O mundo do automobilismo é conhecido por ser recheado de polêmicas. Desde que a Fórmula E foi criada então, o que mais se vê são piadas em relação ao desempenho dos carros dentro da pista. Agora foi a vez do ex-Fórmula 1 Robert Kubica criticar a categoria.

Durante entrevista ao podcast Gurulandia, o ex-piloto da principal categoria do automobilismo mundial foi bastante direto e objetivo em sua crítica à Fórmula 1. De forma talvez até um pouco exagerada, chegou a comparar a categoria a uma boneca inflável.

A história de Robert Kubica na Fórmula 1

Você ama outros esportes além de automobilismo? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

Crítica à Fórmula E

Ao longo da participação no podcast Gurulandia, Robert Kubica deixou claro o seu desgosto pela Fórmula E, hoje uma das principais categoria do automobilismo, mas que corre com carros elétricos.

O principal motivo para o ex-competidor da Fórmula 1 se colocar contra a modalidade é o fato dos veículos não fazerem barulho durante as corridas.

Não sou contra carros elétricos em circuito, recebi várias ofertas [da Fórmula E] e recusei muito dinheiro. Para mim, um carro competitivo tem que fazer barulho.

Na sequência, de forma até meio cuidadosa, como se não aprovasse o que ele mesmo dissesse, Robert Kubica comparou a categoria a uma boneca inflável.

Tenho um ditado que não deve ser dito muito alto, mas ‘dirigir com isso é como fazer sexo com uma boneca inflável'.

Assista ao episódio completo do podcast com participação de Robert Kubica

Aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos: