O que é swell, haole e big rider? Veja o glossário com as gírias do surf e os principais termos e expressões usados pelos surfistas

O que é um swell, haole e um big rider?

Há uma infinidade de gírias do surf que quem não participa desse mundo pode ter dificuldades para entender.

Se você quer saber o significado dos termos usados pelos surfistas, está no lugar certo!

Preparamos um dicionário com as principais expressões e gírias do surf, para você acompanhar as competições ou pegar ondas sem medo de não entender a linguagem dos surfistas.

Venha com a gente! 

Principais gírias do surf

  • Aéreo
  • Aloha
  • Arrebentação
  • Back-Paddling
  • Backside
  • Backside Tail Slide
  • Bancada
  • Banco de Areia
  • Bateria ou Heat
  • Batida
  • Big rider
  • Bomba ou Morra
  • Board
  • Bodyboard 
  • Bottom turn
  • Cavada
  • Clássico
  • Crowd
  • Cut Back
  • Deck
  • Direita
  • Drop
  • Esquerda
  • Flat
  • Floater
  • Foam
  • Free Surfer
  • Frontside
  • Goofy
  • Grab Rail
  • Haole
  • Inside
  • John
  • Lay Day
  • Leash
  • Lip
  • Line up
  • Locais
  • Longboard
  • Lycra
  • Mahal
  • Maral
  • Marola ou Merreca 
  • Noseride
  • Offshore
  • Onshore
  • Outline
  • Outside
  • Pad
  • Parede
  • Period
  • Peak
  • Pico
  • Prioridade
  • Quatro End
  • Rabear
  • Rabeta
  • Rail
  • Rasgada
  • Reef
  • Regular
  • Remada
  • Série
  • Shaper
  • Shortboard
  • Shorebreak
  • Sideshore
  • Single End
  • Storm ou Mexido
  • Strep ou leash
  • Swell
  • Tail 
  • Tail slide
  • Take off
  • Terral
  • Thruster end
  • Tomar na cabeça
  • Town-in
  • Tubo
  • Twin end
  • Vaca ou Caldo
  • Wild Card

Aéreo 

Manobras aéreo no surf

O aéreo é uma das principais manobras do surf. Ele tem diferentes variações, mas é nada menos do que um voo sobre a onda. 

Para executá-lo, o surfista deve usar a onda como um trampolim, pular sobre a crista e fazer um movimento no ar para completar a manobra com uma aterrissagem em pé (para valer a pontuação), continuando na onda. 

Existem diversas variações de aéreo, dependendo da habilidade do surfista para se movimentar com a prancha enquanto estiver no ar. 

Aloha 

Mais do que uma gíria de surf, Aloha é uma palavra da língua havaiana que pode ser usada como saudação ou despedida.

Arrebentação

A zona de arrebentação é onde as ondas normalmente quebram. O surfista deve ficar atento ao posicionamento para pegar as ondas antes de elas quebrarem;.Backdoor

Entrar em um tubo pela parte contrária do pico. Também chamada de à “direita de Pipeline”.

Back-Paddling

Back-paddling ou snaking é roubar uma onda do outro surfista remando por trás dele, “serpenteando”, para conseguir a melhor posição.

Backside

Quando o surfista desce a onda de costas para a parede. Ou seja, sendo regular, é quando ele pega uma onda para a esquerda. Sendo goofy, é quando ele pega a onda para a direita.

Backside Tail Slide

Deslizar o tail ou a cauda da prancha de surf sobre a parte superior da onda;

Bancada

Bancada é a composição do fundo do mar em determinado local. Pode ser de areia, pedra ou coral.

Banco de Areia

Formação de areia que faz a onda quebrar ou um bloco mais raso que o seu entorno.

Bateria ou Heat

Nas competições, baterias ou heats são o período em que os surfistas entram no mar para as disputas entre si.

Batida

As batidas são manobras muito usadas no surf e podem valer muitos pontos. Para executá-la, o surfista bate com a parte de baixo da prancha no lip (crista da onda). 

A execução da batida do lip depende de um ganho de velocidade na parte de baixo da onda. Assim, o surfista deve subir jogando praticamente toda a parte da frente da prancha para fora da onda antes de girar o corpo e direcionar a rabeta para a frente.

Big Rider

Big riders são os surfistas de ondas gigantes. Alguns brasileiros estão entre os melhores do mundo nessa categoria, como Carlos Burle e Maya Gabeira.

Bomba ou Morra

Nas gírias do surf, bomba e morra significam ondas que os big riders surfam, com mais de 4 metros de altura. Também são palavras usadas para se referir a uma onda não tão alta, mas muito grande em comparação com as demais ondas de uma série.

Board

Termo traduzido do inglês para se referir ao quadro (surf);

Bodyboard

Prancha que se desce a onda deitado;

Bottom turn

O bottom-turn, ou volta interior, é uma manobra que costuma ser feita no início da onda logo após a decolagem. É uma curva para baixo da onda para voltar à crista.

Cavada

Cavada é uma das manobras de surf. Nela, o surfista faz uma curva na base da onda para ganhar velocidade para ir na direção da crista.

Clássico

Quando um pico apresenta suas melhores condições de vento, ondulação e fundo. 

Crowd

A palavra crowd significa multidão. 

Quando um pico tem muitos surfistas em busca de uma onda, é comum que eles digam que está “crowdeado”;

Cut back

Cut back manobra de surf

O cut back é uma manobra em que o surfista volta na direção contrária da onda e depois regressa na direção normal. É uma manobra com um movimento de corte quando a onda perde energia.

Essa era uma das manobras mais importantes do surf no período em que o peso da prancha ainda dificultava a execução da rasgada ou de aéreos.

Na sua execução, o surfista deve definir corretamente o momento de início e fim do movimento para não ser apanhado pela onda. 

A técnica do cut back envolve fases de backside e frontside, além de uma boa noção de tempo e espaço.

Deck

Deck é a borracha que algumas pessoas colam em cima da rabeta da prancha para colocar o pé de trás.

Direita

Onda que quebra para a direita. Para pegá-la, o surfista deve se direcionar para a direita depois do drop.

Drop

Drop é o mesmo que pegar a onda. Se o surfista pega a onda, ele “dropou”.

Esquerda

Onda que quebra para a esquerda. Para pegá-la, o surfista deve se direcionar para a esquerda depois do drop.

Flat

Você sabe o que significa dizer que o mar está flat? Flat é o mesmo que plano. Portanto, quer dizer que o mar está “plano ou liso”, sem ondas, como em um lago

Floater

Floater manobra de surf

Floater é uma das manobras de surf. Quando a onda começa a se fechar, o surfista desliza sobre a espuma e volta para a onda. É um movimento similar às manobras do skate sobre corrimãos de escadas. 

Plasticamente, o floater é uma das manobras mais bonitas do surf.

Foam

Foam é a matéria-prima que usada no núcleo da prancha de surf.

Free Surfer

É o surfista que pratica o esporte apenas pelo prazer e não gosta de competir. Geralmente, viaja em busca de boas ondas.

Frontside

Quando o surfista desce a onda de frente para a parede.

Goofy

O surfista é goofy é aquele que surfa com o pé direito na frente. Essa gíria de surf é usada também no skate.

Grab Rail

Grab rail é uma das manobras do surf. Para executá-la, o surfista deve colocar a mão na borda da prancha para fazer um backside, em um movimento com as costas voltadas para a parede da onda.

Vá além do mundo do Surf! Confira também:

Haole

Haole é como os surfistas chamam os estrangeiros ou quem não é daquele pico, mas vem de fora para surfar ali.

Inside

O interior é a última seção da onda, a que quebra mais perto da faixa de areia.

John

No surf, John é a roupa de neopreme (borracha) usada pelos surfistas nos dias de frio;

Lay Day

Lay Day é o dia em que o mart está flat, ou seja, sem ondas. Esse termo é muito usado quando a bateria de uma competição precisa ser adiada por causa das condições do mar.

Leash

Leash é a corda de segurança que liga o surfista a sua prancha, para evitar perdê-la em caso de queda. Pode ser de diferentes comprimentos e diâmetros.

Lip

Lip é a crista da onda, a parte mais alta que cai quando a onda se rompe. Quanto mais espessa ela for, mais forte será a onda.

Line up

Line up é o mesmo que alinhamento. No surf, é onde os surfistas esperam sua vez para pegar uma onda.

Locais

Nas gírias dos surfistas, locais são os nativos de um pico, as pessoas que têm o costume de surfar naquele local por morarem perto.

Longboard

Prancha de surf longboard

A longboard é uma prancha grande, com no mínimo 9 pés de comprimento. Ela tem um bico redondo e um outline retilíneo, também tem um volume elevado, o que facilita a flutuação e a remada. 

Lycra

Lycra é a roupa de surf flexível para os dias de água menos fria.

Mahalo

Mahalo se pronuncia Marrálo. Na língua havaiana, essa palavra significa “obrigado”.

Maral

Maral é o vento que sopra do mar em direção à terra. Nessa condições, o mar fica “mexido” e as ondas quebram mais rápido.

Marola ou Merreca

Nas gírias do surf, marola ou merreca é o mar muito pequeno, mas com alguma condição de surf.

Noseride

Noseride ou noseriding é uma manobra como em longboard. Acontece quando um surfista desliza na onda, tendo os pés na frente da prancha.

Offshore

Um vento é chamado de “offshore” (também chamado de vento da terra), quando sopra do solo em direção ao mar. 

Onshore

Um vento é chamado “onshore” (também chamado de vento do mar), quando sopra do mar para o chão. Essa circunstância é menos favorável para o surf.

Outline

Outline corresponde à silhueta de uma prancha de surf, vista de cima, e determina seu comportamento na onda. Combina comprimento, largura, posicionamento do ponto largo e a forma da cauda. Assim, determina os principais tipos de pranchas de surf.

Outside

Outside ou exterior se refere à primeira seção da onda, que geralmente se divide no fundo.

Pad

O pad adere à parte de trás da prancha, para evitar que o surfista escorregue.

Parede

Quando a onda se forma, há uma parede entre a superfície do mar e a crista da onda.

Period

O período é o tempo que separa duas ondas consecutivas. Quanto maior ele for, mais as ondas serão mais fortes e rápidas.

Peak

É uma ótima área para pegar a onda, normalmente, onde a inclinação é mais íngreme.

Pico

O pico de surf é o ponto em uma praia favorável à prática do surf.

Prioridade

Prioridade é uma das principais questões a serem observadas nas regras do surf

O surfista com prioridade tem o direito incondicional de pegar qualquer onda que escolher.

Na WSL, assim como nos principais campeonatos, outros surfistas na bateria podem remar e pegar a mesma onda, mas apenas se não atrapalharem o potencial de pontuação de um surfista com prioridade. 

Um surfista perde a prioridade quando pega uma onda e/ou um surfista rema, mas perde uma onda. 

Se dois ou mais surfistas pegarem uma onda, o primeiro surfista a chegar à zona de decolagem terá prioridade.

Quatro end

Quatro end é a prancha de surf com 4 quilhas.

Rabear

Rabear é visto como uma trapaça no surf. Essa situação acontece quando um surfista já está na onda, descendo a parede, e outro surfista dropa na frente dele, impossibilitando que o primeiro continue na onda.

Essa ação aconteceu com Gabriel Medina na última etapa da WSL em 2019, ao “rabear”, propositalmente, uma onda de Caio Ibelli. 

Rabeta

Rabeta é a parte de trás, ou rabo, da prancha.

Rail

Rail é o mesmo que trilho.

No surf, os trilhos são os lados da prancha e têm um papel crucial, porque determinam a flutuabilidade e a capacidade de manobra de uma prancha.

Rasgada

Manobra de rasgada no surf

Rasgada é uma manobra de surf. Nela, o surfista faz um movimento brusco de descida logo depois de subir na onda. Para isso, joga a rabeta, ou parte de trás da prancha, para a frente e vira o corpo na direção da onda, forçando o pé de trás para espirrar o máximo de água possível. 

Essa é uma das manobras mais comuns em campeonatos, pois gera boa pontuação e não tem grau de dificuldade tão elevado quanto um aéreo.

Reef

Reef é onde acontece a quebra das ondas. Pode ser uma bancada de coral, pedra ou areia.

Regular

O surfista regular é aquele que surfa com o pé esquerdo na frente, ao contrário do goofy, que usa o pé direito na frente.

Remada

A remada é o movimento de braçadas alternadas que o surfista faz para se locomover quando está deitado na prancha.

Série

No surf, série é uma sequência de ondas que surgem no mar.

Shaper

Shaper é o profissional que desenha e fabrica as pranchas de surf.

Shortboard

Prancha de surf shotboard

Shortboards são pranchas desenhadas para realizar manobras rápidas. Com design considerado mais evoluído, são pranchas versáteis adequadas para todas as condições de ondas, pois oferecem um bom equilíbrio entre velocidade e manobrabilidade. 

Quer saber para quem ela é indicada? A Shortboard é o tipo de prancha de surf mais técnico, o que exige um nível médio de surf para poder usufruir de todas as suas possibilidades. 

Embora ofereça maior margem de manobra, ela é instável e tem menor índice de flutuação. Por isso, não é um tipo de prancha recomendado para iniciantes.

O comprimento da shortboard é de 5 a 6,5 pés, com um bico pontudo e baixo volume. 

Shorebreak

O shorebreak é uma referência às ondas quebrando na praia. Pode ser muito violento e não é recomendável para iniciantes no surf.

Sideshore

Vento paralelo à praia.

Single end

Single end é uma prancha de surf com um único desvio, configuração mais comum em longboards.

Storm ou Mexido

Os surfistas dizem que o mar está mexido quando há muito vento, com formação muito irregular de ondas e quebras aleatórias. Essa situação também é definida nas gírias do surf como storm, que significa tempestade.

Strep ou Leash

É a cordinha que prende o tornozelo do surfista a prancha.

Swell

O que é um swell? É o movimento do oceano formando ondas. Acontece a partir de tempestades no oceano.

Tail

Tail, ou rabo, é a parte de trás da prancha. Pode ter diferentes formas.

Tail Slide

Tail slide é a manobra em que o surfista derrapa a rabeta da prancha.

Take off

Nas gírias do surf, take off significa é a manobra básica de pegar a onda e levantar-se.

Terral

Terral é quando o vento sopra da terra para o mar.

Thruster end

Prancha de surf com três quilhas, mais comum em shortboards, evolutivas e mini malibu.

Tomar na Cabeça

Essa é uma das gírias de surf que todos preferem que não se transforme em realidade. Afinal, quando o surfista está no meio de uma série de ondas e fica impossibilitado de remar, ele “toma na cabeça” várias ondas em sequência.

Tow-In

Tow-in é a prática de surf que envolve o uso de jet-ski. O piloto do jet-ski puxa o surfista por uma corda e entra na onda para colocá-lo já em pé no drop dentro da onda. É comum para o surf de ondas gigantes.

Tubo

Tubo no surf

No tubo, o surfista fica fica completamente dentro da onda. É preciso ter o domínio certo para não acelerar e ficar à frente do tubo, nem ser lento demais e acabar engolido pela onda. 

Para diminuir a velocidade, o surfista pode colocar a mão na onda ou pôr mais pressão no pé de trás. Já para acelerar, o peso deve ser direcionado para a frente, buscando um movimento de zigue-zague dentro da onda.

Twin end

Prancha de surf com duas quilhas, comum em pranchas fish.

Vaca, Caldo ou Wipe Out

Nas gírias do surf, a vaca ou o caldo no surf é o ato cair da onda por falta de equilíbrio ou durante uma manobra.

Wax

Wax é a cera ou parafina usada antes de cada sessão no topo da prancha, para evitar que o surfista escorregue.

Wildcard

Como nos demais esportes, wildcard é o competidor que não está automaticamente classificado para uma disputa, mas participa por convite.

Sentiu falta de alguma gíria de surf na nossa lista? Conte para a gente nos comentários!

Agora que você já conhece os principais termos e as expressões mais usadas pelos surfistas, aproveite para aumentar seu conhecimento sobre o esporte:

*Última atualização em 24 de fevereiro de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin