Conhecer as principais palavras e termos do dicionário do fisiculturismo é essencial para quem busca conhecer mais sobre o esporte de construção de corpos.

Com alguns termos utilizados na língua inglesa, novatos podem ter certa dificuldade em aprender o correto significado e uso de tais nomes.

Diante disso, abaixo será possível conferir o dicionário do fisiculturismo completo, com os principais usos constantes do esporte.

Dicionário do fisiculturismo

Confira a seguir o dicionário do fisiculturismo com todas as palavras mais usadas no dia a dia dos atletas e amantes de bodybuilding.

212

Començando o dicionário do fisiculturismo, a categoria profissional do fisiculturismo masculino na qual os atletas devem pesar no máximo 212 libras, o equivalente a 96 kg.

AEJ

Aeróbico Em Jejum”. Atividade de exercício cardiovascular, como caminhada e esteira, realizada em jejum, logo ao acordar.

AES

Anabolizantes Esteróides”. Grupo de recursos ergogênicos que promovem grande anabolismo muscular.

Anabolismo

Termo que se refere a construção de células mais resistentes partindo de células mais fracas. No dicionário do fisiculturismo, o anabolismo é utilizado como forma de expressar aumento da massa muscular.

Atleta hormonizado

Atleta de fisiculturismo que faz uso de recursos ergogênicos.

Atleta natural

Atleta de fisiculturismo que não faz uso de recursos ergogênicos.

Back Day

Nome popular dado ao dia da semana no qual o atleta, ou entusiasta, vai realizar um treino de dorsais. Além de ser usado no dicionário do fisiculturismo, é um termo bastante comum em ambientes de musculação.

Backstage

Termo concedido ao lugar no qual os competidores ficam antes de subirem no palco. É no  backstage que ocorre a pintura do corpo, o aquecimento antes do palco e as últimas instruções do coach para o atleta.

Banheira de imersão

Estratégia da reta final de preparação na qual o coach coloca em uma banheira alguns sais e água quente. Quando o atleta entrar, a água presente em seu corpo vai ser sugada para fora graças à mistura de sais minerais presentes na banheira.

Bikini

Categoria do fisiculturismo feminino considerada no dicionário do fisiculturismo como a “classe de entrada” pois exige um pequeno volume muscular nas competidores.

Bodybuilding

Termo em inglês que significa o mesmo que fisiculturismo.

Bodybuilder

No dicionário do fisiculturismo, o nome Bodybuilder é dado tanto para a categoria mais pesada do fisiculturismo masculino quanto para os atletas que competem nesta classe.

Bulking

Termo nutricional referente ao processo dietético na qual o paciente, ou atleta, está comendo mais calorias do que gasta com o objetivo de aumentar seu peso corporal. Quando o bulking é realizado com um processo de treinamento de musculação, ocorre a hipertrofia dos músculos.

Cardio

Grupo de exercícios que trabalham a parte cardiovascular, como esteira, bicicleta, caminhada, pular corda e etc

Cintura escapular

Relação da circunferência na região dos ombros e peitorais. De acordo com o dicionário do fisiculturismo, esta é uma das principais medidas que favorecem um físico estético.

Cintura pélvica 

Relação da circunferência na região do umbigo.

Classic Physique

Categoria do fisiculturismo masculino que se remete aos físicos da Golden Era. Sua principal característica física é a sunga preta. Além disso, nesta classe os atletas precisam se encaixar em um limite de peso de acordo com sua altura.

Coach

Termo dado ao treinador de atletas de fisiculturismo.

Condicionamento

Um dos termos mais díficeis do dicionário do fisiculturismo, o condicionamento é relacionado com o nível da condição de pele do atleta.

Ou seja, um competidor com um bom condicionamento possui baixo percentual de gordura, pouquíssima retenção, músculos volumosos e vascularização.

Creatina

Suplemento alimentar usado diariamente por atletas de fisiculturismo e praticantes da musculação. Seu objetivo é trazer mais água para dentro do músculo.

Cutting

Termo designado para uma dieta onde o atleta, ou paciente, consome menos calorias do que gasta. Entrando assim em um processo de perda de gordura.

Além de ser usado com frequência no dicionário do fisiculturismo, é utilizado em clínicas nutricionais.

Day Off

Dia da semana na qual o atleta, ou praticante, não realiza um treino de musculação.

Definição

Definição é o resultado de uma série de fatores que demonstram que o competidor está com um físico definido, ou seja, com pouca gordura.

Nesse sentido, alguns desses fatores são veias visíveis, fibras musculares visíveis, boa contração em lombar e glúteo, por exemplo. 

Deload

Tipo de treinamento que visa dar um descanso regenerativo para o corpo de um atleta de fisiculturismo. Assim, no treino de deload não são utilizadas cargas altas.

Densidade muscular (físico denso)

Aspecto que um músculo possui quando está hidratado e com bom aporte calórico. Um músculo denso é o mesmo que um músculo cheio, dando a impressão de que está empurrando a pele.

Desidratação

Ao fim de uma preparação para competir ocorre a desidratação.

No dicionário do fisiculturismo, a desidratação é um processo que, em cinco dias, o atleta consome quantidades controladas de água a fim de retirar o máximo possível de líquido do seu corpo.

Estrutura corporal

Estrutura corporal no fisiculturismo tem ligação com a genética óssea do atleta. Por exemplo, se ele tem a cintura fina ou grossa.

Fibras musculares

Na anatomia humana é possível notar que os músculos possuem dezenas de fibras que vão de uma ponta a outra.

Quando o atleta de fisiculturismo consegue alcançar o limite da definição, essas fibras ficam aparentes. Alguns grupos musculares, como glúteos e lombar, possuem grande dificuldade de aparecerem suas fibras.

Figure

Em ordem de escala, a Figure é a terceira categoria feminina do fisiculturismo. Nela, as atletas possuem um grande volume de massa muscular, além de apresentarem membros superiores bem desenvolvidos.

Físico estético

Um físico estético é um físico que possui proporções e simetrias ideias para o grande público. Ou seja, não tem um volume muscular assustador, porém, apresenta músculos bem desenvolvidos na medida certa para a sociedade.

Assim, seguindo o dicionário do fisiculturismo, um físico estético geralmente é composto por cintura fina, abdômen marcado, ombros largos e pernas bem trabalhadas.

Físico “dry”

No fisiculturismo, um físico “dry” é um físico que apresenta um baixíssimo nível de gordura corporal.

Físico “Freak”

Termo que é designado para os atletas da Open Bodybuilder que possuem um enorme volume muscular. Em outras palavras, um físico “Freak” é um físico que pode assustar algumas pessoas de tanta massa muscular existente.

Físico “Flat”

Termo que é usado para falar quando um físico está com pouca densidade muscular. Isso acontece em períodos de preparação onde o atleta está comendo poucas calorias, assim, o músculo fica murcho.

Físico “hardness”

Quando um atleta consegue equilibrar seu físico com um ótimo nível de gordura, pouca água de retenção e músculos densos, seu físico fica com a aparência de que vai explodir.

Ao ocorrer esse equilíbrio perfeito, dissemos que o atleta está com um físico “hardness”, ou que apresenta um “ótimo nível de hardness”.

Físico on stage

Segundo o dicionário do fisiculturismo, físico on stage é o shape que o atleta apresenta no palco de fisiculturismo.

Físico retido

Quando um atleta demonstra estar com um físico com uma quantidade maior de retenção na camada que fica entre a pele e o músculo. Isso acaba dificultando a visibilidade dos músculos em dias de competição.

Físico seco

Termo concedido a um competidor que apresentou uma baixa quantidade de gordura corporal. Nesse sentido, dizemos que o atleta está com o físico seco.

Golden Era

Nome dado à época do fisiculturismo entre as décadas de 60 e 70 na qual foi protagonizado por grandes nomes da história do esporte, como Arnold Schwarzenegger e Franco Columbu.

Grupo muscular “fibrando”

O termo “grupo muscular fibrando” é dado quando o atleta realiza uma pose da sua categoria e aparece com algum músculo aparecendo as fibras do mesmo. 

Esse é um dos termos mais importantes do dicionário do fisiculturismo pois é tido como um dos critérios de julgamento para saber se o atleta está com baixo percentual de gordura, já que as fibras musculares só ficam aparentes quando se tem pouca gordura no corpo.

Hipertrofia

Processo decorrente do treino de musculação que tem a finalidade de romper fibras musculares para que elas se regenerem e aumentem o volume do músculo.

IFBB

International Federation of BodyBuilding, “Federação Internacional de BodyBuilding”.

Principal federação de fisiculturismo do cenário mundial de bodybuilding. É responsável pela organização dos shows mais importantes do mundo, como Arnold Classic Ohio e Mr. Olympia.

IFBB Pro League

Braço da IFBB que cuida apenas da realização dos campeonatos profissionais.

Intra Treino

Na sequência do dicionário do fisiculturismo, intra treino é a bebida ou alimento sólido que é consumido durante uma sessão de treinamento com o objetivo de fornecer uma energia rápida.

Geralmente se utiliza carboidratos de rápida absorção e pouca densidade, como paçocas, isotônicos e afins.

Leg Day

Dia da semana, ou dia do treino, onde o foco será trabalhar os membros inferiores.

Low carb

Fase da dieta, ou de apenas uma refeição específica, onde o atleta acaba consumindo uma baixa quantidade de carboidratos.

Maromba

Termo usado tanto para especificar pessoas que treinam musculação quanto o universo de academia, envolvendo estilo de vida, músicas e roupas.

Maturidade muscular

Aspecto do músculo decorrente de vários anos de treino de musculação. Um músculo maduro apresenta níveis de volume e densidade maiores que o de um atleta iniciante.

Men’s Physique

Categoria do fisiculturismo masculino na qual o atleta sobe aos palcos utilizando um shorts de praia como vestimenta.

Músculo “Flat”

Condição que o músculo fica em reta final de preparação. Um músculo “flat” é um músculo vazio, sem preenchimento de glicogênio. Tal esvaziamento é causado graças à quantidade baixa de carboidratos na reta final de pré-contest.

Off-season

Fase na qual o atleta de fisiculturismo está desligado da época de competições. Também pode ser chamada de férias.

Old School

No dicionário do fisiculturismo, Old School pode designar tanto uma época do bodybuilding, por volta dos anos 90, quanto um estilo de vida atual na qual o entusiasta se baseia nesta época por meio de roupas, treinamento, dieta e afins.

Olympia Qualifier

Categoria de shows de fisiculturismo profissionais. Chama-se Olympia Qualififer pois todo atleta que vencer um show profissional consegue sua classificação para o Mr. Olympia.

Open

Categoria de fisiculturismo profissional na qual apenas os maiores atletas do mundo competem. Nesta classe não há limite de peso, ou seja, o competidor pode chegar com o maior volume de massa que conseguir mantendo um percentual de gordura mínimo.

Overall

Título concedido em campeonatos amadores de fisiculturismo. Para se ganhar o Overall, o atleta precisa ser campeão da sua categoria e disputar contra os outros campeões para ver quem será de fato o melhor do show.

Percentual de gordura (BF- Body Fat)

Nível de gordura corporal.

Pós Treino

Refeição, pode ser líquida ou sólida, ingerida após o treino de musculação.

Powerlifter

Modalidade esportiva que consiste no levantamento de cargas utilizando exercícios como levantamento terra, agachamento e supino.

Powerbuilding

É uma modalidade de treinamento de musculação presente no dicionário do fisiculturismo que mistura princípios do powerlifter, como poucas repetições nas séries, e bodybuilding, como exercícios que trabalham apenas um grupo muscular de forma isolada.

Pré-contest

Fase em que o atleta consome menos calorias do que gasta com o objetivo de competir no fisiculturismo.

Preparação

Fase que dura de três a seis meses na qual o atleta está em preparação para subir em um campeonato de fisiculturismo. Ela pode abranger tanto uma dieta de bulking quanto de cutting. Contanto que no final desta periodização haja uma data para o atleta competir.

Pré Treino

Refeição sólida ou líquida que antecede uma sessão de treinamento. Também é o termo designado para um suplemento que visa fornecer energia e foco para o treino por meio de substâncias próprias, como cafeína.

Pro Card ou cartão profissional

Nome do cartão que torna o atleta um competidor de fisiculturismo profissional. Para conquistá-lo, é necessário participar de um show Pro Qualififer e ser campeão Overall.

Progressive Overload

Técnica da musculação que consiste em uma periodização na qual o atleta irá progredindo consistentemente a carga utilizada nos exercícios.

Profundidade de cortes

O quão profunda é a divisão de cada grupo muscular do atleta. É um ponto de análise que demonstra tempo de treino, maturidade muscular, genética e condicionamento.

Proporção

Prosseguindo com o dicionário do fisiculturismo, o termo proporção é a relação que busca atingir o tamanho ideal entre os membros inferiores e superiores sem que um esteja maior que o outro.

Pro Qualififer 

Nome dado para os shows de fisiculturismo que concedem o Pro Card para os campeões Overais.

Protocolo

Termo designado para descrever o documento que o coach passa para o atleta contendo sua dieta, seu treino e seus recursos ergogênicos.

Pump

Aumento do fluxo sanguíneo no músculo que está sendo treinado, fazendo com que ele aparente ser maior.

Além de ser usado no dicionário do fisiculturismo, o termo Pump também é bastante utilizado por praticantes usuais de musculação.

Recursos ergogênicos

Recursos ergogênicos são a classe de fármacos que promovem a hipertrofia muscular. Muitas das vezes, são utilizados por atletas visando o aumento de performance.

Reta final de preparação

Últimos sete dias de uma preparação visando competir. Nesta fase, o atleta passa por desidratação, retirada de sódio e outras estratégias individuais.

Retenção

Acúmulo de água no interstício, camada que fica entre a pele e o músculo.

Shape

Termo em inglês para “físico”.

Shape em “V”

Comum na categoria Men’s Physique, o termo shape em “V” comunica que o atleta deve ter a cintura fina e os ombros largos, fazendo com que seu tronco fique na mesma estrutura que a letra “V”.

Shape em “X”

Termo utilizado no fisiculturismo masculino e feminino para designar um físico estético e com boas proporções e simetrias.

Nesta linha de raciocínio, a cintura do atleta é o centro da letra X, enquanto os  braços e pernas são o restante, dando a impressão de que tudo possui o mesmo tamanho.

Simetria

Relação de tamanho entre os músculos do lado direito e do lado esquerdo do corpo.

Sultão da Simetria

Apelido dado para Flex Wheeler, lendário fisiculturista do fim dos anos 90, que era conhecido por ter a melhor simetria muscular do esporte.

Vascularização

No fisiculturismo, vascularização é um termo usado para comentar sobre o quão aparente as veias estão em determinado físico.

Volume muscular

Volume muscular é o tamanho do músculo dos atletas.

Wellness

Em ordem de escala, a Wellness é a segunda categoria do fisiculturismo feminino. Nela, os principais grupos musculares analisados são glúteos e quadríceps.

Whey Protein

Suplemento alimentar em pó que fornece proteínas como o principal nutriente.

Women’s Physique

Categoria do bodybuilding feminino que visa levar o shape da mulher para o padrão mais alto de massa muscular e definição.

Zero carbo

Fase da dieta, ou de apenas uma refeição específica, onde o atleta não consome nenhuma fonte de carboidratos.

É uma dos termos mais odiados do dicionário do fisiculturismo pois remete a uma fase absurda de restrição calórica.

Foto destaque: reprodução/ Pexels