O cenário do fisiculturismo nacional viveu um momento de agitação no mês de fevereiro que ficou conhecido como Apocalipse Maromba 2.0.

Essa fase foi marcada por uma série de reestruturações nas equipes de atletas patrocinados pelas principais empresas de suplemento do segmento, resultando em transferências, burburinhos e mudanças gigantes no panorama do esporte no país.

Neste texto iremos te explicar tudo que aconteceu no apocalipse maromba de 2024.

Apocalipse maromba 2.0: o que é e como aconteceu?

Apocalipse Maromba, tudo que aconteceu

Tudo começou com a empresa de Renato Cariani, que se viu envolvida em uma investigação por tráfico.

Esse escândalo levou o influenciador a ser desligado da Max Titanium, uma das maiores marcas do mercado. Como consequência, Cariani encontrou um novo contrato na Growth, outra grande empresa do setor.

Apocalipse maromba 2.0: o que é e como aconteceu?

Sua chegada à Growth reacendeu a amizade com Léo Stronda, que havia sido abalada por uma briga interna. Além disso, trouxe consigo outros grandes nomes da Max Titanium, como Balestrin, Gnomo e Caike Pro.

Esse passo do apocalipse maromba causou um impacto gigante na lista de atletas patrocinados da Max Titanium e melhorou muito a presença da Growth no mercado.

A Growth agora patrocina a MuscleContest

A participação da Growth no Apocalipse Maromba 2.0 também teve consigo a conquista de uma parceria inédita com a MuscleContest, organizadora de alguns dos principais eventos de fisiculturismo no Brasil, incluindo o Mr. Olympia Brasil.

Essa negociação inédita fortaleceu ainda mais a posição da Growth no mercado e abriu novas oportunidades para os atletas patrocinados pela marca.

Além disso, o Apocalipse Maromba 2.0 teve a participação de Ramon Dino, um dos principais atletas do país.

Apocalipse maromba 2.0: o que é e como aconteceu?

Dino chegou a considerar a possibilidade de deixar a Max Titanium para se juntar à Raw Nutrition, empresa gerenciada por Chris Bumstead, seu principal rival no Mr. Olympia.

Porém, essa mudança não se concretizou, deixando o cenário maromba em suspense quanto ao futuro do atleta.

Enquanto tudo isso acontecia, grandes nomes do fisiculturismo brasileiro, incluindo o próprio Ramon e Rafael Brandão, continuam se preparando para o Arnold Classic Ohio 2024, um dos eventos mais importantes do ano.

1 kg só de carboidrato! A dieta de Rafael Brandão para competir é bizarra

A competição, que acontece em março, promete reunir alguns dos melhores atletas do mundo e será um teste para os competidores brasileiros.

Veja também: Arnold Classic Ohio 2024 terá cobertura do Desimpedidos, referência em mídia esportiva nacional

Resumindo, o Apocalipse Maromba 2.0 provocou uma revolução no mercado nacional de fisiculturismo, com transferências de patrocínio que redefiniram o cenário.