Tudo sobre o Mundial de Handebol Feminino, quando surgiu, as maiores campeãs, participações do Brasil, regulamento e resultados de 2019

A cada dois anos, o mundo do handebol coroa uma nova seleção campeão mundial feminina. Em 2013, o título ficou com o Brasil.

Depois de superar as fortes concorrentes europeias e se colocar entre as principais potências do esporte, a Seleção Brasileira busca mostrar que pode conquistar mais títulos do Campeonato Mundial de Handebol Feminino.

Em 2019, as principais seleções do planeta se enfrentaram no Japão. O título ficou com a Holanda, que venceu a Espanha por 30 a 29 na final.

Novas campeãs serão conhecidas em 2021. Enquanto aguardamos pela próxima edição, saiba tudo sobre o Mundial de Handebol Feminino!

História do Campeonato Mundial de Handebol Feminino

O Campeonato Mundial de Handebol Feminino foi disputado pela primeira vez em 1957, na antiga Iugoslávia. Na primeira edição, disputada por 9 países, a Tchecoslováquia levou o título ao derrotar a Hungria por 7 a 1 na final.

Desde então, o Mundial de Handebol Feminino cresceu em número de participantes. Na edição de 2019, realizada no Japão, são 24 seleções. Já em 2021, na Espanha, serão 32.

O Mundial de Handebol Feminino é disputado a cada dois anos, sempre nos anos ímpares, desde 1993. 

A primeira participação do Brasil aconteceu em 1995, com o 17º lugar. Já em 2013, a Seleção Brasileira conquistou seu único título do Mundial de Handebol Feminino.

Historicamente, a competição é dominada por seleções europeias. Saiba, a seguir, quem são os maiores vencedores!

Você ama outros esportes além do Handebol? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Quem é o maior campeão da história do Mundial de Handebol Feminino?

França campeã mundial de handebol feminino 2017
Campeã em 2017, França chegou a dois títulos do Mundial de Handebol Feminino

Desde 1957, quando foi disputada a primeira edição do Campeonato Mundial de Handebol Feminino, nenhuma seleção conquistou tantos títulos quanto a Rússia. 

A equipe russa é heptacampeã mundial, tendo sido campeã em 1982, 1986 e 1990 (como União Soviética) e em 2001, 2003, 2005, 2007 e 2009.

Na lista de maiores campeãs, depois da Rússia, vêm a Noruega e a extinta Alemanha Oriental, com 3 títulos, um a mais que a França.

Brasil e Coreia do Sul, com um título cada, são os únicos países fora da Europa que foram campeões mundiais de handebol feminino.

Em toda a história do Campeonato Mundial de Handebol Feminino, 13 países já foram campeões mundiais. Confira, a seguir, quais são eles!

Maiores campeãs do Campeonato Mundial de Handebol Feminino

  • Rússia: 7 títulos
  • Noruega: 3 títulos
  • Alemanha Oriental: 3 títulos
  • França: 2 títulos
  • Brasil: 1 título
  • Alemanha: 1 título
  • Dinamarca: 1 título
  • Sérvia: 1 título
  • Romênia: 1 título
  • Tchecoslováquia: 1 título
  • Hungria: 1 título
  • Coreia do Sul: 1 título
  • Holanda: 1 título

Todas as campeãs do Campeonato Mundial de Handebol Feminino

  • 1957 – Tchecoslováquia
  • 1962 –  Romênia 
  • 1965 – Hungria 
  • 1971 – Alemanha Oriental 
  • 1973 – Iugoslávia 
  • 1975 – Alemanha Oriental
  • 1978 – Alemanha Oriental
  • 1982 – União Soviética
  • 1986 – União Soviética
  • 1990 – União Soviética
  • 1993 – Alemanha
  • 1995 – Coreia do Sul 
  • 1997 – Dinamarca
  • 1999 – Noruega
  • 2001 – Rússia
  • 2003  – França
  • 2005 – Rússia
  • 2007 – Rússia
  • 2009 – Rússia
  • 2011 – Noruega
  • 2013 – Brasil
  • 2015 – Noruega
  • 2017 – França
  • 2019 – Holanda

Todos os medalhistas do Mundial de Handebol Feminino

Ano Sede Campeão Vice-campeão 3º lugar
1957 Iugoslávia Tchecoslováquia Hungria Iugoslávia
1962 Romênia Romênia Dinamarca Tchecoslováquia
1965 Alemanha Ocidental Hungria Iugoslávia Alemanha Ocidental
1971 Holanda Alemanha Oriental Iugoslávia Hungria
1973 Iugoslávia Iugoslávia Romênia União Soviética
1975 União Soviética Alemanha Oriental União Soviética Hungria
1978 Tchecoslováquia Alemanha Oriental União Soviética Hungria
1982 Hungria União Soviética Hungria Iugoslávia
1986 Holanda União Soviética Tchecoslováquia Noruega
1990 Coreia do Sul União Soviética Iugoslávia Alemanha Oriental
1993 Noruega Alemanha Dinamarca Noruega
1995 Áustria e Hungria Coreia do Sul Hungria Dinamarca
1997 Alemanha Dinamarca Noruega Alemanha
1999 Noruega e Dinamarca Noruega França Áustria
2001 Itália Rússia Noruega Iugoslávia
2003 Croácia França Hungria Coreia do Sul
2005 Rússia Rússia Romênia Hungria
2007 França Rússia Noruega Alemanha
2009 China Rússia França Noruega
2011 Brasil Noruega França Espanha
2013 Sérvia Brasil Sérvia Dinamarca
2015 Dinamarca Noruega Holanda Romênia
2017 Alemanha França Noruega Holanda
2019 Japão Holanda Espanha Rússia

Quantas vezes o Brasil foi campeão do Mundial de Handebol Feminino?

Brasil campeão mundial de handebol feminino
Seleção Brasileira de Handebol Feminino foi campeã mundial em 2013

Em 2013, a Seleção Brasileira de Handebol Feminino fez história e conquistou seu primeiro título do Mundial de Handebol. A equipe comandada pelo dinamarquês Morten Soubak venceu todos os 9 jogos que disputou naquela edição. Na final, derrotou a anfitriã Sérvia por 22 a 20.

A goleira Babi foi eleita a melhor jogadora de sua posição no Mundial, enquanto Duda Amorim recebeu o prêmio de MVP (Most Valuable Player, ou Atleta Mais Valiosa) da competição. Na decisão contra a Sérvia, Alexandra marcou 6 gols.

Campanha do título mundial do Brasil no handebol feminino em 2013

Primeira fase

  • Brasil 36 x 20 Argélia
  • Brasil 34 x 21 China
  • Brasil 25 x 23 Sérvia
  • Brasil 24 x 20 Japão
  • Brasil 23 x 18 Dinamarca

Oitavas de final 

  • Brasil 29 x 23 Holanda 

Quartas de final 

  • Brasil 33 x 31 Hungria

Semifinal

  • Brasil 27 x 21 Dinamarca 

Final

  • Brasil 22 x 20 Sérvia

Jogadoras que foram campeãs mundiais de handebol feminino pelo Brasil em 2013

  • Alexandra (ponta direita)
  • Amanda (armadora esquerda)
  • Ana Paula (central)
  • Babi (goleira)
  • Dani Piedade (pivô)
  • Dara (pivô)
  • Deonise (armadora direita)
  • Duda Amorim (armadora esquerda)
  • Elaine (pivô)
  • Fê (ponta esquerda)
  • Hannah (central)
  • Karol (armadora esquerda)
  • Mariana (ponta direita)
  • May (central)
  • Mayssa (goleira)
  • Samira (ponta direita)

O título em 2013 foi a única vez em que o Brasil conquistou uma medalha no Campeonato Mundial de Handebol Feminino. Anteriormente e mesmo depois daquela conquista, a melhor campanha havia sido o 5º lugar em 2011, quando a Seleção Brasileira jogou em casa.

Confira, a seguir, como foram as participações do Brasil no Mundial de Handebol Feminino desde sua estreia, em 1995!

Participações do Brasil no Campeonato Mundial de Handebol Feminino

  • 1995: 17º
  • 1997: 23º
  • 1999: 16º
  • 2001: 12º
  • 2003: 20º
  • 2005:
  • 2007: 14º
  • 2009: 15º
  • 2011:
  • 2013: Campeão
  • 2015: 10º
  • 2017: 18º
  • 2019: 17º

Como funciona o Mundial de Handebol Feminino de 2019?

Mundial de Handebol Feminino de 2019
Brasil encara potências do handebol no Mundial Feminino de 2019

O Mundial de Handebol Feminino de 2019 foi disputado no Japão, por 24 seleções. No formato de disputa adotado, as 24 equipes são divididas em quatro grupos de seis times.

Na fase inicial, todos se enfrentam dentro dos próprios grupos em turno único. Os três melhores de cada grupo avançam à fase seguinte. Já os três últimos colocados disputam a President’s Cup, que define quem fica entre o 13º e o 24º lugar.

Os 12 times classificados para a segunda fase são divididos em dois grupos e carregam com si os resultados da primeira fase. O Grupo 1 é composto pelos classificados dos Grupos A e B, enquanto o Grupo 2 fica com os melhores colocados dos Grupos C e D.

Como carregam os resultados da primeira fase, os times que estavam no Grupo A enfrentam somente as equipes que estavam no Grupo B. O mesmo é válido para os times do Grupo C, que jogam apenas contra quem compunha o Grupo D. Ou seja, cada equipe faz 3 partidas na segunda fase.

Ao final das três rodadas, os dois primeiros colocados de cada chave se classificam para a semifinal para brigar pelo título. Quem fica em terceiro de cada chave disputa o quinto lugar do Mundial de handebol feminino, enquanto quem ficar em quarto disputa o sétimo lugar geral.

Jogos do Brasil no Mundial de Handebol Feminino de 2019

Primeira fase

  • 30 de novembro – Alemanha 30 x 24 Brasil
  • 1º de dezembro – Brasil 19 x 19 França
  • 3 de dezembro – Coreia do Sul 33 x 27 Brasil
  • 4 de dezembro – Dinamarca 24 x 18 Brasil
  • 6 de dezembro – Brasil 31 x 9 Austrália

President’s Cup

  • 8 de dezembro – Brasil 32 x 19 Eslovênia
  • 9 de dezembro – Brasil 22 x 18 Senegal

Com uma vitória, um empate e três derrotas na primeira fase, o Brasil foi eliminado no Campeonato Mundial de Handebol Feminino. A Seleção Brasileira disputou a President’s Cup com os demais times desclassificados na fase inicial para definir sua colocação.

Nos dois últimos jogos de sua participação no Mundial de 2019, o Brasil venceu Eslovênia e Senegal, encerrando sua participação no 17º lugar.

Fora da disputa por medalhas, o Brasil viu a Holanda ser campeã inédita. Na final, as holandesas derrotaram a Espanha por 30 a 29, em um jogo de muita emoção.

Depois do primeiro título da Holanda, precisaremos aguardar até 2021 para ver uma nova seleção ser coroada!

Agora que você já sabe tudo sobre o Campeonato Mundial de Handebol Feminino, aproveite para conferir mais conteúdos sobre handebol:

*Última atualização em 17 de dezembro de 2019

Comentários

Salvar
17 Compart.
Compartilhar5
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin12