Conheça a história do Vôlei nas Olimpíadas! Veja as seleções masculinas e femininas com mais medalhas e todos os pódios do Brasil

Nas últimas edições das Olimpíadas, nos acostumamos a ver o Brasil brigar por medalhas no vôlei. Mas nem sempre foi assim. O Brasil se consolidou como uma potência mundial de vôlei efetivamente a partir da década de 1990, embora a geração de prata já tenha feito história nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. Aquela foi a primeira de 10 medalhas das seleções brasileiras no vôlei em Olimpíadas.

Quer entender um pouco mais sobre essa história?

Venha com a gente que te explicaremos todos os detalhes da história do vôlei nas olimpíadas!

Infográfico: história e maiores campeões do vôlei nas Olimpíadas

Vôlei nas Olimpíadas

Quando e onde o vôlei se tornou um esporte olímpico?

O voleibol se tornou esporte olímpico a partir da Olimpíada de 1964, disputada em Tóquio. Desde então, o esporte faz parte do calendário olímpico, consagrando novos medalhistas a cada 4 anos. O primeiro país campeão olímpico no voleibol masculino foi a Rússia. A Checoslováquia recebeu a medalha de prata, enquanto o Japão ficou com o bronze.

Já entre as mulheres, o Japão recebeu a primeira medalha de ouro do voleibol na história das Olimpíadas. A Rússia ficou com a prata, e a Polônia recebeu o bronze.

Quais são os maiores campeões do vôlei em Olimpíadas?

No quadro geral de medalhas do vôlei em Jogos Olímpicos, considerando tanto os torneios masculinos quanto femininos, a União Soviética é a maior campeã. Os soviéticos conquistaram 7 medalhas de ouro no voleibol em Olimpíadas e 12 ao todo — a Rússia tem 6 medalhas olímpicas no vôlei, sendo uma de ouro.

O Brasil é o segundo país com mais medalhas na história da disputa do vôlei em Jogos Olímpicos. As seleções brasileiras conquistaram 5 ouros, 3 pratas e 2 bronzes, totalizando 10 medalhas.

Entre os homens, o Brasil é o líder do quadro de medalhas. Já no feminino, a União Soviética ainda ocupa a primeira colocação. Brasil é tricampeão olímpico e líder no quadro de medalhas do vôlei masculino

Você ama outros esportes além do Vôlei? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Maiores campeões do vôlei masculino em Olimpíadas

  1. Brasil – 6 medalhas (3 de ouro)
  2. União Soviética – 6 medalhas (3 de ouro)
  3. Estados Unidos – 5 medalhas (2 de ouro)
  4. Rússia – 4 medalhas (1 de ouro)
  5. Japão – 3 medalhas (1 de ouro)
  6. Holanda – 2 medalhas (1 de ouro)
  7. Iugoslávia – 2 medalhas (1 de ouro)
  8. Polônia – 1 medalhas (1 de ouro)
  9. Itália – 6 medalhas (0 de ouro)

Veja abaixo o quadro completo de medalhas. Lembrando que o critério de desempate são mais medalhes de ouro, depois de prata e por último de bronze. 

País Ouro Prata Bronze Total
Brasil 3 3 0 6
União Soviética 3 2 1 6
Estados Unidos 3 0 2 5
Rússia 1 1 2 4
Japão 1 1 1 3
Holanda 1 1 0 2
Iugoslávia 1 0 1 2
Polônia 1 0 0 1
Itália 0 3 3 6

Maiores campeões do vôlei feminino em Olimpíadas

  1. União Soviética – 6 medalhas (4 de ouro)
  2. China – 6 medalhas (3 de ouro)
  3. Cuba – 4 medalhas (3 de ouro)
  4. Japão – 6 medalhas (3 de ouro)
  5. Brasil – 4 medalhes (2 de ouro)
  6. Estados Unidos – 5 medalhas (0 de ouro)
  7. Rússia – 2 medalhas (0 de ouro)

Veja abaixo o quadro completo de medalhas. Lembrando que o critério de desempate são mais medalhes de ouro, depois de prata e por último de bronze. 

País Ouro Prata Bronze Total
União Soviética 4 2 0 6
China 3 1 2 6
Cuba 3 0 1 4
Japão 2 2 2 6
Brasil 2 0 2 4
Estados Unidos 0 3 2 5
Rússia 0 2 0 2

Quadro geral de medalhas do vôlei em Olimpíadas

  1. União Soviética – 12 medalhas (7 de ouro)
  2. Brasil – 10 medalhas (5 de ouro)
  3. Estados Unidos – 10 medalhas (3 de ouro)
  4. Japão – 9 medalhas (3 de ouro)
  5. China – 6 medalhas (3 de ouro)
  6. Cuba – 5 medalhas (3 de ouro)
  7. Rússia – 6 medalhas (1 de ouro)
  8. Holanda – 2 medalhas (1 de ouro)
  9. Polônia – 3 medalhas (1 de ouro)
  10. Iugoslávia – 2 medalhas (1 de ouro)

Veja abaixo o quadro completo de medalhas. Lembrando que o critério de desempate são mais medalhes de ouro, depois de prata e por último de bronze. 

País Ouro Prata Bronze Total
União Soviética 7 4 1 12
Brasil 5 3 2 10
Estados Unidos 3 3 4 10
Japão 3 3 3 9
China 3 1 2 6
Cuba 3 0 2 5
Rússia 1 3 2 6
Holanda 1 1 0 2
Polônia 1 0 2 3
Iugoslávia 1 0 1 2

Como foram as participações do vôlei masculino brasileiro nas Olimpíadas?

A seleção brasileira masculina de vôlei esteve nos Jogos Olímpicos desde que o voleibol passou a ser disputado no maior evento de esportes do mundo, em 1964. Porém, as primeiras participações não foram muito animadoras.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 1964, o Brasil venceu 3 de 9 jogos disputados e encerrou sua participação em 7º lugar. Já na edição seguinte, na Cidade do México, a campanha foi ainda pior, com apenas um triunfo em 9 partidas, despedindo-se da Olimpíada na nona e penúltima colocação.

Na década seguinte, os resultados do vôlei masculino brasileiro continuaram distantes das disputas por medalhas. Em 1972, em Munique, o Brasil ficou em oitavo, uma posição abaixo da alcançada em 1976, em Montreal.

Em 1980, a Seleção Brasileira de vôlei masculino teve sua melhor participação nas Olimpíadas até então. Com 3 vitórias em 5 jogos, a equipe nacional terminou em quinto lugar.

Geração de prata do vôlei

O Brasil passou a ser reconhecido como uma potência olímpica do voleibol a partir da década de 1980. Nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, foi consagrada a “geração de prata”, como ficou conhecido o time comandado por Bebeto de Freitas, que recebeu a primeira medalha do Brasil no esporte em olimpíadas.

Aquela equipe, que contou com jogadores como Bernard, Renan, Bernardinho, Marcus Vinícius e William, chegou à final olímpica, mas foi derrotada pelos Estados Unidos.

Desde a “geração de prata”, o Brasil passou a figurar com frequência no pódio das Olimpíadas no vôlei, consolidando o esporte como um dos mais populares no país.

Depois da medalha de prata em Los Angeles, a Seleção Brasileira de vôlei masculino ficou na quarta colocação em Seul. Em novo encontro com os Estados Unidos, o Brasil foi eliminado nas semifinais. Na decisão de bronze, perdeu para a Argentina.

Primeiro ouro olímpico do Brasil no vôlei

Mais acostumado a disputar medalhas, o Brasil conquistou seu primeiro ouro no vôlei em Jogos Olímpicos na edição de Barcelona, em 1992.

O time comandado por José Roberto Guimarães contava com atletas bastante promissores, como Giovane, Marcelo Negrão, Tande, Maurício, Paulão e Carlão.

Depois de vencer todos os 5 jogos da primeira fase, o Brasil bateu o Japão nas quartas de final e os Estados Unidos nas semifinais.

Na decisão, a Seleção Brasileira enfrentou a Holanda e venceu por 3 a 0, chegando ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez.

Já em Atlanta, em 1996, o Brasil não foi tão bem e caiu nas quartas de final, diante da Iugoslávia, encerrando sua participação na quinta colocação.

Em 2000, o Brasil começou de forma bastante promissora, vencendo todos os 5 jogos da primeira fase e se classificando em primeiro. Porém, nas quartas de final, a seleção brasileira foi surpreendida pela Argentina, que havia se classificado em quarto lugar na sua chave.

Brasil campeão olímpico de vôlei em Barcelona, em 1992
Seleção Brasileira de voleibol masculina foi campeã olímpica pela primeira vez em 1992, em Barcelona

Bicampeonato olímpico brasileiro no vôlei masculino

Depois de um decepcionante 6º lugar em Sydney, o Brasil voltou ao lugar mais alto do pódio no vôlei masculino na Olimpíada de Atenas, em 2004.

A equipe comandada por Bernardinho tinha no grupo dois remanescentes do primeiro ouro olímpico: Maurício e Giovane. Porém, a equipe já era liderada por Ricardinho, Giba e Nalbert, apoiados por Dante, André Nascimento, Gustavo, Rodrigão e Serginho.

Na fases decisivas, o Brasil atropelou Polônia e Estados Unidos, com vitórias por 3 a 0. Já na decisão da medalha de ouro, foi a vez de derrotar a Itália, por 3 a 1, garantindo o bicampeonato olímpico.

Duas medalhas de prata consecutivas

Bicampeã olímpica e com histórico de diversos título mundiais, a Seleção Brasileira de vôlei masculino entrou como uma das grandes favoritas à medalha de ouro tantos nos Jogos Olímpicos de Pequim quanto na Olimpíada de Londres.

O time de Bernardinho chegou às finais nas duas edições, mas acabou ficando com a prata.

Em Pequim, a Seleção Brasileira foi derrotada na final pelos Estados Unidos, por 3 a 1. Já em Londres, a derrota foi ainda mais triste, com revés no tie-break diante da Rússia.

Tricampeonato olímpico brasileiro no vôlei masculino

Jogando em casa, a Seleção Brasileira de vôlei masculino aproveitou o apoio da torcida no Rio de Janeiro para conquistar sua terceira medalha de ouro.

Ainda sob o comando de Bernardinho, o Brasil ficou apenas em quarto lugar no seu grupo na primeira fase. Foram 3 vitórias em 5 jogos.

Nas quartas de final, a Seleção Brasileira passou pela Argentina, que havia sido líder de sua chave.

Nas semifinais e na final, o Brasil foi implacável e derrotou Rússia e Itália por 3 a 0.

Foi a vez então de uma geração de Bruninho, Lipe, Wallace, Lucão, Lucarelli, Maurício Borges e Maurício Souza, Evandro, William, Éder e Douglas celebrar o ouro olímpico.

O líbero Serginho encerrou sua participação em Olimpíadas como o maior medalhista do Brasil em esportes coletivos, com dois ouros e duas pratas.

Brasil tricampeão olímpico vôlei masculino
Seleção Brasileira de vôlei masculino se tornou tricampeã olímpica no Rio

Todas as participações do Brasil no vôlei masculino em Olimpíadas

  • 1964 – 7º lugar
  • 1968 – 9º lugar
  • 1972 – 8º lugar
  • 1976 – 7º lugar
  • 1980 – 5º lugar
  • 1984 – Medalha de prata
  • 1988 – 4º lugar
  • 1992 – Medalha de ouro
  • 1996 – 5º lugar
  • 2000 – 6º lugar
  • 2004 – Medalha de ouro
  • 2008 – Medalha de prata
  • 2012 – Medalha de prata
  • 2016 – Medalha de ouro

Lista de todos os campeões olímpicos do vôlei masculino

  • 1964 – União Soviética
  • 1968 – União Soviética
  • 1972 – Japão
  • 1976 – Polônia
  • 1980 – União Soviética
  • 1984 – Estados Unidos
  • 1988 – EstadosUnidos
  • 1992 – Brasil
  • 1996 – Holanda
  • 2000 – Iugoslávia
  • 2004 – Brasil
  • 2008 – Estados Unidos
  • 2012 – Rússia
  • 2016 – Brasil

Veja abaixo a tabela com as informações completas de todas as finais olímpicas: 

Ano Sede Ouro Placar Prata Bronze Placar 4º lugar
1964 Tóquio União Soviética Checoslováquia Japão Romênia
1968 Cidade do México União Soviética Japão Checoslováquia Alemanha Oriental
1972 Munique Japão 3 – 1 Alemanha Oriental União Soviética 3 – 0 Bulgária
1976 Montreal Polônia 3 – 2 União Soviética Cuba 3 – 1 Japão
1980 Moscou União Soviética 3 – 0 Bulgária Romênia 3 – 1 Polônia
1984 Los Angeles Estados Unidos 3- 0 Brasil Itália 3 – 0 Canadá
1988 Seul Estados Unidos 3 – 1 União Soviética Argentina 3 – 2 Brasil
1992 Barcelona Brasil 3 – 0 Holanda Estados Unidos 3 – 1 Cuba
1996 Atlanta Holanda 3 – 2 Itália Iugoslávia 3 – 1 Rússia
2000 Sydney Iugoslávia 3 – 0 Rússia Itália 3 – 0 Argentina
2004 Atenas Brasil 3 – 1 Itália Rússia 3 – 0 Estados Unidos
2008 Pequim Estados Unidos 3 – 1 Brasil Rússia 3 – 0 Itália
2012 Londres Rússia 3 – 2 Brasil Itália 3 – 1 Bulgária
2016 Rio de Janeiro Brasil 3 – 0 Itália Estados Unidos 3 – 2 Rússia

Em 1964 e 1968, o torneio de vôlei das Olimpíadas era disputado no formato de pontos corridos, com todas as 10 equipes se enfrentando. Por isso, você não viu os placares da final e da disputa de bronze na tabela acima.

Vá além do mundo do Vôlei! Confira também nossos outros conteúdos:

Como foram as participações do vôlei feminino brasileiro nas Olimpíadas?

A primeira participação da Seleção Brasileira de vôlei feminino nos Jogos Olímpicos aconteceu na edição de 1980, em Moscou. O time nacional perdeu todos os 4 jogos disputados e acabou na 7ª colocação entre 8 participantes.

Na Olimpíada seguinte, em 1984, o time feminino do Brasil também ficou em 7º lugar em Los Angeles.

A diferença foi que naquela edição houve a disputa pelo sétimo lugar e, com 3 a 0 sobre a Romênia, a Seleção Brasileira de vôlei feminino conquistou sua primeira vitória na história das Olimpíadas.

Já em 1988, o Brasil subiu uma posição na classificação final, ficando com o 6º lugar na disputa do vôlei feminino em Seul.

Primeira disputa por medalha

Foi em 1992, em Barcelona, que a Seleção Brasileira de vôlei feminino vislumbrou pela primeira vez a possibilidade de conquistar uma medalha olímpica. A equipe chegou até as semifinais, mas foi derrotada pela Equipe Unificada, formada por jogadoras da antiga União Soviética.

Na disputa pela medalha de bronze, as meninas do Brasil foram derrotadas pelos Estados Unidos.

Ascensão com Bernardinho e rivalidade com Cuba

Sob o comando de Bernardinho, a Seleção Brasileira de vôlei feminino conquistou seus primeiros resultados expressivos: foi vice-campeã mundial em 1994 e conquistou o Grand Prix de 1995.

Na Olimpíada de Atlanta, em 1996, o Brasil conquistou sua primeira medalha no vôlei feminino.

Depois de vencer todos os 5 jogos da primeira fase, a Seleção Brasileira feminina derrotou a Coreia do Sul por 3 a 0 nas quartas de final.

Já as semifinais são marcantes pelas discussões entre brasileiras e cubanas. Regla Torres, Mireya Luis, Márcia Fú e Ana Moser se desentenderam depois de Cuba vencer o Brasil no tie-break.

Na disputa da medalha de bronze, o Brasil venceu a Rússia por 3 a 2, com a vantagem mínima no tie-break.

Cuba e Brasil rivalidade no vôlei feminino na década de 1990
Principal rival do Brasil na década de 1990, Cuba foi tricampeã olímpica

Segunda medalha de bronze

Em Sydney, nos Jogos Olímpicos de 2000, um novo duelo entre brasileiras e cubanas aconteceu nas semifinais, com novo triunfo do time caribenho no tie-break.

Na disputa pelo bronze, o Brasil venceu os Estados Unidos, por 3 a 0.

Início da era José Roberto Guimarães

Já em Atenas, em 2004, a Seleção Brasileira de vôlei feminino foi comandada por José Roberto Guimarães, que havia levado o time masculino ao ouro em 1992.

Depois de abrir 2 a 0 nas semifinais, o time brasileiro levou uma surpreendente e frustrante virada da Rússia. No tie-break, a derrota veio com um dramático 16 a 14.

Na disputa pelo bronze, a Seleção Brasileira acabou derrotada por Cuba, por 3 a 1.

Primeira medalha de ouro do vôlei feminino brasileiro

Se a derrota para a Rússia em Atenas deixou uma imagem negativa, as jogadoras da Seleção Brasileira entraram com vontade de calar os críticos nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Após vencer todos os 5 jogos da fase inicial, a equipe comandada por José Roberto Guimarães fez 3 a 0 sobre Japão e China, nas quartas de final e nas semifinais, respectivamente.

Na disputa pelo ouro, o Brasil derrotou os Estados Unidos, por 3 a 1, coroando a geração de Fofão, Fabi, Sheilla, Mari, Paula Pequeno, Fabiana, Jaqueline, Carol, Thaísa, Walewska, Valeska e Sassá.

Brasil campeão olímpico no vôlei feminino em Pequim
Seleção Brasileira de vôlei feminino conquistou sua primeira medalha de ouro em Pequim

Bicampeonato olímpico do Brasil no vôlei feminino

Nos Jogos Olímpicos de Londres, a Seleção Brasileira de vôlei feminino defendia o posto de atual campeã olímpica e foi novamente vitoriosa.

O time comandado por José Roberto Guimarães até passou aperto na primeira fase, classificando-se na quarta colocação, com 3 vitórias em 5 jogos.

Nas quartas de final, em duelo emocionante, o Brasil derrotou a Rússia por 3 a 2. Já nas semifinais, a classificação foi mais tranquila, com triunfo por 3 a 0 sobre o Japão.

O segundo ouro olímpico do vôlei feminino brasileiro veio com vitória sobre os Estados Unidos, por 3 a 1.

Fabi, Fabiana, Sheilla, Paula Pequeno, Jaqueline e Thaísa comemoraram seu bicampeonato olímpico, enquanto Dani Lins, Adenízia, Natália, Fê Garay, Tandara e Fernanda subiram ao pódio pela primeira vez.

Brasil bicampeão olímpico no vôlei feminino
Em Londres, Seleção Brasileira de vôlei feminino foi bicampeão olímpica

Derrota frustrante no Rio

Com o bicampeonato olímpico em Pequim e Londres, a Seleção Brasileira de vôlei feminino era uma das grandes esperanças de medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio.

O início foi bastante animador, com vitórias nos 5 jogos da primeira fase. Porém, uma frustrante derrota para a China, por 3 a 2, nas quartas de final, adiou o sonho do tricampeonato no vôlei feminino.

Foi a primeira vez que a Seleção Brasileira feminina não chegou à disputa por medalhas desde o sexto lugar em 1988.

Todas as participações do Brasil no vôlei feminino em Olimpíadas

  • 1980 – 7º lugar
  • 1984 – 7º lugar
  • 1988 – 6º lugar
  • 1992 – 4º lugar
  • 1996 – Medalha de bronze
  • 2000 – Medalha de bronze
  • 2004 – 4º lugar
  • 2008 – Medalha de ouro
  • 2012 – Medalha de ouro
  • 2016 – 5º lugar

Lista de todos os campeões olímpicos do vôlei feminino

  • 1964 – Japão
  • 1968 – União Soviética
  • 1972 – União Soviética
  • 1976 – Japão
  • 1980 – União Soviética
  • 1984 – China
  • 1988 – União Soviética
  • 1992 – Cuba
  • 1996 – Cuba
  • 2000 – Cuba
  • 2004 – China
  • 2008 – Brasil
  • 2012 – Brasil
  • 2016 – China

Veja abaixo a tabela com as informações completas de todas as finais olímpicas: 

Ano

Sede Ouro Placar Prata Bronze Placar 4º lugar
1964 Tóquio Japão União Soviética Polônia Romênia
1968 Cidade do México União Soviética Japão Polônia Peru

1972

Munique União Soviética 3 – 2 Japão Coreia do Norte 3 – 0 Coreia do Sul
1976 Montreal Japão 3 – 0 União Soviética Coreia do Sul 3 – 1 Hungria
1980 Moscou União Soviética 3 – 1 Alemanha Oriental Bulgária 3 – 2 Hungria
1984 Los Angeles China 3- 0 Estados Unidos Japão 3 – 1 Peru
1988 Seul União Soviética 3 – 2 Peru China 3 – 0 Japão
1992 Barcelona Cuba 3 – 1 Equipe Unificada Estados Unidos 3 – 0 Brasil
1996 Atlanta Cuba 3 – 1 China Brasil 3 – 2 Rússia
2000 Sydney Cuba 3 – 2 Rússia Brasil 3 – 0 Estados Unidos
2004 Atenas China 3 – 2 Rússia Cuba 3 – 1 Brasil
2008 Pequim Brasil 3 – 1 Estados Unidos China 3 – 1 Cuba
2012 Londres Brasil 3 – 1 Estados Unidos Japão 3 – 0 Coreia do Sul
2016 Rio de Janeiro China 3 – 1 Sérvia Estados Unidos 3 – 1 Holanda

Se ao olhar essa lista, você estranhou a presença da Equipe Unificada, nós te explicamos. As vice-campeãs olímpicas de 1992, em Barcelona, faziam parte de um time que reuniu atletas de antigas repúblicas da União Soviética.

Vá além das Olimpíadas. Aproveite também para saber todos os detalhes das principais competições de voleibol do mundo! O Brasil tem muitas conquistas!

Agora que você sabe tudo sobre o vôlei brasileiro nas olimpíadas, aproveite para se aprofundar ainda mais no tema com nossos outros conteúdos: 

* Última atualização em 05/08/2019

Comentários

Salvar
103 Compart.
Compartilhar86
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin17