Gabriel Medina, Adriano de Souza, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo… Uma legião de brasileiros se firmou entre os melhores surfistas do mundo na atualidade e recebeu o apelido de Brazilian Storm.

Com três títulos mundiais, Medina já está na lista dos maiores vencedores da história do surfe. Adriano de Souza, Italo Ferreira e Filipe Toledo também compõem a relação dos campeões do mundo.

Será que outros representantes do país poderão figurar em breve na lista dos maiores de todos os tempos?

Fique com a gente para conferir a lista de melhores surfistas da história e também ver quem são os grandes nomes do esporte na atualidade!

Melhores surfistas de todos os tempos

  • Kelly Slater
  • Mark Richards
  • Andy Irons
  • Tom Curren
  • Mick Fanning 
  • Gabriel Medina 
  • Tom Carrol
  • John John Florence 
  • Joel Parkinson 
  • Barton Lynch 
  • Italo Ferreira 
  • Filipe Toledo

Kelly Slater

Kelly Slater melhor surfista do mundo em todos os tempos
Em 2011, Kelly Slater conquistou seu 11º título mundial de surfe

Quem é o melhor surfista de todos os tempos? Não há dúvidas a respeito da resposta para essa pergunta. O maior da história é Kelly Slater.

Campeão mundial de surfe por 11 vezes (1992, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 2005, 2006, 2008, 2010, 2011), Kelly Slater foi o surfista mais jovem a ser campeão do circuito mundial, ao conquistar o título de 1992 aos 20 anos.

Slater ajudou a popularizar o surfe ao redor do mundo e coleciona alguns dos principais recordes da WSL, como o maior número de vitórias na carreira (55), mais vitórias em uma temporada (7) e títulos consecutivos (5).   

Mark Richards

Mark Richards tetracampeão mundial de surf
Mark Richards foi o primeiro tetracampeão mundial de surfe

Em número de título mundiais, quem mais se aproxima de Kelly Slater é Mark Richards. O australiano foi tetracampeão, entre 1979 e 1982.

Desde 1985, Mark Richards faz parte do Hall da Fama do Surfe.

Andy Irons

Andy Irons tricampeão mundial de surf
Andy Irons foi tricampeão mundial, e sua morte precoce encerrou uma carreira brilhante

Quando ainda estava no auge de sua carreira, Kelly Slater passou a ser ameaçado no Circuito Mundial por um jovem havaiano. Andy Irons trouxe um estilo radical ao surfe e foi tricampeão mundial, levando os títulos de 2002, 2003 e 2004.

Andy Irons conquistou 20 vitórias do Circuito Mundial ao longo de sua carreira, tendo vencido em todas as etapas. 

Infelizmente, a trajetória de vitórias do surfista havaiano chegou ao fim em 2010, quando ele morreu por uma falência cardíaca provocada por uma mistura de remédios e drogas.

Tom Curren

Tom Curren tricampeão mundial de surf
Tom Curren foi o primeiro surfista a conquistar três mundiais

Tom Curren foi o primeiro surfista a ser tricampeão mundial. Depois de levar os títulos das temporadas 1985/1986 e 1986/1987, ele venceu o Circuito Mundial também em 1990.

O norte-americano venceu 33 etapas, recorde que acabou sendo batido por Kelly Slater.

Mick Fanning

Mick Fanning tricampeão mundial de surf
Mick Fanning é tricampeão mundial de surfe

Mick Fanning é um dos quatro surfistas da história a ter conquistado três títulos mundiais. O australiano foi campeão em 2007, 2009 e 2013.

Ao longo de sua carreira na WSL, Fanning venceu 22 etapas e acumulou mais de US$ 2,5 milhões em prêmios.

O momento mais tenso da trajetória de Mick Fanning no Circuito Mundial aconteceu em 2015, quando foi atacado por um tubarão no J-Bay Open na África do Sul. Felizmente, ele não se feriu.

Gabriel Medina

Os melhores surfistas do mundo em todos os tempos e atualmente
Em 2014, Gabriel Medina foi primeiro brasileiro campeão mundial de surfe

Gabriel Medina se tornou o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe em 2014, quando tinha apenas 20 anos.

Desde então, o paulista passou a ser uma das principais referências da WSL. 

Em 2015 e 2016, Medina ficou em terceiro lugar no mundial. Em 2017, foi vice-campeão, atrás de John John Florence. O bicampeonato, enfim, foi conquistado em 2018. 

Na temporada 2019, o surfista de Maresias disputou o título até a final da última etapa, mas acabou derrotado pelo compatriota Italo Ferreira.

No ano de 2021, conseguiu dar a volta por cima depois do quarto lugar nas Olimpíadas de Tóquio e chegou a seu terceiro título mundial.

Ainda no início de sua carreira, Gabriel Medina já se consolidou na relação dos melhores surfistas de todos os tempos.

Tom Carroll

Tom Carroll surf
Tom Carroll foi bicampeão mundial de surfe na década de 1980

O australiano Tom Carroll foi bicampeão mundial de surf,e conquistando os títulos das temporadas 1983/1984 e 1984/1985.

Curiosamente, Carroll foi o primeiro goofy (surfista a usar o pé direito à frente) a ser campeão mundial. Ele também se tornou o primeiro atleta milionário do surfe em 1989, quando assinou contrato com a Quiksilver.

John John Florence

John John Florence bicampeão mundial de surf
John John Florence conquistou dois títulos mundiais consecutivos em 2016 e 2017

John John Florence recolocou o Havaí no topo do surfe mundial. Depois do terceiro título de Andy Irons em 2004, ele foi o primeiro havaiano a ser campeão da WSL.

Se não bastasse uma conquista em 2016, John John repetiu o feito e foi bicampeão mundial em 2017.

Após os dois títulos, o havaiano passou por uma cirurgia no joelho que o afastou do circuito em 2018. Uma nova lesão no meio da temporada 2019 adiou a busca pelo tricampeonato. Contudo, ele conseguiu voltar para terminar o circuito e assegurar uma das vagas dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Seu desempenho acabou não sendo tão bom quanto o esperado. Caiu para seu compatriota, Kolohe Andino, ainda na terceira rodada.

Atualmente, o havaiano tenta brigar por uma vaga na WSL Finals que acontece em Trestles, na Califórnia.

Você ama outros esportes além do Surfe? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Italo Ferreira

Ítalo Ferreira surf
Italo Ferreira desponta como um dos grandes nomes do surfe mundial

Desde que estreou na elite do surfe mundial, Italo Ferreira tem demonstrado que seria um dos mais fortes concorrentes a títulos da WSL. Em 2019, ele, enfim, tornou-se campeão mundial.

Vencedor da etapa de Peniche, em Portugal, ele assumiu a liderança do ranking da WSL faltando apenas mais uma etapa para o fim da temporada. O título veio com a vitória também em Pipe Masters, eliminando Kelly Slater na semifinal e superando Gabriel Medina na bateria final.

O alto desempenho do potiguar veio desde sua estreia no WCT, em 2015, quando ficou em 7º lugar e foi eleito o melhor estreante. Três anos depois, chegou mais perto da briga pelo título e encerrou a temporada em 4º, sua melhor colocação até ser campeão em 2019.

Outra grande conquista do surfista potiguar com a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021. O potiguar tem como um dos principais focos o bicampeonato nas Olimpíadas em 2024, que para o surfe vai acontecer em Teahupo'o, no Taiti.

Filipe Toledo

Foto Destaque: Thiago Diz/WSL
Filipe Toledo é campeão mundial de surfe em 2022

Filipe Toledo chegou ao Circuito Mundial em 2013, quando tinha apenas 17 anos de idade.

Logo em seu terceiro ano no WCT, o representante da Brazilian Storm encerrou a temporada como o 4º colocado do ranking da WSL.

Ele voltou a brigar pelo título em 2018, quando ficou na terceira colocação do mundial e se manteve perto das primeiras colocações durante todo o ano de 2019.

Nascido em Ubatuba, São Paulo, e filho do ex-surfista Ricardo Toledo, Filipinho se juntou a Gabriel Medina, Adriano de Souza e Italo Ferreira no hall dos brasileiros campeões mundiais de surfe. 

O paulista enfim venceu o tão sonhado título no ano de 2022. Na ocasião, bateu o compatriota Italo Ferreira na WSL Finals, disputada na praia de Lower Trestles, em San Clemente, Califórnia (EUA). Além disso, manteve o ótimo nível em 2023 conquistando o bicampeonato.

Neste ano, Filipe Toledo não está no circuito mundial, pois o surfista tirou um ano sabático. O anúncio veio através de suas redes sociais, onde o atleta alegou precisar cuidar da sua saúde mental.

John John Florence

John John Florence
John John Florence tenta superar lesões para voltar a brigar pelo tri mundial

John John Florence é um dos principais nomes da geração atual do surfe mundial. Bicampeão em 2016 e 2017, ele precisou lidar com cirurgias nos joelhos, que o afastaram da chance de buscar o tri em 2018 e 2019.

Há sempre a expectativa de que saudável e em boas condições físicas, o havaiano seja candidato a levar mais um título da WSL.

Joel Parkinson

Os melhores surfistas do mundo em todos os tempos e atualmente
Parko sofreu uma lesão em 2009 que o tirou da briga pelo mundial

Joel Leslie Parkinson é um surfista australiano de 43 anos que compete no ASP World Tour. Parko, como é conhecido, foi bicampeão Mundial júnior (99 e 2002) e teve sua melhor temporada no ano de 2004, etapa do Brasil.

Em 2005, Parko sofreu uma lesão e se afastou do surfe para se dedicar à filha. No ano seguinte, em Mundaka, deu o octacampeonato Mundial a Kelly Slater ao perder nas semifinais. 

Barton Lynch 

Os melhores surfistas do mundo em todos os tempos e atualmente
Barton Lynch foi campeão mundial em 1988

Barton Lynch é um ex-surfista australiano que foi campeão do ASP World Tour em 1988. Em 1991, Lynch também ganhou o Rip Curl Pro

Conhecido por suas habilidades e o estilo competitivo, em 1998 Lynch foi incluído no Hall da Fama do Surfe Australiano. Dois anos mais tarde, foi eleito no Hall da Fama do Esporte Australiano.

Após a aposentadoria, Barton criou a empresa de consultoria Surfers Group e chegou a ser escolhido para treinar o time da Austrália para os Jogos de Surf ISA.

Hoje em dia, ele também organiza o Blast Off da BL, evento de surfe pré-júnior realizado em Sydney. 

Vá além do mundo do Surfe! Confira também nossos outros conteúdos:

Maiores surfistas da atualidade

  •  Gabriel Medina 
  • John John Florence 
  •  Jack Robinson 
  •  Ethan Ewing
  •  Griffin Colapinto
  •  Italo Ferreira 
  •  Leonardo Fioravanti 
  •  Jordy Smith 
  •  Ramzi Boukhiam 
  •  Yago Dora
  •  Kanoa Igarashi 
  •  Matthew McGillivray

Gabriel Medina

Os melhores surfistas do mundo em todos os tempos e atualmente
Gabriel Medina chega a três títulos mundiais de surfe

Gabriel Medina é tricampeão mundial e já está na lista dos maiores vencedores da história do surfe. E a trajetória de vitórias está longe de chegar ao fim.

O surfista brasileiro sempre esteve entre os 3 primeiros colocados na WSL desde 2014, quando foi campeão pela primeira vez. 

Principal representante da Brazilian Storm, Medina tenta superar seus compatriotas e os principais nomes do surfe na atualidade para levar o tetracampeonato.

Todos os campeões mundiais de surfe

  • 2023 – Filipe Toledo (Brasil)
  • 2022 – Filipe Toledo (Brasil)
  • 2021– Gabriel Medina (Brasil)
  • 2019 – Italo Ferreira (Brasil)
  • 2018  – Gabriel Medina (Brasil)
  • 2017  –  John John Florence (Havaí)
  • 2016  –  John John Florence (Havaí)
  • 2015  – Adriano de Souza (Brasil)
  • 2014  – Gabriel Medina (Brasil)
  • 2013  – Mick Fanning (Austrália)
  • 2012  –  Joel Parkinson (Austrália)
  • 2011  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 2010  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 2009  – Mick Fanning (Austrália)
  • 2008  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 2007  – Mick Fanning (Austrália)
  • 2006  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 2005  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 2004  – Andy Irons (Havaí)
  • 2003  – Andy Irons (Havaí)
  • 2002  – Andy Irons (Havaí)
  • 2001  – C. J. Hobgood (Estados Unidos)
  • 2000  – Sunny Garcia (Havaí)
  • 1999  – Mark Occhilupo (Austrália)
  • 1998  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 1997  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 1996  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 1995  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 1994  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 1993  – Derek Ho (Havaí)
  • 1992  – Kelly Slater (Estados Unidos)
  • 1991  – Damien Hardman (Austrália)
  • 1990  – Tom Curren (Estados Unidos)
  • 1989  – Martin Potter (Grã-Bretanha)
  • 1988  – Barton Lynch (Austrália)
  • 1987/88  – Damien Hardman (Austrália)
  • 1986/87  – Tom Curren (Estados Unidos)
  • 1985/86  – Tom Curren (Estados Unidos)
  • 1984/85  – Tom Carroll (Austrália)
  • 1983/84  – Tom Carroll (Austrália)
  • 1982  – Mark Richards (Austrália)
  • 1981  – Mark Richards (Austrália)
  • 1980  – Mark Richards (Austrália)
  • 1979  – Mark Richards (Austrália)
  • 1978  – Wayne Bartholomew (Austrália)
  • 1977  – Shaun Tomson (África do Sul)
  • 1976  – Peter Townend (Austrália)

Vale destacar que no ano de 2020 não houve disputa no WCT em função da Covid-19.

Agora que você já conhece todos os melhores surfistas do mundo, alimente sua paixão pelo surfe com outros conteúdos:

*Última atualização em 17 de maio de 2024