Conheça a história do tenista Bruno Soares: como começou, com quem formou duplas, todos os títulos, melhor ranking e curiosidades

Você sabia que um tenista brasileiro conquistou dois títulos de um Grand Slam no mesmo dia? Estamos falando de Bruno Soares.

Em 2016, o mineiro foi campeão do Australian Open tanto nas duplas masculinas quanto nas duplas mistas.

Esse feito é só um dos diversos alcançados por ele ao longo de sua carreira no tênis.

Para conhecer toda a história de Bruno Soares e saber quais outros títulos ele conquistou, continue com a gente!

Quem é Bruno Soares?

Quem é Bruno Soares
Bruno Soares já foi número 2 do mundo no ranking da ATP de tenistas de duplas masculinas

Nascido em Belo Horizonte, em 27 de fevereiro de 1982, Bruno Soares é um tenista profissional, especialista em duplas. Em outubro de 2016, ele foi o número 2 do mundo no ranking da ATP entre tenistas de duplas masculinas. 

Bruno Soares tem mais de 30 títulos na carreira, sendo 6 de Grand Slams

Nos quatro principais torneios do circuito mundial, as conquistas do tenista mineiro se dividem entre três títulos de duplas masculinas e outros três de duplas mistas.

Os dois primeiros títulos de Bruno Soares em duplas masculinas foram conquistados ao lado do britânico Jamie Murray. Juntos, eles foram campeões do Australian Open e do US Open. Como consequência desses resultados, ao fim da temporada, receberam o prêmio de “Dupla do Ano”.

Em 2020, Bruno Soares voltou a conquistar um título de Major, sendo campeão do US Open ao lado do croata Mate Pavic.

Além disso, o brasileiro foi vice-campeão de Grand Slams por duas vezes, sendo uma nas duplas masculinas e outra em duplas mistas. 

Toda essa história de conquistas no tênis começou em um lugar inusitado. Quer saber onde foi? Veja logo abaixo!

Quando e como Bruno Soares começou a jogar tênis?

História de Bruno Soares
Bruno Soares começou a jogar tênis no Iraque e passou a se dedicar às duplas depois de grave lesão

Bruno Soares é filho do engenheiro civil Malthus Soares. No início da década de 1980, eles se mudaram para Bagdá, onde eram realizadas obras pela empresa em que Malthus trabalhava. Assim, foi na capital do Iraque que Bruno começou a jogar tênis.

O futuro campeão de Grand Slams morou em Bagdá dos 2 meses de idade até os 6 anos. Quando tinha 5, ele começou a praticar tênis com outras crianças estrangeiras.

Na volta ao Brasil, Bruno seguiu no esporte. Por conta do trabalho de seu pai, ele chegou a morar em Maringá, Rio de Janeiro e Fortaleza. 

Ao retornar a Belo Horizonte, aos 14 anos, ele passou a treinar no Minas Tênis Clube, dividindo as quadras do tradicional clube mineiro com os também futuros tenistas profissionais Marcelo Melo e André Sá. 

Marcelo Melo foi um dos principais parceiros de Bruno Soares ao longo de sua carreira. Saiba, a seguir, com quais outros tenistas ele formou dupla!

Quem foram os parceiros de Bruno Soares no tênis?

Parceiros de Bruno Soares no tênis
Ao lado do austríaco Alexander Peya, Bruno Soares chegou à sua primeira final de Grand Slam em duplas masculinas

Bruno Soares começou a disputar torneios da ATP em 1999. Um ano depois, foi vice-campeão do Orange Bowl, o mais importante torneio juvenil do mundo. A profissionalização aconteceu em 2001. No início de sua carreira no tênis, ele formou duplas com os também brasileiros André Sá, Thiago Alves e Marcelo Melo. 

Em 2005, Bruno sofreu uma grave lesão nos ligamentos do joelho esquerdo, que o afastou do circuito por dois anos. Ao retornar, decidiu se dedicar à carreira como especialista de duplas e, em 2008, foi até as semifinais de Roland Garros ao lado do sérvio Dusan Vemic.

Foi em parceria com Kevin Ullyett, do Zimbábue, que Bruno Soares conquistou seus primeiros títulos da ATP. Eles foram campeões em Nottingham em 2008 e em Estocolmo em 2009.

A dupla chegou ainda às quartas de final de Wimbledon e Roland Garros. No fim de 2009, Ullyett se aposentou e, assim, Bruno precisou buscar um novo parceiro.

Os belo-horizontinos Bruno Soares e Marcelo Melo jogaram duas temporadas juntos e, em 2010 e 2011, conquistaram três títulos da ATP.

Já em 2012, Bruno levantou cinco troféus, com três parceiros diferentes. Além de ser campeão jogando com Marcelo Melo e com o norte-americano Eric Butorac, ele venceu três torneios com o austríaco Alexander Peya.

A parceria entre Soares e Peya foi uma das mais consistentes e vitoriosas do circuito entre 2013 e 2015. Além dos dois títulos de 2012, eles foram campeões de 10 torneios nos três anos seguintes.

Junto com Alexander Peya, Bruno Soares chegou à sua primeira final de Grand Slams em duplas masculinas. Na decisão de 2013, eles perderam a decisão para Leander Paes e Radek Štěpánek.

Entre 2016 e 2019, Bruno construiu outra parceria muito bem-sucedida. Com Jamie Murray, irmão de Andy Murray, o brasileiro foi campeão de 10 torneios, sendo dois Grand Slams.

A dupla formada por Soares e Murray levou os títulos do Australian Open e do US Open de 2016, conquistando também o prêmio de “Dupla no Ano” naquela temporada.

A parceria com Murray chegou ao fim em 2019. Bruno chegou a ser campeão em Stuttgart com o australiano John Peers, mas, posteriormente, fixou dupla com o croata Mate Pavic.

Ao lado de Pavic, o tenista brasileiro voltou a disputar uma final de Grand Slam. Eles chegaram à decisão do US Open de 2020 e levaram o título.

Saiba, a seguir, quantos títulos Bruno Soares já conquistou na carreira!

Quantos títulos tem o tenista Bruno Soares?

Bruno Soares e Jamie Murray campeões do Australian Open em duplas masculinas em 2016
Ao lado de Jamie Murray, Bruno Soares foi campeão do torneio de duplas masculinas do Australian Open em 2016

Bruno Soares tem mais de 30 títulos na carreira. Em torneios de duplas masculinas da ATP, ele foi campeão 33 vezes. O mineiro também coleciona conquistas em duplas mistas. Na sua galeria, conta com seis títulos de Grand Slams.

Em duplas masculinas, Bruno Soares foi campeão do Australian Open e do US Open em 2016. Ele levou seu terceiro título nesse formato em 2020, novamente no Aberto dos Estados Unidos.

Curiosamente, no Aberto da Austrália de 2016, Bruno levou dois títulos no mesmo dia. Campeão nas duplas masculinas com Jamie Murray, venceu também o torneio de duplas mistas, com a russa Elena Vesnina.

Ao todo, o tenista brasileiro tem três títulos de Grand Slams em duplas mistas. Antes de ser campeão do Australian Open, ele havia sido bicampeão do US Open. 

Em 2012, conquistou o Aberto dos Estados Unidos com a russa Ekaterina Makarova. Já em 2014, levou o título com a indiana Sania Mirza.

Bruno Soares tem ainda 30 vice-campeonatos em duplas masculinas, sendo um do US Open de 2013, com Alexander Peya.

Nas duplas mistas, ele foi vice-campeão de Wimbledon, também em 2013, jogando ao lado da norte-americana Lisa Raymond. 

Todos os títulos de Bruno Soares

2008

  • Nottingham, ao lado de Kevin Ullyett

2009

  • Estocolmo, ao lado de Kevin Ullyett

2010

  • Nice, ao lado de Marcelo Melo

2011

  • Costa do Sauípe, ao lado de Marcelo Melo
  • Santiago, ao lado de Marcelo Melo

2012

  • São Paulo, ao lado de Eric Butorac
  • Kuala Lumpur, ao lado de Alexander Peya
  • Tóquio, ao lado de Alexander Peya
  • Estocolmo, ao lado de Marcelo Melo
  • Valencia, ao lado de Alexander Peya

2013

  • Auckland, ao lado de Alexander Peya
  • São Paulo, ao lado de Alexander Peya
  • Barcelona, ao lado de Alexander Peya
  • Eastbourne, ao lado de Alexander Peya
  • ATP Masters 1000 do Canadá, ao lado de Alexander Peya
  • Valencia, ao lado de Alexander Peya

2014

  • Queen’s Club, em Londres, ao lado de Alexander Peya
  • ATP Masters 1000 do Canadá, ao lado de Alexander Peya

2015

  • Munique, ao lado de Alexander Peya
  • Basel, ao lado de Alexander Peya

2016

  • Sydney, ao lado de Jamie Murray
  • Australian Open, ao lado de Jamie Murray
  • US Open, ao lado de Jamie Murray

2017

  • Acapulco, ao lado de Jamie Murray
  • Stuttgart, ao lado de Jamie Murray
  • Queen’s Club, em Londres, ao lado de Jamie Murray

2018

  • Acapulco, ao lado de Jamie Murray
  • Washington, ao lado de Jamie Murray
  • ATP Masters 1000 de Cincinnati, ao lado de Jamie Murray

2019

  • Sydney, ao lado de Jamie Murray
  • Stuttgart, ao lado de John Peers
  • ATP Masters 100 de Xangai, ao lado de Mate Pavic

2020

  • US Open, ao lado de Mate Pavic

Todas as finais de Bruno Soares em Grand Slam

Títulos de Grand Slam de Bruno Soares
Bruno Soares e Ekaterina Makarova foram campeões do US Open de 2012

US Open em 2012 – Duplas mistas

  • Bruno Soares e Ekaterina Makarova 2 x 1 Květa Peschke e Marcin Matkowski

Wimbledon de 2013 – Duplas mistas

  • Daniel Nestor e Kristina Mladenovic 2 x 1 Bruno Soares e Lisa Raymond

US Open em 2013 – Duplas masculinas

  • Leander Paes e Radek Štěpánek 2 x 0 Bruno Soares e Alexander Peya 

US Open em 2014 – Duplas mistas 

  • Bruno Soares e Sania Mirza 2 x 1 Abigail Spears e Santiago González

Australian Open em 2016 – Duplas masculinas 

  • Bruno Soares e Jamie Murray 2 x 1 Daniel Nestor e Radek Štěpánek

Australian Open em 2016 – Duplas mistas

  • Bruno Soares e Elena Vesnina 2 x 1 Coco Vandeweghe e Horia Tecău

US Open em 2016 – Duplas masculinas

  • Bruno Soares e Jamie Murray 2 x 0 Pablo Carreño Busta e Guillermo García-López

US Open em 2020 – Duplas masculinas

  • Bruno Soares e Mate Pavic 2 x 0 Nikola Mektic e Wesley Koolhof

Vá além do Tênis! Confira também:

Participações de Bruno Soares em Olimpíadas

marcelo melo nos jogos olímpicos
Bruno Soares disputou duas Olimpíadas ao lado de Marcelo Melo

Bruno Soares disputou duas Olimpíadas em sua carreira. O tenista mineiro esteve em Londres, em 2012, e no Rio de Janeiro, em 2016. Nas duas edições, ele formou dupla com o conterrâneo Marcelo Melo.

Em Londres 2012, os belo-horizontinos chegaram às quartas de final. A eliminação veio diante dos franceses Michaël Llodra e Wilfried Tsonga.

Em 2016, mais uma eliminação nas quartas de final. Jogando em casa, no Rio de Janeiro, Marcelo Melo e Bruno Soares perderam para os romenos Florin Mergea e Horia Tecău.

Curiosidades sobre Bruno Soares

  • O ídolo de Bruno Soares no tênis é o norte-americano Pete Sampras;
  • Além de português, o tenista brasileiro fala inglês e espanhol;
  • Bruno Soares prefere em quadras duras e seu torneio predileto é o ATP Masters 1000 de Miami;
  • Bruno gosta também de jogar futebol e poker;
  • Bruno Soares é torcedor do Cruzeiro e fã de Ronaldo, que começou a carreira no time mineiro;
  • É casado com Bruna e pai de Noah e Maya.
  • A melhor colocação de Bruno Soares no ranking da ATP foi o 2º lugar em 2016;
  • Bruno Soares acumula mais de US$ 5,9 milhões em prêmios.

Um dos mais vitoriosos atletas do Brasil em toda a história do tênis, Bruno Soares segue aumulando troféus e brigando pelos títulos mais importantes do circuito mundial.

Enquanto esperamos para saber qual será a próxima conquista de Bruno, aproveite para conhecer mais sobre outros grandes nomes do tênis mundial:

*Última atualização em 10 de setembro de 2020

Comentários

Salvar
11 Compart.
Compartilhar3
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin8