Quais foram os melhores? Renato Gaúcho, Hugo de Léon e mais 8! Os maiores jogadores do Grêmio em todos os tempos

Historicamente, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, ou apenas Grêmio, é um clube notável pela raça, determinação e por nunca desistir, ganhando, inclusive, o apelido de “Imortal”.

Muito dessa história foi construída pelos grandes jogadores que passaram pelo clube e que encarnaram esse espírito em campo.

Obviamente, além dessas características, sempre foi fundamental que os ídolos tivessem outro aspecto: o talento.

Dessa forma, para escolher os 10 maiores jogadores da historia do Grêmio, selecionamos, entre esses, alguns critérios: qualidade, simbologia, idolatria, história e importância do jogador no período em que atuou.

Sem perder mais tempo, confira a seguir o top 10 de melhores jogadores do Grêmio em todos os tempos!

Maiores jogadores da história do Grêmio

  1. Renato Gaúcho
  2. Hugo de Léon
  3. Danrlei
  4. Dinho
  5. Eurico Lara
  6. Tarciso
  7. Alcindo
  8. Jardel
  9. Pedro Geromel
  10. Airton Pavilhão

Airton Pavilhão (10° lugar)

Airton Pavilhão, ídolo do Grêmio

Airton Ferreira da Silva, mais conhecido como Airton Pavilhão, foi um zagueiro histórico do clube, atuando nas décadas de 50 e 60.

O zagueiro chegou ao clube em 1954 e ficou por lá durante 13 anos, saindo em definitivo em 1967. Durante esse período, ficou apenas um ano ausente: em 1960, Airton foi contratado pelo Santos de Pelé, justamente por ter “parado” o Rei, retornando um ano depois ao Grêmio, em 1961. 

No total, Pavilhão conquistou 11 títulos do Campeonato Gaúcho, todos no período de 1956 até 1967, perdendo apenas o campeonato de 1961. Foram 592 jogos vestindo a camisa do Grêmio, sendo o 2° jogador que mais atuou pelo clube. 

Pedro Geromel (9° lugar)

Pedro Geromel, ídolo do Grêmio

O único jogador da nossa lista que ainda atua pelo Grêmio é Pedro Geromel. Excelente zagueiro, alto e de bom tempo de bola, Geromel vem se tornando cada vez mais ídolo do clube com o passar do tempo.

O zagueiro chegou ao Tricolor em 2014, vindo por empréstimo, e por lá permanece até hoje. Nesse período, colecionou títulos, sendo, inclusive, capitão em alguns deles: Campeonato Gaúcho (2018, 2019 e 2020), Copa do Brasil (2016) e Libertadores (2017). 

No total, são mais de 300 jogos vestindo a camisa gremista, e segue contando. 

Jardel (8° lugar)

Jardel, ídolo do Grêmio

Mario Jardel de Almeida Ribeiro, ou apenas Jardel, foi um centroavante histórico do Grêmio que atuou nos anos 90. 

O atacante chegou ao Grêmio em 1995 e permaneceu por apenas duas temporadas, saindo em 1996. 

Conhecido pelos seus gols de cabeça, Jardel tem excelentes números com a camisa do clube e foi fundamental em grandes conquistas do Imortal.

No total, são 91 jogos disputados e 81 gols feitos, média de quase 1 gol por jogo. Além disso, foi o grande artilheiro da Libertadores de 1995, conquistada pelo Grêmio. Também conquistou o Campeonato Gaúcho (1995 e 1996) e a Recopa Sul-Americana (1996).

Alcindo (7°lugar)

Alcindo, ídolo do Grêmio

A escolha do nosso 7° lugar é por uma questão estatística: Alcindo Martha de Freitas, ou apenas Alcindo, é o maior artilheiro da história do Grêmio, com 264 gols marcados.

Claro, esse número por si só, que foi conquistado ainda nas décadas de 60/70, já é o suficiente para que Alcindo marcasse seu nome na história do Imortal.

Porém, além do faro de artilheiro, Alcindo também foi fundamental na conquista de 5 Campeonatos Gaúcho consecutivos, de 1964 até 1968 e, mais tarde, o Estadual de 1977. 

Tarciso (6° lugar)Tarciso, ídolo do GrêmioJosé Tarciso de Souza, mais conhecido como Tarciso, é mais um nome importante do Grêmio nas décadas de 70 e 80. O “Flecha Negra”, como também era chamado, marcou época no clube, e tem números e conquistas impressionantes.

Atuando como atacante, Tarciso conquistou diversos títulos, entre eles, o Campeonato Gaúcho (1977,1979,1980,1985 e 1986), Copa Libertadores (1983), Mundial de Clubes (1983) e o Campeonato Brasileiro (1981). 

Além das conquistas, Tarciso é o jogador que mais atuou com a camisa do Grêmio, com 721 disputados. Também está marcado, pelo menos até agora, como o 2° maior artilheiro do clube em todos os tempos, com 222 gols. 

Não fique apenas no futebol! Confira outros conteúdos do mundo esportivo:

Eurico Lara (5° lugar)

Eurico Lara, ídolo do Grêmio

“Lara o craque imortal, soube seu nome elevar, hoje com o mesmo ideal, nós saberemos te honrar”. Bom, alguém que tem o nome marcado no hino do próprio clube, não poderia ficar de fora dessa lista, não é mesmo?

Eurico Lara, que atuava como goleiro, foi um dos primeiros grandes nomes da história do Grêmio. O gaúcho ficou 15 anos no clube, de 1920 até 1935, lá nos primeiros anos de existência Imortal.

Durante esse período, Lara conquistou o Campeonato Gaúcho em 5 oportunidades, 1921,1922,1926, 1931 e 1932, marcando seu nome como um dos maiores jogadores da história do Grêmio. 

Dinho (4° lugar)

Dinho, ídolo do GrêmioEdi Wilson José dos Santos, mais conhecido como Dinho, foi um dos nomes mais marcantes do Grêmio nos anos 90, representando muito o estilo histórico do Grêmio: raça, disputa, combatividade e qualidade.

Volante de origem, Dinho foi um jogador extremamente combativo, que segurava as pontas mais atrás para que os meias e os atacantes tivessem mais liberdade para jogar.

Justamente pelo seu estilo “duro”, Dinho ficou muito conhecido como “Cangaceiro dos Pampas”. Além disso, obviamente, tinha muita qualidade técnica.

O meio-campista chegou ao Grêmio em 1994, e ficou pouco tempo, saindo em 1997. Apesar disso, foi tempo suficiente para grandes conquistas: Campeonato Gaúcho (1995 e 1996), Copa do Brasil (1994 e 1997), Campeonato Brasileiro (1996), Libertadores (1995) e Recopa Sul-Americana (1996).

Capitão do time em muitas oportunidades, Dinho foi, também, o responsável por selar o título da Libertadores de 1995, marcando de pênalti o último gol do Grêmio na competição. 

Danrlei (3° lugar)

Danrlei, ídolo do GrêmioRevelado pelo Grêmio, Danrlei é um dos jogadores com mais identificação com a torcida gremista.

Goleiro de muita qualidade, Danrlei marcou época nos anos 90, tanto por conta das suas atuações, como pela sua longevidade e, principalmente, pelos títulos conquistados.

Sua trajetória no clube começou em 1993 e se encerrou em 2003. Durante esse período, conquistou tudo: Campeonato Gaúcho (1993, 1995, 1996, 1999 e 2001), Copa do Brasil (1994, 1997, 2001), Copa Libertadores (1995) e Recopa Sul-Americana (1996).

No total, foram 591 jogos defendendo o gol do Imortal, sendo o terceiro jogador com mais atuações na história do clube gaúcho e também o 3° na lista de maiores jogadores do Grêmio em todos os tempos.

Hugo de Léon (2° lugar)

Hugo de Leon, ídolo do Grêmio

Hugo de Léon é, sem dúvidas, o maior estrangeiro que já atuou pelo Grêmio e também um dos maiores jogadores da história do clube. Atuando como zagueiro, o uruguaio foi um dos grandes símbolos do clube durante os anos 80. 

O zagueiro chegou em 1981, e logo de cara já conquistou seu primeiro título, o Campeonato Brasileiro. Dois anos depois, Hugo de Léon foi peça importantíssima da conquista do Grêmio na Libertadores e no Mundial de Clubes.

Apesar do pouco de casa, Hugo de Léon se tornou um símbolo de raça e empenho dentro de campo, além do papel fundamental que teve para o Grêmio durante as conquistas mais importantes da história do clube, marcando seu nome na história do Tricolor. 

Renato Gaúcho (1° lugar)

Renato Gaúcho, ídolo do Grêmio

Não há dúvidas que Renato Portaluppi, mais conhecido como Renato Gaúcho, é o maior ídolo da história do Grêmio.

Famoso por suas declarações polêmicas e extravagantes, mas também pela qualidade dentro de campo, Renato Gaúcho era o grande nome do time que conquistou os primeiros títulos internacionais do clube, a Libertadores e o Mundial de 1983, fazendo, inclusive, os dois gols da final do Mundial.

Dentro de campo, atuando como jogador, Renato Gaúcho disputou mais de 260 partidas, tendo marcado 74 gols. Além das conquistas internacionais, o antigo camisa 7 também venceu o Campeonato Gaúcho (1985 e 1986).

Renato também marcou seu nome na história do Imortal na beira do gramado, como treinador. 

Ele era o técnico da equipe quando o clube conquistou o Tri da Libertadores, em 2017. Além disso, conquistou a Copa do Brasil (2016) e o Campeonato Gaúcho (2018, 2019 e 2020). 

Renato Gaúcho também é o técnico que mais vezes comandou a equipe do Grêmio e essa distância segue crescendo, já que ele ainda está à frente do Tricolor.

Concorda com a nossa lista de maiores jogadores da história do Grêmio? Ficou faltando alguém? Comente!

E aproveite para conferir os top 10 de maiores jogadores de outros clubes brasileiros:

*Última atualização em 17 de dezembro de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin