Stephen Curry, Wilt Chamberlain e mais oito: veja quem são os maiores jogadores do Golden State Warriors em todos os tempos

Quem é o maior jogador da história do Golden State Warriors?

Considerando uma franquia que contou com a genialidade de Wilt Chamberlain e a revolução dos arremessos de longa distância de Stephen Curry, essa pergunta não é tão fácil de responder.

Como não fugimos de um bom debate esportivo, arriscamos a apontar o maior jogador dos Warriors de todos os tempos. E não só isso. Indicamos o top 10 da franquia.

Sem mais delongas, confira agora mesmo quem são os maiores jogadores da história do Golden State Warriors, desde os tempos que a franquia jogava na Filadélfia!

Maiores jogadores da história do Golden State Warriors

  1. Stephen Curry
  2. Wilt Chamberlain
  3. Rick Barry
  4. Paul Arizin
  5. Kevin Durant
  6. Chris Mullin
  7. Neil Johnston
  8. Nate Thurmond
  9. Klay Thompson
  10. Draymond Green

Draymond Green (10º lugar)

melhores alas pivos da nba draymond green
Draymond Green foi tricampeão da NBA com o Golden State Warriors

Draymond Green é uma daquelas escolhas no draft para uma franquia se orgulhar. Ele foi apenas o 35º jogador selecionado no draft de 2012 e se tornou um pilar da franquia da Califórnia.

Reconhecido pelo alto poder de marcação, ele foi escolhido o melhor jogador de defesa da NBA em 2017. Green é ainda capaz de jogar em várias posições e ajudou a Seleção dos Estados Unidos a ganhar a medalha de ouro no torneio de basquete nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Klay Thompson (9º lugar)

melhores alas-armadores da nba klay thompson
Thompson é tricampeão da NBA com o Golden State

Quando Klay Thompson foi selecionado na 11ª escolha no Draft de 2011, o Golden State Warriors ganhou outro exímio arremessador de 3 para jogar ao lado de Curry. Logo, eles foram apelidados de “Splash Brothers”.

O camisa 11 se tornou uma das referências dos Warriors, passou a ser lembrado frequentemente para o All-Star Game, foi campeão mundial e olímpico pelos Estados Unidos e foi tricampeão da NBA. Por enquanto!

Nate Thurmond (8º lugar)

Nate Thurmond Golden State Warriors
Nate Thurmond teve sua camisa 42 aposentada pelos Warriors

Nate Thurmond defendeu o Golden State Warriors entre 1963 e 1974 e teve sua camisa 42 aposentada pela franquia — o mesmo foi feito pelo Cleveland Cavaliers, time que ele defendeu no fim da carreira.

Considerado um dos melhores alas-pivôs da NBA nas décadas de 60 e 70, Thurmond foi introduzido no Hall da Fama do Basquetebol em 1985.

Mesmo mais de 40 anos depois de sua aposentadoria, Nate Thurmond ainda está no top 10 dos maiores reboteiros da história da NBA.

Neil Johnston (7º lugar)

Neil Johnston maiores jogadores do Golden State Warriors
Neil Johnston foi o cestinha da NBA em três temporadas pelos Warriors

Neil Johnston foi o maior cestinha da NBA em 1953, 1954 e 1955. Se não bastasse a alta pontuação, ele ainda foi o maior reboteiro da liga em 1955.

Desconsiderando a sua temporada de calouro, em que jogou poucos minutos, e a última, em que se lesionou, Johnston manteve média de 22,3 pontos e 12,7 rebotes.

Jogador dos Warriors entre 1951 e 1959 e campeão da NBA em 1956, o pivô encerrou sua carreira aos 30 anos, como consequência de uma grave lesão no joelho.

Chris Mullin (6º lugar)

Chris Mullin no Golden State Warriors
Chris Mullin integrou o Dream Team dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de 1992

Em 1985, o Golden State Warriors draftou Chris Mullin na sétima escolha da primeira rodada. O antigo camisa 17 defendeu a franquia até 1997, quando foi para o Indiana Pacers.

Como uma estrela dos Warriors, Mullin não conseguiu levar o time a títulos da NBA, mas conquistou marcas importantes. Por cinco temporadas consecutivas, de 1988 até 1993, marcou em média 25 ou mais pontos e 5 rebotes.

Em 1992, ele fez parte do Dream Team, que levou os Estados Unidos à conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona.

Vá além do Basquete! Confira também:

Kevin Durant (5º lugar)

kevin durant golden state warriors
Durant foi MVP das finais nos dois títulos que conquistou pelos Warriors

O Golden State Warriors já era uma das principais potências dos últimos anos quando assinou com Kevin Durant. O MVP da temporada 2013/2014 preferiu seguir para a Califórnia e desfazer a dupla com Russell Westbrook no OKC.

Durant chegou aos Warriors em 2016 e permaneceu na franquia até 2019, antes de se transferir para o Brooklyn Nets. No período na Califórnia, conquistou dois anéis de campeão da NBA. Ele ainda mostrou seu poder de decisão ao ser o MVP das finais tanto em 2017 quanto em 2018.

Pelos Estados Unidos, além de um mundial, Kevin Durant tem duas medalhas de ouro em Jogos Olímpicos.

Uma curiosidade é que na temporada 2018/2019, a chegada do pivô DeMarcus Cousins fez o time alcançar algo que jamais sido feito na NBA: a reunião de 5 jogadores All-Star!

Isso acabou não sendo o suficiente e time acabou perdendo a final para o Toronto Raptors. E tanto Durant quanto Cousins acabaram saindo do Golden State Warriors ao final da temporada. Durant foi para os Nets e Cousins para os Lakers.

Paul Arizin (4º lugar)

Paul Arizin maiores jogadores do Golden State Warriors
Paul Arizin passou toda a sua carreira na NBA no Philadelphia Warriors

Paul Arizin defendeu os Warriors por 10 temporadas e foi escolhido para o All-Star Game em todas elas. Maior cestinha da liga em 1952 e 1957, o ala foi campeão em 1956. 

Foi na temporada de seu único título que o prêmio de MVP da NBA passou a ser concedido. No entanto, muitos analistas apontam que ele mereceria a premiação se ela já existisse em 1952, quando teve uma média de 25,4 pontos e 11,3 rebotes por jogo.

Em nove temporadas, Arizin manteve média superior a 20 pontos por partida.

Rick Barry (3º lugar)

Rick Barry no Golden State Warriors
Rick Barry foi uma das principais estrelas dos Warriors na década de 1970

Selecionado oito vezes para o All-star Game e cinco vezes para o time ideal da temporada da NBA, Rick Barry foi campeão com o Golden State Warriors na temporada 1974/75 e ainda teve sua camisa número 24 aposentada pela franquia.

Em 1975, Rick Barry foi o MVP das finais e, em 1987, foi incluído no Naismith Memorial Basketball Hall of Fame.O ala encerrou sua carreira no grupo de atletas que atingiram pelo menos 18 mil pontos, 5 mil rebotes e 4 mil assistências. E essas estatísticas poderiam ser ainda melhores se ele não tivesse jogado cinco temporadas na ABA.

Wilt Chamberlain (2º lugar)

Wilt Chamberlain marcou 100 pontos em um jogo da NBA
Wilt Chamberlain marcou 100 pontos num jogo só como jogador dos Warriors

Em 1959, o então Philadelphia Warriors draftou Wilt Chamberlain, que não demorou para demonstrar que seria um dos maiores jogadores da história da NBA. Em 2 de março de 1962, em um jogo disputado em Hershey, na Pensilvânia, Chamberlain marcou 100 pontos contra o New York Knicks.

Porém, Wilt Chamberlain não chegou a ser campão da NBA pelos Warriors. Na temporada 1964-1965, a franquia o trocou com o Philadelphia 76ers por Connie Dierking, Lee Shaffer, Paul Neumann e US$ 150.000. Naquela edição, os Warriors venceram apenas 17 jogos.

Nos 76ers e, posteriormente, no Los Angeles Lakers, Wilt Chamberlain continuou fazendo história. Com 31.419 pontos, ele é o sétimo maior pontuador da história da NBA. Além disso, alcançou a marca de 50,4 pontos por jogo em uma única temporada (1961-62) e é o jogador que mais pegou rebotes em um jogo: 55. Por quatro vezes, foi eleito o MVP da NBA.

A camisa 13 usada por Wilt Chamberlain é um dos números aposentados pelo Golden State Warriors e que jamais serão usados por outros jogadores. 

Stephen Curry (1º lugar)

stephen curry golden state
Stephen Curry é um dos maiores arremessadores de 3 pontos da história

Stephen Curry foi o primeiro dos grandes jogadores da dinastia construída pelo Golden State Warriors a se juntar à franquia. Ele foi escolhido como a sétima escolha geral do draft de 2009 da NBA.

Depois de sofrer com muitas lesões em suas primeiras temporadas na NBA, o camisa 30 se consolidou como uma das principais estrelas da liga, principalmente pela sua gigantesca capacidade de acertar bolas de 3 de praticamente qualquer lugar da quadra. Ele já é o jogador com mais cestas de 3 na história dos playoffs.

Em 2016, Stephen Curry foi o primeiro MVP unânime da história da NBA. Seu rendimento de arremessos de longa distância era tão absurdo que alguns membros da liga chegaram a cogitar mudanças nas regras do basquete, colocando a linha de 3 pontos mais afastada ou criando uma cesta de 4 pontos.

O camisa 30 já havia sido escolhido o melhor jogador da temporada anterior.

Por ter construído uma longa trajetória de sucesso nos Warriors, Curry vence a disputa com Wilt Chamberlain e é o maior jogador da história da franquia.

E aí, você concorda com nossa lista? Sentiu falta de alguém por aqui? Deixe sua opinião nos comentários!

Aproveite para alimentar sua paixão pelo basquete com mais conhecimento:

*Última atualização em 12 de julho de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin