Em suma, no Miss e Mister 2022, evento de fisiculturismo organizado no último sábado (02), o atleta Ronaldo Ferreira se tornou campeão Master da categoria Bodybuilder. Com um físico condicionado ao extremo, Ronaldo conseguiu se sobressair diante dos outros competidores e sendo classificado como o melhor da noite.

Ainda, vale dizer que o atleta também competiu na Bodybuilder até 80 kg, onde conseguiu ficar em 2°, numa grande batalha sobre os palcos do Teatro Gamaro.

Assim, logo após a grande noite protagonizada por Ronaldo, ele concedeu entrevista exclusiva. Nela, ele comentou alguns detalhes da semana final de preparação, incluindo a dificuldade que enfrenta ao conciliar a rotina de atleta com seu trabalho.

Uma jornada longa no fisiculturismo

Antes de mais nada, vale dizer que o atleta Ronaldo Ferreira já tem um longo trajeto dentro do esporte. Segundo ele, ano passado competiu 6 vezes, sendo que dessas, em 4 ele saiu com o título de 1° lugar. Ou seja, já tem experiência no esporte, fator que o auxilia em momentos finais de preparação.

A minha maior dificuldade é o trabalho, sou caminhoneiro. Conciliar dieta, treino e trabalho é complicado. Principalmente quando é na reta final, começa a desidratar e diminuir o carbo eu fico muito cansado. Fico muito desgastado, mas é uma coisa que faço por amor, todos estão fazendo o mesmo sacrifício. Então faço meu melhor para me tornar campeão no final.

Ronaldo ao lado de seu coach e amigo Neto Personal

Assim, fica claro que Ronaldo Ferreira é um guerreiro diante do fisiculturismo. Além de fazer toda a rotina de atleta 100%, ele encontra forças para dirigir o seu caminhão.

Ronaldo Ferreira afirma que a sensação de competir é diferente de tudo

Por fim, o campeão da Master Bodybuilder reiterou algo que muitos atletas afirmam: a sensação de competir é única. Diante disso, ele disse que nos momentos finais, antes de subir no palco, sempre dá uma adrenalina diferente que só atleta de fisiculturismo já sentiu.

A sensação de competir é única, uma coisa diferente. Você sente o cheiro da tinta e já começa a sentir a adrenalina. Você acaba passando para um outro estágio, só quem é bodybuilder já sentiu isso.