fbpx
Descubra quem é o maior campeão do Campeonato Português, os maiores artilheiros de todos os tempos, curiosidades e recordes

Muito mais do que revelar Cristiano Ronaldo, o futebol português nos oferece uma das melhores ligas do mundo. Todas as temporadas, Benfica, Porto e Sporting travam batalhas para mostrar quem é o rei do Campeonato Português.

Nas últimas décadas, a disputa tem ficado ainda mais polarizada entre Benfica e Porto. Os dois times que ostentam títulos da Liga dos Campeões são também os maiores vencedores da Primeira Liga.

Mas você sabe quantos troféus têm Benfica e Porto? Além da dupla e do Sporting, quais outros times já venceram a liga portuguesa?

Fique com a gente que vamos ter dar todas as respostas sobre a história do Campeonato Português!

Infográfico: maiores artilheiros e campeões do Campeonato Português

Campeonato Português

Quando e como surgiu o Campeonato Português?

Criado em 1934/1935, o Campeonato Português de futebol recebeu o nome de Primeira Liga. A criação do torneio está atrelada a resultados da Seleção Portuguesa no início da década de 1930. Mais precisamente, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 1934, Portugal foi derrotado pela Espanha por 9 a 0.

Aquela goleada gerou questionamentos se as competições nacionais em Portugal atingia o mesmo nível das principais potências europeias. Assim, em 1934/35, foi criado o Campeonato da Liga da Primeira Divisão, cujo campeão foi o Porto.

O Campeonato Português é organizado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Até 2019, a Primeira Liga recebe o nome de Liga NOS, em consequência do patrocínio do grupo de comunicação e entretenimento português NOS.

Você sabe que o Porto foi o primeiro campeão do Campeonato Português. Mas quem é o maior vencedor da Primeira Liga? Confira a resposta logo abaixo!

Quem é o maior campeão do Campeonato Português?

Benfica maior vencedor do Campeonato Português

Apenas 5 equipes já conquistaram o título do Campeonato Português. O trio formado por Benfica, Porto e Sporting domina a competição, com o Benfica como o maior campeão português, com 37 títulos.

Segundo maior vencedor do Campeonato Português, o Porto tem 28 títulos nacionais, contra 18 do Sporting.

Outros clubes que já conquistaram o título da Primeira Liga, Belenenses e Boavista levantaram o troféu apenas uma vez. Enquanto o Belenenses foi campeão em 1945-1946, o Boavista foi campeão em 2000-2001.

No ano seguinte ao título do Boavista, o Sporting foi o campeão português. Desde então, somente Benfica e Porto conquistaram a Primeira Liga.

Achou que o número de vencedores do Campeonato Português é pequeno? Então olha só esta estatística: em toda a história do Campeonato Português, somente 13 equipes conseguiram encerrar pelo menos uma edição entre os 3 primeiros colocados.

Lista dos maiores campeões do Campeonato Português

  1. Benfica – 37 títulos
  2. FC Porto – 28 títulos
  3. Sporting – 18 títulos
  4. Belenenses – 1 título
  5. Boavista – 1 título

Agora que você já viu os maiores campeões do Campeonato Português, aproveite para conferir quais foram os vencedores da Primeira Liga ano a ano.

Todos os vencedores do Campeonato Português ano a ano

TemporadaCampeãoVice-campeão3º Colocado
1934–35FC PortoSportingBenfica
1935–36BenficaFC PortoSporting
1936–37BenficaBelenensesSporting
1937–38BenficaFC PortoSporting
1938–39FC PortoSportingBenfica
1939–40FC PortoSportingBelenenses
1940–41SportingFC PortoBelenenses
1941–42BenficaSportingBelenenses
1942–43BenficaSportingBelenenses
1943–44SportingBenficaAtlético
1944–45BenficaSportingBelenenses
1945–46BelenensesBenficaSporting
1946–47SportingBenficaEstoril
1947–48SportingBenficaBelenenses
1948–49SportingBenficaBelenenses
1949–50BenficaSportingAtlético
1950–51SportingFC PortoBenfica
1951–52SportingBenficaFC Porto
1952–53SportingBenficaBelenenses
1953–54SportingFC PortoBenfica
1954–55BenficaBelenensesSporting
1955–56FC PortoBenficaBelenenses
1956–57BenficaFC PortoBelenenses
1957–58SportingFC PortoBenfica
1958–59FC PortoBenficaBelenenses
1959–60BenficaSportingBelenenses
1960–61BenficaSportingFC Porto
1961–62SportingFC PortoBenfica
1962–63BenficaFC PortoSporting
1963–64BenficaFC PortoSporting
1964–65BenficaFC PortoFabril
1965–66SportingBenficaFC Porto
1966–67BenficaAcadémicaFC Porto
1967–68BenficaSportingFC Porto
1968–69BenficaFC PortoV. Guimarães
1969–70SportingBenficaV. Setúbal
1970–71BenficaSportingFC Porto
1971–72BenficaV. SetúbalSporting
1972–73BenficaBelenensesV. Setúbal
1973–74SportingBenficaV. Setúbal
1974–75BenficaFC PortoSporting
1975–76BenficaBoavistaBelenenses
1976–77BenficaSportingFC Porto
1977–78FC PortoBenficaSporting
1978–79FC PortoBenficaSporting
1979–80SportingFC PortoBenfica
1980–81BenficaFC PortoSporting
1981–82SportingBenficaFC Porto
1982–83BenficaFC PortoSporting
1983–84BenficaFC PortoSporting
1984–85FC PortoSportingBenfica
1985–86FC PortoBenficaSporting
1986–87BenficaFC PortoV. Guimarães
1987–88FC PortoBenficaBelenenses
1988–89BenficaFC PortoBoavista
1989–90FC PortoBenficaSporting
1990–91BenficaFC PortoSporting
1991–92FC PortoBenficaBoavista
1992–93FC PortoBenficaSporting
1993–94BenficaFC PortoSporting
1994–95FC PortoSportingBenfica
1995–96FC PortoBenficaSporting
1996–97FC PortoSportingBenfica
1997–98FC PortoBenficaV. Guimarães
1998–99FC PortoBoavistaBenfica
1999–00SportingFC PortoBenfica
2000–01BoavistaFC PortoSporting
2001–02SportingBoavistaFC Porto
2002–03FC PortoBenficaSporting
2003–04FC PortoBenficaSporting
2004–05BenficaFC PortoSporting
2005–06FC PortoSportingBenfica
2006–07FC PortoSportingBenfica
2007–08FC PortoSportingV. Guimarães
2008–09FC PortoSportingBenfica
2009–10BenficaSC BragaFC Porto
2010–11FC PortoBenficaSporting
2011–12FC PortoBenficaSC Braga
2012–13FC PortoBenficaPaços de Ferreira
2013–14BenficaSportingFC Porto
2014–15BenficaFC PortoSporting
2015–16BenficaSportingFC Porto
2016–17BenficaFC PortoSporting
2017–18FC PortoBenficaSporting
2018–19BenficaFC PortoSporting

Você ama outros esportes além do Futebol? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Quem é o técnico com mais títulos do Campeonato Português?

Otto Glória treinador com mais títulos do Campeonato Português

Entre todos os treinadores que já venceram o Campeonato Português, o maior campeão é um brasileiro. Otto Glória conquistou 5 títulos da Primeira Liga, sendo 3 pelo Benfica e 2 pelo Sporting, entre as décadas de 1950 e 1960.

Depois de Otto Glória, que foi o técnico da Seleção Portuguesa na Copa do Mundo de 1966, o treinador que mais venceu o Campeonato Português foi o húngaro Joseph Szabo, com 4 títulos — 3 pelo Sporting e um pelo Porto.

Ao todo, 11 técnicos conquistaram a liga portuguesa pelo menos três vezes, sendo somente três portugueses. Entre eles, está Jorge Jesus, treinador tricampeão pelo Benfica e contratado pelo Flamengo em 2019.

Treinadores com mais títulos do Campeonato Português

  • Otto Glória – 5 títulos
  • Joseph Szabo – 4 títulos
  • Lipo Herczka – 3 títulos
  • Janos Biri – 3 títulos
  • Randolph Galloway – 3 títulos
  • Béla Guttmann – 3 títulos
  • Jimmy Hagan – 3 títulos
  • Sven-Goran Eriksson – 3 títulos
  • Artur Jorge – 3 títulos
  • Jesualdo Ferreira – 3 títulos
  • Jorge Jesus – 3 títulos

Quem é o maior artilheiro do Campeonato Português?

Peyroteo maior artilheiro do Campeonato Português

O maior artilheiro da história do Campeonato Português é Peyroteo. Atacante do Sporting entre 1937 e 1949, o jogador português marcou 322 gols na liga nacional.

Considerado um dos maiores jogadores portugueses de todos os tempos, Eusébio vem logo atrás, com 320 gols marcados, todos pelo Benfica.

Entre os estrangeiros, o brasileiro Jardel é o maior artilheiros da história do Campeonato Português. Com passagens por Porto e Sporting, ele marcou 235 gols na Primeira Liga, entre 1996 e 2003.

Maiores artilheiros da história do Campeonato Português

  1. Peyroteo – 332 gols
  2. Eusébio – 320 gols
  3. José Águas – 290 gols
  4. Nené – 262 gols
  5. Manuel Fernandes – 243 gols
  6. Jardel – 235 gols
  7. Matateu – 218 gols
  8. José Torres – 217 gols
  9. Rui Jordão – 215 fols

Quem é o maior artilheiro de uma edição do Campeonato Português?

O recorde de gols em uma edição do Campeonato Português pertence ao argentino Hector Yazalde. Na temporada 1973/1974, ele marcou 46 gols com a camisa do Sporting em 30 partidas.

Hector Yazalde superou o recorde que pertencia a Fernando Peyroteo, autor de 43 gols em 1946/1947.

Na sequência da lista de maiores artilheiros em uma edição do Campeonato Português vêm Eusébio e Jardel, ambos com 42 gols.

Repare na lista abaixo como Peyroteo, Eusébio e Jardel se acostumaram a ser goleadores na liga portuguesa. O brasileiro Jardel, por exemplo, foi o artilheiro da Primeira Liga em 5 temporadas.

Vá além do mundo do Futebol! Confira também nossos outros conteúdos:

Todos os artilheiros da história do Campeonato Português ano a ano

  • 1934/35 – Manuel Soeiro (Sporting) – 14 gols
  • 1935/36 – Pinga – Artur de Sousa (Porto) – 21 gols
  • 1936/37 – Manuel Soeiro (Sporting) – 24 gols
  • 1937/38 – Fernando Peyroteo (Sporting) – 34 gols
  • 1938/39 – Costuras (Porto) – 18 gols
  • 1939/40 – Fernando Peyroteo (Sporting) e Slavkoo Kordnya (Porto) – 29 gols
  • 1940/41 – Fernando Peyroteo (Sporting) – 29 gols
  • 1941/42 – Correia Dias (Porto) – 36 gols
  • 1942/43 – Julinho – Júlio Silva (Benfica) – 24 gols
  • 1943/44 – Francisco Rodrigues (Vitória de Setúbal) – 28 gols
  • 1944/45 – Francisco Rodrigues (Vitória de Setúbal) – 21 gols
  • 1945/46 – Fernando Peyroteo (Sporting) – 37 gols
  • 1946/47 – Fernando Peyroteo (Sporting) – 43 gols
  • 1947/48 – António Araújo (Porto) – 36 gols
  • 1948/49 – Fernando Peyroteo (Sporting) – 40 gols
  • 1949/50 – Julinho (Benfica) – 28 gols
  • 1950/51 – Manuel Vasques (Sporting) – 29 gols
  • 1951/52 – José Águas (Benfica) – 28 gols
  • 1952/53 – Matateu (Belenenses) – 29 gols
  • 1953/54 – João Martins (Sporting Lisboa) – 31 gols
  • 1954/55 – Matateu (Belenenses) – 32 gols
  • 1955/56 – José Águas (Benfica) – 28 gols
  • 1956/57 – José Águas (Benfica) – 30 gols
  • 1957/58 – Arsénio Duarte (Barreiro) – 23 gols
  • 1958/59 – José Águas (Benfica) – 26 gols
  • 1959/60 – Edmur Ribeiro (Vitória de Guimarães) – 25 gols
  • 1960/61 – José Águas (Benfica) – 27 gols
  • 1961/62 – Azumir Veríssimo (Porto) – 23 gols
  • 1962/63 – José Torres (Benfica) – 26 gols
  • 1963/64 – Eusébio Ferreira (Benfica) – 28 gols
  • 1964/65 – Eusébio (Benfica) – 28 gols
  • 1965/66 – Eusébio (Benfica) e Ernesto Figueiredo (Sporting) – 25 gols
  • 1966/67 – Eusébio ( Benfica) – 31 gols
  • 1967/68 – Eusébio (Benfica) – 42 gols
  • 1968/69 – Manuel António (Académica Coimbra) – 19 gols
  • 1969/70 – Eusébio (Benfica) – 20 gols
  • 1970/71 – Artur Jorge (Benfica) – 23 gols
  • 1971/72 – Artur Jorge (Benfica) – 27 gols
  • 1972/73 – Eusébio (Benfica) – 40 gols
  • 1973/74 – Hector Yazalde (Sporting) – 46 gols
  • 1974/75 – Hector Yazalde (Sporting) – 30 gols
  • 1975/76 – Rui Jordão (Benfica) – 30 gols
  • 1976/77 – Fernando Gomes (Porto) – 26 gols
  • 1977/78 – Fernando Gomes (Porto) – 25 gols
  • 1978/79 – Fernando Gomes (Porto) – 27 gols
  • 1979/80 – Rui Jordão (Sporting) – 31 gols
  • 1980/81 – Tamagnini Nené (Benfica) – 20 gols
  • 1981/82 – Jacques Pereira (Porto) – 27 gols
  • 1982/83 – Fernando Gomes (Porto) – 36 gols
  • 1983/84 – Fernando Gomes (Porto) e Tamagnini Nené (Benfica) – 21 gols
  • 1984/85 – Fernando Gomes (Porto) – 39 gols
  • 1985/86 – Manuel Fernandes (Sporting) – 30 gols
  • 1986/87 – Paulinho Cascavel (Vitória de Guimarães) – 22 gols
  • 1987/88 – Paulinho Cascavel (Sporting) – 23 gols
  • 1988/89 – Vata Garcia (Benfica) – 16 gols
  • 1989/90 – Mats Magnusson (Benfica) – 33 gols
  • 1990/91 – Rui Águas (Benfica) – 25 gols
  • 1991/92 – Ricky (Boavista) – 30 gols
  • 1992/93 – Jorge Cadete (Sporting Lisboa) – 18 gols
  • 1993/94 – Rashidi Yekini (Vitória de Setúbal) – 21 gols
  • 1994/95 – Hassan Nader (Farense) – 21 gols
  • 1995/96 – Domingos Oliveira (FC Porto) – 25 gols
  • 1996/97 – Jardel (Porto) – 30 gols
  • 1997/98 – Jardel (Porto) – 26 gols
  • 1998/99 – Jardel (Porto) – 36 gols
  • 1999/00 – Jardel (Porto) – 37 gols
  • 2000/01 – Pena (Porto) – 22 gols
  • 2001/02 – Jardel (Sporting) – 42 gols
  • 2002/03 – Fary Faye (Beira-Mar) e Simão Sabrosa (Benfica) – 18 gols
  • 2003/04 – Benny McCarthy (Porto) – 20 gols
  • 2004/05 – Liedson (Sporting) – 25 gols
  • 2005/06 – Meyong (Belenenses) – 17 gols
  • 2006/07 – Liedson (Sporting) – 15 gols
  • 2007/08 – Lisandro López (Porto) – 24 gols
  • 2008/09 – Nene (Nacional) – 20 gols
  • 2009/10- Óscar Cardozo (Benfica) – 26 gols
  • 2010/11 – Hulk (Porto) – 23 gols
  • 2011/12 – Óscar Cardozo (Benfica) e Lima (Braga) – 20 gols
  • 2012/13 – Jackson Martínez (Porto) – 26 gols
  • 2013/14 – Jackson Martínez (Porto) – 20 gols
  • 2014/15 – Jackson Martínez (Porto) – 21 gols
  • 2015/16 – Jonas (Benfica) – 32 gols
  • 2016/17 – Dost (Sporting) – 34 gols
  • 2017/18 – Jonas (Benfica) – 34 gols
  • 2018/19 – Seferovic (Benfica) – 23 gols

Times que disputam o Campeonato Português em 2019/2020

  • Aves
  • Belenenses
  • Benfica
  • Boavista
  • Braga
  • Famalicão
  • Ferreira
  • Gil Vicente
  • Marítimo
  • Moreirense
  • Portimonense
  • Porto
  • Rio Ave
  • Santa Clara
  • Sporting
  • Tondela
  • Vitória de Guimarães
  • Vitória de Setúbal

Agora que já sabe tudo sobre o Campeonato Português, você pode conhecer mais sobre artilheiros das principais competições do futebol mundial. Não perca tempo e confira a história e os detalhes de:

* Última atualização em 11 de agosto de 2019

Ficha Técnica
Título
Campeonato Português: campeões, artilheiros e estatísticas
Resumo
Descubra quem é o maior campeão do Campeonato Português, os maiores artilheiros de todos os tempos, curiosidades e recordes
Autor

Comentários

Salvar