Entenda as principais aberturas do xadrez moderno: a italiana, a siciliana, os princípios para iniciantes e como estudar

Defesa Siciliana, Gambito da Rainha, Jogo Italiano…para um iniciante, as aberturas do xadrez podem parecer uma outra língua ou mesmo um jogo à parte daquele que acontece no tabuleiro.

Elaboradas através de muito cálculo e extensivamente estudadas por jogadores, elas tem sido cada vez mais decisivas nesta era computadorizada do xadrez, onde há muita informação e cada movimento é crucial para o desenvolvimento do jogo.

Abaixo, elaboramos um conteúdo que não só lista as principais aberturas do xadrez, mas aborda sua importância no jogo moderno, explica seus princípios e, claro, dá dicas para o seu uso para iniciantes.

O que é uma abertura?

A abertura do xadrez é o conjunto de movimentos iniciais de um jogador durante uma partida.

Dentro da tradição do esporte, existe uma série de combinações de movimentos preestabelecidos, cada um com um nome — Defesa Siciliana, Gambito da Rainha, etc — e com táticas próprias embutidas, que vão de ocupar uma posição específica no tabuleiro a incitar um ataque agressivo ao adversário.

A questão da nomenclatura, como você pode perceber pelos nomes muito diferentes entre si, é complexa. Mas, via de regra — e pelo menos para as aberturas mais tradicionais — dá se o nome de “abertura” para os movimentos das peças brancas. O conjunto de ações das pretas é geralmente chamado de “defesa”.

A importância das aberturas do xadrez moderno

Importância das Aberturas do xadrez
Nicolas Hippert/ Unsplash)

A aberturas do xadrez são cada vez mais importantes na era computadorizada do esporte.  Com a quantidade de informações disponíveis, o jogo está cada vez mais mapeado e toda ação — e qualquer erro — é essencial para o desenvolvimento de uma partida.

Dessa forma, o xadrez está ainda mais estratégico, com cada vez menos espaço para a intuição e mesmo a criatividade que tanto marcaram períodos mais românticos do esporte.

Nesse contexto, a abertura, pelo menos no alto nível do xadrez, é quem acaba definindo os rumos de uma partida. Nela, os jogadores definem suas táticas e praticamente mapeiam todo o jogo antes mesmo dele ser desenvolvido. Por isso que os erros custam caro. Mas não tanto quanto uma ideia (ou uma abertura) mal escolhida.

Qual a melhor abertura do xadrez?

É muito difícil definir a melhor abertura do xadrez. O jogo, por excelência, é vasto em movimentos e possibilidades. Sem contar que uma jogada boa para as peças brancas não é necessariamente boa para as pretas.

Ainda assim, os estudos de xadrez indicam que, se fosse para escolher somente um movimento, o melhor seria o peão em e4, para as brancas, e o peão em e5, para as pretas.

Esses dois lances ocupam duas das quatro casas consideradas mais importantes do tabuleiro (as outras sendo d4 e d5).

https://www.chess.com/dynboard?fen=rnbqkbnr/pppp1ppp/8/4p3/4P3/8/PPPP1PPP/RNBQKBNR%20w%20KQkq%20e6%200%202&board=green&piece=neo&size=3

Como estudar aberturas do xadrez?

Dizem os enxadristas mais experientes que uma das maiores questões da prática do esporte é exatamente como estudar aberturas do xadrez. É o momento que é mais distante daquilo que faz o jogo tão interessante.

Ainda mais se você se propor a não necessariamente estudar as aberturas mas sim a memorizá-las. Se não dá certo com aquela fórmula de física do colegial que você provavelmente já esqueceu, porque daria certo com infinitos movimentos de peças?

O estudo mais indicado tem três etapas:

  1. Leitura: não há como fugir da parte teórica. Existem diversos livros de xadrez que vão a fundo no estudo das aberturas e neles, mais do que como são, você pode entender o porquê de seu uso.
  2. Análise de partidas: depois de entender e selecionar as aberturas que melhor combinam com as suas ideias, você deve analisar partidas e mais partidas em que elas foram usadas. Uma dica é encontrar um especialista em alguma variante específica e ir a fundo nos grandes momentos dele com ela.
  3. Testar: como falamos, a abertura ganhou enorme dimensão na era computadorizada do xadrez. Assim, depois de ler, selecionar e analisar as minúcias das aberturas, você deve por em prática seus estudos, de preferência contra algum computador que possa, depois de uma partida, analisar a composição da sua abertura.

Princípios de aberturas do xadrez

Ainda que existam inúmeras aberturas do xadrez, muitas delas minuciosamente estudadas e calculadas, a grande dica para os iniciantes é: não se preocupe em memorizar. Ainda.

Praticamente todas as aberturas seguem alguns princípios básicos que norteiam todo o jogador. E que podem (e devem) guiar o seu início de jogo também:

  • Domínio do centro: busque mover as suas peças para ocupar o centro do tabuleiro, melhor ainda com peças que ameacem as pretas em mais de uma casa. Use como referência as casas d4, d5, e4, e5.
  • Proteção do Rei: a segurança do seu Rei é um praxe do jogo, certo? Aqui, a ideia é tê-la garantida antes de começar a desenvolver seriamente o seu jogo; as melhores aberturas são aquelas que conseguem viabilizar a proteção real ao mesmo tempo que preparar o terreno para o ataque.
  • Desenvolvimento progressivo: os melhores jogos são feitos desenvolvendo o máximo de peças progressivamente. Leve em conta a gradação das peças, movendo primeiro as mais “fracas” e sempre com um olho no centro do tabuleiro.
  • Inatividade: princípio que anda junto como desenvolvimento progressivo; no começo da partida, vale mais mover uma peça inativa do que uma ativa duas vezes — contanto que não rompa a sua própria tática de proteção ao Rei, é claro.

Para um iniciante, esses quatro pontos são mais importantes que as próprias aberturas. Seguindo-os, inclusive, você poder executar alguns dos mais famosos movimentos iniciais sem perceber.

Aberturas do xadrez para iniciantes

As melhores aberturas do xadrez para iniciantes são aquelas feitas naturalmente, seguindo os princípios básicos que mostramos acima.

Mas, se mesmo assim você quiser saber quais são as mais indicadas, existem três aberturas muito populares para quem está começando nos tabuleiros, pela simplicidade de sua execução e pela consequência quase imediata na partida — suas explicações mais detalhadas seguem mais abaixo:

  • Abertura Italiana
  • Defesa Francesa
  • Defesa Siciliana

Vá além do xadrez:

Principais aberturas do xadrez

  • Abertura Italiana
  • Gambito da Rainha
  • Abertura Ruy Lopéz
  • Defesa Siciliana
  • Defesa Eslava
  • Defesa Francesa

Abertura italiana do xadrez

Abertura Italiana

A Abertura Italiana é uma das que mais rápido desenvolve os princípios básicos para o início do xadrez. O meio é ocupado rapidamente pelos peões, o bispo já pressiona a saída das pretas e o terreno já fica preparado para o roque no lance seguinte.

Gambito da Rainha

https://images.chesscomfiles.com/uploads/game-gifs/90px/green/neo/0/cc/0/0/bEJaSmtBSkFtQzVRZkE,.gif

Mais popular do que comum (temos a Netflix para agradecer por isso), o Gambito da Rainha sacrifica o peão da Rainha para ter o domínio do centro do tabuleiro com dois peões mais o bispo do Rei.

Abertura Ruy-Lopez

Abertura Ruy-Lopez

Uma das primeiras aberturas estudadas, a Ruy Lopez domina o centro com um bispo e um cavalo e pressiona a saída para o meio das pretas com um agressivo bispo do Rei.

Defesa Siciliana

Abertura Siciliana

A Defesa Siciliana é, além de popular, muito usada por enxadristas de todos os níveis. Talvez seja a principal resposta das pretas no xadrez. Com o avanço do peão do bispo da Rainha, as pretas podem se manter agressivas mesmo em desvantagem de movimentos.

Defesa Eslava

Abertura Eslava

A Defesa Eslava é o oposto da Siciliana no sentido de agressividade. É uma abertura bastante equilibrada, sempre de olho nos princípios básicos, permitindo equiparar o domínio do centro, o desenvolvimento das peças, a proteção real…

Defesa Francesa

Abertura Francesa

A Defesa Francesa é bastante popular também. Apesar de alguns riscos, ela proporciona uma interessante fileira de peões e dá o controle do jogo para as pretas, pelo menos nos movimentos iniciais.

Depois de conhecer as principais aberturas do xadrez, que tal  se aprofundar no xadrez com outros conteúdos Esportelândia? Confira:

*Última atualização em 11 de fevereiro de 2021

Salvar