bruno Oliveira e Natan Rodrigues ficaram com o vice-campeonato. 

A cada ano, novos tenistas brasileiros tentam repetir os feitos de seus compatriotas no torneio de Roland Garros.

Há aqueles que sonham também em ser tão vitoriosos quanto Rafael Nadal e entrar para a galeria de grandes campeões do Aberto da França. Certo é que o torneio de Paris, ano a ano, trará mais emoções aos fãs de tênis.

Agora que você já sabe tudo sobre a história do torneio de Roland Garros, aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos:

* Última atualização em 11 de outubro de 2020

Comentários

Salvar
120 Compart.
Compartilhar109
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin11