Antes de mais nada, dentro do bodybuilding há uma busca implacável pelo Pro Card no fisiculturismo. 

Pode até ser estranho para quem acompanha outros esportes, já que na grande maioria das modalidades englobam atletas profissionais. 

Entretanto, ser um atleta Pro do bodybuilding se trata muito mais do que subir em um evento do esporte. Para isso acontecer, é necessário ser vencedor de um campeonato Pro Qualifier

Diante disso, preparamos este guia para entender melhor como ganhar o Pro Card no fisiculturismo e sua importância.

O que é o Pro Card no fisiculturismo?

Para se tornar atleta profissional de bodybuilding é necessário conquistar um cartão profissional. Também chamado de Pro Card

Para isso acontecer, o atleta em questão precisa competir e ganhar o overall de um evento Pro Qualifier. Isto é, ele tem que ganhar de todos os outros competidores da sua categoria, seja masculina ou feminina.

Assim, ao ganhar, o atleta se torna automaticamente um profissional. Entretanto, há casos em que a pessoa desiste de ganhar o cartão e volta a competir no amador.

Isto pode acontecer por vários motivos, desde desânimo quanto ao esporte até a visão de que não está preparado para eventos profissionais.

Por fim, neste aspecto, vale dizer que, se o bodybuilder participar de um evento Pro, ele não pode voltar atrás e competir em um amador.

Para que serve o Pro Card?

Desta maneira, o Pro Card no fisiculturismo serve para o competidor poder participar de eventos profissionais. A principal diferença deles para os amadores vai além da questão financeira (já que a recompensa é bem maior).

Um dos principais motivos que levam um atleta a competir em um Pro Show é a chance de qualificação para o Mr. Olympia.

Ou seja, só há uma maneira de ir até o evento global de culturismo: ganhando um show profissional. Entretanto, vale dizer que há casos onde o atleta não ganha um evento, porém é convidado a participar do Mr.O.

Qual a importância de ser um atleta profissional de fisiculturismo?

Há também outros pilares do fisiculturismo que são mais vistos em shows profissionais.

Além da maior exposição na mídia, o atleta tem uma chance de ser patrocinado por uma grande empresa de suplementos.

Com isso, ele se torna realmente um profissional do esporte. Não necessitando trabalhar com outras coisas a não ser com o fisiculturismo.