Saiba tudo sobre a carreira de Gabriel Medina, como ele começou no surf e como foram as conquistas do bicampeonato mundial

“Pai, quero ser  campeão mundial”. Essa frase foi dita por Gabriel Medina quando tinha apenas 11 anos.

Aos 20, ele se tornou o primeiro brasileiro campeão mundial de surf.

Desde então, Medina coleciona uma legião de fãs no Brasil e ao redor do mundo.

Se você quer saber mais sobre a carreira de Gabriel Medina, como ele começou no surf e seus títulos mundiais, está no lugar certo.

Venha com a gente!

Quem é Gabriel Medina?

Gabriel Medina Pinto Ferreira, conhecido mundialmente como Gabriel Medina, é um surfista profissional bicampeão mundial. Ele nasceu em 23 de dezembro de 1993, em São Sebastião, no litoral de São Paulo.

Com uma trajetória brilhante no surf ao longo de sua adolescência, Medina chegou à elite do surf mundial quando tinha apenas 17 anos.

Em 2014, aos 20, ele se tornou o primeiro brasileiro campeão mundial de surf profissional. 

Nos três anos seguinte, foi duas vezes terceiro colocado no campeonato mundial e uma vez vice.

Em 2018, Gabriel Medina se tornou bicampeão mundial de surf.

O terceiro título esteve próximo em 2019, mas o surfista de Maresias perdeu a final da última etapa para o compatriota Ítalo Ferreira.

O brasileiro foi o primeiro surfista a realizar um backflip em uma etapa do circuito mundial de surf.

Gabriel Medina backflip

Saiba, a seguir, como essa história de sucesso começou!

Você ama outros esportes além do Surf? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Com quantos anos Gabriel Medina começou a surfar?

Família de Gabriel Medina
Gabriel Medina entre o padrasto Charles e a mãe Simone, e ao lado da irmã Sophia e do irmão Felipe

Gabriel Medina começou sua trajetória no surf aos 9 anos, quando ganhou a primeira prancha de seu padrasto Charles. 

Ao perceber o talento de Gabriel, Charles deixou o comando da loja de produtos de surf da família em Maresias, no litoral paulista, para a sua esposa Simone e passou a ser o treinador do jovem surfista.

Segundo Charles, Gabriel ainda não conseguia fazer manobras, mas distribuía o peso do corpo sobre as pernas de um jeito diferente dos outros garotos da sua idade. Assim, ele fazia a prancha ganhar mais velocidade.

Aos 15, Gabriel Medina assinou contrato com a Rip Curl e se tornou surfista profissional. Dez dias depois, ele se tornou o mais novo surfista da história a vencer uma etapa do WQS, a divisão de acesso do surf mundial.

Depois de assombrar o mundo do surf e conquistar várias etapas do WQS, Gabriel Medina ingressou na elite do surf mundial, o WCT, em 2011, quando tinha apenas 17 anos.

Logo em sua estreia na elite, Medina venceu duas etapas do circuito mundial de surf.

Não demorou muito para que ele se tornasse campeão mundial! 

Como foram os títulos mundiais de Gabriel Medina?

  • 2014
  • 2018

Gabriel Medina é bicampeão mundial de surf. O brasileiro venceu o circuito mundial pela primeira vez em 2014, enquanto o bicampeonato veio quatro anos depois. 

Relembre, a seguir, como foram as conquistas do mais vitorioso membro da Brazilian Storm, como ficou conhecida a talentosa geração de surfistas brasileiros na WSL.

Primeiro título mundial de Gabriel Medina

Gabriel Medina campeão mundial de surf
Em 2014, Gabriel Medina foi primeiro brasileiro campeão mundial de surf

Em 2014, Gabriel Medina entrou para a história do esporte nacional ao se tornar o primeiro brasileiro campeão mundial de surf.

O primeiro título mundial de Medina foi conquistado aos 20 anos, igualando feito da lenda Kelly Slater. 

A conquista foi confirmada no Billabong Pipe Masters, disputado em North Shore de Oahu, no Havaí.

Medina chegou à etapa do Havaí com apenas dois concorrentes ainda vivos na disputa: o australiano Mick Fanning, tricampeão mundial, e o norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial. 

Fanning e Slater não conseguiram ir além das quartas de final, o que assegurou a Gabriel Medina o primeiro título mundial de sua carreira.

Bicampeonato mundial de Gabriel Medina

Gabriel Medina bicampeão mundial de surf
Gabriel Medina se tornou bicampeão mundial de surf em 2018

Quatro anos depois de seu primeiro título, Gabriel Medina se tornou bicampeão mundial de surf.

Aos 24 anos, o surfista brasileiro conquistou o título da Liga Mundial de Surf ao avançar à final da etapa de Pipeline, no Havaí.

Ao superar o sul-africano Jordy Smith por 16,27 pontos a 15,83 na semifinal, Gabriel Medina eliminou antecipadamente as chances do australiano Julian Wilson, segundo colocado no ranking, de ultrapassá-lo no campeonato.

Na final do Billabong Pipe Masters, Medina enfrentou justamente Julian Wilson. O brasileiro venceu a etapa por 18,34 a 16,70. 

Na campanha de seu título em 2018, Gabriel Medina venceu três etapas do circuito. Antes de ganhar no Pipe Masters, ele já havia vencido o Tahiti Pro, disputado na perigosa onda de Teahupo’o, e o Surf Ranch Pro, na piscina de ondas artificiais que Kelly Slater e sócios construíram na Califórnia. 

A regularidade foi o grande trunfo de Gabriel Medina para ser bicampeão mundial de surf. Além de vencer três etapas, ele chegou às semifinais três vezes e avançou às quartas de final outras três. Seu pior resultado foi o 13º lugar na primeira etapa, na Austrália.

Vá além do mundo do Surf! Confira também nossos outros conteúdos:

Curiosidades sobre Gabriel Medina

Gabriel Medina surfando em prancha com 3 quilhas
Prancha do surfista brasileiro Gabriel Medina tem 3 quilhas
  • Altura: 1,79m
  • Peso: 78kg
  • Pais: Cláudio de Jesus Ferreira e Simone Medina
  • Irmãos: Felipe Medina e Sophia Rodrigues
  • Treinador: Charles Medina (padrasto de Gabriel Medina)
  • Patrocinadores: Rip Curl, Guaraná Antarctica, Oi, Coppertone, Audi, Samsung, Vult Cosmetica
  • Onde mora: Praia de Maresias, em São Sebastião-SP

Instituto Gabriel Medina

Em fevereiro de 2017, o primeiro brasileiro campeão mundial de surf inaugurou o Instituto Gabriel Medina, na Praia de Maresias, em São Sebastião-SP. A sede foi construída com recursos próprios.

O objetivo do instituto é fornecer alto nível em estrutura física, psicológica, médica e tecnológica para jovens surfistas, entre 10 e 17 anos, da região de Maresias. As únicas exigências são a frequência nos treinos e na escola (no contraturno).

Mãe de Gabriel, Simone Medina é a presidente do instituto que, inicialmente, apoiou o desenvolvimento de 38 atletas. Todos os surfistas foram selecionados a partir da classificação do Circuito Medina/ASM de Surfe.

Gabriel Medina é uma das principais referências para jovens surfistas no Brasil. Com ele, Adriano de Souza, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo surgiu a Brazilian Storm, apelido dado à geração de brasileiros que fazem sucesso na elite do surf mundial.

Desde que foi campeão mundial em 2014, Medina se acostumou a ser um dos candidatos mais fortes ao título da Liga Mundial de Surf. Enquanto aguardamos pelas próximas conquistas do paulista, aproveite para alimentar sua paixão pelo surf com outros conteúdos:

*Última atualização em 19 de dezembro de 2019

Comentários

Salvar