Alison Brendom Alves dos Santos, ou Alison dos Santos, nascido em São Joaquim da Barra em 3 de junho de 2000, é mais conhecido como Piu.

Ele é um atleta brasileiro reconhecido por sua excelência nos 400 metros com barreiras, tendo conquistado medalhas olímpicas e títulos de campeão mundial e pan-americano.

Em termos de marca obtida, ele é classificado como o terceiro melhor atleta do mundo nessa modalidade.

Infância de Alison dos Santos

Alison Brendom Alves dos Santos nasceu em 3 de junho de 2000 em São Joaquim da Barra, Brasil, filho de Gerson e Sueli.

Ele é o caçula de quatro filhos, tendo três irmãs mais velhas: Drieli, Andrieli e Anieli. Seus pais se separaram quando ele era mais jovem.

Com apenas 10 meses, um acidente doméstico deixou Alison com queimaduras de óleo de terceiro grau na cabeça e cicatrizes visíveis.

Enquanto estava na casa de sua avó Geni, uma frigideira de óleo quente virou acidentalmente, derramando o líquido sobre ele e sua avó. Ambos foram hospitalizados por quatro meses no Hospital do Câncer de Barretos.

As cicatrizes do incidente são visíveis em sua testa, couro cabeludo, rosto, peito e braço esquerdo. Para proteger essas áreas do sol, ele usa um boné ou chapéu durante os treinos.

Alison era uma criança tímida, em parte devido às suas cicatrizes, e costumava ficar sozinho em seu quarto até se envolver em esportes.

Começou a praticar judô dos 6 aos 14 anos, ganhando o apelido de Piu durante esse período. No entanto, acabou deixando o judô pelo atletismo, devido ao alto custo do treinamento na primeira modalidade.

Sua família teve dificuldades financeiras para justificar os gastos com o judô, levando-os a ver no atletismo uma oportunidade para ganhar dinheiro e competir em nível nacional.

Alison começou no atletismo em 2013 na Escola Técnica Estadual Pedro Badran (ETEC), onde encontrou não apenas uma paixão, mas também amizades em toda a cidade, estado e país. Aos 16 anos, já competia com adultos.

Carreira de Alison dos Santos

Alison Brendom Alves dos Santos, mais conhecido como Piu, nasceu em São Joaquim da Barra, São Paulo, em 3 de junho de 2000.

Seus primeiros passos no atletismo foram dados no projeto social do Instituto Edson Luciano Ribeiro, sob a orientação do medalhista olímpico Edson Luciano.

Inicialmente, ele se dedicava ao salto em altura, mas sua treinadora, Ana Fidélis, percebeu seu potencial para as provas com barreiras. Com determinação e talento, Alison dos Santos rapidamente se destacou nessa modalidade.

Sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio 2020 foi marcada por um desempenho excepcional na final dos 400 metros com barreiras, considerada a mais rápida da história.

Alison dos Santos conquistou a medalha de bronze com o impressionante tempo de 46s72, um desempenho que teria garantido a vitória em todos os Jogos Olímpicos anteriores.

Antes de Tóquio, ele já havia quebrado o recorde sul-americano cinco vezes e conquistado o Campeonato Mundial em 2022.

Alison também se destacou nos Jogos Pan-Americanos de 2019, onde venceu a prova dos 400 metros com barreiras, estabelecendo um novo recorde pessoal.

Sua jornada rumo ao sucesso internacional começou cedo, aos 19 anos, quando participou do Mundial de Atletismo de 2019 em Doha, alcançando a final e quebrando novamente seu recorde pessoal.

Ao longo de sua carreira, Alison dos Santos continuou a quebrar recordes, estabelecendo-se como um dos melhores do mundo em sua especialidade.

Seus feitos incluem a quebra do recorde sul-americano e o terceiro melhor tempo de todos os tempos na prova dos 400 metros com barreiras.

Em 2022, ele alcançou uma conquista histórica ao se tornar campeão mundial, derrotando os principais adversários e estabelecendo um novo recorde para o Campeonato Mundial.

Alison dos Santos é uma inspiração para atletas brasileiros e uma figura de destaque no cenário internacional do atletismo, mostrando que com determinação, talento e trabalho árduo, é possível alcançar os mais altos patamares do esporte.

Medalhas conquistadas por Alison dos Santos

Jogos Olímpicos

Tóquio 2020: 400m com barreiras – medalha de bronze

Campeonatos Mundiais

Eugene 2022: 400m com barreiras – medalha de ouro

Campeonato Mundial de Revezamentos

Chorzów 2021: 4x400m misto – medalha de prata

Jogos Pan-Americanos

Limas 2019: 400m com barreiras – medalha de ouro

Universíada

Nápoles 2019: 400m com barreiras – medalha de ouro