Quem foi melhor? Falcão, Fernandão, Figueroa e mais 7! Confira a lista dos melhores jogadores do Inter em todos os tempos

Você já parou para pensar quem são os 10 maiores jogadores da história do Internacional? Bom, estamos aqui para te ajudar!

Selecionar apenas 10 jogadores, no meio de tantos ídolos históricos, é uma tarefa complicada, mas fizemos isso com embasamentos.

Para determinar o nosso top 10, escolhemos alguns argumentos: idolatria, números, importância para o clube no período em que atuou, títulos e talento.

Portanto, venha conferir com a gente quem são os 10 maiores ídolos do Internacional em todos os tempos!

Maiores jogadores da história do Internacional

  1. Falcão
  2. Fernandão
  3. Figueroa
  4. D’Alessandro
  5. Carlitos
  6. Valdomiro
  7. Carpegiani
  8. Claudiomiro
  9. Índio
  10. Tesourinha

Tesourinha (10° lugar)

Tesourinha, ídolo do Internacional

Começando a nossa lista, temos um dos primeiros grandes jogadores da história do Colorado. Osmar Fortes Barcellos, mais conhecido como Tesourinha, foi um dos maiores pontas do futebol brasileiro e do Internacional.

Notável pela sua habilidade e velocidade, Tesourinha é cria da base do Inter e, por lá, atuou de 1939 até 1949, em 10 anos de serviços prestados ao Colorado.

Pelo clube, conquistou inúmeros títulos do Campeonato Gaúcho: 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1948. Além disso, é o 5° maior artilheiro da história do clube, tendo marcado incríveis 178 gols em apenas 149 partidas disputadas.

Índio (9° lugar)

Índio, ídolo do Internacional

Marcos Antonio de Lima, mais conhecido como Índio, foi um dos maiores e mais importantes zagueiros da história do Internacional.

Índio chegou ao Inter em 2005 e permaneceu até 2014, quando se aposentou vestindo a camisa do Colorado. Durante esse tempo no Beira-Rio, Índio conquistou grandes títulos que marcam a gloriosa história do clube.

Entre os diversos títulos conquistados, o bicampeonato da Libertadores (2006 e 2010), Mundial de Clubes (2006), a Copa Sul-Americana (2008) e seis edições do Campeonato Gaúcho (2008, 2009, 2011, 2012, 2013 e 2014) foram os mais importantes.

No total, Índio atuou em 391 partidas e marcou 33 jogos, sendo o 10° jogador que mais entrou em campo com a camisa do clube e um dos zagueiros que mais fez gols pelo Inter em todos os tempos.

Claudiomiro (8° lugar)

Claudiomiro. ídolo do Internacional

Claudiomiro Estrais Ferreira, ou apenas Claudiomiro, foi um atacante histórico do Internacional. É, até hoje, o 4° maior artilheiro da história do clube e também o 6° em número de atuações, com 424 jogos disputados.

Cria da base do Internacional, o atacante iniciou sua trajetória em 1967, ficando no clube até 1974. Durante esse período, conquistou sete títulos do Campeonato Estadual (1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974 e 1975).

Certamente, Claudiomiro seria mais lembrado pela torcida se tivesse ficado ao menos mais dois anos no clube, já que faria parte do time que conquistou o bicampeonato do Brasileiro, em 1975 e 1976. Apesar disso, o atacante deixou seu nome na história e é um dos maiores jogadores do clube em todos os tempos.

Carpegiani (7° lugar)

Carpegiane, ídolo do Internacional

Paulo César Carpegiani, ou apenas Carpegiani, é muito conhecido hoje em dia pelo seu trabalho como treinador, principalmente por ser o técnico do lendário time do Flamengo de 1981, que conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes.

Apesar de seu belo trabalho como técnico, Carpegiani também tem uma história marcante dentro de campo, sendo ídolo, como jogador, do Flamengo e, principalmente, do Internacional.

Atuando como volante, Carpegiani chegou ao Inter em 1969, permanecendo até 1977.

Durante esses 8 anos, Carpegiani foi importantíssimo na conquista de diversos campeonatos, principalmente o duplete do Campeonato Brasileiro (1975 e 1976). Além disso, conquistou também sete títulos do Campeonato Gaúcho (1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1976).

Valdomiro (6° lugar)

Valdomiro, ídolo do Internacional

Valdomiro Vaz Franco, ou apenas Valdomiro, é mais um jogador com imensa identificação com o Internacional. O ponta-direita é, até hoje, o jogador que mais atuou pelo clube, com 805 partidas disputadas.

Valdomiro chegou ao Inter em 1968 e, por lá, permaneceu até 1980. Durante esse período, fez história, conquistando o Campeonato Gaúcho (1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1978 e 1982) e o Campeonato Brasileiro (1975, 1976 e 1979).

Além de ser o jogador com mais partidas disputadas pelo Inter, Valdomiro também é o 4º maior artilheiro do clube em todos os tempos, com 191 gols marcados.

Não fique apenas no futebol! Confira conteúdos variados de outros esportes no nosso site:

Carlitos (5° lugar)

Carlitos, ídolo do Internacional

Alberto Zolin Filho, mais conhecido como Carlitos, foi um dos primeiros grandes ídolos da história do Internacional. O gaúcho, nascido na mesma cidade do clube, tem uma enorme identificação com o Colorado, já que durante toda a sua carreira atuou no clube do Beira-Rio.

Seus primeiros passos no Inter foram dados em 1938. Na casa colorada, o centroavante permaneceu até 1951, quando se aposentou.

Foram 13 anos de clube e muita história para contar. Na bagagem, Carlitos levou com ele inúmeros Campeonato Gaúcho (1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1948, 1950 e 1951).

Além dos títulos, Carlitos tem um número impressionante de gols marcados: 485 gols em 384 partidas. Essa incrível marca o torna, até hoje, o maior artilheiro da história do Internacional.

D’Alessandro (4° lugar)

D'Alessandro, ídolo do Internacional

Andrés Nicolás D’Alessandro, ou apenas D’Alessandro, é um dos principais estrangeiros que atuaram no Brasil. Meia com o clássico estilo camisa 10, de boa visão de jogo, passes precisos, liderança e muita qualidade, D’Alessandro também marcou seu nome na história do Inter.

O meia chegou ao clube em 2008 encerra sua brilhante trajetória no Colorado ao fim de 2020. Nesse período, ficou longe do Beira-Rio em apenas uma temporada, quando foi emprestado para o River Plate, seu clube de formação.

Capitão da equipe em diversas oportunidades, o argentino conquistou grandes feitos com o Inter, como a Libertadores (2010), Copa Sul-Americana (2008), Recopa Sul-Americana (2011) e cinco edições do Campeonato Gaúcho (2011, 2012, 2013, 2014 e 2015).

No total, disputou mais de 500 jogos pelo Colorado, sendo o 3° jogador com mais atuações na história do Internacional.

Figueroa (3° lugar)

Figueroa, ídolo do Internacional

Elías Ricardo Figueroa Brander, mais conhecido como Figueroa, foi um zagueiro chileno das décadas de 60, 70 e 80. Ídolo colorado, ele ocupa a nossa 3ª posição do ranking de maiores jogadores do Internacional.

Figueroa é considerado por muitos o maior zagueiro da história do Inter, e não é por menos. O chileno chegou ao clube em 1971 e foi peça fundamental nos primeiros grandes títulos da história do clube.

Em 1975 e 1976, por exemplo, conquistou seguidamente o título do Campeonato Brasileiro, sendo um dos principais nomes dessas conquistas. Além disso, conquistou também, em sequência, 6 títulos estaduais, de 1971 até 1976.

No total, Figueroa disputou 337 jogos com a camisa do Inter, com 27 gols marcados, sendo um dos zagueiros que mais balançou as redes pelo Colorado em todos os tempos.

Fernandão (2° lugar)

Fernandão, ídolo do Internacional

Fernando Lúcio da Costa, mais conhecido como Fernandão, com certeza tem seu nome marcado na galeria de grandes jogadores da história do Internacional.

Centroavante grande, brigador e fazedor de gols, Fernandão chegou ao Inter em 2004, permanecendo até 2008. Foram 4 anos de serviços prestados ao Colorado, e que serviços, não é mesmo?

Durante esse período, ele obteve grandes conquistas. Era o grande nome e também o capitão do time que conquistou a primeira Copa Libertadores da história do clube, em 2006, e também no Mundial de Clubes, no mesmo ano.

Além dessas conquistas gigantescas, também ganhou o Campeonato Gaúcho (2005 e 2008) e a Recopa Sul-Americana (2007).

No total, foram 193 partidas disputadas e 77 gols marcados. Os números e a importâncias das conquistas foram o suficiente para deixar sua marca eternamente na história do clube e também para alcançar o nosso 2° lugar.

Falcão (1° lugar)

Falcão, ídolo do Internacional

Falcão é, certamente, o maior jogador da história do Internacional. São diferentes aspectos que podemos abordar para concluir isso: técnica, idolatria, tempo de casa e títulos conquistados.

Formado na base do Inter, Falcão começou a atuar com a camisa colorada em 1972, permanecendo até 1980. Durante esses 8 anos de clube, obteve grandes conquistas e números espetaculares.

No total, foram 395 partidas disputadas e 75 gols marcados. Mas, a história de Falcão no Inter vai muito além da quantidade de gols.

Com a camisa colorada, Falcão conquistou diversos títulos do Campeonato Gaúcho (1973, 1974, 1975, 1976 e 1978) e foi o craque do time na conquista de três Campeonatos Brasileiros (1975, 1976, 1979).

O grande talento demonstrado por Falcão durante sua passagem pelo Inter o credenciou para a disputa de duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira, em 1982 e 1986, e também para estar na 1ª posição do ranking de maiores ídolos da história do Internacional.

E aí, ficou faltando alguém na lista de maiores jogadores do Inter? Comente!

E aproveite para conferir outros rankings do futebol:

*Última atualização em 15 de dezembro de 2020

Salvar