O nome do brasileiro Felipe Drugovich vem sendo muito ventilado dentro da Fórmula 1 nas últimas semanas. O campeão da F2 em 2022 segue aguardando uma oportunidade na principal categoria.

Apesar disso, o brasileiro não tem sido tratado como prioridade nas negociações e se vê refém da escolha de Carlos Sainz, principal piloto ainda livre no mercado para a próxima temporada.

Felipe Drugovich perdeu força nos bastidores da Fórmula 1?

Drugovich é apontado como favorito para vaga na Williams, mas com uma condição
Felipe Drugovich segue com seu futuro indefinido [Icon Sport]
Após ser apontado como uma das escolhas da Williams para 2025, Felipe Drugovich parece ter perdido força dentro da equipe. A informação é da jornalista do UOL, Julianne Cesaroli:

Tomei como missão pessoal perguntar no paddock qual é a situação de Drugovich, que foi citado como um possível candidato às vagas na Williams e na Sauber.

As notícias que eu tenho não são boas, porque ele não está como prioridade ou entre os favoritos nem na Williams e nem na Sauber.

Na Williams, com certeza não, mas, na Sauber, pode ser que tenha alguma pequena possibilidade”, explicou a jornalista.

Ainda de acordo com Cesaroli, o brasileiro tem um bom mercado na Fórmula Indy e também seria uma opção na Fórmula 1, se as negociações não estivessem tão abruptas:

Ele [Drugovich] tem uma possibilidade bastante boa na Fórmula Indy e pode negociar com mais tranquilidade, esgotar todas as possibilidades e bater em todas as portas aí.

Ir atrás do Stefano Domenicali [CEO da F1] para ter algum tipo de apoio para um piloto brasileiro, para ajudar na parte política. […] Estaria em boa colocação se o mercado não estivesse tão maluco”, afirmou a repórter.

Siga no mundo do automobilismo e confira também mais algumas notícias sobre a Fórmula 1: