Veja os maiores artilheiros de todos os tempos da Liga dos Campeões, todos os campeões, resultados, estatísticas e curiosidades

Você sabia que na edição 2019/2020 a Uefa premiou aos clubes participantes da Champions League com mais de 2 bilhões de euros? Esse valor dá uma dimensão do que é a Liga dos Campeões.

Seja em volume de dinheiro distribuído às equipes participantes ou em recordes de audiência, é difícil encontrar um torneio com tamanho prestígio quanto a Champions League.

Toda essa trajetória foi iniciada na década de 1950, em uma longa história de grandes jogos e atuações brilhantes de craques do futebol, como acontece atualmente com Cristiano Ronaldo e Messi.

Mas, afinal, quando surgiu a Liga dos Campeões? Quem são os maiores campeões e principais artilheiros? As respostas para essas perguntas estão logo abaixo.

Continue a leitura e seja capaz de vencer qualquer discussão nas mesas de bar quando o assunto for Champions League!

O que é a Liga dos Campeões?

A Liga dos Campeões da Uefa é considerada a maior competição entre clubes de futebol do mundo. O torneio disputado a cada temporada européia reúne os campeões e melhores colocados de cada liga nacional do continente.

A importância da Champions League pode ser constatada no tamanho de sua audiência ao redor do mundo. A final da edição de 2017/2018, vencida pelo Real Madrid em duelo com o Liverpool, foi vista por mais de 350 milhões de pessoas em 200 países. Isso garante ao torneio organizado pela Uefa a condição de evento esportivo anual mais visto no mundo, à frente do Super Bowl (decisão da NFL, liga de futebol americano).  

Com a conquista daquela edição de 2017/2018, o Real Madrid chegou a 13 títulos da Champions League, isolando-se ainda mais no posto de maior campeão do torneio.

Os primeiros títulos do time espanhol foram conquistados ainda quando a competição recebia o nome de Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Você sabia que a iniciativa de criar a Liga dos Campeões não partiu da confederação europeia?

Quando surgiu a Liga dos Campeões?

A Liga dos Campeões foi disputada pela primeira vez em 1955, um mês depois da realização do primeiro congresso da UEFA, na Áustria. Inicialmente, o torneio foi nomeado Taça dos Clubes Campeões Europeus. A primeira edição foi disputada por 16 clubes.

Embora reunisse grandes equipes do continente, a criação da Liga dos Campeões não partiu da Uefa. Os responsáveis pela criação da competição são os jornalistas franceses Jacques Ferran e Gabriel Hanot, do jornal L’Équipe.

Ferran e Hanot disseram ter se inspirado no Campeonato Sul-Americano de Campeões, disputado em 1948 e vencido pelo Vasco.

Para a disputa da primeira edição da Liga dos Campeões, idealizada pelos jornalistas do L’Équipe e respaldada pela Uefa, reuniu 7 campeões nacionais:

  • Anderlecht (Béligica)
  • AGF Arhus (Dinamarca)
  • Djurgardens (Suécia)
  • Milan (Itália)
  • Real Madrid (Espanha)
  • Stade de Reims (França)
  • SC Rot-Weiss Essen (Alemanha)

Os outros 9 participantes foram convidados pela organização:

  • Sporting Lisboa (Portugal)
  • Partizan Belgrado (Sérvia)
  • MTK Budapest (Hungria)
  • Servette (Suíça)
  • Hibernian (Escócia)
  • Gwardia (Polônia)
  • Rapid Wien (Áustria)
  • PSV Eindhoven (Holanda)
  • Saarbrucken (Alemanha)

Na final, disputada no estádio Parc des Princes, em Paris, o Real Madrid derrotou o Stade de Reims, por 4 a 3, no primeiro de cinco títulos consecutivos do time espanhol.

Real Madrid - Champions League 1956
Real Madrid se sagrou campeão da primeira edição da Liga do Campeões em 1956 Crédito: AFP

Desde a temporada 2001/2002, é disputada também a Liga dos Campeões Feminina.

Formato de disputa da Liga dos Campeões

As primeiras edições da Champions League, ainda com o nome de Taça dos Campeões Europeus, eram disputadas em formato eliminatório, com confrontos de mata-mata.

O regulamento foi alterado na edição de 1992/1993, com a criação da Uefa Champions League (ou Liga dos Campeões da Uefa). A partir de então, a disputa passou a contar com fases de grupos antes de duelos eliminatórios.

Apesar de a ideia da competição fosse reunir os campeões nacionais da Europa, o torneio engloba também as equipes mais bem posicionadas nas ligas de cada país. A divisão de vagas respeita o ranking da Uefa, com os países mais bem colocados tendo mais representantes na disputa.

Quem foram os artilheiros da Liga dos Campeões?

Artilheiros de várias nacionalidades deixaram seus nomes marcados na história da Liga dos Campeões. Entre os brasileiros, Romário, Rivaldo, Jardel, Kaká, Neymar e José Altafini, o Mazzola, já foram os principais goleadores de uma edição da Champions League.

Na edição de 2018/2019, Neymar igualou Kaká como maior brasileiro artilheiro na Liga dos Campeões, com 30 gols. Na contagem que desconsidera os tentos anotados em fases eliminatórias, Rivaldo tem 27.

Se considerados os gols marcados em fases eliminatórias, Neymar igualou o recorde de Rivaldo em novembro de 2018. O camisa 10 do PSG chegou a 31 gols na Liga dos Campeões, mesma marca que Rivaldo atingiu jogando por Barcelona, Milan, Olympiacos e AEK Atenas (4 desses gols foram antes da fase de grupos).

Quer ficar por dentro também de tudo da Copa do Mundo? Então confira:

Kaká campeão pelo Milan da Champions League
Campeão pelo Milan, Kaká marcou 30 gols na Liga dos Campeões

Artilheiros da Liga dos Campeões em todas as edições

Ano Jogador País Time Gols
1955–56 Miloš Milutinović Iugoslávia Partizan Belgrado 8
1956–57 Dennis Viollet Inglaterra Manchester United 9
1957–58 Alfredo Di Stéfano Argentina/Espanha Real Madrid 10
1958–59 Just Fontaine França Stade Reims 10
1959–60 Ferenc Puskás Hungria/Espanha Real Madrid 12
1960–61 José Águas Portugal Benfica 11
1961–62 Heinz Strehl Alemanha Nuremberg 8
1962–63 José Altafini Brasil/Itália Milan 14
1963–64 Vladica Kovačević Iugoslávia Partizan Belgrado 7
Sandro Mazzola Itália Internazionale
Ferenc Puskás Hungria/Espanha Real Madrid
1964–65 Eusébio Portugal Benfica 9
José Torres Portugal Benfica
1965–66 Eusébio Portugal Benfica 7
Flórián Albert Hungria Ferencvárosi
1966–67 Paul van Himst Bélgica Anderlecht 6
Jürgen Piepenburg Alemanha Vorwärts Berlin
1967–68 Eusébio Portugal Benfica 6
1968–69 Denis Law Escócia Manchester United 9
1969–70 Mick Jones Inglaterra Leeds United 8
Ove Kindvall Suécia Feyenoord
1970–71 Antonis Antoniadis Grécia Panathinaikos 10
1971–72 Johan Cruijff Holanda Ajax 5
Antal Dunai Hungria Újpest
Lou Macari Escócia Celtic
Silvester Takač Iugoslávia Standard de Liège
1972–73 Gerd Müller Alemanha Bayern de Munique 12
1973–74 Gerd Müller Alemanha Bayern de Munique 8
1974–75 Gerd Müller Alemanha Bayern de Munique 5
Eduard Markarov União Soviética Ararat Erevan
1975–76 Jupp Heynckes Alemanha Borussia Mönchengladbach 6
1976–77 Franco Cucinotta Itália Zurique 5
Gerd Müller Alemanha Bayern de Munique
1977–78 Allan Simonsen Dinamarca Borussia Mönchengladbach 5
1978–79 Claudio Sulser Suíça Grasshopper 11
1979–80 Søren Lerby Dinamarca Ajax 10
1980–81 Karl-Heinz Rummenigge Alemanha Bayern de Munique 6
Terry McDermott Inglaterra Liverpool
Graeme Souness Escócia Liverpool
1981–82 Dieter Hoeneß Alemanha Bayern de Munique 7
1982–83 Paolo Rossi Itália Juventus 6
1983–84 Viktor Sokol União Soviética Dinamo Minsk 6
1984–85 Michel Platini França Juventus 7
Torbjörn Nilsson Suécia IFK Göteborg
1985–86 Torbjörn Nilsson Suécia IFK Göteborg 6
1986–87 Borislav Cvetković Iugoslávia Estrela Vermelha 7
1987–88 Rui Águas Portugal Benfica 4
Jean-Marc Ferreri França Bordeaux
Ally McCoist Escócia Rangers
Míchel Espanha Real Madrid
Gheorghe Hagi Romênia Steaua Bucuresti
Rabah Madjer Argélia Porto
1988–89 Marco van Basten Holanda Milan 10
1989–90 Jean-Pierre Papin França Olympique de Marseille 6
Romário Brasil PSV Eindhoven
1990–91 Jean-Pierre Papin França Olympique de Marseille 6
Peter Pacult Áustria Tirol Innsbruck
1991–92 Jean-Pierre Papin França Olympique de Marseille 7
Sergey Yuran União Soviética Benfica
1992–93 Romário Brasil PSV Eindhoven 7
1993–94 Ronald Koeman Holanda Barcelona 8
Wynton Rufer Nova Zelândia Werder Bremen
1994–95 George Weah Libéria Paris Saint-Germain 8
1995–96 Jari Litmanen Finlândia Ajax 9
1996–97 Ally McCoist Escócia Glasgow Rangers 6
1997–98 Alessandro Del Piero Itália Juventus 10
1998–99 Andriy Shevchenko Ucrânia Dínamo Kiev 8
Dwight Yorke Trinidad e Tobago Manchester United
1999–00 Rivaldo Brasil Barcelona 10
Jardel Brasil Porto
Raúl Espanha Real Madrid
Serhiy Rebrov Ucrânia Dínamo Kiev
2000–01 Jardel Brasil Galatasaray 7
Raúl Espanha Real Madrid
2001–02 Ruud van Nistelrooy Holanda Manchester United 10
2002–03 Ruud van Nistelrooy Holanda Manchester United 12
2003–04 Fernando Morientes Espanha Monaco 9
2004–05 Ruud van Nistelrooy Holanda Manchester United 8
2005–06 Andriy Shevchenko Ucrânia Milan 9
2006–07 Kaká Brasil Milan 10
2007–08 Cristiano Ronaldo Portugal Manchester United 8
2008–09 Lionel Messi Argentina Barcelona 9
2009–10 Lionel Messi Argentina Barcelona 8
2010–11 Lionel Messi Argentina Barcelona 12
2011–12 Lionel Messi Argentina Barcelona 14
2012–13 Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid 12
2013–14 Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid 17
2014–15 Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid 10
Lionel Messi Argentina Barcelona
Neymar Brasil Barcelona
2015–16 Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid 16
2016-17 Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid 12
2017-18 Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid 15
2018-19 Lionel Messi Argentina Barcelona 12
2019-20 Robert Lewandowski Polônia Bayern 15

Você ama outros esportes além do Futebol? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Quem são os maiores artilheiros da Liga dos Campeões?

O maior artilheiro da história da Liga dos Campeões é Cristiano Ronaldo, com 131 gols marcados (incluindo fases eliminatórias).

Seu principal adversário, Lionel Messi, já anotou 115 gols na competição.

*Esses números consideram todos os gols marcados até o fim da edição de 2019/2020.

Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi: quem é melhor? Compare!

Cristiano Ronaldo Gol de bicicleta na Champions
Cristiano Ronaldo foi artilheiro da Liga dos Campeões em 6 edições consecutivas

Lista dos 10 maiores artilheiros da Liga dos Campeões (incluindo gols em fases eliminatórias):

  1. Cristiano Ronaldo (Portugal) – 131 gols
  2. Messi (Argentina) – 115 gols
  3. Raúl González (Espanha) – 71 gols
  4. Robert Lewandowski (Polônia) – 68 gols
  5. Karim Benzema (França) – 65 gols
  6. Ruud van Nistelrooy (Holanda) – 60 gols
  7. Andriy Shevchenko (Ucrânia) – 59 gols
  8. Thierry Henry (França) – 51 gols
  9. Filippo Inzaghi (Itália) – 50 gols
  10. Alfredo Di Stéfano (Argentina/Espanha) – 49 gols
  11. Zlatan Ibrahimovic (Suécia) – 49 gols

*Esses números consideram todos os gols marcados até o fim da edição de 2019/2020.

Messi e Cristiano Ronaldo estão em constante disputa pelo posto de maior artilheiro da Liga dos Campeões. Como eles seguem em atividade, essa competição não deve acabar tão cedo.

Veja, a seguir, como os craques argentino e português construíram suas trajetórias de gols na Champions League.

Quantos gols Cristiano Ronaldo e Messi marcaram na Liga dos Campeões?

Cristiano Ronaldo e Messi marcaram 131 e 115 gols na Liga dos Campeões da Europa, respectivamente.

A partir de 2009, Messi foi artilheiro da Liga dos Campeões por 4 edições seguidas. O recorde de gols do craque argentino aconteceu em 2011/2012, quando balançou as redes 14 vezes. Ele ainda foi o maior goleador de uma edição em 2014/2015, quando dividiu a artilharia com Cristiano Ronaldo e Neymar, e em 2018/2019, com 12 gols em 10 jogos.

Além da temporada 2014/2015, Cristiano Ronaldo foi o maior artilheiro da Liga dos Campeões nas duas edições anteriores e nas três seguintes. Ou seja, o CR7 foi o máximo goleador da Champions 6 disputas que antecederam a temporada 2018/2019.

Em termos de títulos, Cristiano Ronaldo venceu a Liga dos Campeões por cinco vezes (uma com o Manchester United e quatro com o Real Madrid). Já Messi tem 4 conquistas da Champions League, todas pelo Barcelona.

O maior campeão da história da Liga dos Campeões também acumulou conquistas por um clube espanhol. Sabe quem é? Descubra a seguir!

Vá além do mundo do Futebol! Confira também nossos outros conteúdos:

Qual jogador venceu mais vezes a Liga dos Campeões?

Francisco Gento é o jogador com mais títulos na história da Liga dos Campeões, com 6 conquistas. O ex-atacante espanhol defendeu o Real Madrid nas campanhas vitoriosas entre 1956 e 1960, quando a equipe se tornou pentacampeã europeia, e também na sexta conquista do time da capital espanhola, em 1966.

Além de Gento, vários jogadores que participaram da série de títulos do Real Madrid aparecem entre os mais vitoriosos. Ao todo, são 11 os jogadores que venceram a Champions League ao menos cinco vezes.

Francisco Gento do Real Madrid maior campeão da Liga dos Campeões
Francisco Gento é o maior campeão da Champions League, com 6 títulos pelo Real Madrid

Lista dos jogadores que mais venceram a da Liga dos Campeões

  1. Francisco Gento (Espanha) – 6 títulos
  2. Alfredo Di Stéfano (Argentina/Espanha) – 5 títulos
  3. Héctor Rial (Espanha) – 5 títulos
  4. Juan Alonso (Espanha) – 5 títulos
  5. Juan Santisteban (Espanha) – 5 títulos
  6. Marcos Alonso Imaz (Espanha) – 5 títulos
  7. Rafael Lesmes (Espanha) – 5 títulos
  8. José María Zárraga (Espanha) – 5 títulos
  9. Paolo Maldini (Itália) – 5 títulos
  10. Alessandro Costacurta (Itália) – 5 títulos
  11. Cristiano Ronaldo (Portugal) – 5 títulos

Que tal ser fera em outros esportes além do futebol? Não perca tempo e veja também:

Quem são os maiores vencedores da Liga dos Campeões?

O Real Madrid ostenta uma grande hegemonia na Liga dos Campeões. A equipe espanhola já conquistou o maior torneio entre clubes da Europa 13 vezes. Segundo maior vencedor, o Milan tem 7 títulos.

Campeão da temporada 2018/2019, na decisão inglesa contra o Tottenham, o Liverpool chegou a 6 títulos da Liga dos Campeões. Os Reds foram igualados pelo Bayern de Munique, que venceu o PSG na final de 2019/2020 e também chegou a 6 conquistas.

Na sequência da lista de maiores campeões da Champions League, vem o Barcelona, com 5 títulos.

Ao todo, 22 equipes já venceram a Liga dos Campeões.

Lista dos maiores campeões da Liga dos Campeões da Uefa

  1. Real Madrid – 13 títulos
  2. Milan – 7 títulos
  3. Liverpool  e Bayern de Munique – 6 títulos
  4. Barcelona – 5 títulos
  5. Ajax – 4 títulos
  6. Manchester United e Inter de Milão – 3 títulos
  7. Nottingham Forest, Juventus, Benfica e Porto – 2 títulos
  8. Aston Villa, Chelsea, Celtic, Borussia Dortmund, Hamburgo, Steaua Bucareste (Romênia), Olympique de Marselha, Estrela Vermelha (Sérvia), PSV Eindhoven e Feyenoord – 1 título

Ficou curioso com os 2 títulos do Nottingham Forest na Liga dos Campeões? Tem até filme sobre isso. Veja mais detalhes na nossa seleção dos 45 melhores filmes de futebol de todos os tempos. 

Lista dos campeões da Champions League ano a ano

Ano Campeão Vice
2020 Bayern PSG
2019 Liverpool Tottenham
2018 Real Madrid Liverpool
2017 Real Madrid Juventus
2016 Real Madrid Atlético de Madrid
2015 Barcelona Juventus
2014 Real Madrid Atlético de Madrid
2013 Bayern Borussia Dortmund
2012 Chelsea Bayern
2011 Barcelona Manchester United
2010 Internazionale Bayern
2009 Barcelona Manchester United
2008 Manchester United Chelsea
2007 Milan Liverpool
2006 Barcelona Arsenal
2005 Liverpool Milan
2004 Porto Mônaco
2003 Milan Juventus
2002 Real Madrid Bayer Leverkusen
2001 Bayern Valência
2000 Real Madrid Valência
1999 Manchester United Bayern
1998 Real Madrid Juventus
1997 Borussia Dortmund Juventus
1996 Juventus Ajax
1995 Ajax Milan
1994 Milan Barcelona
1993 Olympique de Marseille Milan
1992 Barcelona Sampdoria
1991 Estrela Vermelha Olympique de Marseille
1990 Milan Benfica
1989 Milan Steaua Bucareste
1988 PSV Eindhoven Benfica
1987 Porto Bayern
1986 Steaua Bucareste Barcelona
1985 Juventus Liverpool
1984 Liverpool Roma
1983 Hamburgo Juventus
1982 Aston Villa Bayern
1981 Liverpool Real Madrid
1980 Nottingham Forest Hamburgo
1979 Nottingham Forest Malmo
1978 Liverpool Club Brugge
1977 Liverpool Borussia Mönchengladbach
1976 Bayern Saint-Etienne
1975 Bayern Leeds United
1974 Bayern Atletico de Madrid
1973 Ajax Juventus
1972 Ajax Internazionale
1971 Ajax Panathinaikos
1970 Feyenoord Celtic Glasgow
1969 Milan Ajax Amsterdam
1968 Manchester United Benfica
1967 Celtic Internazionale
1966 Real Madrid Partizan
1965 Internazionale Benfica
1964 Internazionale Real Madrid
1963 Milan Benfica
1962 Benfica Real Madrid
1961 Benfica Barcelona
1960 Real Madrid Eintracht Frankfurt
1959 Real Madrid Stade de Reims
1958 Real Madrid Milan
1957 Real Madrid Fiorentina
1956 Real Madrid Stade de Reims

Quais são os treinadores com mais títulos da Liga dos Campeões?

  1. Zinedine Zidane – 3 títulos
  2. Carlo Ancelotti – 3 títulos
  3. Bob Paisley – 3 títulos

Tricampeão consecutivo pelo Real Madrid entre 2015/2016 e 2017/2018, o francês Zinedine Zidane se tornou um dos treinadores mais vencedores da Liga dos Campeões. Além dele, também conquistaram três títulos da Champions League o italiano Carlo Ancelotti (com dois títulos pelo Milan e um pelo Real Madrid) e o inglês Bob Paisley (tricampeão pelo Liverpool).

A história do maior torneio de clubes do mundo continua sendo escrita ano após ano. Novos times e atletas almejam fazer parte da lista de maiores vencedores e artilheiros da Liga dos Campeões.

A Champions League consagrou o Liverpool como hexacampeão em 1º de junho de 2019. A grande final, disputada no estádio Wanda Metropolitano, do Atlético de Madrid, terminou com o placar de 2 a 0 para os Reds contra o Tottenham, com gols de Salah e Origi.

Em 2020, por causa da pandemia de Covid-19, as fases decisivas foram concentradas em Portugal. A grande decisão coloca frente a frente o pentacampeão Bayern de Munique contra o PSG, que busca um título inédito.

Agora que você já sabe tudo da Champions League, aproveite para ficar por dentro de outros torneios de futebol ao redor do mundo! Confira as histórias, quem são os grandes campeões e os maiores artilheiros da:

Última atualização feita em 23 de agosto de 2020

Comentários

Salvar
152 Compart.
Compartilhar134
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin18