Destaque do Brasil na Ginástica Artística, Rebeca Andrade é uma das principais atletas do mundo na modalidade. Após brilhar em Tóquio 2020, conquistando duas medalhas, a paulista de 25 anos quer continuar fazendo história, desta vez nos Jogos Olímpicos de Paris.

Vivendo um grande momento na carreira, Rebeca Andrade ajudou a Seleção Brasileira a conquistar a vaga olímpica para Paris 2024. No Mundial de Ginástica Artística, disputado no ano passado, a equipe feminina conquistou o vice-campeonato.

Rebeca Andrade é sincera ao falar sobre Paris 2024

Focada na preparação para os Jogos Olímpicos de Paris, Rebeca Andrade falou abertamente sobre a pressão por medalhas. Em entrevista ao Olimpíada Todo Dia, a ginasta revelou que não se sente pressionada a ganhar medalhas.

“Todo mundo tem expectativa, mas eu gosto de falar que, o que as pessoas querem que eu faço ou que eu seja, não está nas minhas mãos. Eu só posso controlar o que eu posso segurar e a pessoa que eu posso segurar sou eu. É chegar na competição para fazer o meu melhor. Eu não sou obrigada a voltar com medalhas, mas eu quero medalhas, assim os torcedores também querem”, disse a atleta brasileira.

Falando sobre as expectativas para Paris 2024, Rebeca Andrade destacou que, para ter um bom desempenho, é essencial se preparar bem, trabalhando intensamente nos treinamentos.

“Tudo vai depender do meu trabalho e do que eu vou apresentar lá. Pra eu fazer uma boa apresentação, preciso treinar muito aqui. E pode ser que eu não esteja num dia tão bom, ou também não consiga fazer uma boa apresentação. Mas se eu tiver a certeza, saindo da competição, que eu não poderia fazer nada de diferente, estando no meu melhor dia ou não, é o que vale para mim”

Siga no mundo da Ginástica e confira também outros conteúdos sobre a modalidade: