Longe dos áureos tempos das vitórias e dos títulos, Kelly Slater conseguiu seu último resquício de genialidade quando venceu a etapa de Pipeline em 2022 à beira dos cinquenta anos de idade.

Naquele momento, o GOAT se viu novamente empolgado para conquistar um último título mundial. No entanto, acabou perdendo uma boa chance de aposentar, e o próprio confirmou isso meses depois.

Kelly Slater volta a comentar sobre sua aposentadoria

“Eu nem deveria estar na água”, Kelly Slater comenta sua lesão e a etapa de Pipe
WSL/Brent Bielmann

Se Pipeline em 2022 era o momento perfeito para encerrar com um título, Slater perdeu a oportunidade e seguiu nas competições até não conseguir superar o corte em 2023 e ser convidado (mais uma vez) em 2024.

Agora, depois de uma cirurgia no quadril e dois resultados sem nenhum brilho nos dois primeiros eventos, o norte-americano comentou sobre uma possível aposentadoria após uma de suas baterias em Sunset:

Estou questionando a competição, para ser honesto. Minha confiança não está muito alta.

Eu não surfo há cerca de cinco ou seis dias, simplesmente não tenho praticado. Isso não ajuda na confiança, mas me senti bem lá fora”, afirmou Kelly Slater após ser questionado sobre o assunto após uma bateria.

Se Slater está realmente questionando a competição, suas disputas nas próximas três etapas podem ser as últimas de sua trajetória vitoriosa no surf profissional.

Além disso, caso Kelly não consiga superar o corte, ele provavelmente receberá outro convite da WSL? Não dá para saber, mas é fato que o final da carreira do onze vezes campeão mundial parece estar próximo.

Continue no mundo do surf! Confira também nossos outros conteúdos: