Na próxima segunda-feira (3) vai começar a chave principal do principal torneio disputado na grama, Wimbledon 2023. As finais estão marcadas para os dias 15 e 16 de julho. A disputa promete grandes emoções e histórias para a sua 136ª edição.

Neste sentido, Thiago Wild e Felipe Meligeni, os dois brasileiros que estão na disputa masculina do qualificatório de Wimbledon 2023 avançaram. Sendo assim, os tenistas entrarão em ação nesta quinta-feira (29) e na sexta-feira (30). Veja os detalhes!

Felipe Meligeni derrota ex-top 20 da ATP

O paulista foi o primeiro representante brasileiro a entrar em quadra pela segunda rodada do qualificatório masculino. Meligeni enfrentou o uruguaio Pablo Cuevas, que disputava Wimbledon 8ª vez, e venceu por 6/4 e 7/6 (3), 1h23.

A partida entre Felipe Meligeni e Cuevas foi muito equilibrada. Assim, o diferencial do brasileiro foi sua solidez durante toda a partida. Desse modo, na primeira parcial, Meligeni criou quatro chances de quebrar o saque rival e aproveitou uma. Com isso fez 6/4 e largou o confronto na frente.

O segundo set não teve quebras, assim só foi definido no tie-break. No desempate, o brasileiro ganhou todos os pontos em que sacou e após pontuar no saque de Cuevas fez 7 x 3. Dessa forma, ganhou a parcial por 7/6 e deu números finais a partida.

Agora, Felipe Meligeni enfrenta Radu Albot, 5º cabeça de chave da fase previa, quem vencer disputará a chave principal de Wimbledon 2023. A saber, o atleta campineiro busca furar o qualificatório de um Grand Slam pela primeira vez na carreira. Na entrevista depois do jogo, Meligeni mostrou confiança:

“Expectativa é a melhor possível, venho no meu melhor momento da carreira, jogando um bom nível de tênis, bem mentalmente, competindo muito bem, então sinto que estou pronto para saltos maiores. É seguir, pés no chão, falta mais uma e vamos pra cima. Estou bem contente com o trabalho de todos os dias e vamos lá.”

Thiago Wild cresce nos momentos chaves e triunfa

O paranaense eliminou Pierre-Hugues Herbert, ex-top 40, por 2 x 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (4), em 1h40. Com a vitória, Wild se credenciou para a disputa da última rodada da fase prévia. Dessa maneira, vai buscar jogar sua segunda chave principal de Grand Slam seguida, visto que furou o quali de Roland-Garros 2023.

No primeiro set, Wild e Herbert sacaram muito bem, mas o brasileiro conseguiu quebrar o saque do francês uma vez. Assim, o paranaense fez 7/5 e abriu 1 x 0 no jogo. O equilíbrio permaneceu na parcial seguinte que só foi decidida no tie-break.

No desempate, Thiago Wild se sobressaiu nos momentos chaves e anotou 7 x 4 para finalizar a disputa. Na próxima rodada o rival será Tomas Barrios Vera, 133º colocado no ranking da ATP.