fbpx
Veja todas as seleções campeãs da Copa do Mundo de Futebol Feminino, as maiores artilheiras, recordes e a história do torneio

A história da Copa do Mundo começou em 1930, mas as mulheres entraram em campo somente mais de 60 anos depois!A primeira Copa do Mundo de futebol feminino foi disputada em 1991, na China. Você sabe qual seleção foi campeã?

Betway Brazil Sports Banners

Se não sabe esta resposta, não se preocupe. Nós vamos te contar todos os detalhes dos mundiais femininos. Você saberá como foram todas as participações da Seleção Brasileira!

No fim, você será tão fera quanto a Marta! Então se liga e vem com a gente!

Infográfico: a história, campeãs e artilheiras da Copa do Mundo de futebol feminino

Copa do Mundo de Futebol Feminino

Como começou a Copa do Mundo de futebol feminino?

A primeira Copa do Mundo de futebol feminino foi disputada em 1991, na China, e vencida pelos Estados Unidos.

Delegados da Fifa foram responsáveis pela criação do mundial entre mulheres, mas outras versões não oficiais do torneio já haviam sido disputadas na década de 1970.

Copas do Mundo de futebol feminino não oficiais

A primeira versão do mundial de futebol feminino foi realizada em julho de 1970, na Itália. Sem chancela da Fifa, a competição recebeu o nome de seu patrocinador: Martini Rosso Cup.

Com participação de 7 países (Inglaterra, Dinamarca, Alemanha, México, Itália, Áustria e Suíça), a Copa do Mundo de futebol feminino de 1970 foi vencida pela Dinamarca.

Um ano depois, um novo mundial feminino foi disputado. O torneio, realizado no México, contou com 6 participantes: México, Argentina, Inglaterra, Dinamarca, França e Itália. Novamente, a seleção dinamarquesa foi campeã.

Betway Brazil Sports Banners

Organização da primeira Copa do Mundo feminina

Somente em 1988, a Fifa encabeçou um movimento para a criação da própria Copa do Mundo de futebol feminino.

Em um evento realizado na China, com o objetivo de analisar a viabilidade de um mundial entre mulheres, 12 países manifestaram interesse em participar.

Em 1991, enfim, a bola rolou em uma Copa feminina, com a participação de 12 seleções: Nigéria, China, Taiwan, Japão, Brasil, Nova Zelândia, Dinamarca, Alemanha, Noruega, Suécia e Estados Unidos.

A segunda edição da Copa do Mundo de futebol feminino também teve 12 participantes. Entre 1999 e 2011, 16 seleções participaram dos mundiais. Já em 2015, houve um aumento para 24 vagas.

Em 2019, a oitava edição da Copa do Mundo de futebol feminino será disputada na França.

Quais são os maiores vencedores da Copa do Mundo de futebol feminino?

Os Estados Unidos são os maiores vencedores da Copa do Mundo feminina. A seleção norte-americana é tetracampeã na disputa entre as mulheres, com títulos em 1991, 1999, 2015 e 2019.

Assim como na Copa do Mundo masculina, a Alemanha aparece entre os maiores vencedores no mundial feminino. A seleção alemã foi bicampeã, em 2003 e 2007.

Brandi Chastain, dos Estados Unidos, em comemoração marcante na história da Copa do Mundo de futebol feminino
Comemoração da norte-americana Brandi Chastain, após disputa de pênaltis contra a China em 1999, foi um dos momentos mais marcantes da história da Copa do Mundo de futebol feminino

Quer saber quantas Copas do Mundo a seleção brasileira feminina ganhou?

Infelizmente, a resposta é nenhuma. Apesar de contar com a genialidade de Marta, o Brasil ainda busca vencer o mundial feminino pela primeira vez.

As outras duas seleções que já foram campeãs entre as mulheres não são tão vitoriosas na Copa do Mundo masculina. Noruega e Japão levantaram o troféu do mundial feminino, respectivamente, em 1995 e 2011.

Maiores campeões da Copa do Mundo de futebol feminino

  1. Estados Unidos: 4 títulos (1991, 1999, 2015 e 2019)
  2. Alemanha: 2 títulos (2003 e 2007)
  3. Noruega: 1 título (1995)
  4. Japão: 1 título (2011)

Lista de todas as seleções campeãs da Copa do Mundo de futebol feminino

AnoPaís-sedeCampeãoVice-campeão3º colocado4˚ colocado
1991ChinaEstados UnidosNoruegaSuéciaAlemanha
1995SuéciaNoruegaAlemanhaEstados UnidosChina
1999Estados UnidosEstados UnidosChinaBrasilNoruega
2003Estados UnidosAlemanhaSuéciaEstados UnidosCanadá
2007ChinaAlemanhaBrasilEstados UnidosNoruega
2011AlemanhaJapãoEstados UnidosSuéciaFrança
2015CanadáEstados UnidosJapãoInglaterraAlemanha
2019FrançaEstados UnidosHolandaSuéciaInglaterra

Quer ser cada vez mais expert em futebol? Aproveite e confira também:

– Liga dos Campeões: história, artilheiros e maiores vencedores

– Conheça tudo sobre a história da Copa Libertadores da América

– Copa da Inglaterra: tudo sobre o torneio mais antigo do futebol

Como foram as participações do Brasil na Copa do Mundo de futebol feminino?

Embora tenha participado de todas as Copas do Mundo de futebol feminino, o Brasil chegou à final apenas uma vez.

Na edição de 2007, disputada na China, a Seleção Brasileira foi derrotada pela Alemanha na decisão por 2 a 0.

amazon

O Brasil tem ainda um terceiro lugar, em 1999, quando bateu a Noruega na disputa de pênaltis, após empate sem gols.

Mas não foram em todas as participações na Copa do Mundo de futebol feminino que o Brasil brigou pelo título. Nas primeiras edições, a seleção voltou para casa logo depois da primeira fase.

Confira como foram todas as campanhas do Brasil na Copa do Mundo feminina.

1991 – Copa da China

Na primeira edição da Copa do Mundo de futebol feminino, o Brasil estreou com vitória sobre o Japão. Mas, na sequência, foi goleado pelos Estados Unidos e perdeu para a Suécia, caindo na primeira fase.

  • Colocação final: 9º lugar
  • Jogos: 3
  • Vitórias: 1
  • Empates: 0
  • Derrotas:  2
  • Gols marcados: 1
  • Gols sofridos: 7

Fase de grupos

Brasil 1 x 0 Japão

Estados Unidos 5 x 0 Brasil

Suécia 2 x 0 Brasil

Betway Brazil Sports Banners

1995 – Copa da Suécia

Em sua segunda participação na Copa do Mundo, a Seleção Brasileira feminina voltou a ser eliminada na primeira fase.

Depois de bater a Suécia na estreia, perdeu para o Japão e foi atropelada pela Alemanha.

  • Colocação final: 9º lugar
  • Jogos: 3
  • Vitórias: 1
  • Empates: 0
  • Derrotas:  2
  • Gols marcados: 3
  • Gols sofridos: 9

Fase de grupos

Brasil 1 x 0 Suécia

Japão 3 x 1 Brasil

Alemanha 6 x 1 Brasil

1999 – Copa dos Estados Unidos

Com Sissi como principal jogadora e artilheira da Copa do Mundo, o Brasil chegou até as semifinais em 1999.

A campanha começou com goleada de 7 a 1 sobre o México e parecia bastante promissora até a eliminação diante dos Estados Unidos.

Na decisão de terceiro lugar, a Seleção Brasileira feminina garantiu a medalha de bronze com vitória sobre a Noruega na disputa de pênaltis.

  • Colocação final: 3º lugar
  • Jogos: 6
  • Vitórias: 3
  • Empates: 2
  • Derrotas:  1
  • Gols marcados: 16
  • Gols sofridos: 9

Fase de grupos

Brasil 7 x 1 México

Brasil 2 x 0 Itália

Alemanha 3 x 3 Brasil

Quartas de final

Brasil 4 x 3 Nigéria

Semifinal

Estados Unidos 2 x 0 Brasil

Terceiro lugar

Brasil 0 x 0 Noruega – 5 x 4 nos pênaltis

Sissi, do Brasil, foi artilheira da Copa do Mundo de futebol feminino de 1999
Sissi foi artilheira da Copa do Mundo de 1999, nos Estados Unidos

Você ama outros esportes além do Futebol? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

2003 – Copa dos Estados Unidos

Depois de terminar a primeira fase com 100% de aproveitamento, 8 gols marcados e apenas 2 sofridos, o Brasil despontava como um dos candidatos ao título.

Mas o sonho durou pouco. Nas quartas de final, a Seleção Brasileira perdeu para a Suécia, que acabaria como vice-campeã mundial.

  • Colocação final: 5º lugar
  • Jogos: 4
  • Vitórias: 3
  • Empates: 0
  • Derrotas:  1
  • Gols marcados: 9
  • Gols sofridos: 4

Fase de grupos

Brasil 3 x 0 Coreia do Sul

Brasil 4 x 1 Noruega

Brasil 1 x 1 França

Quartas de final

Suécia 2 x 1 Brasil

2007 – Copa da China

Em sua melhor campanha na história da Copa do Mundo de futebol feminino, o Brasil contou com Marta em uma de suas fases mais brilhantes. A camisa 10 foi artilheira do Mundial, com 7 gols marcados em 6 partidas.

Na primeira fase, a Seleção Brasileira foi praticamente perfeita. Venceu os três jogos, marcou 10 gols e não sofreu nenhum.

Nas quartas de final, o Brasil teve um jogo mais complicado, mas derrotou a Austrália por 3 a 2.

Nas semifinais, Marta e companhia atropelaram os Estados Unidos com goleada por 4 a 0.

A campanha era brilhante, mas o tão sonhado primeiro título mundial não veio. Na decisão, a Alemanha levou a melhor e foi bicampeã mundial.

  • Colocação final: Vice-campeão
  • Jogos: 6
  • Vitórias: 5
  • Empates: 0
  • Derrotas:  1
  • Gols marcados: 17
  • Gols sofridos: 4

Fase de grupos

Brasil 5 x 0 Nova Zelândia

Brasil 4 x 0 China

Brasil 1 x 0 Dinamarca

Quartas de final

Brasil 3 x 2 Austrália

Semifinal

Brasil 4 x 0 Estados Unidos

Final

Alemanha 2 x 0 Brasil

2011 – Copa da Alemanha

Na primeira fase, o Brasil teve 100% de aproveitamento, com 7 gols marcados e defesa invicta.

Já nas quartas de final, a Seleção Brasileira enfrentou os Estados Unidos, que haviam ficado em segundo lugar no grupo liderado pela Suécia.

O time liderado por Marta caiu nos pênaltis diante das norte-americanas, que foram vice-campeãs mundiais, enquanto o título ficou com o Japão.

  • Colocação final: 9º lugar
  • Jogos: 4
  • Vitórias: 3
  • Empates: 1
  • Derrotas:  0
  • Gols marcados: 9
  • Gols sofridos: 2

Fase de grupos

Brasil 1 x 0 Austrália

Brasil 3 x 0 Noruega

Brasil 3 x 0 Guiné Equatorial

Quartas de final

Brasil 2 x 2 Estados Unidos – pênaltis: 3 x 5

2015 – Copa do Canadá

Mais uma vez, o Brasil foi impecável na primeira fase. Venceu todos os jogos, marcou 4 gols e não sofreu nenhum.

Com a chave definida para os confrontos eliminatórios, o caminho indicava um confronto com as então campeãs mundiais do Japão nas quartas de final.

Porém, a Seleção Brasileira não passou da Austrália nas oitavas de final — a Copa do Mundo de futebol feminino de 2015 foi a primeira com 24 participantes.

  • Colocação final: 9º lugar
  • Jogos: 4
  • Vitórias: 3
  • Empates: 0
  • Derrotas:  1
  • Gols marcados: 4
  • Gols sofridos: 1

Fase de grupos

Brasil 2 x 0 Coreia do Sul

Brasil 1 x 0 Espanha

Brasil 1 x 0 Costa Rica

Oitavas de final

Austrália 1 x 0 Brasil

Se ainda não foi campeã mundial, a seleção feminina do Brasil pode se orgulhar de ter um recorde individual. Sabe qual é? Confira logo abaixo!

2019 – Copa da França

O Brasil começou a competição de forma avassaladora vencendo a Jamaica por 3 a 0, com 3 gols de Cristiane. Ela se tornou a jogadora mais velha a marcar um hat-trick em uma estreia de Copa do Mundo. 

No segundo jogo, o Brasil caminhava para mais um vitória tranquila quando abriu 2 a 0 contra a Austrália, mas permitiu uma virada para 3 a 2. 

No último jogo da fase de grupos, o Brasil fez uma excelente partida contra a Itália e venceu por 1 a 0. Esse jogo foi emblemático, pois além de sacramentar a classificação da nossa seleção para as oitavas de final da Copa do Mundo, foi também o jogo onde Marta marcou seu 17º gol em Copas e se tornou a maior artilheira de todos os tempos

Fase de grupos

Brasil 3 x 0 Jamaica

Brasil 2 x 3 Austrália

Brasil 1 x 0 Itália

Oitavas de final

França 2 x 1 Brasil

Depois de um jogo duro e de muita raça, a Seleção Brasileira acabou perdendo para as donas da casa por 2 a 1 na prorrogação. 

O Brasil conseguiu o empate em um jogo duríssimo, mas, no primeiro minuto do segundo tempo da prorrogação, levou mais um gol de bola parada que acabou custando a eliminação no torneio.

A final da Copa do Mundo de 2019, foi entre Estados Unidos e Holanda. Com gols de Megan Rapinoe e Rose Lavelle, os Estados Unidos derrotaram a Holanda na e conquistaram seu quarto título mundial.

Vá além do mundo do Futebol! Confira também nossos outros conteúdos:

Quais são as maiores artilheiras da história da Copa do Mundo de futebol feminino?

Eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo, Marta é também a maior artilheira da história da Copa do Mundo de futebol feminino. Com dois gols marcados no Mundial da França, a camisa 10 do Brasil chegou a 17 gols em mundiais da Fifa — superando até o recorde de Klose entre os homens.

Com os gols na Copa do Mundo de 2019, Marta ampliou a vantagem sobre alemã Birgit Prinz e a norte-americana Abby Wambach, que vêm na sequência como as maiores artilheiras dos mundias femininos e já se aposentaram.

Ao todo, 11 jogadoras já fizeram ao menos 10 gols na história das Copas.

Marta, maior artilheira da história da Copa do Mundo de futebol feminino
Com 17 gols marcados, Marta é a maior artilheira da história da Copa do Mundo de futebol feminino

Lista das artilheiras da Copa do Mundo de Futebol feminino

  1. Marta (Brasil) – 17 gols
  2. Birgit Prinz (Alemanha) – 14 gols
  3. Abby Wambach (Estados Unidos) – 14 gols
  4. Michelle Akers (Estados Unidos) – 12 gols
  5. Cristiane (Brasil) – 11 gols
  6. Sun Wen (China) – 11 gols
  7. Bettina Wiegmann (Alemanha) – 11 gols
  8. Ann Kristin Aarønes (Noruega) – 10 gols
  9. Heidi Mohr (Alemanha) – 10 gols
  10. Carli Lloyd (Estados Unidos) –  10 gols
  11. Christine Sinclair (Canadá) – 10 gols

Na Copa do Mundo de 2019, Marta superou Klose e se tornou a maior artilheira da história de todas as Copas! Ela também é uma das maiores goleadoras da história da Liga dos Campeões Feminina.

Agora que você já sabe tudo da Copa do Mundo de futebol feminino, aproveite para ficar por dentro de outros torneios de futebol ao redor do mundo! Confira as histórias, quem são os grandes campeões e os maiores artilheiros da:

 Última atualização em 22/07/2019

amazon
Ficha Técnica
Título
Copa do Mundo de Futebol Feminino: campeãs e artilheiras
Resumo
Veja todas as seleções campeãs da Copa do Mundo de Futebol Feminino, as maiores artilheiras, recordes e a história do torneio
Autor

Comentários

Salvar