Após inúmeras temporadas atuando no vôlei italiano, Bruninho Rezende está finalmente retornando ao Brasil para disputar a Superliga Masculina.

No entanto, o veterano ainda tem alguns dos principais objetivos de sua carreira antes disso. O levantador deve participar de sua quinta edição das Olimpíadas pela Seleção Brasileira.

Bruninho confirma as Olimpíadas de Paris como sua última da carreira

Bruninho aposentadoria Seleção Brasileira
Divulgação/Vitória Antunes

Um dos principais pilares da Seleção Brasileira, Bruninho já sabe que os jogos de Paris são o final da linha e também de sua trajetória na competição.

Em entrevista ao portal Volley News da Itália, o capitão da Seleção Brasileira confirmou que a edição de Paris é sua última e que espera terminar essa jornada da melhor forma possível:

Será definitivamente a minha última Olimpíada, então estou particularmente empenhado em jogar bem e encerrar da melhor forma possível.

Não será fácil, estamos nos preparando para uma competição que este ano nos levará a enfrentar equipes realmente muito fortes”, afirmou Bruninho.

Ainda na mesma entrevista, o jogador foi questionado sobre seu retorno ao Brasil após sua vitoriosa passagem na Itália. O veterano explicou que é o momento de rediscutir suas prioridades:

Para mim, é uma escolha de vida. Sou um jogador que teve uma carreira totalitária, colocando o voleibol como prioridade absoluta na vida.

Isso significava consumir muita energia, sacrificar tempo e afastá-lo das prioridades que outras pessoas da minha idade tinham.

Sempre fui um ‘workaholic'. Agora é a hora de começar a rediscutir algumas das prioridades da vida .”

Continue no mundo do vôlei! Confira também nossos outros conteúdos sobre essa modalidade: