A Olimpíada de Paris terá seus primeiros jogos no dia 24 de julho, mas a abertura só acontece dois dias depois. O mais recente dos Jogos Olímpicos, será a terceira vez que a capital francesa sedia o evento.

As duas anteriores aconteceram em Paris 1900Paris 1924, assim, foram 100 anos para uma nova edição das Olimpíadas de Verão na França. Como em qualquer Jogos Olímpicos, há algumas peculiaridades sobre essa edição.

Vamos aprender mais sobre a Olimpíada de Paris 2024.

Olimpíada de Paris 2024

Anéis Olímpicos na Torre Eiffel
Os anéis olímpicos foram instalados na Torre Eiffel. Divulgação/COI

O evento está programado para acontecer entre 24 de julho, com a abertura no dia 26, e 11 de agosto. Na história, é a segunda cidade a sediar os Jogos Olímpicos pela terceira vez, algo que só tinha acontece com Londres, em 1908, 1948 e 2012.

No entanto, a França já foi a sede das Olimpíadas de Inverno, também três vezes, só que a última vez foi 1992, em Albertville. O primeiro foi em 1924, quando os dois eventos ainda eram no mesmo ano. A segunda aconteceu em Grenoble, 1968.

Essa será a 33ª Olimpíada desde o retorno dos Jogos em Atenas 1896. Assim como a sociedade, o evento foi evoluindo com o tempo. Por exemplo, há uma grande preocupação com a sustentabilidade nessa edição.

A Olimpíada de Paris 2024 pretende ser a primeira totalmente sustentável. Foi adotado uma política para reduzir a produção de carbono pela metade. Isso faz com que esteja de acordo com a Agenda Olímpica 2020+5 e o Acordo de Paris, um tratado internacional adotado em 2015.

Esportes da Olimpíada de Paris 2024

Breaking nas Olimpíadas
Breaking é a modalidade estreante na Olimpíada de Paris 2024. Iconsport

Há uma longa tradição nos Jogos Olímpicos, o que faz com que alguns esportes já não sejam tão conhecidos hoje em dia. Em uma tentativa de modernizar o torneio, o Comitê Olímpico Internacional (COI), vai incluindo novas modalidades.

Para a Olimpíada de Paris 2024, o breaking se juntou ao surfescaladaskate, que estrearam em Tóquio 2020. Com a inclusão desses esportes, serão 319 eventos disputados nos Jogos.

Há uma peculiaridade: o surf não será disputado na França. O local escolhidos foi Teahupo'o, Taiti, na Polinésia Francesa. Com essa exceção, todos os outros esportes são concentrados na capital francesa.

Mascote da Olimpíada de Paris 2024

O mascote olímpico se tornou um símbolo de cada Jogos. Surgindo de forma oficial apenas em Munique 1972, cada edição lança um mascote que possui detalhes ligado ao local sede.

Para a Olimpíada de Paris 2024, foram feitos dois mascotes, um para os Joogs Olímpicos e um para os Jogos Paralímpicos. No entanto, eles são usados juntos no marketing do evento.

As Phryges, como foram nomeadas, são dois gorros que estão ligados a Revolução Francesa. Foram lançados no dia 14 de novembro de 2022, com um deles usando uma prótese de perna, para simbolizar as Paraolimpíadas.

Participantes da Olimpíada de Paris 2024

COB apresenta uniformes para Jogos Olímpicos Paris 2024
Brasil já apresentou os novos uniformes para Paris 2024. Divulgação/COB

Essa será a primeira vez na história que haverá a mesma quantidade de atletas femininas e atletas masculinos. Em Atenas 1896, as mulheres não tinham a permissão para disputar os Jogos. Stamata Revithi fez história ao desafiar a proibição e terminar a maratona.

Na primeira edição em Paris, em 1900, houve a permissão em alguns esportes. Em 1924, também na capital francesa, foram somente 135 atletas femininas. Desde então, a quantidade de mulheres que vão para as Olimpíadas só vem crescendo.

Em Tóquio 2020, as vagas para a disputa feminina foram 48% do total. Para a Olimpíada de Paris, a quantidade é de 50% pela primeira vez, algo que foi anunciado pelo COI em março de 2024.

Países participantes da Olimpíada de Paris 2024

Equipe russa de vôlei em Tóquio 2020
Atletas russos não podem competir sob a bandeira de seu país. Iconsport

Ainda não há o número total, já que vários atletas ainda podem se classificar. Mas alguns países não verão suas bandeiras representadas na Olimpíada de Paris 2024.

É o caso de Rússia e Bielorrússia, por conta da invasão da Ucrânia, em 2022. Essa não é a primeira vez que a Rússia é punida, já tendo acontecido no passado em mais de uma ocasião.

Em Tóquio 2020, os atletas russos foram para a disputa sob a bandeira do Comitê Olímpico Russo (ROC). Dessa vez, russos e bielorrusso irão como “Atletas Individuais Neutros”.

Até o momento, esses são os países confirmados:

África do Sul Etiópia Mônaco
Albânia Fiji Mongólia
Alemanha Filipinas Montenegro
Andorra Finlândia Namíbia
Angola França Nepal
Antígua e Barbuda Gabão Nicarágua
Arábia Saudita Gâmbia Níger
Argélia Geórgia Noruega
Argentina Grã-Bretanha Nova Zelândia
Armênia Granada Omã
Aruba Grécia Países Baixos
Atletas Individuais Neutros Guam Palestina
Austrália Guatemala Panamá
Áustria Guiana Papua-Nova Guiné
Azerbaijão Guiné Paquistão
Bahamas Guiné-Bissau Paraguai
Bahrein Haiti Peru
Bangladesh Hong Kong Polônia
Barbados Honduras Portugal
Bélgica Hungria Porto Rico
Benin Iêmen Quênia
Bermudas Ilhas Cayman Quirguistão
Bolívia Ilhas Cook República Checa
Bósnia e Herzegóvina Ilhas Marshall República Democrática do Congo
Botsuana Ilhas Virgens Americanas República Dominicana
Brasil Ilhas Virgens Britânicas Romênia
Bulgária Índia Ruanda
Burquina Fasso Indonésia Santa Lúcia
Burundi Irã São Vicente e Granadinas
Butão Iraque Samoa
Cabo Verde Irlanda San Maricno
Camarões Islândia Senegal
Canadá Israel Sérvia
Catar Itália Singapura
Cazaquistão Jamaica Síria
Chade Japão Sudão
Chile Jordânia Sudão do Sul
China Kosovo Suécia
Chipre Kiribati Suíça
Colômbia Kuwait Suriname
Congo Laos Tailândia
Coreia do Norte Lesoto Taipé Chinês
Coreia do Sul Líbano Tajiquistão
Costa do Marfim Libéria Tanzânia
Costa Rica Líbia Togo
Croácia Liechtenstein Tonga
Cuba Lituânia Trinidad e Tobago
Dinamarca Luxemburgo Turcomenistão
Djibuti Macedônia do Norte Tunísia
Dominica Madagascar Turquia
Egito Maldivas Tuvalu
Emirados Árabes Unidos Malásia Ucrânia
Equador Mali Uganda
Equipe Olímpica de Refugiados Malta Uruguai
Eritreia Marrocos Uzbequistão
Eslováquia Maurício Vanuatu
Eslovênia México Venezuela
Espanha Myanmar Vietnã
Estônia Moçambique Zâmbia
Estados Unidos Moldávia Zimbábue

Medalha da Olimpíada de Paris 2024

Medalhas paralímpicas e olímpicas de Paris 2024
Medalhas paralímpica (prata) e olímpica (ouro e bronze) que serão entregues em Paris 2024. Divulgação/COI

Um detalhe que diferencia as medalhas da Olimpíada de Paris 2024 das outras é que elas possuem um pedaço da Torre Eiffel. Ao centro, um pedaço do metal de um dos símbolos mais conhecidos da capital francesa foi integrado em todas as medalhas.

São 5.084 medalhas que possuem um pequeno pedaço do ferro original. A ideia do Comitê Organizador de Paris 2024 é de as tornarem únicas. Na parte de trás, consta a tradicional imagem de Nike, a deusa da vitória, além do Estádio Panatenaico de Atenas e a Acrópole.

Outro diferencial é a adição da Torre Eiffel em frente à Acrópole. Já para as medalhas paralímpicas, o nome da edição está escrito em braille também. O desenho conta com a Torre Eiffel, mas de um ponto de vista mais incomum, de baixo.

Como já sabe tudo sobre a Olimpíada de Paris 2024, veja mais sobre os Jogos Olímpicos: