Craques de seus esportes, Vinícius Júnior e Lando Norris hoje são grandes referências no futebol e no automobilismo, respectivamente. Em 2024, por exemplo, é muito difícil pensar nessas modalidades sem associá-las a estes nomes.

No entanto, parece que o talento da dupla vai muito além das quatros linhas e das pistas. Afinal, ambos acabaram de ingressar no PlayStation Playmakers, projeto de influência global da empresas de consoles, que busca a promoção de seu novo produto.

Assista ao vídeo publicado por Lando Norris sobre sua relação com PlayStation

Com o intuito de promover as vendas do PlayStation 5, o mais novo console da empresa, a PlayStation convocou Lando Norris e Vini Jr para falarem sobre as suas relações com o videogame e como o mesmo afetou a sua vida.

Começando por Lando, o piloto da McLaren assumiu que o seu contato com os games começou através de seu pai, já com jogos de corrida.

Ganhei meu primeiro console PlayStation quando era… na verdade, meu pai o tinha. E era um PlayStation 2. Meu pai jogava muito, ele jogava jogos de corrida. Ele costumava jogar Gran Turismo 3.

Era muito competitivo entre meu pai, eu, mas também meu irmão.
Obviamente nenhum de nós queria perder. Todos queríamos vencer, vencer uns aos outros e zombar uns dos outros.

Lando Norris
Lando Norris é piloto da McLaren na Fórmula 1 – Icon Sport

O piloto britânico afirma que ter a oportunidade de jogar games de corrida abriu o caminho para a sua carreira de sucesso até a Fórmula 1.

Eu praticamente dei o pontapé inicial em toda a minha carreira. Depois que experimentei um kart, meio que me apaixonei por isso.

Então, quando não estava na pista, pude jogar Gran Turismo. Eu estava aprendendo pequenas coisas, você sabe. Eu estava aprendendo sobre corridas, estava aprendendo todas essas pequenas coisas.

Você ama outros esportes além de automobilismo? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

Vinícius Júnior e o videogame

Para o jogador brasileiro, a relação com o PlayStation difere um pouco da de Lando Norris e se entende para um parâmetro ainda maior, uma vez que preza pelo apelo social. Ainda quando vivia em meio à pobreza, Vini Jr conta que o videogame era o que fazia sonhar.

Eu passava muito tempo em casa, só estava na parte da manhã e na parte da tarde. Eu acredito que foi o momento em que eu virei mais fã da PlayStation, que eu podia jogar tantos jogos e estar tanto tempo dentro de casa.

O videogame acho que influencia pra todas as crianças que querem ser jogadores de futebol. Eu sonhei um dia estar no EA FC como hoje, como jogadores tão jovens que saíram do Brasil, da pobreza. Chegamos aqui e até hoje acredito que todos eles podem sonhar que tudo é possível.

Vini Jr
Vini Jr é atacante do Real Madrid – Icon Sport

O atacante do Real Madrid destaca o poder que os games podem causar em quem os joga e o quanto isso proporciona a pessoa sonhar em chegar em lugares que parecem inimagináveis.

Jogar ainda é muito importante pra mim e eu posso me conectar com meus amigos do Brasil e de qualquer parte do mundo.

É poder sonhar que ‘um dia poderei estar ali dentro daquele videogame fazendo alegria de tantas pessoas, dando orgulho para a minha família, um orgulho para todos os que me acompanham.'

Aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos: