Conheça as melhores atletas do surf feminino e saiba quem são as surfistas que competem para valer pelo título do Circuito Mundial

Para quem gosta de surf, os nomes de Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Kelly Slater são bastante conhecidos. Mas você é capaz de dizer quem são as melhores surfistas do mundo na atualidade?

É a hora de conhecermos as grandes atletas do surf feminino!

Listamos as 10 melhores surfistas do mundo atualmente. É sua chance de saber quem são as mulheres que brigam para valer pelo título do Circuito Mundial.

Antes de partimos para a lista, uma explicação: focamos aqui nas surfistas que competem no WCT. Por isso, a relação não conta com os grandes nomes do surf de ondas gigantes, como a brasileira Maya Gabeira.

Agora sim, conheça as melhores surfistas do mundo!

As 10 melhores surfistas do mundo

  • Carissa Moore
  • Stephanie Gilmore
  • Caroline Marks
  • Lakey Peterson
  • Sally Fitzgibbons
  • Tatiana Weston-Webb
  • Tyler Wright
  • Courtney Conlogue
  • Johanne Defay
  • Malia Manuel

Carissa Moore

Carissa Moore melhor surfista do mundo
Em 2019, Carissa Moore se tornou tetracampeã mundial de surf
  • País: Estados Unidos (representa o Havaí na WSL)
  • Melhor colocação na WSL: 4 títulos (2011, 2013, 2015 e 2019)

Em 2019, a havaiana Carissa Moore se tornou tetracampeã mundial de surf. Em oito das 10 etapas do circuito mundial, ela chegou ao menos às semifinais, pavimentando o caminho para mais um título.

Carissa Moore já havia sido campeã em 2011, 2013 e 2015. No WCT desde 2010, tem também cinco terceiros lugares.

Ela será uma das representantes dos Estados Unidos na primeira competição de surf dos Jogos Olímpicos, em Tóquio.

Stephanie Gilmore

Stpehanie Gilmore melhor surfista da história
Uma das melhores surfistas da história, Stephanie Gilmore é heptacampeã mundial
  • País: Austrália
  • Melhor colocação na WSL: 7 títulos (2007, 2008, 2009, 2010, 2012, 2014 e 2018)

A australiana Stephanie Gilmore é a maior campeã da história do Circuito Mundial feminino, ao lado de Laney Beachley. Ela e sua compatriota são as únicas surfistas a terem conquistado sete títulos.

Gilmore foi tetracampeã de forma consecutiva entre 2007 e 2010. Nos quatro anos seguintes, também levou o título em 2012 e 2014.

O sétimo título mundial da australiana veio em 2018, quando ela superou a concorrência da norte-americana Lakey Peterson e da havaiana Carissa Moore.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Stephanie Gilmore será uma das representantes da Austrália.

Caroline Marks

Caroline Marks as melhores surfistas do mundo
Caroline Marks completou 18 anos em 2020 e já tem um vice-campeonato mundial no currículo
  • País: Estados Unidos
  • Melhor colocação na WSL: 2º lugar em 2019

Caroline Marks foi a surfista mais jovem em toda a história do WCT. Nascida em 2002, ela estreou na elite do surf mundial em 2018 e terminou a temporada na sétima colocação, conquistando o prêmio de novata do ano.

Já em sua segunda temporada, a norte-americana mostrou que é capaz de brigar por títulos e foi vice-campeã mundial, atrás apenas de Carissa Moore.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Caroline Marks será uma das representantes dos Estados Unidos.

Lakey Peterson

Lakey Peterson as melhores surfistas do mundo
Lakey Peterson foi vice-campeã mundial em 2018 e terceira colocada em 2019
  • País: Estados Unidos
  • Melhor colocação na WSL: 2º lugar em 2018

Lakey Peterson estreou na elite do surf mundial em 2012, quando foi eleita a melhor novata. Nos anos seguintes, ela não foi protagonista da WSL. Porém, em 2018, essa história mudou.

A norte-americana foi vice-campeã mundial em 2018 e ficou com o terceiro lugar na temporada 2019.

As boas campanhas, entretanto, não foram suficientes para classificá-la para a Olimpíada de Tóquio. São apenas duas vagas por país e Carissa Moore e Caroline Marks representarão os Estados Unidos.

Sally Fitzgibbons

Sally Fitzgibbons as melhores surfistas do mundo na atualidade
A australian Sally Fitzgibbon foi vice-campeã mundial três vezes
  • País: Austrália
  • Melhor colocação na WSL: 2º lugar em 2010, 2011 e 2012

Sally Fitzgibbons ainda não conquistou seu primeiro título mundial, mas já mostrou que é uma das melhores surfistas do mundo. Em 2010, 2011 e 2012, ela foi vice-campeã.

Já em 2013, 2015 e 2015, Fitzgibbons foi a terceira colocada na disputa feminina da WSL.

Com o quinto lugar em 2019, ela conquistou uma das duas vagas da Austrália para a disputa da Olimpíada de Tóquio. 

Vá além do Surf! Confira também:

Tatiana Weston-Webb

Tatiana Weston-Webb
Tatiana está garantida como uma das representantes do Brasil na Olimpíada de Tóquio
  • País: Brasil
  • Melhor colocação na WSL: 4º lugar em 2016 e 2018

Filha de mãe brasileira e pai inglês, Tatiana Weston-Webb mudou-se para o Havaí com a família com apenas duas semanas de vida. Com dupla nacionalidade, decidiu, em 2018, que competiria pelo Brasil. 

Sexta colocada no WCT (Circuito Mundial de Surf) em 2019, ela conquistou o direito de representar o país na Olimpíada de Tóquio.

A surfista gaúcha faz parte da elite do surf mundial desde 2015, depois de ser bicampeã do Campeonato Mundial Júnior da International Surfing Association (ISA).

Na sua primeira temporada na World Surf League (WSL), ela recebeu o prêmio de Rookie of the Year, ou Novata do Ano. Desde então, Tatiana sempre se manteve no Top 10 da WSL. Em 2016 e 2018, ela ficou em quarto lugar.

Tyler Wright

Tyler Wright as melhores surfistas do mundo
Tyler Wright foi bicampeã mundial de surf em 2016 e 2017
  • País: Austrália
  • Melhor colocação na WSL: 2 títulos (2016 e 2017)

Para quem olhar apenas a classificação da WSL em 2019, a presença de Tyler Wright entre as melhores surfistas do mundo será surpreendente. Afinal, ela ficou apenas em 18º lugar. Mas isso tem uma explicação.

Tyler Wright se recuperava de uma grave gripe que a afastou das competições por 12 meses e disputou apenas a última etapa de 2019. Em Maui, ela ficou em segundo lugar. 

A doença viral foi responsável pela pausa em uma carreira que estava em franca ascensão. Wright havia sido bicampeã mundial em 2016 e 2017, depois de excelentes campanhas nos anos anteriores.

Aos 14 anos, competindo como wild card, Tyler Wright foi a surfista mais jovem em toda a história a vencer uma etapa do WCT. Sua estreia oficial na elite do surf aconteceu três anos depois, em 2011.

Depois de ser quarta colocada nas suas duas primeiras temporadas, a australiana foi vice-campeã mundial em 2013 e 2014. Já em 2015, ela ficou em quinto lugar, antes de alcançar seu bicampeonato. 

Tyler é irmã de Owen Wright, um dos melhores surfistas do mundo na atualidade.

Courtney Conlogue

Courtney Conlogue as melhores surfistas do mundo
Courtney Conlogue sempre esteve no top 10 do surf feminino desde 2011
  • País: Estados Unidos
  • Melhor colocação na WSL: 2º lugar em 2015 e 2016

Courtney Conlogue parece ter um lugar cativo entre as 10 melhores surfistas do mundo. Desde 2011, a norte-americana sempre se manteve no Top 10 da WSL.

Em 2015 e 2016, Conlogue foi vice-campeã mundial. Já em 2017, ficou no quarto lugar.

A temporada de 2018 da norte-americana foi atrapalhada por uma lesão no pé, que a afastou de quatro etapas. Ela ainda venceu outras duas e foi oitava colocada. 

Em 2019, ficou em sétimo lugar.

Johanne Defay

Johanne Defay as melhores surfistas do mundo
Johanne Defay é a melhor surfista europeia na atualidade
  • País: França
  • Melhor colocação na WSL: 5º lugar em 2016 e 2018

Basta olharmos as nacionalidades das demais atletas desta lista para chegarmos a uma conclusão: Johanne Defay é a melhor surfista europeia da atualidade.

A francesa ainda não entrou, efetivamente, na disputa pelo título mundial. Sua melhor colocação no WCT foi o quinto lugar em 2016, repetido em 2018.

Na Olimpíada de Tóquio, Johanne Defay será representante da França.

Malia Manuel

Malia Manuel
Malia Manuel foi a nona colocada no Mundial de Surf de 2019
  • País: Estados Unidos (representa o Havaí na WSL)
  • Melhor colocação na WSL: 5º lugar em 2014

Malia Manuel está na elite do surf mundial desde 2012, quando foi eleita a melhor novata do ano ao terminar a temporada em sexto lugar. 

A melhor temporada da havaiana foi em 2014, com a quinta colocação.

Nas temporadas seguintes, Malia Manuel ficou distante da briga pelo título. Em 2019, ela encerrou o ano como a nona melhor do mundo, tendo ido à semifinal em três etapas, com o vice-campeonato de uma delas.

Com Malia Manuel, encerramos nossa lista das 10 melhores surfistas do mundo na atualidade. Lembramos que a relação inclui apenas as atletas que disputam o WCT e não cita as especialistas em ondas gigantes, como a brasileira Maya Gabeira.

Outra brasileira que merece ser lembrada por aqui é Silvana Lima. Em 2019, ela foi a 12ª colocada no WCT. A melhor colocação de sua carreira até aqui foi o quarto lugar em 2010.

Na Olimpíada de Tóquio, Silvana Lima será uma das representantes do Brasil, ao lado de Tatiana Weston-Webb. Na disputa masculina, as vagas brasileiras ficaram com Ítalo Ferreira e Gabriel Medina.

Enquanto aguardamos pelas próximas exibições das brasileiras em duelos com as melhores surfistas do mundo, aproveite para aumentar seu conhecimento sobre surf:

*Última atualização em 29 de março de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin