Na madrugada desta sexta-feira (22), tiveram início as sessões de treino livre para o GP da Austrália, na Fórmula 1 2024. E, como de costume, já começaram também as decisões polêmicas nos bastidores da categoria, principalmente com Alexander Albon.

Isso porque o piloto tailandês acabou sofrendo uma batida na primeira sessão de treinos e teve de ficar fora da segunda atividade por conta do carro ter ficado muito danificado. Mas, visando a corrida do próximo domingo (24), a Williams tomou uma decisão bastante polêmica.

Veja a batida de Alexander Albon no treino livre do GP da Austrália

Você ama outros esportes além de automobilismo? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

Decisão da Williams sobre carro de Albon

Depois da batida de Alexander Albon e a sua não participação no treino livre 2, muitos se perguntaram se o piloto tailandês conseguiria participar da corrida do GP da Austrália. Diante deste cenário, a escuderia inglesa decidiu tomar uma atitude que gerou debate.

Já na manhã desta sexta-feira, a Williams anunciou que o piloto Logan Sargeant não vai correr neste final de semana, e o seu carro será utilizado por Albon no restante das atividades na Austrália.

Ou seja, o veículo do norte-americano será todo repaginado para ser usado por Alexander Albon, enquanto Sargeant ficará sem carro. Em comunicado oficial, a Williams explicou a decisão afirmando que o tailandês é a melhor chance de pontos da equipe.

Chefe de equipe dos ingleses, James Vowles entende que essa é a melhor decisão possível diante da atual adversidade.

Um ponto aqui pode fazer a diferença entre o sexto e o décimo lugar no campeonato, é simples assim.

Por outro lado, Logan Sargeant lamentou a decisão tomada pela sua equipe e classificou esse como um dia que ficará marcado na sua carreira de forma negativa.

É o momento mais difícil que me lembro na minha carreira.

Aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos: