As regras do badminton deixam claro que o esporte é muito maior do que uma peteca estilizada e que vai muito além do que os olhos normalmente enxergam.

Ao mesmo tempo, fazem do jogo algo simples, dinâmico e bastante competitivo. E diferente dos demais.

A seguir, você confere todas as regras do badminton, da pontuação ao saque, a diferença entre partidas de simples e de duplas, o tamanho da quadra, tudo, enfim, sobre a prática correta deste esporte olímpico.

As principais regras do badminton

As principais regras do badminton fazem do esporte uma espécie de híbrido entre vôlei e tênis, com a adição da peteca no lugar de uma bola.

Do tênis, temos a dualidade da prática individual (simples) ou em duplas, além da dinâmica do uso da quadra nessas mudanças e na condução dos saques. Fora, claro, o uso das raquetes.

A influência do vôlei, por sua vez, é mais perceptível nas dimensões da quadra (menores em relação às do tênis) e principalmente na altura da rede. Este, aliás, é, junto da peteca, o advento que mais impacta na prática do jogo, nas ações e no decorrer da partida.

Outra semelhança, desta vez com ambos o vôlei e o tênis, é vista também na contagem de pontos, seja na casa das dezenas, seja na divisão por sets.

No decorrer deste texto, vamos detalhar essas regras do badminton. Logo abaixo, sanamos as principais dúvidas.

Qual é o objetivo do badminton?

O objetivo do badminton é fazer com que a peteca, chamada também de volante ou pena, toque o chão da quadra do adversário, ao mesmo tempo que impedir que esta aterrisse no chão da sua própria quadra.

Como funciona a pontuação no badminton?

As regras do badminton admitem quatro maneiras para se pontuar. Pode parecer muito, mas para quem está acostumado com vôlei ou tênis verá que são tão simples quanto estes esportes tradicionais:

  • O ponto clássico é quando o volante acerta o chão da área válida da quadra do adversário;
  • Quando a peteca toca o adversário também é computado um ponto para quem golpeou;
  • O erro de um jogador ao retornar a peteca à área válida do outro lado da quadra dá automaticamente o ponto ao oponente;
  • Quando um dos jogadores comete uma falta, o ponto em disputa é computado ao adversário.

Quantos sets tem o badminton?

O badminton é disputado numa série de melhor de três sets. Assim, uma partida pode ter no mínimo dois sets, se um jogador vencer ambos consecutivamente, e no máximo três, se os dois primeiros tiverem vencedores diferentes.

Quantos pontos tem um set no badminton?

Um set de badminton tem 21 pontos para o vencedor. Para vencê-los, no entanto, é preciso somar esses 21 e ter pelo menos dois pontos de vantagem sobre o adversário.

Assim, no caso de um empate em 20 a 20, o set se estende até que essa vantagem seja concretizada ou até um dos jogadores marcar o 30º ponto. Neste caso, não é necessária uma diferença mínima.

Qual o tamanho de uma quadra de badminton?

O tamanho da quadra está previsto nas regras do Badminton
(Jackie Hutchinson/Unsplash)

O tamanho da quadra de badminton varia de acordo com a modalidade, entre simples e duplas. Nestas, é usada a dimensão completa, com 13,4m de comprimento e 6,1m de largura. Nas simples, o comprimento é o mesmo, mas a largura é diminuída para 5,18m.

Mas estas não são as únicas medidas. O local de jogo conta com nada menos que 10 linhas de divisão, cinco de cada lado quadra. Cada uma, inclusive, tem um árbitro específico para suas chamadas — pelo menos nas competições oficiais.

As três linhas principais são:

  • Linha de fundo;
  • Linha de saque, que fica a 76 cm da linha de fundo;
  • Linha central, que determina a área válida para a recepção do saque, à 3,96m da linha de saque;

As outras medidas importantes são, claro, as da rede. Esta tem 1,55m de altura, 6,1m de largura e 76cm de comprimento da trama.

O que é considerado falta no badminton?

Na teoria, as regras do badminton se resumem em acertos e faltas. Não mandar a peteca de volta para a outra quadra ou permitir que ela toque o seu corpo ou roupa, por exemplo, não são somente pontos para o adversário, mas faltas.

No geral, é considerado falta no badminton tudo aquilo que impede a continuação do jogo e/ou do set disputado, como:

  • Tocar a rede (com a raquete ou o corpo) quando a peteca está em jogo
  • Acertar a peteca no teto da quadra
  • Dar dois toques na peteca pelo mesmo jogador
  • Ter um comportamento antidesportivo (agressividade ou impedimento do andamento da partida)
  • Dar um toque na peteca na quadra do adversário
  • Prender a peteca na raquete e seguir com o jogo

Quando essa infrações são cometidas, o ponto disputado é vencido pelo adversário.

Vá além do Badminton! Confira outros conteúdos Esportelândia:

Regras do badminton em duplas

Regras do Badminton em simples
(Mahmur Marganti/Unsplash)

Um dos aspectos que tornam o badminton um jogo mais rico é a modalidade atuada em duplas.

As regras do badminton em duplas não são lá muito diferentes das usadas nas partidas em simples. Mas são diferentes, ainda assim.

Para começar, as dimensões da quadra são diferentes. Nas partidas em duplas, as duas faixas laterais passam a ser válidas, “alargando” o local do jogo para 6,10m.

A partida também começa a partir de um posicionamento específico, com cada dupla lado a lado na área compreendida entre a linha de saque e a linha central e separados por uma linha vertical que corta esse pedaço da quadra.

Chamados de posições de saque, esses lados devem ser respeitados junto da ordem do saque. Esta é um pouquinho mais complicada:

  • Primeiro, o saque deve ser feito cruzando os lados das posições. Quem saca do lado direito, saca para o oponente no quadrante do seu lado esquerdo e vice versa;
  • Depois, a pessoa que saca, quando consegue o ponto na mesma jogada, segue sacando, mas deve mudar o lado da sua posição de saque, e portanto para quem saca;
  • Quando o saque muda para o oponente, o dono do saque depende do placar. Se estiver par para o time que saca, então o jogador do lado direito exerce a função; se ímpar, o sacador é o jogador do quadrante esquerdo.

Regras de saque do badminton

Uma das mais importantes regras do badminton são as que dizem respeito aos saques, também chamados de serviços. Assim como no tênis, ele precisa ser feito a partir de um movimento correto.

No badminton um saque só é válido quando a peteca é acertada de baixo para cima e na altura da cintura. Mais: o impacto entre raquete e volante precisam acontecer abaixo da mão que antes segurava o item voador.

Onde o saque é direcionado também é importante. Novamente, assim como no tênis, ele precisa ser cruzado, isto é, percorrer uma diagonal entre um dos lados da área delimitada da linha de saque à linha central e o lado oposto da mesma área da quadra do adversário.

Diferentemente do esporte das bolinhas amarelas, o badminton tem a ordem do saque determinada pelo pontuador — quem pontuou saca, no caso, assim como no vôlei.

Existem também algumas faltas específicas dentro das regras de saque do badminton. Estes também rendem pontos automaticamente ao adversário:

  • Iniciar a ação do saque e não acertar a peteca
  • Sacar a peteca sem cruzar as áreas de saque corretamente.
  • Nas duplas, é falta se o jogador receber o saque não estiver em posição de serviço.

Agora que você está em dia com as regras do badminton, aproveite para conhecer mais a fundo outros esportes olímpicos alternativos:

*Última atualização em 11 de março de 2021