fbpx
Conheça toda a história da Copa do Mundo de Basquete Masculino, as seleções com mais títulos, curiosidades e recordes do torneio

Você sabia que o Brasil é bicampeão mundial de basquete masculino? Os títulos do Campeonato Mundial foram conquistados em 1959 e 1963, por uma geração que contava com craques como Wlamir Marques e Amaury Passos, sob o comando do treinador Kanela.

O Brasil é apenas um dos 6 países que podem se orgulhar de ter um título da Copa do Mundo de Basquete masculino.

Quer saber quais foram os campeões mundiais? Essa e outras respostas sobre a história do mundial você confere logo abaixo.

Fique com a gente e veja também tudo sobre o campeonato mundial de basquetebol masculino de 2019

Confira o texto atualizado com o título da Espanha e considere um mundial a mais para a seleção europeia no infográfico abaixo 😉

Copa do Mundo de Basquete Masculino: história e maiores campeões

Copa do Mundo de Basquete Masculino

História do Campeonato Mundial de Basquete Masculino

O Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino foi disputado pela primeira vez em 1950, na Argentina. Dez países participaram do torneio, sendo que seis deles avançaram para um hexagonal final.

Na primeira edição do mundial, os argentinos conquistaram o título, enquanto os Estados Unidos foram vice-campeões. O Chile ficou com as medalhas de bronze, enquanto o Brasil ficou em quarto lugar.

A segunda edição da Copa do Mundo de Basquete Masculino, em 1954, foi disputada no Brasil. Os Estados Unidos foram campeões, e o Brasil ficou com o vice-campeonato.

Já nos Mundiais seguintes, em 1959 e 1963, o Brasil foi bicampeão mundial de basquete masculino. Em uma das gerações mais talentosas de sua história, a equipe brasileira contava com Wlamir Marques, Amaury Passos, Bira e Rosa Branca.

Todas as 5 primeiras edições do Campeonato Mundial de Basquete Masculino foram disputadas na América do Sul. Somente em 1970, a Europa recebeu o torneio, sediado na Iugoslávia.

Nas 17 edições já disputadas, o título de campeão mundial de basquete masculino foi alcançado por apenas 6 países: Argentina, Brasil, Estados Unidos, Rússia, Iugoslávia e Espanha.

Você ama outros esportes além do Basquete? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Quer saber qual país tem mais títulos mundiais no basquete masculino? Confira a seguir!

Qual país tem mais Copas do Mundo de Basquete Masculino?

Maior potência do basquete mundial, os Estados Unidos dividem o posto de maiores campeões da Copa do Mundo de basquete masculino com a Iugoslávia. O antigo país do leste europeu e os norte-americanos venceram o campeonato mundial por 5 vezes.

Os Estados Unidos somente igualaram o recorde de títulos da Iugoslávia ao vencer as  edições da Copa do Mundo, em 2010 e 2014, disputadas na Turquia e na Espanha, respectivamente.

Antes desses títulos, os Estados Unidos tinham os mesmos 3 títulos mundiais de basquete masculino alcançados pela Rússia, enquanto o Brasil, com as conquistas de 1959 e 1963, vinha logo atrás.

Campeã mundial em 2019, com vitória sobre a Argentina na final, a Espanha igualou os títulos do Brasil.

Já a Argentina, que venceu o primeiro mundial em 1950, completa a lista de campeões mundiais de basquete masculino.

Brasil bicampeão da Copa do Mundo de Basquete Masculino

Maiores vencedores da Copa do Mundo de basquete masculino

  1. Estados Unidos – 5 títulos
  2. Iugoslávia – 5 títulos
  3. União Soviética – 3 títulos
  4. Brasil – 2 títulos
  5. Espanha – 2 títulos
  6. Argentina – 1 título

Veja abaixo a tabela completa com todas as classificações finais de cada país na Copa do Mundo de Basquete Masculino: 

PaísTítulosVices3º lugar4º lugar
Estados Unidos5 (1954, 1986, 1994, 2010, 2014)3 (1950, 1959, 1982)4 (1974, 1990, 1998, 2006)2 (1963, 1967)
Iugoslávia5 (1970, 1978, 1990, 1998, 2002)3 (1963, 1967, 1974)2 (1982, 1986)0
União Soviética3 (1967, 1974, 1982)3 (1978, 1986, 1990)2 (1963,1970)0
Brasil2 (1959, 1963)2 (1954, 1970)2 (1978, 1967)2 (1950, 1986)
Argentina1 (1950)2 (2002 e 2019)01 (2006)
Espanha2 (2006 e 2019)001 (1982)
Rússia02 (1994, 1998)0
Grécia01 (2006)02 (1994, 1998)
Sérvia01 (2014)01 (2010)
Turquia01 (2010)00
Chile002 (1950, 1959)0
Lituânia001 (2010)1 (2014)
Alemanha001 (2002)0
Croácia001 (1994)0
Filipinas001 (1954)0
França002 (2014 e 2019)1 (1954)
Itália0002 (1970, 1978)
Nova Zelândia0001 (2002)
Porto Rico0001 (1990)
Cuba0001 (1974)
Taiwan0001 (1959)
Austrália0001 (2019)

Aproveite para conferir também a lista dos 4 primeiros colocados a cada edição do Campeonato Mundial de Basquete Masculino!

Lista de vencedores da Copa do Mundo de Basquete Masculino por edição 

Ano

País-sedeCampeãoVice3º lugar4º Lugar
1950ArgentinaArgentinaEstados UnidosChileBrasil

1954

BrasilEstados UnidosBrasilFilipinasFrança
1959ChileBrasilEstados UnidosChileTaiwan
1963BrasilBrasilIugosláviaUnião SoviéticaEstados Unidos
1967UruguaiUnião SoviéticaIugosláviaBrasilEstados Unidos
1970IugosláviaIugosláviaBrasilUnião SoviéticaItália
1974Porto RicoUnião SoviéticaIugosláviaEstados UnidosCuba

A partir do Mundial de 1978, os campeões passaram a ser decididos em um jogo final. Anteriormente, o título ficava com a equipe de melhor desempenho em uma fase decisiva no formato de grupo.

AnoPaís-sedeCampeãoPlacarVice3º lugarPlacar4º lugar
1978FilipinasIugoslávia82-81

(OT)

União SoviéticaBrasil86-85Itália
1982ColômbiaUnião Soviética95-94Estados UnidosIugoslávia119-117Espanha
1986EspanhaEstados Unidos87-85União SoviéticaIugoslávia117-91Brasil
1990ArgentinaIugoslávia92-75União SoviéticaEstados Unidos107-105Porto Rico
1994CanadáEstados Unidos137-91RússiaCroácia78-60Grécia
1998GréciaIugoslávia64-62RússiaEstados Unidos84-61Grécia
2002Estados UnidosIugoslávia84-77

(OT)

ArgentinaAlemanha117-94Nova Zelândia
2006JapãoEspanha70-47GréciaEstados Unidos96-81Argentina
2010TurquiaEstados Unidos81-64TurquiaLituânia99-88Sérvia
2014EspanhaEstados Unidos129-92SérviaFrança95-93Lituânia
2019ChinaEspanha95-75ArgentinaFrança67-59Austrália

Como são escolhidos os melhores jogadores da Copa do Mundo de Basquete Masculino?

Kevin Durant MVP da Copa do Mundo de Basquete Masculino

Assim como a NBA elege o seu Most Valuable Player a cada temporada, a Copa do Mundo de basquete também tem um MVP a cada edição. Em toda a história, dois brasileiros já foram escolhidos como MVP do mundial de basquete masculino.

Amaury Passos levou o prêmio de melhor jogador em 1959, quando o Brasil conquistou seu primeiro título mundial de basquete.

Em 1963, ano do bicampeonato mundial, foi a vez de Wlamir Marques ser o MVP da Copa do Mundo de Basquete Masculino.

Nas 17 primeiras edições, nenhum jogador foi escolhido como melhor jogador mais de uma vez.

Lista de todos os melhores jogadores da história (MVPs) da Copa do Mundo de Basquete Masculino

  • 1950 – Oscar Furlong (Argentina)
  • 1954 – Kirby Minter (EUA)
  • 1959 – Amaury Passos (Brasil)
  • 1963 – Wlamir Marques (Brasil)
  • 1967 – Ivo Daneu (Iugoslávia)
  • 1970 – Sergei Belov (URSS)
  • 1974 – Dragan Kićanović (Iugoslávia)
  • 1978 – Dražen Dalipagić (Iugoslávia)
  • 1982 – Rolando Frazer (Panamá)
  • 1986 – Dražen Petrović (Iugoslávia)
  • 1990 – Toni Kukoč (Iugoslávia)
  • 1994 – Shaquille O’Neal (EUA)
  • 1998 – Dejan Bodiroga (Iugoslávia)
  • 2002 – Dirk Nowitzki (Alemanha)
  • 2006 – Pau Gasol (Espanha)
  • 2010 – Kevin Durant (EUA)
  • 2014 – Kyrie Irving (EUA)
  • 2019 – Ricky Rubio (Espanha)

Vá além do mundo do Basquete! Confira também nossos outros conteúdos:

Quando e onde foi a Copa do Mundo de Basquete Masculino de 2019?

A 18ª edição da Copa do Mundo de Basquete Masculino foi disputada em 8 cidades da China, entre os 31 de agosto e 15 de setembro de 2019. Essa foi a primeira Copa do Mundo FIBA desde 1970 que não aconteceu no mesmo ano em que a Copa do Mundo de futebol e o Campeonato Mundial de Voleibol Masculino.

Além disso, o número de participantes passou de 24 para 32 equipes.

As 32 vagas foram divididas da seguinte forma:

  • País anfitrião: 1 vaga
  • Ásia/Oceania: 7 vagas;
  • África: 5 vagas;
  • Américas: 7 vagas;
  • Europa: 12 vagas.

Quem foram os participantes da Copa do Mundo de Basquete Masculino de 2019?

Além da China, que foi país-sede, os outros 31 países que disputaram o Campeonato Mundial de Basquete Masculino de 2019, divididos por continentes, foram:

Ásia/Oceania

Austrália, Irã, Japão, Jordânia, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Filipinas e China (país-sede).

Américas

Brasil, Canadá, Venezuela, Estados Unidos, Argentina, Porto Rico e República Dominicana.

África

Costa do Marfim, Angola, Nigéria, Tunísia e Senegal.

Europa

Alemanha, República Tcheca, Itália, Turquia, Polônia, Rússia, Sérvia, França, Montenegro, Grécia, Espanha e Lituânia.

Formato de disputa e grupos da Copa do Mundo de Basquete Masculino de 2019

Os 32 participantes do mundial foram divididos em 8 grupos de 4 seleções. O Brasil ficou no grupo F, ao lado da Grécia, de Giannis Antetokounmpo, Nova Zelândia e Montenegro.

Confira os grupos do Mundial de Basquete:

Grupo A

Costa do Marfim, Polônia, Venezuela e China

Grupo B

Rússia, Argentina, Coreia do Sul e Nigéria

Grupo C

Espanha, Irã, Porto Rico e Tunísia

Grupo D

Angola, Filipinas, Itália e Sérvia

Grupo E

Turquia, República Checa, Estados Unidos e Japão

Grupo F

Grécia, Nova Zelândia, Brasil e Montenegro

Grupo G

República Dominicana, França, Alemanha e Jordânia

Grupo H

Canadá, Senegal, Lituânia e Austrália

Como funciona a segunda fase da Copa do Mundo de Basquete?

Os dois primeiros colocados de cada grupo da primeira fase se classificam para a segunda fase do Mundial, na qual os 16 times restantes serão divididos novamente em quatro chaves. 

Na segunda fase, os dois melhores colocados dos grupos A e B formam a chave I. Os primeiros e segundos colocados dos grupos C e D formam a chave J. O mesmo acontece com a chave K, formada pelos melhores colocados dos grupos E e F, e com a chave L, que recebe os dois primeiros de G e H. As equipes que já se enfrentaram na primeira fase não se enfrentam novamente nessa segunda fase.

Com 3 vitórias em 3 jogos na fase inicial, o Brasil se classificou em primeiro no grupo F. Já á Grécia ficou com a segunda colocação.

Na segunda fase, brasileiros e gregos formam o grupo K, ao lado de Estados Unidos e República Checa.

O Brasil já inicia a segunda fase com uma vitória, uma vez que leva o resultado contra a Grécia na fase inicial e não enfrentará novamente os gregos.

Novamente, os dois primeiros colocados de cada grupo se classificarão. Quem avançar disputará as quartas de final. 

O possível adversário do Brasil nas quartas de final sai do grupo formado por França, Lituânia, Austrália e República Dominicana.

A partir de então, serão disputados confrontos eliminatórios até a definição do campeão mundial.

Além de definir o novo detentor do título mundial, o torneio dá sete vagas diretas à Olimpíada de Tóquio, em 2020, além de outras 16 para o Pré-Olímpico Mundial.

Das 7 vagas para a Olimpíada, duas ficarão com as seleções mais bem colocadas das Américas.

Enquanto aguardamos a definição de quais países disputarão o torneio em Tóquio, aproveite para saber tudo sobre a história do basquete nas Olimpíadas!

Resultados da Copa do Mundo de Basquete Masculino

Primeira fase

Grupo A

  • Polônia 80 x 69 Venezuela
  • China 70 x 55 Costa do Marfim
  • Polônia 79 x 76 China
  • Venezuela 87 x 71 Costa do Marfim
  • Polônia 80 x 63 Costa do Marfim
  • Venezuela 72 x 59 China

Classificados: Polônia e Venezuela

Grupo B

  • Rússia 82 x 77 Nigéria
  • Argentina 95 x 69 Coreia do Sul
  • Rússia 87 x 73 Coreia do Sul
  • Argentina 94 x 81 Nigéria
  • Argentina 69 x 61 Rússia
  • Nigéria 108 x 66 Coreia do Sul

Classificados: Argentina e Rússia

Grupo C

  • Espanha 101 x 62 Tunísia
  • Porto Rico 83 x 81 Irã
  • Espanha 73 x 63 Porto Rico
  • Tunísia 79 x 67 Irã
  • Espanha 73 x 65 Irã
  • Porto Rico 67 x 64 Tunísia

Classificados: Espanha e Porto Rico

Grupo D

  • Sérvia 105 x 59 Angola
  • Itália 108 x 62 Filipinas
  • Sérvia 126 x 67 Filipinas
  • Itália 92 x 61 Angola
  • Sérvia 92 x 77 Itália
  • Angola 84 x 81 Filipinas

Classificados: Sérvia e Itália

Grupo E

  • Estados Unidos 88 x 67 República Checa
  • Turquia 86 x 67 Japão
  • Estados Unidos 93 x 92 Turquia
  • República Checa 89 x 76 Japão
  • Estados Unidos 98 x 45 Japão
  • República Checa 91 x 76 Turquia

Classificados: Estados Unidos e República Checa

Grupo F

  • Brasil 102 x 94 Nova Zelândia
  • Grécia 85 x 60 Montenegro
  • Brasil 79 x 78 Grécia
  • Nova Zelândia 93 x 83 Montenegro
  • Brasil 84 x 73 Montenegro
  • Grécia 103 x 97 Nova Zelândia

Classificados: Brasil e Grécia

Grupo G

  • França 78 x 74 Alemanha
  • República Dominicana 80 x 76 Jordânia
  • França 103 x 64 Jordânia
  • República Dominicana 70 x 68 Alemanha
  • Alemanha 96 x 62 Jordânia
  • França 90 x 56 República Dominicana

Classificados: França e República Dominicana

Grupo H

  • Lituânia 101 x 47 Senegal
  • Austrália 108 x 92 Canadá
  • Lituânia 92 x 69 Canadá
  • Austrália 81 x 68 Senegal
  • Austrália 87 x 82 Lituânia
  • Canadá 82 x 60 Senegal

Classificados: Austrália e Lituânia

Segunda fase

Grupo I

  • Polônia
  • Rússia
  • Argentina
  • Venezuela

Polônia e Argentina iniciam a segunda fase com uma vitória, sobre Venezuela e Rússia, respectivamente, em resultado herdado da primeira fase

  • Polônia 79 x 74 Rússia
  • Argentina 87 x 67 Venezuela
  • Argentina 91 x 65 Polônia
  • Rússia 69 x 60 Venezuela

Classificados: Polônia e Argentina garantiram classificação para as quartas de final

Grupo J

  • Sérvia
  • Espanha
  • Porto Rico
  • Itália

Sérvia e Espanha iniciam a segunda fase com uma vitória, sobre Itália e Porto Rico, respectivamente, em resultado herdado da primeira fase

  • Sérvia 90 x 47 Porto Rico
  • Espanha 67 x 60 Itália
  • Sérvia 69 x 81 Espanha
  • Itália 94 x 89 Porto Rico

Classificados: Sérvia e Espanha garantiram classificação para as quartas de final

Grupo K

  • Brasil
  • Estados Unidos
  • Grécia
  • República Checa

Brasil e Estados Unidos iniciam a segunda fase com uma vitória, sobre Grécia e República Checa, respectivamente, em resultado herdado da primeira fase

  • Brasil 71 x 93 República Checa
  • Estados Unidos 69 x 53 Grécia
  • Brasil 73 x 89 Estados Unidos
  • Grécia 83 x 79 República Checa

Classificados: Estados Unidos e República Checa garantiram classificação para as quartas de final

Grupo L

  • França
  • Austrália
  • Lituânia
  • República Dominicana

França e Austrália iniciam a segunda fase com uma vitória, sobre República Dominicana e Lituânia, respectivamente, em resultado herdado da primeira fase

  • França 78 x 75 Lituânia
  • República Dominicana 76 x 82 Austrália
  • França 98 x 100 Austrália
  • Lituânia 74 x 55 República Dominicana

Classificados: França e Austrália garantiram classificação para as quartas de final

Quartas de final

  • Argentina 97 x 87 Sérvia
  • Espanha 90 x 78 Polônia
  • Estados Unidos 79 x 89 França
  • Austrália 82 x 70 República Checa

Semifinais

  • Argentina 80 x 66 França
  • Espanha 95 x 88 Austrália

Disputa de 3º lugar

  • França 67 x 59 Austrália

Final

  • Espanha 95 x 75 Argentina

Com a vitória sobre a Argentina, a Espanha se tornou bicampeã da Copa do Mundo de basquete masculino!

Para se especializar ainda mais em basquete, confira nossos outros conteúdos sobre o esporte: 

* Última atualização em 15 de setembro 2019

Ficha Técnica
Título
Copa do Mundo de Basquete Masculino: história e resultados
Resumo
Conheça toda a história da Copa do Mundo de Basquete Masculino, as seleções com mais títulos, curiosidades e recordes do torneio
Autor

Comentários

Salvar