fbpx

Vôlei

Nas últimas décadas, o vôlei se tornou um dos esportes mais populares no Brasil.

Nos Jogos Olímpicos, as seleções brasileiras se acostumaram a brigar por medalhas desde a década de 1990.

Acompanhando o crescimento das seleções, o voleibol brasileiro se estabilizou com a organização da Superliga, tanto no masculino quanto no feminino, conquistando ainda mais fãs para o esporte.

Se você é um desses fãs de voleibol ou se somente gostaria de saber sobre vôlei, não perca tempo e conheça todos os detalhes da história do vôlei!

Quem inventou o Vôlei?

O inventor do voleibol foi o norte-americano William G. Morgan. Ele era diretor de educação física da Associação Cristã de Moços (ACM) na cidade de Holyoke, no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Como surgiu o Vôlei?

William G. Morgan criou o voleibol em 1895. O início da história do vôlei está diretamente relacionada ao basquete, que havia surgido 4 anos antes.

A pedido do pastor Lawrence Rinder, o então diretor da ACM de Holyoke buscava um esporte que não fosse tão desgastante e com contato físico como o basquete, para que pessoas mais velhas pudessem se sentir mais confortáveis.

Onde surgiu o Vôlei?

O vôlei foi inventado na cidade de Holyoke, no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos. Foi na Associação Cristã de Moços (ACM) da cidade norte-americana que William G. Morgan criou o voleibol.

Principais regras do Vôlei

As regras do vôlei estão diretamente relacionadas a: divisão das partidas em sets, pontuação, número de passes permitidos e número de jogadores em um time.

Regras do vôlei: divisão das partidas em sets

Os jogos de vôlei são disputados em 5 sets de 25 pontos. O time que vencer 3 sets primeiro será o vencedor.

Para vencer um set, uma equipe precisa marcar 25 pontos, com pelo menos 2 pontos de vantagem. Caso haja empate por 24 a 24, o set continua até que um time consiga abrir 2 pontos.

Se o placar de sets apontar empate por 2 a 2, é disputado um set desempate, conhecido como “tie-break”.

Nesse quinto set, vence a equipe que primeiro marcar 15 pontos, desde que haja vantagem de 2 pontos. Se os times empatarem por 14 a 14, o tie-break segue até que uma equipe abra tal vantagem.

Regras do Vôlei: Pontuação

Para pontuar em uma partida de vôlei, as equipes devem, além de passar a bola sobre a rede, buscar com que ela caia no chão no lado da quadra adversária. Os times pontuam também quando o adversário manda a bola para fora dos limites da quadra ou na rede.

Há ainda outras formas de uma equipe pontuar no voleibol, em consequência de violações do adversário, como:

  • Encostar na rede em sua parte superior ou em qualquer outra parte interferindo na jogada;
  • Dar mais do que três toques na bola antes de passá-la para a quadra adversária;
  • Um jogador dar um toque mais longo da bola, empurrando ou carregando a bola, o que caracteriza uma “condução”;
  • Invadir o lado da quadra adversária, tanto por cima quanto por baixo da rede;
  • O jogador que está no fundo da quadra atacar além da linha de 3 metros.

Regras do Vôlei: Passes

Depois de receber o saque, uma equipe de vôlei tem direito a no máximo 3 passes para devolver a bola para a quadra adversária. Caso haja um quarto toque na bola, será ponto do time adversário.

No vôlei de quadra, o desvio no bloqueio não conta como um toque da equipe, ao contrário do que é previsto nas regras do vôlei de praia.

Regras do Voleibol: Número de jogadores

Cada equipe de vôlei é composta por 6 jogadores. Porém, no voleibol profissional, é comum vermos os times titulares escalados com 7 atletas.

Isso acontece porque além dos 6 tradicionais, há um jogador com funções exclusivamente defensivas, que atua na posição de líbero. Esse atleta tem camisa de cor diferente dos companheiros de time.

Posições do Vôlei

  • Levantador
  • Oposto
  • Ponteiro (Pontas)
  • Central ou meio-de-rede
  • Líbero

As posições dos jogadores de um time de vôlei em quadra são enumeradas de 1 a 6. O responsável pelo saque é o número 1, enquanto o jogador logo à sua frente e mais próximo à rede ocupa a posição 2.

Os demais jogadores perto da rede ficam nas posições 3 e 4, enquanto os outros dois no fundo da quadra ocupam as posições 5 e 6.

  • A posição n.º 1 chama-se defesa direita, e é a posição de saque.
  • A posição n.º 2 chama-se saída de rede.
  • A posição n.º 3 chama-se meio de rede.
  • A posição n.º 4 chama-se entrada de rede.
  • A posição n.º 5 chama-se defesa esquerda.
  • A posição n.º 6 chama-se defesa central.

Sistema de Rodízio nas posições

Sempre que a equipe for sacar, deve ser feito um rodízio entre os jogadores, no sentido horário. Assim, o atleta que ocupava a posição 2 será o responsável pelo saque, enquanto aquele que sacava passa para a posição 6.

Depois que a equipe sacar, é permitido que os jogadores se movimentem livremente na quadra. Mas, aqueles que estavam nas posições 1, 5 e 6 (no fundo de quadra) não podem atacar além da linha de três metros, senão haverá uma “invasão” e será marcado ponto para o time adversário.

Embora as posições de um time de vôlei sejam definidas por números, há jogadores especialistas em determinadas funções, como veremos a seguir.

Fundamentos do Vôlei

  • Saque
  • Recepção ou passe
  • Levantamento
  • Ataque
  • Bloqueio

Já sabe tudo sobre as regras? Agora, fique por dentro de quais são os fundamentos do vôlei!

Essencialmente, o jogo consiste em 5 movimentos: saque, recepção, levantamento, ataque e bloqueio.

Saque

Um dos principais fundamentos do voleibol, o saque é o ponto de partida de um ponto. Para sacar, o jogador deve estar atrás da linha de fundo e, durante o movimento, não pode pisar na quadra.

O responsável pelo saque deve fazer a bola passar sobre a rede. Caso a equipe adversária não consiga receber a bola e dar sequência na jogada, acontecerá o que é chamado de “ace” (ponto direto de saque). A equipe que fizer o ponto será aquela que fará o saque no ponto seguinte.

Tipos de saque no vôlei

  • Saque viagem
  • Saque por cima
  • Saque por baixo
  • Saque jornada nas estrelas
Saque viagem

O saque mais comum no voleibol profissional é o “saque viagem”, em que o jogador lança a bola para o alto e salta para atingi-la.

Saque por cima

No saque por cima, o jogador faz movimento similar ao viagem para acertar a bola, mas sem saltar. Com o braço flexionado acima da cabeça, o responsável pelo saque atinge a bola com um tapa.

Saque por baixo

Quando é realizado com o jogador no chão, em um movimento de baixo para cima, esse fundamento recebe o nome de “saque por baixo”.

Saque jornada nas estrelas

O ex-jogador brasileiro Bernard tinha uma jogada marcante, chamada “jornada nas estrelas”, em menção à série Star Trek.

Nesse lance, ele fazia o mesmo movimento do “saque por baixo”, mas seu objetivo era fazer com que a bola alcançasse uma grande altura. Dessa forma, os adversários precisavam ficar olhando para o alto, o que poderia prejudicar a recepção.

Atualmente, é raro vermos um “jornada nas estrelas” nas principais competições de vôlei.

Sistemas táticos de vôlei

  • Sistema tático do voleibol 6×0
  • Sistema tático do voleibol 3×3
  • Sistema tático do voleibol 4×2
  • Sistema tático 5×1 do voleibol
  • 4×2 com infiltração

Apesar dos vários sistemas táticos do vôlei, atualmente o sistema 5×1 é o mais usado pela maioria dos times. Por ter apenas 1 levantador, ele atua, quando está na zona de ataque, igual aos levantadores do sistema 4×2 simples e quando está na zona de defesa igual ao sistema 4×2 com infiltração. Dessa maneira, fica mais fácil de confundir a defesa adversária e ser mais imprevisível nas jogadas.

Principais ligas de Vôlei

Times de vôlei do Brasil

Os principais times de vôlei do Brasil disputam a Superliga. 

Na Superliga Masculina, os times que disputarão a temporada 2019/2020 são:

Na Superliga Feminina, as equipes participantes em 2019/2020 são:

  • Minas Tênis Clube (MG)
  • Praia Clube (MG)
  • Sesi Vôlei Bauru (SP)
  • Osasco (SP)
  • Sesc (RJ)
  • Fluminense (RJ)
  • Curitiba Vôlei (PR)
  • São Paulo FC (SP)
  • Pinheiros (SP)
  • São Caetano (SP)
  • Vôlei Valinhos (SP)
  • Flamengo (RJ)

Principais ídolos do Vôlei

O voleibol brasileiro está recheado de grandes ídolos. Entre os treinadores, Bebeto de Freitas, José Roberto Guimarães e Bernardinho são os principais responsáveis pela evolução do esporte no país.

Há diversos jogadores que também têm seu lugar na história, desde a geração de prata que conquistou a primeira medalha do Brasil no torneio de vôlei nas Olimpíadas até as três medalhas de ouro do masculino. 

Entre as mulheres, a geração de Sheilla Castro, tida por muitos como a melhor jogadora brasileira de vôlei de todos os tempos, ajudou o país a ser bicampeão olímpico no feminino, com direito a ponto decisivo de Fernanda Garay.

O sucesso brasileiro não fica restrito às quadras. O Brasil é uma das maiores potências da história do vôlei de praia. As duplas brasileiras conquistaram até a edição do Rio, em 2016, 13 medalhas, sendo 3 de ouro, no torneio de vôlei de praia nas Olímpiadas.

Os maiores técnicos e atletas do voleibol brasileiro, seja nas quadras ou na areia, são os autores de algumas das frases mais famosas de vôlei

Depois de se inspirar com os discursos dos grandes ídolos, aproveite para conhecer os melhores livros de vôlei e, se quiser bater uma bola, escolha os melhores tênis para jogar vôlei!

Salvar