O Jogo das Estrelas da WNBA, evento que reúne os principais talentos da liga norte-americana de basquete feminino, está prestes a acontecer com duas atletas brasileiras, Kamilla Cardoso e Stephanie Soares, tendo chances reais de participar.

Com os votos dos fãs valendo o dobro nesta segunda-feira (17), agora é um momento crucial para garantir a presença dessas jogadoras no evento que será realizado em Phoenix, no dia 20 de julho de 2024.

Brasileiras podem participar do Jogo das Estrelas da WNBA

Jogo das Estrelas da WNBA: confira mais informações

Antes de mais nada, vamos falar um pouco mais sobre as duas brasileiras que podem compor o time das estrelas da WNBA.

Kamilla Cardoso

Brasileiras podem participar do Jogo das Estrelas da WNBA

Kamilla Cardoso é uma pivô brasileira que joga pelo Chicago Sky na WNBA. Em média, Kamilla joga 22,3 minutos por partida, marcando 8,4 pontos, pegando 6,3 rebotes e contribuindo com 1,1 assistências.

Sua eficiência no clube americano é refletida em um aproveitamento de 48,9% nos arremessos de campo e 72,2% nos lances livres.

Stephanie Soares

Brasileiras podem participar do Jogo das Estrelas da WNBA

Stephanie Soares, ala-pivô, também está se destacando na WNBA e possui grandes chances de ser convocada.

Com uma média de 10,8 minutos por jogo, ela registra 1,4 pontos, 2,8 rebotes e 0,8 assistências. Embora suas estatísticas sejam modestas em comparação a Kamilla, Stephanie tem mostrado potencial e pode entrar no jogo.

Formato do All-Star Game

O Jogo das Estrelas deste ano terá um formato único, com a equipe dos EUA enfrentando a equipe WNBA.

A votação dos fãs, aberta até 29 de junho, é crucial para determinar os participantes do jogo das lendas da WNBA.

Os fãs votarão em 10 jogadoras, divididas entre quatro defensores e seis atacantes. As 10 mais votados serão automaticamente selecionados para o All-Star Game.

Caso algum desses jogadores não faça parte da equipe dos EUA, eles serão adicionados à equipe WNBA.

Após a votação dos fãs, uma lista com os próximos 36 mais votados será enviada aos treinadores da liga, que preencherão as vagas restantes na lista de 12 jogadores da equipe WNBA.

Esse processo é o que irá garantir uma oportunidade para que jogadoras talentosas, como as brasileiras Kamilla e Stephanie, sejam reconhecidas e participem do evento.

Veja também: SESI Franca define saída de campeão do NBB para chegada de Georginho