fbpx
Conheça a biografia de Roger Federer, curiosidades da sua carreira, todos os títulos conquistados e seus maiores rivais no tênis

Maior vencedor de Grand Slams na história do circuito masculino de tênis. Recordista de semanas como o número 1 do mundo no ranking da ATP. Dono de duas medalhas em Jogos Olímpicos. Todas essas informações dizem respeito a um tenista: o suíço Roger Federer.

Betway Brazil Sports Banners

Em diversas listas que apontam o melhor tenista de todos os tempos, Federer aparece no topo da relação. Com tantas marcas e conquistas, não é difícil entender os motivos para que isso aconteça.

Mas o que você sabe sobre a carreira de Roger Federer? Como ele começou no tênis? Quais são seus principais recordes?

Não se preocupe se você não sabe essas respostas. Vamos te ajudar a saber tudo sobre Federer!

Infográfico: os títulos de de Roger Federer

Infográfico Roger Federer

Quem é Roger Federer?

Roger Federer tênis
Roger Federer é considerado por muitos como o melhor tenista de todos os tempos

Nascido na Basileia, na Suíça, em 8 de agosto de 1981, Roger Federer é um dos maiores tenistas de todos os tempos. 

Até a derrota para Djokovic na final de Wimbledon em 2019, Federer já somava 102 títulos de simples em sua carreira, sendo 20 deles em torneios de Grand Slam: 8 conquistas em Wimbledon, 6 no Australian Open, 5 no US Open e uma em Roland Garros.

Roger Federer é o único tenista a ter conseguido por três vezes vencer 3 dos 4 torneios do Grand Slam na mesma temporada.

O suíço é ainda o tenista com mais tempo no topo do ranking da ATP: 310 semanas como número 1 do mundo, entre 2004 e 2018.

amazon

Em fevereiro de 2018, com 36 anos e meio, tornou-se o tenista mais velho a assumir o topo do ranking da ATP. Anteriormente, esse recorde era do norte-americano Andre Agassi.

Federer ainda foi campeão do torneio de duplas da Olimpíada de Pequim, em 2008. Quatro anos depois, conquistou a medalha de prata em simples nos Jogos Olímpicos de Londres.

Toda a história de conquistas de Roger Federer começou bem antes de ele vislumbrar sua primeira participação no torneio de tênis nas Olimpíadas

Confira, a seguir, como esse gênio iniciou sua trajetória no esporte!

Você ama outros esportes além do Tênis? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Como Roger Federer começou no tênis?

Roger Federer começou a jogar tênis aos 8 anos e, durante sua adolescência, chegou a ser número 1 do mundo tanto do ranking mundial de tenistas juvenis.

Antes de se tornar profissional, ele venceu o torneio de Wimbledon juvenil em simples e em duplas em 1998. Naquele ano, ele também chegou à final da competição juvenil do US Open, mas perdeu a decisão para o argentino David Nalbandian. 

A estreia de Roger Federer como profissional aconteceu no Torneio de Gstaad, na Suíça, em 1998. Ele acabou eliminado pelo argentino Lucas Arnold Ker na primeira rodada, com duplo 6-4 — curiosamente, aquele foi o único confronto entre os dois tenistas em toda a história.

Em 20 de setembro de 1999, Federer figurou pela primeira vez entre os 100 primeiros colocados do ranking da ATP. No ano seguinte, ele alcançou sua primeira final, no torneio de Marselha, mas perdeu para o também suíço Marc Rosset.

Primeiro título de Roger Federer como profissional

O primeiro título de Roger Federer como tenista profissional foi conquistado em 2001, no Torneio de Milão. Na final, ele derrotou o francês Julien Boutter, com parciais de 6-4, 6-7 e 6-4.

O troféu do torneio italiano foi o primeiro de mais de 100 conquistados por Roger Federer ao longo de sua carreira. Antes de vencer seu primeiro Grand Slam, ele alcançou outros feitos memoráveis.

Entrada de Federer no Top 10 da ATP

Em 2001, aos 19 anos, Federer eliminou Pete Sampras, o então maior vencedor de Grand Slams de todos os tempos. No duelo pelas oitavas de final, o suíço levou a melhor com vitória por 3 sets a 2, com parciais de 7/6, 5/7, 6/4, 6/7 e 7/5.

Pete Sampras e Roger Federer
Pete Sampras e Roger Federer se enfrentaram uma única vez, em Wimbledon, com vitória do suíço

Já em 2002, Federer conquistou o primeiro Masters 1000 de sua carreira, em Hamburgo. Para conquistar o torneio alemão, ele precisou eliminar o brasileiro Gustavo Kuerten e bater o russo Marat Safin na final.

O título no Masters 1000 de Hamburgo colocou Federer pela primeira vez no Top 10 da ATP. Ao fim de 2002, ele era o sexto melhor tenista do mundo.

Primeiro título de Grand Slam de Federer

Roger Federer conquistou seu primeiro título de Grand Slam em 2003, no torneio de Wimbledon. Na campanha vitoriosa, o suíço perdeu apenas um set e foi campeão ao derrotar o australiano Mark Philippoussis na final por 3 a 0 (7-6, 6-2 e 7-6).

Ainda em 2003, Roger Federer conquistou seu primeiro título do ATP Finals, ainda chamado de Masters Cup. Na final, ele atropelou Andre Agassi, com 3 a 0 (6-3, 6-0 e 6-4).

Betway Brazil Sports Banners

Ao fim daquela temporada, o suíço era o segundo colocado do ranking da ATP. A chegada ao topo veio no ano seguinte.

Chegada de Federer ao topo do ranking da ATP

Foi em 2 de fevereiro de 2004 que Roger Federer assumiu a primeira colocação do ranking da ATP pela primeira vez em sua carreira. Essa data marcou o início de uma gigantesca hegemonia no tênis mundial.

Federer permaneceu como tenista número 1 do mundo até 18 de agosto de 2008. Foram 237 semanas consecutivas como líder do ranking da ATP, até ser ultrapassado pelo espanhol Rafael Nadal.

Roger Federer ainda recuperaria a liderança do ranking da ATP em 7 de junho de 2009 e se manteria no topo até o mesmo dia do ano seguinte. O suíço ainda foi o primeiro do mundo em 2012 e em 2018. 

Em fevereiro de 2018, com 36 anos e meio, Federer se tornou o tenista mais velho a assumir o topo do ranking da ATP — anteriormente, esse recorde era do norte-americano Andre Agassi.

Entre 2004 e 2018, Roger Federer somou 310 semanas como número 1 do mundo, um recorde na história do tênis masculino — entre as mulheres, o recorde pertence à alemã Steffi Graf, com 377 semanas no topo do ranking da WTA.

Quantas vezes Roger Federer foi campeão?

Roger Federer maior tenista de todos os tempos
Roger Federer soma 20 títulos de Grand Slam na carreira, um recorde entre os homens

Roger Federer tem 102 títulos de torneios de simples ao longo de sua carreira. Além disso, ele conquistou 8 títulos de duplas, somando 110 títulos como tenista profissional.

Em simples, Federer persegue o recorde de Jimmy Connors, que venceu 109 torneios.

Betway Brazil Sports Banners

O tenista suíço já é o maior vencedor de Grand Slams entre os homens, com 20 títulos. Federer venceu todos os 4 principais torneios do circuito mundial e é o único tenista a ter conseguido por três vezes vencer 3 dos 4 torneios do Grand Slam na mesma temporada.

Em 2017, Roger Federer se tornou o maior campeão da história do torneio de Wimbledon ao derrotar Marin Cilic e chegar a 8 títulos do Grand Slam inglês. 

O suíço igualou William Renshaw, que também venceu Wimbledon oito vezes, na “era amadora”, período até 1967, em que o torneio ainda não contava com atletas profissionais.

Vale lembrar que Federer está em segundo na lista de maiores vencedores do Australian Open, atrás de Novak Djokovic.

Federer ainda foi campeão do torneio de duplas da Olimpíada de Pequim, em 2008. Quatro anos depois, conquistou a medalha de prata em simples nos Jogos Olímpicos de Londres.

Todos os títulos de Roger Federer como profissional

Os títulos de Roger Federer como tenista profissional são divididos da seguinte forma:

  • Títulos de Grand Slam em simples: 20
    • Australian Open: 6 (2004, 2006, 2007, 2010, 2017, 2018)
    • Roland Garros: 1 (2009)
    • Wimbledon: 8 (2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2012, 2017)
    • US Open: 5 (2004, 2005, 2006, 2007, 2008)
  • Títulos na carreira em simples: 102
  • Títulos na carreira em duplas: 8
  • Melhor ranking: 1º (2004)
  • Histórico da carreira em simples: 1223 vitórias e 266 derrotas
  • Histórico da carreira em duplas: 129 vitórias e 89 derrotas
  • Medalhas em Jogos Olímpicos: 2
    • Ouro em duplas em Pequim, em 2008
    • Prata em simples em Londres, em 2012

Quer saber como foram as participações de Roger Federer em finais de Grand Slam? Então confira a lista abaixo.

Todas as participações de Roger Federer em finais de Grand Slam

Roger Federer já disputou 31 finais de Grand Slams em sua carreira, com 20 títulos e 11vice-campeonatos. 

Seis dessas derrotas foram para o espanhol Rafael Nadal, enquanto outras quatro para o sérvio Novak Djokovic e uma para o argentino Juan Martín Del Potro.

Depois de três finais consecutivas com vitórias, Federer perdeu a final de Wimbledon em 2019 para Djokovic por 3 a 2, em quase 5 horas de jogo.

ResultadoAnoGrand SlamAdversárioPlacar
Campeão2003WimbledonMark Philippoussis (Austrália)7-6(5), 6-2, 7-6(3)
Campeão2004Australian OpenMarat Safin (Rússia)7-6(3), 6-4, 6-2
Campeão2004WimbledonAndy Roddick (Estados Unidos)4-6, 7-5, 7-6(3), 6-4
Campeão2004US OpenLleyton Hewitt (Austrália)6-0, 7-6(3), 6-0
Campeão2005WimbledonAndy Roddick (Estados Unidos)6-2, 7-6(2), 6-4
Campeão2005US OpenAndre Agassi (Estados Unidos)6-3, 2-6, 7-6(1), 6-1
Campeão2006Australian OpenMarcos Baghdatis (Chipre)5-7, 7-5, 6-0, 6-2
Vice2006Roland GarrosRafael Nadal (Espanha)1-6, 6-1, 6-4, 7-6(4)
Campeão2006WimbledonRafael Nadal (Espanha)6-0, 7-6(5), 6-7(2), 6-3
Campeão2006US OpenAndy Roddick (Estados Unidos)6-2, 4-6, 7-5, 6-1
Campeão2007Australian OpenFernando González (Chile)7-6(2), 6-4, 6-4
Vice2007Roland GarrosRafael Nadal (Espanha)6-3, 4-6, 6-3, 6-4
Campeão2007WimbledonRafael Nadal (Espanha)7-6(7), 4-6, 7-6(3), 2-6, 6-2
Campeão2007US OpenNovak Djokovic (Sérvia)7-6(4), 7-6(2), 6-4
Vice2008Roland GarrosRafael Nadal (Espanha)6-1, 6-3, 6-0
Vice2008WimbledonRafael Nadal (Espanha)6-4, 6-4, 6-7(5), 6-7(8), 9-7
Campeão2008US OpenAndy Murray (Grã-Bretanha)6-2, 7-5, 6-2
Vice2009Australian OpenRafael Nadal (Espanha)7-5, 3-6, 7-6(3), 3-6, 6-2
Campeão2009Roland GarrosRobin Söderling (Suécia)6-1, 7-6(1), 6-4
Campeão2009WimbledonAndy Roddick (Estados Unidos)5-7, 7-6(6), 7-6(5), 3-6, 16-14
Vice2009US OpenJuan Martín del Potro (Argentina)3-6, 7-6(5), 4-6, 7-6(4), 6-2
Campeão2010Australian OpenAndy Murray (Grã-Bretanha)6-3, 6-4, 7-6(11)
Vice2011Roland GarrosRafael Nadal (Espanha)7-5, 7-6(3), 5-7, 6-1
Campeão2012WimbledonAndy Murray (Grã-Bretanha)4-6, 7-5, 6-3, 6-4
Vice2014WimbledonNovak Djokovic (Sérvia)6-7(7), 6-4, 7-6(4), 5-7, 6-4
Vice2015WimbledonNovak Djokovic (Sérvia)7-6(1), 6-7(10), 6-4, 6-3
Vice2015US OpenNovak Djokovic (Sérvia)6–4, 5–7, 6–4, 6–4
Campeão2017Australian OpenRafael Nadal (Espanha)6-4, 3-6, 6-1, 3-6, 6-3
Campeão2017WimbledonMarin Čilić (Croácia)6-3, 6-1, 6-4
Campeão2018Australian OpenMarin Čilić (Croácia)6-2, 6-7(5), 6-3, 3-6, 6-1
Vice2019WimbledonNovak Djokovic (Sérvia)7-6, 1-6, 7-6, 4-6, 13-12

Recordes de Roger Federer

Roger Federer detém alguns dos principais recordes da história do tênis, como maior tempo como número 1 do mundo e maior vencedor de Grand Slams entre os homens.

A seguir, reunimos algumas das principais marcas alcançadas pelo tenista suíço ao longo de sua carreira.

Recordes de Roger Federer em Grand Slams

  • 20 títulos de simples em Grand Slams
  • 3 temporadas com 3 títulos de simples masculinos (2004, 2006–07)
  • 2 temporadas consecutivas com 3 títulos de simples (2006–07)
  • 6 temporadas com mais de 2 títulos de simples (2004–07, 2009, 2017)
  • 4 temporadas consecutivas com mais de 2 títulos de simples (2004–07)
  • 5 títulos consecutivos em 2 torneios diferentes (2003–2007 Wimbledon, 2004–2008 US Open)
  • 10 títulos defendidos no geral
  • Todas as 4 finais do Grand Slam alcançadas em três temporadas (2006–2007, 2009)
  • 31 finais de simples em Grand Slams
  • 45 semifinais de simples
  • 55 participações em quartas de final
  • 10 finais de simples consecutivas
  • 23 semifinais consecutivas
  • 36 quartas de final consecutivas
  • 11 títulos de quadra dura
  • Mais de 8 títulos em duas superfícies diferentes (duro e grama)
  • Mais de 6 títulos em 2 torneios diferentes (Australian Open e Wimbledon)
  • Mais de 5 títulos em 3 torneios diferentes (Australian Open, Wimbledon e US Open)
  • 7+ finais em 3 torneios diferentes (Australian Open, Wimbledon e US Open)
  • 5+ finais em todos os 4 torneios de Grand Slam
  • 12+ semifinais em 2 torneios diferentes (Australian Open e Wimbledon)
  • 10+ semifinais em 3 torneios diferentes (Australian Open, Wimbledon e US Open)
  • 8+ semifinais em todos os 4 torneios de Grand Slam
  • 12+ quartas de final em todos os 4 torneios de Grand Slam

Recordes de Roger Federer no Ranking da ATP

  • 2 de fevereiro de 2004 – 24 de junho de 2018: 310 semanas no total como número 1
  • 2 de fevereiro de 2004 – 17 de agosto de 2008: 237 semanas consecutivas como número 1
  • 24 de junho de 2018: jogador mais velho a ficar em 1º (36 anos e 320 dias)
  • 4 de novembro de 2012 – 19 de fevereiro de 2018: 5 anos e 106 dias entre as passagens como número 1
  • 2 de fevereiro de 2004 – 18 de junho de 2018: 14 anos e 136 dias entre a primeira e a última passagem como número 1
  • 17 de novembro de 2003 – 14 de outubro de 2018: 528 semanas classificadas no Top 2
  • 17 de novembro de 2003 – 4 de julho de 2010: 346 semanas consecutivas no Top 2

Quem são os maiores rivais de Roger Federer?

Tenista mais vitorioso na história dos Grand Slams, Roger Federer construiu sua brilhante carreira no tênis como contemporâneo de dois dos maiores tenistas de todos os tempos: Rafael Nadal e Novak Djokovic. Não é à toa que eles se tornaram os maiores rivais de Federer.

Confira, a seguir, como é o histórico de confrontos entre o tenista suíço e seus dois rivais, com direito a todas as finais de Grand Slams disputadas contra eles.

Roger Federer x Rafael Nadal

Rafael Nadal e Roger Federer
Rafael Nadal e Roger Federer se enfrentaram em 9 finais de Grand Slam, com 6 vitórias do espanhol

Em toda a sua carreira, Roger Federer venceu o torneio de Roland Garros apenas uma vez. O seu principal obstáculo para ter conquistado mais títulos do Aberto da França foi Rafael Nadal.

Maior vencedor da história de Roland Garros, Nadal derrotou Federer em 4 finais do torneio francês.

Ao todo, Federer e Nadal se enfrentaram em 9 finais de Grand Slam, com 6 vitórias para o espanhol e 3 triunfos para o suíço.

Em toda a história, os dois tenistas se enfrentaram 40 vezes, com 24 vitórias de Rafael Nadal e 16 de Roger Federer.

O último “Fedal” aconteceu na semifinal de Wimbledon em 2019, com vitória do suíço.

Finais de Grand Slam entre Roger Federer e Rafael Nadal

CampeãoAnoGrand SlamPlacar
Rafael Nadal2006Roland Garros1-6, 6-1, 6-4, 7-6(4)
Roger Federer2006Wimbledon6-0, 7-6(5), 6-7(2), 6-3
Rafael Nadal2007Roland Garros6-3, 4-6, 6-3, 6-4
Roger Federer2007Wimbledon7-6(7), 4-6, 7-6(3), 2-6, 6-2
Rafael Nadal2008Roland Garros6-1, 6-3, 6-0
Rafael Nadal2008Wimbledon6-4, 6-4, 6-7(5), 6-7(8), 9-7
Rafael Nadal2009Australian Open7-5, 3-6, 7-6(3), 3-6, 6-2
Rafael Nadal2011Roland Garros7-5, 7-6(3), 5-7, 6-1
Roger Federer2017Australian Open6-4, 3-6, 6-1, 3-6, 6-3

Roger Federer x Novak Djokovic

Roger Federer e Novak Djokovic
Roger Federer e Novak Djokovic se enfrentaram em 5 finais de Grand Slam, com 4 vitórias para o sérvio

Se Roger Federer é o maior vencedor da história de Grand Slams, uma grande ameaça para o seu recorde atende pelo nome de Novak Djokovic.

O sérvio já soma 16 títulos de Grand Slam, sendo quatro deles conquistados com vitórias em finais contra Roger Federer.

O suíço levou a melhor apenas na decisão do US Open de 2007. Desde então, sempre que eles se encontraram na final de um Grand Slam, o título ficou com Djoko.

A última vitória do sérvio aconteceu na decisão de Wimbledon em 2019, com o placar de 3 a 2 (7/6, 1-6, 7/6, 4/6 e 13/12).

Em toda a história, Roger Federer e Novak Djokovic já se enfrentaram 48 vezes. O sérvio leva pequena vantagem, com 26 vitórias contra 22 do suíço.

Finais de Grand Slam entre Roger Federer e Novak Djokovic

CampeãoAnoGrand SlamPlacar
Roger Federer2007US Open7-6(4), 7-6(2), 6-4
Novak Djokovic 2014Wimbledon6-7(7), 6-4, 7-6(4), 5-7, 6-4
Novak Djokovic 2015Wimbledon7-6(1), 6-7(10), 6-4, 6-3
Novak Djokovic 2015US Open6–4, 5–7, 6–4, 6–4
Novak Djokovic 2019Wimbledon7-6(5), 1-6, 7-6(4), 6-4, 13-12(3) 

Vá além do mundo do Tênis! Confira também nossos outros conteúdos:

Livros de Roger Federer

Federer

Lançada em 2015, esta é a biografia “não autorizada” daquele que é apontado como o maior tenista de todos os tempos.

O livro relata a vida de Roger Federer nas quadras como tenista juvenil e também logo quando se tornou profissional. As aparições na Copa Davis no início da carreira também são relembradas.

Para comprar o livro “Federer” clique neste link!

Nadal & Federer: A história da rivalidade entre os maiores tenistas do mundo

Rafael Nadal e Roger Federer protagonizam uma das maiores rivalidades da história do tênis. A história desses confrontos é relatada em Nadal & Federer.

Partindo de 2017, ano em que a dupla voltou a liderar o circuito mundial e a disputar finais, os autores contam a trajetória dos encontros entre o espanhol e o suíço.

Não faltam detalhes das grandes partidas disputadas entre eles: desde a primeira em 2004, um confronto de duplas pelo torneio de Indian Wells, até a final de Wimbledon em 2008, considerado o melhor jogo de todos os tempos.

Além da rivalidade nas quadras, o livro relata a amizade construída no circuito mundial de tênis. Para os fãs de Rafa e Federer, este é um livro imprescindível.

Para comprar o livro “Nadal & Federer: A história da rivalidade entre os maiores tenistas do mundo” clique neste link!

Strokes of Genius: Federer, Nadal, and the Greatest Match Ever Played

Não é à toa que o título do livro fala em “the greatest match ever played”. O duelo entre Rafael Nadal e Roger Federer na final de Wimbledon em 2008 é uma das partidas mais marcantes da história do tênis.

Neste livro, o autor desconstrói aquela batalha na grama sagrada.

Para comprar o livro “Strokes of Genius: Federer, Nadal, and the Greatest Match Ever Played” clique neste link!

Frases famosas de Roger Federer

  • “Em um certo momento deste ano (2005), eu realmente pensei que tinha me tornado invencível”
  • “Se penso nos dias que estão por vir, sinto que o final da minha carreira está próximo. Gosto de ter cuidado e não pensar muito antecipadamente, mas no momento que sentir que chegou ao fim, estarei de acordo, porque a minha carreira foi incrível!”
  • “Não sou um cara perfeito. Tenho falhas, mas acho que listá-las é função para as pessoas que convivem comigo”
  • “Sempre tive mais talento do que 90% dos outros que começavam no tênis. Porém, muita gente talentosa não está disposta a fazer os sacrifícios e ter a persistência necessária”
  • “Aprendi a lidar com a pressão do público, da TV ao vivo. E também adquiri um respeito pela história dos jogos, por aqueles que vieram de mim e sedimentaram um caminho para nossa geração”
  • “Eu era tímido. Não tinha jeito para chegar nas mulheres, por exemplo. Não sabia falar com a imprensa. Eu me sentia incompreendido”
  • “Se eu olhar para trás, todos os grandes jogadores vencedores são exemplos. E eu não queria ser a exceção. Mudei”
  • “Não me importa o quão mal estou jogando. Essa é a beleza de ser um campeão. Fazer funcionar mesmo quando você não está nos eu melhor dia, não está se sentindo bem. Pra mim, isso é força. É o desejo de ganhar. Nunca desisti de um jogo na vida”
  • “Acho que a mente controla o corpo. É interessante. Quando tive meus conflitos de ordem mental, psicológica, foi justamente na época em que meu corpo estava mudado”
  • “Quero estar aberto a todas as possibilidades e aproveitar o momento enquanto deixo que a minha carreira siga seu curso natural”
  • “Eu me preparo, treino, tento dormir bem, ter um estilo de vida saudável. Quando estou na quadra, dou meu máximo. Não há um jeito de me concentrar. É tudo muito automático”
  • “De um dia para o outro, eu disse: “Nunca mais jogarei a raquete”. Sabia que tinha aquela fúria dentro de mim, mas abafei e pensei: “Não vou deixar sair”. Aí comecei a perder essa fúria, que é também a fonte de energia para ganhar pontos”

Roger Federer segue conquistando títulos em quadra e admiradores fora dela. O tenista investe em causas sociais e busca colaborar para um futuro melhor, não apenas no esporte.

Agora que você conhece toda a história de Roger Federer, aproveite para ver a biografia de outras estrelas do tênis:

* Última atualização em 1º de setembro de 2019

Ficha Técnica
Título
Roger Federer: história, títulos, recordes, livro e frases
Resumo
Conheça a biografia de Roger Federer, curiosidades da sua carreira, todos os títulos conquistados e seus maiores rivais no tênis
Autor

Comentários

Salvar