fbpx
Conheça os nomes das principais manobras de skate e aprenda como executar das mais fáceis às mais difíceis em vídeos

Quais são suas manobras de skate favoritas? 

Todo mundo que curte skate tem aquela predileta. Pode ser uma manobra simples e bem feita ou uma muito difícil, que poucos conseguem fazer.

A cada ano, o skate se torna um esporte mais técnico e competitivo. E, assim, as manobras vão se tornando cada vez mais impressionantes.

Desde 28 de julho de 1999, quando Tony Hawk acertou o primeiro 900 do skate vertical e assombrou o mundo, mais homens e mulheres estão revolucionando o skate.

Fique com a gente para conferir as principais manobras de skate e entender como elas são feitas!

Principais manobras de skate

  • Ollie
  • Ollie North
  • Nollie
  • Fakie ollie
  • Ollie-Flip ou kickflip
  • Ollie-Heel ou heelflip
  • Pop shove-it
  • Bigspin
  • Frontside ollie
  • 360º ollie
  • Varial-flip
  • Varial-heel
  • 360 flip/tre-flip
  • Inward heelflip
  • Frontside-flip
  • Backside-flip
  • Frontside heelflip
  • Backside heelflip
  • Finger-flip
  • Casper flip
  • Impossible
  • Hardflip
  • Manual
  • 50-50
  • 5-0
  • Nose grind
  • Smith grind
  • Feeble grind
  • Salad grind
  • Crooked grind
  • Over crooked
  • Boardslide
  • Lipslide
  • Noseslide
  • Tailslide
  • Bluntslide
  • Nosebluntslide
  • Darkslide
  • Melon
  • Indi
  • Nose grab
  • Tail grab
  • Airwalk grab
  • Rocket air grab 
  • Benihana grab

Todas as manobras de skate são variações de ollies e shove-it. O grau de dificuldade aumenta com a adição de mais movimentos e a criação de combos. 

Com a observação correta dos movimentos e, principalmente, muito treino, as manobras mais fáceis podem ser praticadas por qualquer skatista, independentemente se for goofy (pé direito à frente) ou regular (pé esquerdo à frente).

Entre os tipos de manobras de skate, há os grabs e os grinds.  

Os grabs são feitos quando o skatista dá um ollie e depois segura o skate em qualquer lugar do shape. Esse tipo de manobra é mais usado no vertical.

Já os grinds são manobras feitas pelo skatista em curbs (muros, parapeitos) e em corrimões quadrados ou cilíndricos de rampas e escadas. Podem ser executados de diferentes maneiras e com diferentes partes do skate.

Listamos, a seguir, algumas das principais manobras de skate. A relação conta com as manobras mais fáceis, mas também tem algumas das consideradas mais difíceis.

Se liga nos nomes das manobras e nas explicações, para entender como fazer cada uma delas!

Ollie

Manobra básica do skate, o ollie recebeu esse nome por causa do apelido de Alan “Ollie” Gelfand, o norte-americano que inventou o pulo de skate em transições e piscinas da Califórnia. Mais tarde, Rodney Mullen tornou-se o primeiro skatista a acertar um ollie no chão, sem apoio de uma rampa. 

O Ollie consiste em bater no tail até que ele toque no chão e saltar para frente mantendo o pé dianteiro colado ao shape, dando um chute no shape. 

Para mandar ollies cada vez mais altos, é necessário força e agilidade, sincronizando os movimentos.

Ollie North

Nesta manobra, o skatista dá um ollie seguro e retira o pé da frente, puxando-o com mais força.

Nollie

O nollie é uma variação do ollie. São os mesmos movimentos, mas, em vez de levar a parte de trás ao chão, com o pé da frente é levado o nose a bater no chão. O movimento de chute é feito com o pé de trás. 

O nollie não é uma manobra de skate tão fácil quanto o ollie porque exige uma troca de pés.

Fakie ollie 

O Fakie Ollie é feito com os pés na mesma ordem que o ollie, mas indo de costas para frente. 

O pé que normalmente é usado para bater o ollie é usado no nose puxando um ollie ao contrário.

Ollie Flip ou Kickflip

Conhecida como ollie-flip ou kickflip, esta manobra feita com uma variação do ollie. Em vez de o skate com o todo o pé, a rotação será feita pelo pé da frente puxando para um dos cantos do nose no seu eixo longitudinal. 

Há uma variação dessa manobra chamada double flip, em que são dados dois flips.

Ollie Heel ou heelflip

Esta manobra de skate é mais uma variação de flip, também conhecida como heelflip.

O pé de trás funciona da mesma maneira que no flip e no ollie, mas no pé da frente é usado o calcanhar na extremidade do nose. 

Esta manobra pode ser executada com duas rotações. Nesse caso, ela é chamada de double heelflip.

Pop shove-it 

Esta manobra é executada puxando o pé não para cima, mas para a frente. 

É a primeira manobra de rotação de 180º. Enquanto o pé da frente é chutado para a frente, o pé de trás é chutado para trás em total sintonia, fazendo com que o skate rode 180º por baixo do skater. 

O pop shove-it pode ser executado não só em 180º, mas também variações de 360º e 720º, em frontside e backside.

Bigspin 

Bigspin é uma variação de pop shove-it. O skatista puxa um 360º pop shove-it e gira o corpo em 180º. 

Esta manobra é feita em nollie, fakie, frontside e backside.

Frontside ollie 

O frontside ollie é quando o skatista gira o skate para as costas, rodando também o corpo.

Esta manobra de skate também pode ser executada em ollie e nollie. 

Backside ollie 

Nesta manobra, o skate e o corpo, em vez de girarem na direção das costas, vão para dentro 

A manobra também pode ser executada em nollie e em fakie.

360º ollie 

Esta manobra é realizada quando, em frontside ou backside, o skate, em vez de girar 180º, gira 360º. 

O 360º ollie é uma manobra complicada, já que é necessário bom domínio em 180º frontside e backside.

Aqui, o pé mais importante será o da frente, para impulsionar o skate a girar mais do que o normal.

Em vertical, devido ao balanço, é possível dar mais rotação, como no 900º (duas voltas e meia em torno do próprio eixo) inventado pela lenda Tony Hawk.

Relembrar é viver! Curta o 900 do Tony Hawk:


Você ama outros esportes além do Skate? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Varial flip 

Esta manobra é a primeira e mais fácil junção entre um flip e um pop shove-it. Para executá-la, é necessário dominar bem ambas as manobras.

O pé de trás será lançado para trás depois de bater o pop, enquanto o pé da frente puxa um flip com um ligeiro movimento para a frente, ajudando na rotação completa do pop shove-it.

Varial heel 

O varial heel é uma manobra semelhante ao varial flip, mas com a diferença de ser executado um frontside pop shove-it e um heelflip.

É uma manobra mais complicada, já que, para executar o front pop, é preciso dar um pequeno salto para as costas, puxando um heelflip. 

O movimento do pé de trás será puxar o shape para as costas, enquanto o movimento do pé da frente é puxar um heelflip ao mesmo tempo que se deixa ir de costas.

A manobra também pode ser executada em fakie e nollie.

360 flip/tre-flip 

O 360 flip é uma combinação de um 360º pop shove-it com um flip. 

Ao contrário do varial, que gira apenas 180º, aqui o skatista gira 360º. 

O 360 é uma das manobras difíceis do skate e demanda treino para ser executada com precisão.

Inward heelflip 

O inward heelflip também é uma manobra difícil. Para executá-la, o skatista deve bater um backside pop shove-it e puxar um heelflip ao mesmo tempo. 

Para que a manobra seja feita com sucesso, é preciso agilidade do pé da frente.

Quando é executada rodando um 360 shove-it, a manobra é chamada de 360º inward heel.

Frontside flip 

Esta manobra é uma das mais complexas e difíceis de executar no skate, já que é necessário bater um frontside e puxar um flip. Uma dica para é deixar que o skate rode entre as pernas. 

Para executar perfeitamente um frontside flip, o skatista deverá puxar um flip e, depois, um frontside.

O corpo também girar, ao contrário do varial flip, em que apenas o skate gira e o corpo permanece na mesma posição.

Essa manobra também pode ser executada tanto em fakie como em nollie.

Backside flip 

No backside flip, o skatista tem de juntar um backside, ou seja uma rotação do shape e do corpo para dentro, com um flip. 

Essa adição de um flip ao backside faz com que essa seja uma das manobras difíceis do skate. É preciso muito treino para executá-la com perfeição. 

Frontside heelflip 

O frontside heelflip é considerada uma manobra complicada. Para executá-la, o skate deve girar para o lado contrário ao em que é feito o heelflip. O skatista terá de apanhar o skate no ponto certo. 

Assim como o front flip, no front heel, primeiro deve ser executado o heel e, depois, o frontside.

A manobra também pode ser feita em nollie e fakie.

Backside heelflip 

O backside heelflip é semelhante ao backside flip. A diferença é que deve ser puxado um heel, e não um flip.

Finger flip

O finger flip é feito com a rotação em flip ou ou heelflip por meio não dos pés, mas dos dedos, puxando cada flip para o seu respectivo lado.

Casper flip 

O casper flip é a manobra feita quando o shape faz uma rotação de flip e volta para trás, fazendo um backside pop shove-it apenas com o pé da frente.

Essa manobra pode ser feita também em nollie e fakie.

Impossible

Como o nome indica, o impossible é uma das manobras mais difíceis do skate.

Em vez de girar na horizontal, o skate irá girar na vertical, através de um impulso muito forte feito no tail para a frente. 

O pé da frente deverá ser retirado do skate quanto bater o pop e empurrar para a frente.

Também pode ser feita em nollie e fakie.

Hardflip 

No hardflip, assim como no impossible, o skate gira na vertical. Mas, aqui a diferença é que ele é puxado com um flip.

É preciso atenção no movimento para que o skatista não se machuque com o movimento de rotação vertical do shape.

Manual 

No manual, o skatista usa apenas as rodas de trás para se deslocar. Portanto, é preciso equilíbrio. 

Quando a manobra é feita com as rodas da frente, é chamada de nose manual.


Vá além do mundo do Skate! Confira também nossos outros conteúdos:

50-50 

Entre os grinds, o 50-50 é o mais fácil e o primeiro a ser ensinado. A manobra consiste em aterrissar em cima de um corrimão ou curb apenas com os trucks. 

Pode ser realizado um backside e frontside, em nollie e fakie.

5-0 

Para executar este grind, é preciso dominar bem a manobra ollie para manual, já que a manobra é feita apoiando apenas o truck de trás no curb ou corrimão. 

Também pode ser executado um backside e frontside, em nollie e fakie.

Nose grind 

Para fazer um nose grind, o skatista tem dominar bem o ollie para nose manual, pois a manobra é feita através do apoio apenas do truck da frente no rail.

Smith grind 

No smith grind, o skate é apoiado no rail com o truck de trás, mas também com o nose inclinado para o lado de dentro do rail sem tocar no corrimão.

Feeble grind 

Este grind é feito quando o skatista, assim como no smith, apoia apenas o truck de trás no rail. Mas, no feeble grind, o nose fica virado para fora do rail.

Salad grind 

No salad grind, o skatista utiliza apenas o truck de trás para apoio no corrimão. O nose do skate fica para fora do corrimão, mas levantado, e não baixo como no smith e no feeble.

Crooked grind 

Diferentemente do smith, do feable e do salad, este grind é feito com o truck da frente com o tail virado para dentro do corrimão.

Over crooked 

Esta manobra é semelhante ao crooked, mas com a pequena diferença de que o tail ficará para o lado de fora do rail.

Boardslide 

Este grind é feito com o centro do shape.

Também pode ser executado um backside e frontside, em nollie e fakie.

Lipslide 

O lipslide é feito quando se entra no rail da mesma forma que no boardslide, mas do lado de fora do rail.

Noseslide 

O noseslide é um grind feito com o nose apoiado no rail, podendo ser em nollie e fakie, backside ou frontside.

Tailslide 

Este grind é uma manobra feita apenas com o tail apoiado no rail.

A manobra pode ser feita em frontside e backside.

Bluntslide 

O bluntslide é um dos grinds mais difíceis e perigosos.

A manobra é feita quando o skatista encaixa no rail apenas com o tail, mas verticalmente em relação ao eixo do corrimão.

Nose bluntslide 

Considerado o grin mais difícil entre todas as manobras do skate, o nosebluntslide é similar ao bluntslide. A diferença é que ele deve ser feito com o nose.

Darkslide 

No darkslide, o shape é colocado no rail como o boardslide, mas com a lixa em contato com o rail. Ou seja, o shape fica virado ao contrário.

Melon 

Neste grab, o skatista, depois de puxar o ollie, se agacha e agarra a parte central do skate com a mão de trás.

Indi 

No indi, o skatista puxa um ollie e agarra a parte central do shape, mas com a mão de trás.

Nose grab 

Esta á a manobra feita quando o skatista, com a mão da frente, agarra no nose do skate.

Tail grab 

O tail grab é a manobra executada quando o skatista puxa um ollie e agarra a o tail com a mão de trás.

Airwalk grab 

Esta manobra consiste em saltar e agarrar o skate no nose, enquanto que o corpo fará um movimento de uma pedalada no ar.

Rocket air grab 

No rocket air grab, as duas mãos agarram no nose, enquanto os dois pés ficam no tail.

Benihana grab 

Neste grab, a mão de trás agarra o tail, enquanto o pé da frente se estica para a frente e o pé de trás sai do shape.


Com mais manobras sendo criadas, fica praticamente impossível listarmos todas por aqui. Mas, se você sentiu falta de alguma, não deixe de nos avisar nos comentários!

Para você, qual é a manobra de skate mais difícil de ser feita? Já está treinando?

Continue acompanhando a Esportelândia para ficar ainda mais fera no skate!

Aproveite para ir além do mundo do Skate! Confira também nossos outros conteúdos:

Ficha Técnica
Título
As 46 principais manobras de skate: como fazer (com vídeos)
Resumo
Conheça os nomes das principais manobras de skate e aprenda como executar das mais fáceis às mais difíceis em vídeos
Autor

Comentários

Salvar