fbpx
Saiba como surgiu o NBB (Novo Basquete Brasil), os times com mais títulos, recordes, curiosidades e os times para 2019/2020

Você sabe o que é o NBB? Essas três letras significam Novo Basquete Brasil, a principal competição de basquete no país!

O NBB nasceu em 2008 e, desde então, tem sido um importante caminho para o ressurgimento do basquete no Brasil, depois de anos de perda de popularidade e três ausências da Seleção Brasileira masculina nas Olimpíadas.

Apesar do crescimento do NBB a cada ano, há muita gente que ainda não conhece bem a liga. Se esse é seu caso, ou se você já conhece e quer ainda mais informações, não se preocupe. Nós vamos te ajudar!

Venha com a gente e conheça todos os detalhes da história do NBB, os campeões e a relação da liga brasileira com a NBA!

Infográfico: história, maiores campeões e como funciona o NBB

Tudo sobre o NBB

O que é NBB?

NBB é a sigla para Novo Basquete Brasil, principal campeonato do esporte no Brasil. Criada em 2008, a competição é administrada pela LNB (Liga Nacional de Basquete) e tem a chancela da CBB (Confederação Brasileira de Basquete).

Os próprios clubes são responsáveis pelas decisões tomadas pela LNB, em um modelo descentralizado de gestão. A criação do NBB foi responsável por revigorar o basquete como um dos esportes mais populares do Brasil.

Como surgiu o NBB?

O NBB foi criado após o basquete perder prestígio no Brasil e os resultados das seleções nacionais se tornarem decepcionantes.

Entre 1990 e 2005, o principal torneio no país era o Campeonato Brasileiro de Basquete. Entre o fim dessa competição e o início do NBB, houve a tentativa de alavancar outros torneios, como a Nossa Liga de Basquete.

Você ama outros esportes além do Basquete? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

O que foi a Nossa Liga de Basquete (NLB)?

Insatisfeitos com o modelo de gestão adotado pela Confederação Brasileira de Basquetebol, alguns dos principais nomes do esporte no país, como Oscar Schmidt, Hortência e Magic Paula, encabeçaram, em 2005, a criação da Nossa Liga de Basquete (NLB), uma liga alternativa.

Porém, a NLB não alcançou os resultados esperados e encontrou dificuldades em atrair atenção do público e de patrocinadores, chegando ao fim em 2008 —  no ano anterior, a competição nem sequer foi encerrada.

Além disso, naquela época, havia a Associação de Clubes Brasileiros de Basquetebol (ACBB). Para muitos analistas e fãs de basquete, a disputa de duas ligas nacionais, simultaneamente, prejudicou o crescimento de ambas.

Quem criou o NBB?

Com o objetivo de modernizar o basquete no Brasil, em 1º de agosto de 2008, foi fundada a Liga Nacional de Basquete (LNB). Formada pelos próprios clubes, a entidade se espelhou no modelo da NBA para criar a liga brasileira.

João Fernando Rossi, então dirigente do Esporte Clube Pinheiros, e Kouros Monadjemi, ex-presidente do Minas Tênis Clube, foram responsáveis por encabeçar o movimento de criação da LNB, que, aos poucos, envolveu dirigentes de todo o país.

Na busca por emissoras para a transmissão de um campeonato, a LNB recebeu apoio da Rede Globo, que se tornou sócia da entidade formada pelos clubes. O então presidente da Confederação Brasileira de Basquetebol, Geraisme Bozikis, o “Grego”, deu a chancela à LNB para realizar o campeonato nacional e, assim, foi criado o Novo Basquete Brasil (NBB).

A partir da criação da LNB e o início da disputa do NBB, a CBB passou a gerir somente as seleções brasileiras.

Quando começou o NBB?

A primeira partida do NBB foi disputada no dia 28 de janeiro de 2009, entre Vila Velha e Araraquara, no Ginásio Tartarugão, em Vila Velha (ES).

A primeira edição do NBB contou com a participação de 15 equipes. Entre os clubes que participaram da primeira temporada, seis ainda seguem na liga nacional: Flamengo, Franca, Pinheiros, Paulistano, Bauru e Minas.

Veja aqui a lista completa de todos os times do NBB.

Equipes que disputaram a primeira edição do NBB

  • Araraquara-SP
  • Assis-SP
  • Bauru-SP
  • Bira-RS
  • Brasília-DF
  • Espírito Santo-ES
  • Flamengo-RJ
  • Franca-SP
  • Joinville-SC
  • Limeira-SP
  • Minas-MG
  • Paulistano-SP
  • Pinheiros-SP
  • Saldanha da Gama-ES
  • São José-SP

Qual time foi o primeiro campeão do NBB?

O primeiro campeão do NBB foi o Flamengo. Na decisão, disputada em série de 5 jogos, o clube carioca venceu o Brasília por 3 a 2.

Flamengo primeiro campeão do NBB
Com vitória sobre o Brasília, Flamengo se sagrou primeiro campeão do NBB Crédito: Fotojump/LNB

Derrotado na final da primeira edição, o Brasília “se vingou” do Flamengo, com o mesmo placar, e conquistou seu primeiro título na temporada 2009/2010.

A equipe do Distrito Federal manteve sua hegemonia e venceu também as duas edições seguintes.

No entanto, o maior campeão da história do NBB é o Flamengo, que já venceu a liga nacional de basquete 6 vezes. Além de ter vencido a primeira edição, o clube rubro-negro conquistou 4 títulos consecutivos entre 2012/2013 e 2015/2016 e a edição 2018/2019.

Em 10 anos de história do NBB, além de Flamengo e Brasília, também já foram campeões Bauru e Paulistano.

Lista de todos os campeões no NBB ano a ano

  • 2008-09 – Flamengo
  • 2009-10 – Brasília
  • 2010-11 – Brasília
  • 2011-12 – Brasília
  • 2012-13 – Flamengo
  • 2013-14 – Flamengo
  • 2014-15 – Flamengo
  • 2015-16 – Flamengo
  • 2016-17 – Bauru
  • 2017-18 – Paulistano
  • 2018-2019 – Flamengo

Veja abaixo uma tabela completa com a classificação final ano a ano do 1º ao 4º lugar.

AnoCampeãoVice3º lugar4º lugar
2008-09FlamengoBrasíliaMinasJoinville
2009-10BrasíliaFlamengoMinasFranca
2010-11BrasíliaFrancaPinheirosFlamengo
2011-12BrasíliaSão JoséPinheirosFlamengo
2012-13FlamengoUberlândiaBauruSão José
2013-14FlamengoPaulistanoSão JoséMogi das Cruzes
2014-15FlamengoBauruLimeiraMogi das Cruzes
2015-16FlamengoBauruMogi das CruzesBrasília
2016-17BauruPaulistanoUniverso/VitóriaPinheiros
2017-18PaulistanoMogi das CruzesFlamengoBauru
2018-2019FlamengoFrancaMogi das CruzesBotafogo

Como funciona o NBB?

A primeira edição do NBB, vencida pelo Flamengo, contou com a participação de 15 equipes. Já para o ano seguinte, saíram Limeira e Saldanha da Gama, mas o ADL/Londrina se juntou à competição, totalizando 14 times.

A maior edição do NBB em número de participantes aconteceu na temporada 2012/2013, quando 18 equipes disputaram o título nacional.

Desde então, o número de participantes diminuiu gradativamente, até chegar a 14 participantes em 2018/2019.

Para a edição 2019/2020, a organização do NBB anunciou o crescimento da liga e a disputa entre 16 equipes.

Regulamento do NBB

A temporada regular do NBB é disputada entre novembro e abril. Todas as equipes se enfrentam duas vezes, em jogos de ida e volta.

Os quatro primeiros colocados da temporada regular avançam automaticamente, enquanto os times posicionados entre 5º e 12º disputam outras quatro vagas para os playoffs.

Como funcionam os playoffs do NBB?

Na primeira fase dos playoffs, em confrontos de 5 jogos, a equipe que ficou em 5º na temporada regular enfrenta o 12º, enquanto o 6º encara o 11º, e assim por diante.

Já na fase seguinte, as equipes que se classificaram nos playoffs enfrentam aquelas que haviam encerrado a temporada regular nas quatro primeiras colocações.

Os cruzamentos das quartas de final são definidos de acordo com as posições da temporada regular.

Os playoffs do NBB seguem até a final, que decidirá o campeão nacional.

Paulistano campeão do NBB 2017/2018
Paulistano foi campeão da temporada 2017/2018 do NBB ao derrotar o Mogi das Cruzes Crédito: Fotojump/LNB

Como funcionam as finais do NBB?

Nas três primeiras edições, a final do NBB era disputada em série de 5 jogos. Já entre as temporadas 2011/2012 e 2013/2014, o campeão foi decidido em jogo único.

Na temporada 2014/2015, por sua vez, a final foi disputada em série de três jogos. Atualmente, o campeão brasileiro de basquete é definido em melhor de cinco jogos.

Campeão e vice do NBB se classificam para a Liga das Américas, enquanto terceiro, quarto e quinto colocados têm vaga na Liga Sul-Americana.

Os dois últimos classificados do NBB são rebaixados para a Liga Ouro. Entretanto, a partir de 2019, haverá uma nova divisão de acesso.

Quais são as divisões de acesso ao NBB?

Criada em 2014, sob o comando da Liga Nacional de Basquete (LNB), a Liga Ouro de Basquete foi a divisão de acesso ao NBB até 2019.

Nas três primeiras edições, participaram apenas 4 equipes. Esse número cresceu para 8 times em 2018, enquanto, na temporada 2019, a competição contará com 9 participantes.

Corinthians campeão da Liga Ouro de basquete 2018
Corinthians foi campeão da Liga Ouro em 2018, assgeurando vaga no NBB 2018/2019 Crédito: João Pires/LNB

A equipe campeã da Liga Ouro tem acesso ao NBB, mas a edição de 2019 será a última da história do torneio.

Em outubro de 2018, a CBB anunciou que voltaria a organizar uma competição de clubes. O Campeonato Nacional Masculino Adulto, que pretende ter alcance nacional, substituirá a Liga Ouro como divisão de acesso ao NBB.

Apesar dessa mudança, o Novo Basquete Brasil segue administrado pela Liga Nacional de Basquete.

Semelhanças e diferenças entre o NBB e a NBA

Para a criação do NBB, os fundadores da Liga Nacional de Basquete tiveram como principal inspiração a NBA. As duas ligas, inclusive, iniciaram uma parceria em 2014, que envolve, por exemplo, confrontos entre times brasileiros e equipes da NBA, tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil.

Referência para os dirigentes brasileiros, a principal liga norte-americana de basquete, além de ser gerida por clubes, conta com ações repetidas no Brasil.

Veja abaixo como funcionam as regras, eleição de MVP, jogos das estrelas e contratações tanto no NBB quando na NBA.

Principais regras do NBB

Enquanto a NBA adota regras próprias, o NBB segue o regulamento adotado em campeonatos organizados pela Federação Internacional de Basquetebol (Fiba).

Algumas das diferenças nas regras adotadas na NBA são, por exemplo, 8 minutos a mais de duração nos jogos da liga norte-americana. Além disso, a linha dos arremessos de 3 pontos fica mais distante.

Veja na tabela abaixo um comparativo das principais regras:

RegrasNBANBB
Tamanho da Quadra28,65m x 15,24m28m x 15m
Distância da linha de 3 pontos7,24m6,75m
Tempo de jogo4 quartos de 12 minutos4 quartos de 10 minutos
Duração da Prorrogação5 minutos5 minutos
Quantidade permitida de tempos ao longo do jogo62 no primeiro tempo e outros 3 no segundo tempo
Quantidade permitida de tempos na prorrogação31
Quem pode pedir temposJogador/TreinadorTreinador
Duração do tempo1:401:00
Quantidade de tempos de 20 segundos1 por quartoNão é previsto
Relógio de arremesso24 segundos24 segundos
Faltas individuais permitidas por jogo65
Lance livre por limite de faltasQuinta falta do timeQuarta falta do time
Número de arremessos por causa de falta técnica12 lances livres, além da posse de bola para o adversário
Tempo para arremessar um lance livre10 segundos5 segundos
Substituição entre lances livresPermitidoNão é permitido
Reposição de jogadores expulsos30 segundos1 minuto

Vá além do mundo do Basquete! Confira também nossos outros conteúdos:

MVP no NBB

A cada temporada da principal liga de basquete do mundo, é escolhido o MVP da NBA. Uma eleição similar é feita no NBB, com a indicação do jogador mais valioso do Novo Basquete Brasil.

Desde que a competição foi criada, Marquinhos foi o jogador mais vezes escolhido como MVP do NBB. O ala conquistou o prêmio dado ao melhor jogador em 3 temporadas (2012/2013, 2015/2016 e 2017/2018).

Marquinhos foi eleito MVP do NBB uma vez a mais que Marcelinho Machado, que recebeu a premiação em duas temporadas (2008/2009 e 2009/2010).

Na temporada 2018/2019, o MVP do NBB foi JP Batista, do Mogi.

Marquinhos foi eleito 3 vezes MVP do NBB, uma a mais que Marcelinho Machado Crédito: Luiz Pires/NBB

Lista de todos os MVPs da história do NBB

  • 2018/2019 – JP Batista (Mogi)
  • 2017/2018 – Marquinhos (Flamengo)
  • 2016/2017 – Holloway (Pinheiros)
  • 2015/2016 – Marquinhos (Flamengo)
  • 2014/2015 – Alex Garcia (Bauru)
  • 2013/2014 – David Jackson (Limeira)
  • 2012/2013 – Marquinhos (Flamengo)
  • 2011/2012 – Murilo Becker (São José)
  • 2010/2011 – Guilherme Giovannoni (Brasília)
  • 2009/2010 – Marcelinho Machado (Flamengo)
  • 2008/2009 – Marcelinho Machado (Flamengo)

Jogos das Estrelas do NBB

Desde o primeiro ano do NBB, em 2009, é realizado o Jogo das Estrelas. Nos mesmos moldes do que é feito todos os anos na NBA, há a disputa do campeonato de enterradas, de bolas de 3, além do próprio Jogo das Estrelas, ou All-Star Game, como é chamado na liga norte-americana.

A partir de 2011, também foi adicionado à programação o torneio de habilidades. No Jogo das Estrelas do NBB, um time formado por brasileiros enfrenta uma equipe de atletas estrangeiros.

Em 2019, cada equipe teve um trio de capitães definido pela LNB. No time brasileiro, Alex Garcia, Leandrinho e Anderson Varejão foram os responsáveis por escolher o elenco, escolhendo outros 9 atletas. Já o trio de capitães dos estrangeiros foi formado por David Jackson, Fuller e Shamell.

A escolha dos titulares das duas equipes do Jogo das Estrelas é feita pelo público, por meio do site oficial do evento.

Jogos das Estrelas do NBB no Ibirapuera
Palco do Jogos das Estrelas do NBB em 2017 e 2018, Ginásio do Ibirapuera recebeu mais de 10 mil pessoas nas duas edições Crédito: Fotojump/LNB

Como funcionam as contratações no NBB

Outro diferença entre a NBA e o NBB está na forma como as equipes contratam jogadores. Enquanto na liga norte-americana é realizado o draft para que as 30 franquias escolham jogadores vindo do basquete universitário, os times brasileiros dependem de bons contratos para atrair os principais jogadores para seus elencos.

A oferta de bons salários é o principal meio para levar um jogador a rescindir seu vínculo com um clube e se transferir para outro. Senão, a principal forma de reforçar uma equipe é atrair jogadores que estejam sem contrato e livres no mercado.

Conforme o regulamento do NBB, qualquer atleta que já tenha atuado por uma equipe poderá atuar por outro time na mesma competição. No entanto, é proibido que um jogador atue por uma terceira equipe em uma mesma edição.

Nos últimos anos, a liga nacional tem ganhado ainda mais destaque, com grandes contratações feitas por equipes do NBB. Campeões da NBA e outras estrelas mundiais seguem atuando ou já atuaram no Novo Basquete Brasil.

O NBB tem ainda ampliado seu público com conceito multicanal. Além de jogos exibidos em emissoras de TV, há transmissões de partidas no Facebook e no Twitter todas as semanas. Se você gosta de basquete, não perca tempo, prestigie o esporte brasileiro e acompanhe o NBB.

Agora que você já viu tudo sobre o NBB, se especialize ainda mais em basquete com nossos outros conteúdos:

* Última atualização em 04/08/2019

Ficha Técnica
Título
NBB: história, como funciona, resultados e maiores campeões
Resumo
Saiba como surgiu o NBB (Novo Basquete Brasil), os times com mais títulos, recordes, curiosidades e os times para 2019/2020
Autor

Comentários

Salvar