O dia não começou bem para Luana Silva na terceira etapa do circuito mundial da WSL. A jovem brasileira acabou ficando na última colocação de sua bateria no primeiro round em Portugal.

Dessa forma, Luana caiu na fase de repescagem juntamente com sua compatriota Tatiana Weston-Webb e Brisa Hennessy. Porém, as brasileiras nem precisaram surfar, já que a atleta da Costa Rica saiu machucada.

Luana Silva derruba Caitlin Simmers, atual campeã em Portugal

Apesar da competição não ser no pico tradicional de SuperTubos, Luana Silva tinha a atual campeã do evento de Portugal pela frente, a sempre perigosa e imprevisível Caitlin Simmers.

No confronto, a brasileira começou com um 4.33 enquanto a norte-americana tinha um 3.63. A troca de notas demorou, mas Luana seguiu construindo seu somatório.

Já na parte final do confronto, Silva abriu boa vantagem com um 5.50. Em seguida, Simmers acordou com um 4.90. Depois disso, a bateria entrou em um jogo de marcação da prioridade, que era da brasileira.

Nos minutos finais, Luana emplacou mais uma ótima nota que rendeu 6.57. Porém, Caitlin também pegou uma boa onda e deixou os fãs preocupados com o resultado final.

Quando a nota da norte-americana saiu, foi um alívio para Luana e os fãs brasileiros. Simmers não conseguiu uma virada no último segundo e tirou 6.17.

A vitória foi muito importante para a jovem do Brasil, que na fase de quartas de final vai enfrentar outra dura adversária, a francesa Johanne Defay.

Continue no mundo do surf! Confira também nossos outros conteúdos: