Saiba como funciona a Primeira Divisão do Uruguai, quem são os maiores vencedores e goleadores, curiosidades e resultados históricos!

Peñarol ou Nacional, quem tem mais títulos do Campeonato Uruguaio?

É claro que os dois grandes times do Uruguai são os que mais levantaram taças nos torneios do país, mas você sabe quem é o maior campeão?

A resposta para essa pergunta, a história, os maiores artilheiros, recordes e resultados históricos da Primeira Divisão do Uruguai, você confere a seguir.

Venha com a gente e se torne expert em Campeonato Uruguaio!

Tabela de classificação do Campeonato Uruguaio 2019

Classificações Sofascore Resultados

Quando e como surgiu o Campeonato Uruguaio?

O Campeonato Uruguaio surgiu em 1900, sendo uma das ligas nacionais mais antigas do futebol mundial. Nas primeiras décadas, a Primeira Divisão do Uruguai era disputada de forma amadora. O futebol profissional foi adotado em 1932.

Ao longo de sua história, o Campeonato Uruguaio já teve vários formatos de disputa, inclusive com a adoção do calendário europeu (iniciando no segundo semestre de um ano e sendo encerrado no primeiro semestre do ano seguinte).

Contudo, ainda que tenha sido dividido entre Torneios Apertura e Clausura, o Campeonato Uruguaio sempre declara apenas um campeão por ano.

Confira, a seguir, como funciona o Campeonato Uruguaio atualmente!

Regras do Campeonato Uruguaio

Atualmente, o Campeonato Uruguaio é disputado em três torneios: Apertura, Intermedio e Clausura. 

No Apertura, as 16 equipes se enfrentam em sistema de pontos corridos, em turno único, totalizando 15 jogos por clube. 

Com base na classificação do Apertura, as equipes disputarão o Torneio Intermedio em dois grupos (equipes classificadas em posições ímpares no Apertura em um grupo e pares no outro). Os vencedores de cada grupo se enfrentam em final única para definir o campeão do torneio. 

Na sequência, é disputado o Clausura, com regulamento idêntico ao Apertura, mas com a inversão dos mandos de campo.

Para definir o campeão uruguaio, os campeões dos torneios Apertura e Clausura se enfrentam em uma semifinal. O vencedor desse confronto enfrentará o líder da classificação geral do Campeonato Uruguaio, que inclui a soma dos pontos dos três torneios disputados. 

Caso uma mesma equipe vença os torneios Apertura e Clausura, não haverá disputa de semifinal. Se uma mesma equipe vencer a semifinal e for a líder da tabela geral, não haverá disputa de final e ela será declarada campeã do Campeonato Uruguaio.

Já o vencedor do Torneio Intermedio enfrentará o campeão uruguaio na Supercopa Uruguaia. Se o campeão uruguaio também tiver vencido o Intermedio, ele enfrentará o vice-campeão desse torneio na Supercopa.

Classificação de times uruguaios para Libertadores e Sul-Americana

O campeão uruguaio e o vice-campeão se classificam para a fase de grupos da Copa Libertadores. Já o terceiro colocado avança para a segunda fase, enquanto o quarto tem de disputar a primeira fase da Libertadores. 

Para a Copa Sul-Americana, são classificadas as equipes posicionadas entre o 5º e o 8º lugares na classificação anual do Campeonato Uruguaio.

Rebaixamento no Campeonato Uruguaio

O rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Uruguaio é definido pela “Tabela de Descenso”, que é a soma da pontuação obtida durante duas temporadas (a temporada em disputa e a anterior). Os três últimos colocados nessa classificação são rebaixados. 

As equipes recém-promovidas à Primeira Divisão do Uruguai têm a pontuação obtida na temporada atual dobrada na “Tabela de Descenso”.

Você ama outros esportes além do Futebol? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Quem é o maior campeão do Campeonato Uruguaio?

Peñarol maior campeão uruguaio
Peñarol é o maior campeão uruguaio, com 50 títulos, considerando também era amadora

O maior campeão uruguaio é o Peñarol, com 50 títulos. O tradicional clube aurinegro iniciou sua série de títulos nacionais quando ainda era chamado Central Uruguay Railway Cricket Club,  ou CURCC — o nome Peñarol foi adotado em 1913.

Maior rival do Peñarol, o Nacional é o segundo clube com mais títulos do Campeonato Uruguaio, com 47 títulos, o último deles conquistado em dezembro de 2019.

Ao todo, 10 times já foram campeões da Primeira Divisão do Uruguai. Montevideo Wanderers, Defensor Sporting, Danubio e River Plate têm 4 títulos, enquanto Rampla Juniors, Bella Vista, Central Español e Progreso conquistaram o Campeonato Uruguaio uma vez.

Confira, a seguir, a lista de maiores campeões do Campeonato Uruguaio e todos os vencedores da Primeira Divisão do Uruguai. Lembre-se que o Peñarol era chamado CURCC e que não houve o torneio nos anos de 1904, 1925, 1926, 1930 e 1948.

Maiores vencedores do Campeonato Uruguaio

  1. Peñarol: 50 títulos
  2. Nacional: 47 títulos
  3. Defensor Sporting: 4 títulos
  4. Danubio: 4 títulos
  5. River Plate: 4 títulos
  6. Montevideo Wanderers: 4 títulos
  7. Rampla Juniors: 1 título
  8. Bella Vista: 1 título
  9. Central Español: 1 título
  10. Progreso: 1 título

Todos os campeões do Campeonato Uruguaio

  • 1900 – CURCC
  • 1901 – CURCC
  • 1902 – Nacional
  • 1903 – Nacional
  • 1905 – CURCC
  • 1906 – Montevideo Wanderers
  • 1907 – CURCC
  • 1908 – River Plate FC
  • 1909 – Montevideo Wanderers
  • 1910 – River Plate FC
  • 1911 – CURCC
  • 1912 – Nacional
  • 1913 – River Plate FC
  • 1914 – River Plate FC
  • 1915 – Nacional
  • 1916 – Nacional
  • 1917 – Nacional
  • 1918 – Peñarol
  • 1919 – Nacional
  • 1920 – Nacional
  • 1921 – Peñarol
  • 1922 – Nacional
  • 1923 – Nacional
  • 1924 – Nacional
  • 1927 – Rampla Juniors
  • 1928 – Peñarol
  • 1929 – Peñarol
  • 1931 – Montevideo Wanderers
  • 1932 – Peñarol
  • 1933 – Nacional
  • 1934 – Nacional
  • 1935 – Peñarol
  • 1936 – Peñarol
  • 1937 – Peñarol
  • 1938 – Peñarol
  • 1939 – Nacional
  • 1940 – Nacional
  • 1941 – Nacional
  • 1942 – Nacional
  • 1943 – Nacional
  • 1944 – Peñarol
  • 1945 – Peñarol
  • 1946 – Nacional
  • 1947 – Nacional
  • 1949 – Peñarol
  • 1950 – Nacional
  • 1951 – Peñarol
  • 1952 – Nacional
  • 1953 – Peñarol
  • 1954 – Peñarol
  • 1955 – Nacional
  • 1956 – Nacional
  • 1957 – Nacional
  • 1958 – Peñarol
  • 1959 – Peñarol
  • 1960 – Peñarol
  • 1961 – Peñarol
  • 1962 – Peñarol
  • 1963 – Nacional
  • 1964 – Peñarol
  • 1965 – Peñarol
  • 1966 – Nacional
  • 1967 – Peñarol
  • 1968 – Peñarol
  • 1969 – Nacional
  • 1970 – Nacional
  • 1971 – Nacional
  • 1972 – Nacional
  • 1973 – Peñarol
  • 1974 – Peñarol
  • 1975 – Peñarol
  • 1976 – Defensor
  • 1977 – Nacional
  • 1978 – Peñarol
  • 1979 – Peñarol
  • 1980 – Nacional
  • 1981 – Peñarol
  • 1982 – Peñarol
  • 1983 – Nacional
  • 1984 – Central Español
  • 1985 – Peñarol
  • 1986 – Peñarol
  • 1987 – Defensor
  • 1988 – Danubio
  • 1989 – Progreso
  • 1990 – Bella Vista
  • 1991 – Defensor Sporting
  • 1992 – Nacional
  • 1993 – Peñarol
  • 1994 – Peñarol
  • 1995 – Peñarol
  • 1996 – Peñarol
  • 1997 – Peñarol
  • 1998 – Nacional
  • 1999 – Peñarol
  • 2000 – Nacional
  • 2001 – Nacional
  • 2002 – Nacional
  • 2003 – Peñarol
  • 2004 – Danubio
  • 2005 – Nacional
  • 2005/06 – Nacional
  • 2006/07 – Danubio
  • 2007/08 – Defensor Sporting
  • 2008/09 – Nacional
  • 2009/10 – Peñarol
  • 2010/11 – Nacional
  • 2011/12 – Nacional
  • 2012/13 – Peñarol
  • 2013/14 – Danubio
  • 2014/15 – Nacional
  • 2015/16 – Peñarol
  • 2016 – Nacional
  • 2017 – Peñarol
  • 2018 – Peñarol
  • 2019 – Nacional

Quem é o maior artilheiro do Campeonato Uruguaio?

Fernando Morena o maior artilheiro do Campeonato Uruguaio
Fernando Morena é o maior artilheiro do Campeonato Uruguaio com 230 gols

O maior artilheiro da história do Campeonato Uruguaio é Fernando Morena. Entre 1969 e 1984, ele defendeu River Plate e Peñarol e marcou 230 gols em 244 partidas na Primeira Divisão do Uruguai.

O segundo maior artilheiro do Campeonato Uruguaio é Atilio García, com 208 gols. Curiosamente, o atacante argentino é o jogador que mais vezes foi o máximo goleador da Primeira Divisão do Uruguai. Foram 8 vezes com García no topo da artilharia, sempre jogando pelo Nacional: 1938, 1939, 1940, 1941, 1942, 1943, 1944 e 1946.

Já o recorde de gols em uma única edição do Campeonato Uruguaio pertence também a Fernando Morena, com 36 gols marcados em 1978.

Confira, a seguir, quem são os maiores artilheiros da história do Campeonato Uruguaio e todos os goleadores da Primeira Divisão do Uruguai, ano a ano!

Maiores artilheiros da história do Campeonato Uruguaio

  1. Fernando Morena: 230 gols
  2. Atilio García: 208 gols
  3. Héctor Scarone: 163 gols
  4. Antonio Pacheco: 139 gols
  5. Pablo Terevinto: 124 gols
  6. Alberto Spencer: 113 gols
  7. Pablo Bengoechea: 110 gols
  8. René Borjas: 109 gols
  9. Héctor Castro: 107 gols
  10. Óscar Míguez: 107 gols

Todos os artilheiros do Campeonato Uruguaio na era profissional

Atilio Garcia mais vezes artilheiro do Campeonato Uruguaio
Atilio Garcia foi 8 vezes artilheiro do Campeonato Uruguaio jogando pelo Nacional
  • 1932 – Juan Labraga (Rampla): 17 gols
  • 1933 – Juan Young (Peñarol): 33 gols
  • 1934 – Anibal Ciocca (Nacional): 13 gols
  • 1935 – Antonio Cataldo (Defensor): 12 gols
  • 1936 – Anibal Ciocca (Nacional): 14 gols
  • 1937 – Horacio Tellechea (Peñarol): 16 gols
  • 1938 – Atilio Garcia (Nacional): 20 gols
  • 1939 – Atilio Garcia (Nacional): 22 gols
  • 1940 – Atilio Garcia (Nacional): 18 gols
  • 1941 – Atilio Garcia (Nacional): 23 gols
  • 1942 – Atilio Garcia (Nacional): 19 gols
  • 1943 – Atilio Garcia (Nacional): 18 gols
  • 1944 – Atilio Garcia (Nacional): 21 gols
  • 1945 – Nicolas Falero (Central) e Raul Schiaffino (Peñarol): 21 gols
  • 1946 – Atilio Garcia (Nacional): 21 gols
  • 1947 – Nicolas Falero (Peñarol): 17 gols
  • 1948 – Oscar Miguez (Peñarol): 8 gols
  • 1949 – Oscar Miguez (Peñarol): 20 gols
  • 1950 – Juan Orlandi (Nacional): 14 gols
  • 1951 – Juan Hohberg (Peñarol): 17 gols
  • 1952 – Jorge Enrico (Nacional): 15 gols
  • 1953 – Juan Hohberg (Peñarol): 17 gols
  • 1954 – Juan Romay (Peñarol): 12 gols
  • 1955 – Javier Ambrois (Nacional): 17 gols
  • 1956 – Carlos Carranza (Cerro): 18 gols
  • 1957 – Walter Hernandez (Defensor): 16 gols
  • 1958 – Manuel Pedersen (Rampla): 12 gols
  • 1959 – Victor Guaglianone (Wanderers): 13 gols
  • 1960 – Angel Cabrera (Peñarol): 14 gols
  • 1961 – Alberto Spencer (Peñarol): 18 gols
  • 1962 – Alberto Spencer (Peñarol): 16 gols
  • 1963 – Pedro Rocha (Peñarol): 18 gols
  • 1964 – Hector Salva (Rampla): 12 gols
  • 1965 – Pedro Rocha (Peñarol): 15 gols
  • 1966 – Araquem De Melo (Danubio): 12 gols
  • 1967 – Alberto Spencer (Peñarol): 11 gols
  • 1968 – Alberto Spencer (Peñarol), Pedro Rocha (Peñarol), R.Garcia (Cerro) e R. Bareño (Cerro): 8 gols
  • 1969 – Luis Artime (Nacional): 24 gols
  • 1970 – Luis Artime (Nacional):  21 gols
  • 1971 – Luis Artime (Nacional): 16 gols
  • 1972 – Juan C. Mameli (Nacional): 20 gols
  • 1973 – Fernando Morena (Peñarol): 23 gols
  • 1974 – Fernando Morena (Peñarol): 27 gols
  • 1975 – Fernando Morena (Peñarol): 34 gols
  • 1976 – Fernando Morena (Peñarol): 18 gols
  • 1977 – Fernando Morena (Peñarol): 19 gols
  • 1978 – Fernando Morena (Peñarol): 36 gols
  • 1979 – Waldemar Victorino (Nacional): 19 gols
  • 1980 – Jorge Siviero (Rentistas): 19 gols
  • 1981 – Ruben Paz  (Peñarol): 17 gols
  • 1982 – Fernando Morena (Peñarol): 17 gols
  • 1983 – Arcenio Luzardo (Nacional): 13 gols
  • 1984 – Jose Villareal (Central Español): 18 gols
  • 1985 – Antonio Alzamendi (Peñarol): 13 gols
  • 1986 – Juan R.Carrasco (Nacional) e Gerardo Miranda (Defensor): 11 gols
  • 1987 – Gerardo Miranda (Defensor): 13 gols
  • 1988 – Ruben Da Silva (Danubio): 23 gols
  • 1989 – Johnny Miqueiro (Progreso), Diego Aguirre (Peñarol), Oscar Quagliata (Huracán Buceo): 7 gols
  • 1990 – Adolfo Baran (Peñarol): 13 gols
  • 1991 – Julio C. Dely Valdes (Nacional): 16 gols
  • 1992 – Julio C. Dely Valdes (Nacional): 13 gols
  • 1993 – Wilmar Cabrera (Huracán Buceo): 12 gols
  • 1994 – Dario Silva (Peñarol): 19 gols
  • 1995 – Juan Gonzalez (Nacional): 16 gols
  • 1996 – Juan Gonzalez (Nacional): 13 gols
  • 1997 – Pablo Bengoechea (Peñarol): 10 gols
  • 1998 – Martin Rodriguez (River Plate) e Ruben Sosa (Nacional): 13 gols
  • 1999 – Gabriel Alvez (Nacional): 24 gols
  • 2000 – Javier Chevanton (Danubio): 33 gols
  • 2001 – Eliomar Marcon (Defensor): 21 gols
  • 2002 – German Hornos (Fénix): 25 gols
  • 2003 – Alexander Medina (Liverpool): 22 gols
  • 2004 – Alexander Medina (Nacional) e Carlos Bueno (Peñarol): 26 gols
  • 2005 – Pablo Granoche (Miramar Mis.): 16 gols
  • 2005/06 – Pedro Cardozo (Rocha FC): 17 gols
  • 2006/07 – Aldo Díaz (Tacuarembó FC): 15 gols
  • 2007/08 – Cristhian Stuani (Danubio) e Richard Porta (River Plate): 19 gols
  • 2008/09: Liber Quiñones (Racing) e Antonio Pacheco (Peñarol): 12 gols
  • 2009/10: Antonio Pacheco (Peñarol): 23 gols
  • 2010/11: Santiago García (Nacional): 23 gols
  • 2011/12: Richard Porta (Nacional): 17 gols
  • 2012/13: Juan Manuel Olivera (Peñarol): 18 gols
  • 2013/14: Héctor Acuña (Cerro): 20 gols
  • 2014/15: Iván Alonso (Nacional): 23 gols
  • 2015/16: Gastón Rodríguez (Montevideo Wanderers) e Junior Arias (Liverpool): 19 gols
  • 2016: Pablo Silva (Vila Española) e Gabriel Fernández (Racing): 8 gols
  • 2017: Cristian Palacios (Peñarol): 29 gols
  • 2018: Gonzalo Bergessio (Nacional): 17 gols
  • 2019: Ignacio Ramírez (Liverpool Montevideo): 24 gols

Vá além do mundo do Futebol! Confira também nossos outros conteúdos:

Que jogador venceu mais vezes o Campeonato Uruguaio?

Luis Cubilla
Nove vezes campeão uruguaio como jogador, Luis Cubilla disputou três Copas e foi campeão da Libertadores como técnico

Quatro jogadores defendem o recorde de títulos do Campeonato Uruguaio, todos com 9 títulos.

Os maiores campeões da história da Primeira Divisão do Uruguai são Aníbal Paz (Nacional), Schubert Gambetta (Nacional), Néstor Goncálvez (Peñarol) e Luis Cubilla (quatro títulos pelo Peñarol, quatro pelo Nacional e um pelo Defensor).

Recordes e curiosidades do campeonato Campeonato Uruguaio

  • Maior porcentagem de pontos em uma edição: Nacional, com 100% em 1941 (40 pontos em 20 jogos).
  • Menos pontos em uma edição: Bella Vista, cinco em 22 jogos em 1973.
  • Melhor ataque em uma edição: Peñarol, 91 em 35 jogos em 2002.
  • Melhor média de gols em uma edição: Nacional 1941, com 79 gols em 20 datas (3,95 por jogo).
  • Mais vitórias consecutivas: Nacional, 32 entre 1940 e 1942.
  • Maior série invicta: Peñarol, 56 jogos entre 1966 e 1969.
  • Pior campanha de um grande clube em um torneio: Peñarol no especial uruguaio 2016, 15 pontos em 15 jogos.
  • Pior ataque em uma edição: Danúbio, oito em 18 jogos (1968).
  • Pior defesa em uma edição: Bella Vista, 65 gols em 20 datas de 1940 (3,25 por jogo)
  • Menos gols sofridos em uma edição: Peñarol, cinco em 18 jogos de 1968.
  • Goleiro com maior período sem levar gols: Ladislao Mazurkiewicz (Peñarol), 987 minutos em 1968.
  • Menos vitórias em uma edição: Central Espanhola, sem vitórias nos 22 jogos de 1972.
  • Jogador que mais vezes foi artilheiro: Atilio García, do Nacional, oito vezes (1938, 1939, 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1946).
  • Maior artilheiro da história: Fernando Morena, com 230 gols pelo River Plate (1969-1972) e Peñarol (1973-1979 e 1981-1983).
  • Maior artilheiro em uma edição: Fernando Morena, 36 por Peñarol em 1978.
  • Mais gols em um jogo: Fernando Morena, sete, em Peñarol 7-Hurricane Buceo 0 (1978).
  • Mais gols em jogos consecutivos: Pedro Young, de Peñarol, 15 jogos em 1933.
  • Maior goleada: Nacional 10 – River Plate 0, em 1938.

Times que disputam a Primeira Divisão do Uruguai na temporada 2019/2020

  • Danubio
  • Defensor Sporting
  • Fenix
  • Juventud
  • Liverpool
  • Nacional
  • Penarol
  • Plaza Colonia
  • Progreso
  • Racing Montevideo
  • Rampla Juniors
  • River Plate
  • Wanderers

Agora que você já sabe tudo do Campeonato Uruguaio e pode se considerar expert na Primeira Divisão do Uruguai, aproveite para conhecer também todos os detalhes de outros dos principais torneios de futebol do mundo:

*Última atualização em 17 de dezembro de 2019

Ficha Técnica
Título
Campeonato Uruguaio: campeões, artilheiros, recordes e história
Resumo
Saiba como funciona a Primeira Divisão do Uruguai, quem são os maiores vencedores e goleadores, curiosidades e resultados históricos!
Autor

Comentários

Salvar