Com uma performance espetacular, o Brasil conquista a medalha de ouro por equipes com a seleção brasileira feminina de Ginástica Artística, no campeonato Pan- Americano que encerrou neste domingo (17) na arena Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro (RJ).

Medalha de ouro mais que merecido

Definitivamente, a equipe feminina da seleção brasileria composta por Flávia Saraiva, Rebeca Andrade, Julia Soares, Carolyne Pedro e Lorrane Oliveira, fez um conjunto de apresentações esplêndidas e como resultado a medalha de ouro fez jus a todo esse trabalho.

Em suma, todas as atletas competiram em todos os aparelhos, com exceção de REBECA ANDRADE que atuou somente na trave, salto e paralelas assimétricas.

Rebeca, já é figura conhecida por ter se consagrado campeã com medalha de ouro nas Olimpíadas de 2020 e no salto no Mundial de 2021 em Kitakyushu, Japão , falou sobre essa conquista.

“Esse resultado mostra todo o nosso processo, o nosso trabalho, a confiança uma na outra, nos treinadores. É uma conquista muito grande para todas nós, para o futuro da ginástica, para as novas meninas que estão vindo e mesmo para as que já passaram por aqui. Estamos muito felizes e agora o público que nos aguarde, porque estamos com mais garra ainda”, disse Rebeca.

Do mesmo modo, o destaque vai para Flavia Saraiva, atleta do Flamengo, com uma belíssima apresentação na trave que emocionou o público na Arena Carioca.

Confira a apresentação de Flavia Saraiva, ouro na trave.

Depois da medalha de ouro, olho nas Olimpíadas

O Pan-Americano valia classificação para o Mundial de Liverpool, que começa no final de outubro, onde as cinco primeiro equipes de cinco atletas cada, disputam sua vaga.

Sendo assim, para o Mundial de Liverpool a classificatória com suas pontuações são :

  1. BRASIL – 161.967
  2. EUA – 160.466
  3. Canadá – 157.566
  4. Argentina – 149.932
  5. México – 149

Logo, os medalhistas em Liverpool já se classificam para as Olimpíadas de 2024 em Paris.

Fazendo história 

As ginastas brasileiras comemoraram muito o resultado histórico, mostrando que o Brasil está atualmente entre as potências da Ginástica e preparado para enfrentar os rivais competidores.

Além disso, quebraram finalmente a hegemonia dos Estados Unidos que junto com a Rússia, suspensa por causa da guerra na Ucrânia, são a elite no esporte.

Igualmente, China, Itália, Grã-Bretanha e França também despontam como favoritos nas Olimpíadas de 2024.

Masculino

Sob o mesmo ponto de vista da garantia da vaga para o Mundial, a seleção masculina também subiu ao pódio e fez bonito.

Assim, conquistando a medalha de prata por equipes, ficou atrás apenas dos EUA.

Ainda mais no individual, que das 7 medalhas, 5 delas foram somente de Caio Souza, e da mesma forma, medalha de ouro para Arthur Zanetti nas argolas.

Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Por fim, foram oito equipes classificadas dentre elas, Canadá, Colômbia, México, Argentina, Cuba e Porto Rico.

Foto destaque/Reprodução/CBGinastica oficial