fbpx
Conheça TODAS as regras do tênis. Saiba como funciona a pontuação e placar, quantos sets tem cada partida e os fundamentos

Um dos esportes mais tradicionais, o tênis tem conquistado mais fãs a cada dia. Os jovens tenistas sonham em ser o próximo Roger Federer, Rafael Nadal ou Novak Djokovic, e ter uma carreira tão vitoriosa quanto Serena Williams.

Porém, para os iniciantes, este pode não ser um esporte tão simples. As regras do tênis têm particularidades e, à primeira vista, até a contagem do placar pode ser difícil de entender. Mas, não é tão complicado assim!

Quer entender como funciona o jogo de tênis? Vem com a gente que vamos te ajudar a saber todas as regras e como é a pontuação!

Infográfico: conheça as regras do tênis

Regras do tênis, como funciona o jogo e a pontuação

Como funciona o tênis?

Um jogo de tênis pode ser disputado individualmente ou por duplas, com o uso de raquetes e uma pequena bola. O seu objetivo é fazer com que a bola toque o chão por duas vezes do lado adversário antes de ser rebatida, o que determina a marcação de um ponto.

O ponto é sempre iniciado com um saque ou serviço. O tenista tem duas chances para sacar. Se no serviço, a bola tocar a rede e cair dentro da área de saque, acontece o “let”, com a repetição do saque. Já se o jogador errar as duas chances de saque, ele comete uma “dupla falta” e, assim, perderá o ponto.  

As partidas de tênis são divididas em pontos, games e sets. Geralmente, um jogo de tênis é disputado em 3 sets (quem ganhar dois será vencedor). Mas, nos quatro principais torneios (Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open), conhecidos como Grand Slams, as partidas são disputadas em 5 sets.

Você ama outros esportes além do Tênis? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Como funciona a contagem de placar no tênis?

A contagem dos pontos no tênis é feita por 15, 30, 40 e game. Ou seja:

amazon
  • Primeiro ponto: 15
  • Segundo ponto: 30
  • Terceiro ponto: 40
  • Quarto ponto: “game”

Caso os jogadores ou duplas empatem por 40 a 40, acontece o que é chamado de “deuce”, e o game somente será definido quando houver dois pontos de vantagem.

Para vencer um set, o tenista ou a dupla precisa vencer 6 games, com vantagem de dois games sobre o adversário (6/4, 6/3, 6/2, 6/1 ou 6/0). Se o set chegar ao empate por 5 a 5, ele terminará quando um jogador ou uma dupla vencer 7 games (7/5). Contudo, se houver empate por 6 a 6, o set será decidido no game de desempate, conhecido como tie-break, com outro formato de contagem de pontos.

Como funciona o tie-break no tênis?

O tie-break tem contagem de pontos diferente dos demais games do tênis. Os pontos são contados de um em um, e o vencedor será aquele que atingir 7 pontos primeiro, desde que haja dois pontos de vantagem (7/5, 7/4, 7/3, 7/2, 7/1 ou 7/0). Contudo, se o tie-break chegar ao empate por 6 a 6, o jogador ou a dupla vencedora será aquela que conseguir abrir dois pontos de vantagem sobre seu adversário.

Placar de jogo de tênis de Roger Federer em Wimbledon

Olhe o exemplo desta foto! Nesse caso, Roger Federer está vencendo o jogo por 2 sets a 0. O terceiro set está 5 games a 3, e ele vence o game por 15 a 0. Ou seja, Federer está a três pontos de vencer este game, o que fará com ele vença a partida por 3 a 0, com parciais de 6/2, 6/2, 6/3, como pode ser verificado no espaço de “previous sets” (sets anteriores).

Quanto tempo dura um set no tênis?

Ao contrário de outros esportes, como o futebol e o basquete, o tênis não tem limite de tempo para a duração de uma partida. O que determinará o fim de um jogo será quando um jogador ou uma dupla atingir a pontuação necessária para a vitória. Assim, a duração de um set no tênis depende apenas de um atleta ou dupla vencer 6 games, com vantagem de pelo menos dois sobre o adversário, ou obter a vitória no tie-break.

Quanto tempo durou o jogo mais longo na história do tênis?

Embora os jogos de tênis prevejam a disputa de um tie-break, até há pouco tempo alguns torneios não utilizavam o game de desempate no quinto set. Assim, o set e o jogo somente acabavam quando um jogador abrisse dois games de vantagem sobre o seu adversário. Dessa forma, foram registrados os jogos de maior duração da história do tênis.

Na edição do torneio de Wimbledon em 2010, um dos quatro Grand Slams do tênis, o americano John Isner venceu o jogo mais longo da história do tênis.

Como Wimbledon não previa tie-break no quinto set, Isner precisou de 8 horas e 11 minutos para chegar à vantagem de dois games sobre o francês Nicolas Mahut, e encerrar o set com vitória de 70 a 68. O placar final do confronto foi 3 sets a 2, com parciais de 6-4, 3-6, 6-7 (7), 7-6 (3) e 70-68. A partida durou 11 horas e 5 minutos.

Em outubro de 2018, Wimbledon anunciou uma mudança em suas regras e, a partir de 2019, há a introdução do tie-break no quinto set. A disputa do game de desempate acontecerá se os jogadores chegarem ao empate por 12 a 12.

John Isner e Nicolas Mahut fizeram o jogo mais longo da história do tênis, no torneio de Wimbledon
John Isner e Nicolas Mahut fizeram o jogo mais longo da história do tênis, em Wimbledon 

Principais regras do tênis

Quer entender um pouco mais sobre as regras do tênis? Saiba os detalhes sobre a quadra, a bola e a raquete.  

Tamanho da quadra de tênis

A quadra de tênis tem 23,77 metros de comprimento e 10,97 metros de largura. No entanto, as dimensões que serão utilizadas variam se o jogo de tênis for individual ou de duplas.

No segundo caso, são utilizadas as áreas laterais da quadra, o que totaliza toda a dimensão citada acima. Já se for uma disputa individual, a quadra é utilizada em sua versão mais curta, sem as mesmas áreas laterais que são aproveitadas nos duelos de duplas. Dessa forma, largura é reduzida para 8,23 metros, enquanto é mantido o comprimento de 23,77 metros.

Quadra de tênis
Áreas laterais da quadra de tênis são usadas apenas em jogos individuais, e rede é mais baixa no ponto central

Rede de tênis

No meio da quadra de tênis, há uma rede que toca o chão e tem altura variável. Nas suas laterais, ela mede 1,07 metro, enquanto são 91,4 centímetros no centro. Ou seja, a rede de tênis é mais baixa no seu ponto central do que em seus extremos.  

Linhas da quadra de tênis

Além das linhas horizontais e verticais que delimitam a quadra de tênis, há linhas paralelas às linhas de fundo que ficam a distância de 6,4 metros da rede. A área entre essas linhas e a rede é dividida por uma linha vertical. Esse espaço é a área de saque. Ou seja, é onde a bola deve tocar o chão quando um jogador realiza o saque ou serviço.

Se o tenista marcar um ponto direto em seu serviço, sem que o adversário consiga encostar na bola, acontecerá um “ace”, que é como se chama o ponto de saque no tênis.

Pisos de uma quadra de tênis

As quadras de tênis podem ter ao menos três pisos diferentes. A principal diferença entre eles é a velocidade que proporcionam quando a bola quica.

amazon
  • Saibro: nesse tipo de piso, também chamado de terra batida, a quadra de tênis é composta por argila e pó de tijolo. Esse é o tipo de piso utilizado em Roland Garros, torneio disputado em Paris, que Gustavo Kuerten, o Guga, venceu três vezes. É considerado um piso lento.
  • Grama: é o tipo de piso utilizado no torneio de Wimbledon, em Londres, e favorece o jogo mais rápido.
  • Piso duro: é um tipo de piso que favorece o jogo mais rápido e pode ser composto por cimento ou por um piso emborrachado. O Australian Open e o US Open são torneios que utilizam esse tipo de piso.

Bola de tênis

A bola de tênis, normalmente, é amarela, revestida por uma camada de feltro e tem diâmetro entre 6,35 e 6,67 centímetros. O peso fica entre 56,7 e 58,5 gramas.

Raquete

A raquete de tênis de quadra deve ter no máximo 73,7 centímetros de comprimento e 31,7 centímetros de largura. Sua superfície é plana, com cordas horizontais e verticais, e encordoamento uniforme. Os materiais de fabricação da raquete são, geralmente, alumínio e grafite.

Vá além do mundo do Tênis! Confira também nossos outros conteúdos:

Juízes

As partidas de tênis são arbitradas por uma equipes de árbitros. O mais importante deles é o juiz de cadeira, que tem a função de comandar a partida. Ele pode rever a marcação de juízes de linha, advertir e punir jogadores caso haja algum ato de indisciplina. Além do juiz de cadeira, há juízes de linha (quatro a seis), que indicam se a bola quicou dentro ou fora da quadra.

Em grandes torneios, é possível que um jogo de tênis tenha ainda mais árbitros. As funções dos juízes nesses casos é:

  • juiz de rede: fiscaliza se a bola tocou a rede no saque. Todavia, essa função não tem sido muito utilizada, já que pode ser substituída por um sensor;
  • juiz de saque: verifica se a bola saiu da linha de saque;
  • juiz de serviço: um em cada lado da quadra verifica se houve “foot fault”, ou seja, se o tenista pisou dentro da quadra no momento do saque;
  • juízes de linha: são dois de cada lado da quadra, com a função de verificar se a bola tocou ou não a área de saque;
  • juiz central de linha: observa se a bola quica no lado correto no momento do saque;
  • juiz de fundo de quadra: pode determinar a paralisação da partida caso haja chuva, por exemplo.

Entretanto, grande parte das decisões de árbitros em um jogo de tênis têm sido substituídas por recursos eletrônicos. No Next Generation ATP Finals, a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) já testou a realização de partidas apenas com o juiz principal.

Há alguns anos, tem sido permitido que os atletas solicitem o uso de recurso eletrônico para a revisão de uma marcação dos árbitros, no que é conhecido como “desafio”.

Desafio

Para diminuir os erros de arbitragem em um jogo de tênis, o uso de recursos eletrônicos é feito com a ajuda de quatro câmeras de alta velocidade, em um sistema chamado Hawk-Eye (olhos de falcão). Os próprios jogadores têm a possibilidade de pedir o desafio eletrônico, usado especialmente para verificar se a bola tocou dentro ou fora da quadra.

Betway Brazil Sports Banners

Recurso eletrônico do desafio em jogo de tênis

Nos principais torneios, os tenistas têm direito a três desafios por set. Se o jogador estiver correto em sua solicitação, ele mantém o número de desafios restantes. Há ainda o direito a um novo desafio quando é disputado um tie-break.

O primeiro Grand Slam a utilizar o desafio eletrônico foi o US Open de 2006. Dois anos depois, as regras do Hawk-Eye foram formalizadas.

Assim, o tênis tem conseguido ir além de sua tradição para se tornar um esporte cada vez mais moderno, com disputas entre alguns dos principais esportistas do mundo.

Agora que você já sabe tudo sobre as regras do tênis aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos:

* Última atualização em 20/08/2019

Ficha Técnica
Título
Regras do Tênis: como funciona a pontuação e fundamentos
Resumo
Conheça TODAS as regras do tênis. Saiba como funciona a pontuação e placar, quantos sets tem cada partida e os fundamentos
Autor

Comentários

Salvar