Campeã mundial pela Seleção Brasileira, melhor jogadora do mundo, melhor da Europa, pentacampeã europeia… Há várias formas de descrever Duda Amorim.

A ex-armadora ajudou a transformar a seleção de handebol feminino brasileiro em uma das maiores potências do mundo. 

Por clubes, ela se estabeleceu como uma das principais jogadoras da Europa, com o currículo recheado de títulos.

A história de Duda Amorim é uma das mais vitoriosas de esportistas brasileiros. Não perca tempo e conheça agora mesmo todos os detalhes!

Quem é Duda Amorim?

Duda Amorim jogadora de handebol
Duda Amorim é armadora da Seleção Brasileira de Handebol Feminino

Eduarda Idalina Amorim ou simplesmente Duda Amorim foi uma das maiores jogadoras de handebol da história do Brasil. Ela foi eleita a melhor do mundo em 2014, ajudou a Seleção Brasileira a ser campeã mundial e acumula diversas conquistas por clubes, como o pentacampeonato europeu.

Duda Amorim nasceu em 23 de setembro de 1986, em Blumenau. Foi na cidade catarinense que ela começou a jogar handebol. Saiba mais detalhes dessa história logo abaixo!

Como Duda Amorim começou no handebol?

Duda Amorim começou a jogar handebol aos 11 anos, em Blumenau. Ela foi incentivada por sua irmã mais velha, Ana Amorim, que foi jogadora de handebol e defendeu a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

No início de sua trajetória no handebol, Duda foi campeã dos Jogos Abertos e dos Jogos da Juventude de Recife, além de vice-campeã dos Jogos da Juventude em Goiânia, por São Paulo.

Nas categorias de base da Seleção Brasileira, a armadora conquistou o Mundialito Juvenil em Portugal (2003), o Sul-Americano Juvenil (2004), e foi vice-campeã no Pan-Americano Júnior (2004).

Em seu primeiro time como atleta profissional, Duda Amorim foi vice-campeã da Liga Nacional de Handebol Feminino em 2002 jogando pela Metodista. 

No Brasil, ela ainda defendeu São Caetano, antes de passar a jogar no handebol europeu.

Quais times Duda Amorim defendeu?

Times de Duda Amorim no Handebol
Duda defende o Gyõri ETO KC, da Hungria, desde 2009

Depois de jogar profissionalmente por Metodista e São Caetano, Duda Amorim se transferiu para a Europa em 2005. Naquele ano, ela passou a ser armadora do Kometal Skopje, clube da Macedônia.

Em seu primeiro clube europeu, Duda foi tetracampeã do Campeonato Macedônio de Handebol (2005 a 2008) e tetracampeã da Copa Macedônia de Handebol (2005 a 2008).

Em 2009, a jogadora brasileira se transferiu para a Hungria. Ela passou a defender as cores do Gyõri ETO KC, uma das maiores potências do handebol europeu.

Duda Amorim é pentacampeã europeia pelo Gyõri ETO KC. A armadora conquistou o título da Liga dos Campeões de handebol feminino em 2013, 2014, 2017, 2018 e 2019. Em 2012 e 2016, ela foi vice-campeã. Já em 2010 e 2011, chegou às semifinais.

Duda conquistou também 10 títulos da Nemzeti Bajnokság, o Campeonato Húngaro de Handebol, e 11 títulos também da Magyar Kupa, a copa húngara, antes de sair da equipe, em 2021.

Na Rússia, pelo Rostov-Don, acabou não sendo campeã nenhuma vez. Sua carreira foi encerrada no CSM Bucuresti, da Romênia, onde venceu a Copa da Romênia em 2022.

Atualmente, trabalha na comissão de atletas do Comitê Olímpico Brasileiro.

Times de Duda Amorim

  • 2002-2004: Metodista/São Bernardo
  • 2004-2006: USCS/São Caetano
  • 2006-2009: Kometal Skopje (Macedônia)
  • 2009-2021: Gyõri ETO KC (Hungria)
  • 2021-2022 – Rostov-Don (Rússia)
  • 2022 – CSM București (Romênia)

Vá além do Handebol e confira outros conteúdos:

Trajetória de Duda Amorim na Seleção Brasileira de handebol

Brasil campeão mundial de handebol feminino
Duda foi campeã mundial com a Seleção Brasileira em 2013 e MVP da competição

Extremamente vitoriosa em clubes, Duda Amorim ajudou a elevar o handebol feminino brasileiro a um novo patamar. Em 2013, a armadora foi uma das principais jogadoras na campanha do maior título da história da Seleção Brasileira: o Campeonato Mundial de Handebol Feminino.

Duda foi eleita MVP (Most Valuable Player, ou Jogadora Mais Valiosa) daquele Mundial. 

Ela é atleta da Seleção Brasileira desde 2006. Em sua trajetória pela equipe nacional, além do inédito título mundial, conquistou três títulos dos Jogos Pan-Americanos (2007, 2011 e 2019) — em 2015, Duda retornava de lesão e não participou da competição.

Duda Amorim em Olimpíadas

Seleção Brasileira de Handebol Feminino na Olimpíada do Rio de 2016
No Rio, Seleção Feminina fez a melhor campanha da história do handebol do Brasil nas Olimpíadas

Depois de ver sua irmã mais velha jogar a Olimpíada de Atenas, em 2004, Duda Amorim esteve nas três edições seguintes, em Pequim, em Sydney e no Rio de Janeiro.

Depois de ter ficado em 9º lugar em Pequim, o Brasil evoluiu em suas campanhas. Em Sydney, a seleção foi eliminada nas quartas de final pela Coreia do Sul e ficou em 8º.

Em Londres, Duda e companhia fizeram uma campanha memorável. Depois de ser a primeira colocada de sua chave, a Seleção Brasileira perdeu para a Noruega (que viria a ser bicampeã olímpica) nas quartas de final, ficando no 6º lugar.

Com o status de ter sido campeã mundial em 2013, a Seleção Brasileira Feminina chegou à Olimpíada do Rio, em 2016, como uma das favoritas. Porém, a melhor geração da história do Brasil no handebol não conseguiu a tão sonhada medalha.

Nas quartas de final, a equipe brasileira contou com o apoio de uma torcida extremamente empolgada, mas perdeu para a Holanda, por 32 a 23. 

Apesar da frustração da queda diante das holandesas, a Seleção Brasileira Feminina ficou com o 5º lugar, naquela que foi sua melhor participação.

Títulos de Duda Amorim

Títulos de Duda Amorim pela Seleção Brasileira de Handebol

  • Campeã do Campeonato Mundial de Handebol Feminino em 2013
  • Tricampeã dos Jogos Pan-Americanos (2007, 2011 e 2019)
  • Tetracampeã do Campeonato Pan-Americano de Handebol Feminino (2007, 2011, 2015 e 2019)

Títulos de Duda Amorim por clubes

  • Pentacampeã da Liga dos Campeões da Europa de Handebol (2013, 2014, 2017, 2018 e 2019)
  • Decacampeã do Nemzeti Bajnokság I, o Campeonato Húngaro (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2016, 2017, 2018, 2019)
  • Hendecacampeã da Magyar Kupa, a Copa da Hungria (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2018, 2019, 2021)
  • Tetracampeã do Campeonato Macedônio de Handebol (2005 a 2008) 
  • Tetracampeã da Copa Macedônia de Handebol (2005 a 2008)
  • Campeã da Copa da Romênia (2022)
  • Vice-campeã da Liga dos Campeões da Europa de Handebol em 2012 e 2016
  • Vice-campeã da Liga Nacional de Handebol Feminino em 2002

Prêmios de Duda Amorim

Duda Amorim melhor jogadora da Europa em 2019
Duda Amorim foi eleita a melhor jogadora da Europa em 2019