Depois de muita disputa na parte de trás, mas nem tanto na liderança, a temporada de 2023 da Fórmula 1 chegou ao fim. Dessa forma, pilotos e equipes já estão com todas suas atenções voltadas para ano que vem, principalmente Sérgio Pérez.

Aos 33 anos, o mexicano teme que esse possa ser o seu último ano na principal categoria do automobilismo mundial devido ao desempenho muito atrás de Max Verstappen. No entanto, o considerado 2º piloto da Red Bull Racing tem uma justificativa para ter ficado tão atrás assim.

Conheça a trajetória de Sérgio Pérez na Fórmula 1

Você ama outros esportes além de automobilismo? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

Sérgio Pérez explica diferença para Max Verstappen

Em entrevista recente à Fox Sports México, Sérgio Pérez falou pela primeira vez sobre o principal motivo para terminar a temporada tão atrás do companheiro de equipe Max Verstappen na temporada 2023 da Fórmula 1.

Em suma, o mexicano equipe explica que o tão falado carro BR19 possui muita instabilidade na traseira, principalmente nas curvas rápidas.

[Faltava ao RB19] estabilidade na traseira em curvas rápidas e médias.

Quando começou a se desenvolver, acho que fica claro, nesses anos que estamos na Red Bull, quando o carro está mais estável na traseira, isso me favorece mais, sou sempre muito competitivo, muito a par de Max.

Vale lembrar que Sérgio Pérez terminou o ano com 285 pontos, o que não corresponde a nem metade dos conquistados por Max Verstappen, que foram 575 no total.

Quando começo a ter esses problemas [de] instabilidade na traseira, fica mais adequado ao Max.

Acho que também quando começamos a ter esses problemas, fomos na direção errada com a afinação e, no final, compensamos muitas coisas que estavam fundamentalmente lá, mas talvez tenhamos tornado o carro mais fácil de dirigir, mas mais lento e mais duro com os pneus.

Em 2024, Sérgio Pérez esperar conseguir um acerto melhor para o seu, o que vai lhe permitir competir de igual para igual contra Verstappen. Será que o mexicano terá chances de título mundial ano que vem?

Aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos: