Confira os técnicos campeões da Libertadores: os 13 maiores vencedores, os brasileiros com mais títulos e a lista completa

A Glória Eterna não é destinada somente aos jogadores. Os técnicos campeões da Libertadores também a experimentas, as vezes de maneira até mais intensa que seus comandados.

Os treinadores não são necessariamente os mais importantes, mas geralmente personificam um time e um título, como o São Paulo de Telê nos anos noventa ou o Grêmio de Renato Gaúcho ali em 2017.

No texto a seguir, você confere um conteúdo completo sobre esses técnicos, com direito à lista completa dos vencedores, os brasileiros campeões e com um destaque especial para os 13 mais bem-sucedidos no torneio.

Qual é o técnico com mais títulos da Libertadores?

Carlos Bianchi é o técnico com mais títulos da Libertadores. O argentino, apelidado de Mr. Libertadores, conquistou o maior torneio da América quatro vezes: uma com o Vélez Sarsfield, em 1994, e outras três com o Boca Juniors, em 2000, 2001 e 2003.

Treinadores com mais títulos da Copa Libertadores

  1. Carlos Bianchi
  2. Osvaldo Zubeldía
  3. Roberto Scarone
  4. Lula
  5. Manuel Giudice
  6. Pedro Dellacha
  7. Juan Carlos Lorenzo
  8. Luis Cubilla
  9. Telê Santana
  10. Luiz Felipe Scolari
  11. Paulo Autuori
  12. Edgardo Bauza
  13. Marcelo Gallardo

Marcelo Gallardo

Marcello Gallardo durante jogo do River Plate
(Reprodução/CONMEBOL)

Títulos: 2
Anos: 2015, 2018
Times: River Plate

Marcelo Gallardo é um dos mais lembrados técnicos campeões da Libertadores. Claro, o fato das conquistas serem recentes contribui para essa impressão, mas o trabalho do Muñeca é definitivamente marcante.

A vitória na edição de 2018, por exemplo, consagrada no clássico contra o Boca Juniors, é inesquecível. O mesmo clássico marcou também a edição de 2015, quando os Millionários superaram (com ajuda deles próprios) nas oitavas.

Mais do que o sucesso dentro de uma das maiores rivalidades do mundo, foi o bom futebol que balizou as conquistas do River de Gallardo. Ofensivo e bem jogado, foi talvez o grande responsável não só pelas conquistas mas pela presença da equipe em cinco de seis semifinais entre 2015 e 2020.

Edgardo Bauza

Edgardo Bauza é um dos maiores técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 2008, 2014
Times: LDU, San Lorenzo

Edgardo Bauza também é um dos marcantes técnicos campeões da Libertadores. No seu caso, o posto foi alcançado por ter conseguido dois títulos com times que não eram exatamente potências latinas na época.

Adepto de um futebol pragmático mas extremamente competente e competitivo, o Patón também se consagrou dentro das torcidas da LDU e do San Lorenzo, por ter conduzido os times às suas primeiríssimas conquistas do torneio.

Paulo Autuori

Paulo Autuori, um dos técnicos campeões da Libertadores
(Fernando Pilatos/Gazeta Press)

Títulos: 2
Anos: 1997, 2005
Times: Cruzeiro, São Paulo

Não se deixe enganar pelo jeito calmo, discreto, até, deste treinador. Paulo Autuori é um dos mais bem-sucedidos técnicos campeões da Libertadores.

O comandante do Bi do Cruzeiro e do Tri do São Paulo liderou suas equipes à campanhas tão sólidas quanto vitoriosas. De quebra, montou times tão competitivos quanto agradáveis de se assistir.

Luiz Felipe Scolari

técnicos da seleção brasileira felipão

Títulos: 2
Anos: 1995, 1999
Times: Grêmio, Palmeiras

Ainda que tenha uma Copa do Mundo no currículo e seja o maior vencedor da história da Copa do Brasil é para a Libertadores da América que Luiz Felipe Scolari parece ter sido feito.

Aguerrido, astuto e emotivo na beira do campo, Felipão é um dos técnicos campeões da Libertadores que moldaram a imagem do torneio. Tanto que os títulos que venceu foram decisivos para as identidades modernas dos times com os quais os ganhou, do Grêmio “copeiro” ao “obcecado” Palmeiras.

Telê Santana

Telê Santana está entre os grandes técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 1992, 1993
Times: São Paulo

Telê Santana pode não ter encarnado o torneio como alguns de seus compatriotas, mas ainda assim é um dos mais importantes técnicos campeões da Libertadores. O seu São Paulo do começo dos anos noventa elevou a Copa ao que é hoje, já que trouxe de vez os brasileiros.

A equipe bicampeã de 1992-93 jogão tão bem e levantou tantos troféus com a dobradinha do Mundial Interclubes que nenhum outro clubes daqui resistiu à desejar também a sua própria Glória Eterna.

Luis Cubilla

Luis Cubilla está entre os principais técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 1979, 1990
Times: Olimpia

Luis Cubilla é, entre os técnicos campeões da Libertadores, aquele com o maior intervalo entre suas conquistas.

Onze anos separam os títulos do uruguaio com o paraguaio Olimpia. Além de equipes diferentes, portanto, o treinador venceu em praticamente dois esportes diferentes: o “romântico” futebol dos anos 1970 e o já globalizado soccer dos anos 1990.

Juan Carlos Lorenzo

Juan Carlos Lorenzo é um dos técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 1977, 1978
Times: Boca Juniors

Juan Carlos Lorenzo é outro dos mais importantes técnico campeões da Libertadores. Ao final dos anos setenta, o argentino não sabia, talvez até supunha, mas estava dando partida a uma das mais ricas histórias do torneio.

O bicampeonato de 1977-78 representou as primeiras conquistas de um dos maiores vencedores da competição, o Boca Juniors. As demais vitórias xeneizes se deram somente no século seguinte, mas a tradição, a dupla e viciante sensação da Glória Eterna começou ali, com o trabalho de Juan Carlos.

Pedro Dellacha

Pedro Dellacha está entre os principais técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 1972, 1975
Times: Independiente-ARG

É simplesmente natural que tenhamos comandantes do Independiente entre os mais bem-sucedidos técnicos campeões da Libertadores. Estamos falando do Rey de Copas, afinal de contas. Curioso, na verdade, é o fato de Pedro Dellacha ter apenas duas conquistas do torneio.

O treinador foi quem abriu em 1972 a conquista do tetracampeonato dos Rojos mas “só” teve a oportunidade de fechá-la, em 1975.

Talvez tenha sido justamente a alternância no comando que possibilitou a até hoje inigualável sequência, mas impediu um tamanho ainda maior do argentino na história do futebol sul-americano e, por que não, mundial.

Manuel Giudice

Manuel Giudice é um dos grandes técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 1964, 1965
Times: Independiente

Manuel Giudice abre a sequência dos primeiros técnicos campeões da Libetadores — bicampeões, melhor dizendo.

A abertura mais importante, porém, é a dos títulos do Independiente. Dez anos depois da conquista dupla de Giudice, o Rey de Copas já tinha seis títulos. Na década seguinte, então, já tinha somado conquistas o suficiente para se manter por um tempo entre os maiores campeões da história da competição.

Lula

Luis Alonso Perez, o Lula, foi um dos técnicos mais vezes campeão brasileiro na história
(Reprodução/Acervo Gazeta Press)

Títulos: 2
Anos: 1962, 1963
Times: Santos

Um dos mais vitóriosos técnicos campeões da Libertadores e o técnico com mais títulos brasileiros, Lula foi um gigante da área técnica e uma lenda do Santos.

Se a realeza —  de Pelé, Pepe e cia — que mandava a campo de certa forma diminuiu o seu destaque como treinador, sua imensa coleção de trofeús no período não deixa espaço para questionamentos quanto à sua competência como líder. Tampouco como vencedor.

Roberto Scarone

Roberto Scarrone é um dos grandes técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 2
Anos: 1960, 1961
Times: Peñarol

Roberto Scarone não é somente um dos mais importantes técnicos campeões da Libertadores; é também o primeiro deles.

O uruguaio “abriu os trabalhos” do torneio de maneira brilhante, conduzindo o Peñarol a um bicampeonato que, ainda por cima, definiria o clube como uma potência continental e até mundial da época.

Vá além do futebol! Confira:

Osvaldo Zubeldía

Osvaldo Zubeldía é um dos maiores técnicos campeões da Libertadores

Títulos: 3
Anos: 1968, 1969, 1970
Times:

Osvaldo Zubeldía faz parte de um seleto grupo, o dos técnicos campeões da Libertadores com pelo menos três títulos. Ele tem o Estudiantes a agradecer por isso. Ou seria o clube que tem de ser grato a ele?

Reconhecimentos à parte, o mérito do argentino é mais do que claro. Afinal, é o único treinador tricampeão consecutivo da história do maior torneio da América.

Carlos Bianchi

Carlos Bianchi treinador argentino

Títulos: 4
Anos: 1994, 2000, 2001, 2003
Times: Vélez Sarsfield, Boca Juniors

Carlos Bianchi é um titã, um colosso do continente e quaisquer outros adjetivos que caibam ao treinador com mais títulos da Libertadores. Isolado na história da competição com quatro troféus, o argentino se eternizou para além de suas conquistas.

O tricampeão Boca Juniors que montou no começo dos anos 2000 é uma equipe imortal, com craques do quilate de Juan Román Riquelme e resultados inesquecíveis como as vitórias sobre Real Madrid e Milan no Mundial. Um gigante — taí outro belo adjetivo.

Lista de todos os técnicos campeões da Libertadores

  • 1960: Roberto Scarone/URU (Peñarol)
  • 1961: Roberto Scarone/URU (Peñarol)
  • 1962: Lula (Santos)
  • 1963: Lula (Santos)
  • 1964: Manuel Giudice/ARG (Independiente)
  • 1965: Manuel Giudice/ARG (Independiente)
  • 1966: Roque Máspoli/URU (Peñarol)
  • 1967: Juan José Pizzuti/ARG (Racing Club)
  • 1968: Osvaldo Zubeldía/ARG (Estudiantes)
  • 1969: Osvaldo Zubeldía/ARG (Estudiantes)
  • 1970: Osvaldo Zubeldía/ARG (Estudiantes)
  • 1971: Washington Etchemandi/URU (Nacional)
  • 1972: Pedro Dellacha/ARG (Independiente)
  • 1973: Humberto Maschio/ARG (Independiente)
  • 1974: Roberto Ferreiro/ARG (Independiente)
  • 1975: Pedro Dellacha/ARG (Independiente)
  • 1976: Zezé Moreira (Cruzeiro)
  • 1977: Juan Carlos Lorenzo/ARG (Boca Juniors)
  • 1978: Juan Carlos Lorenzo/ARG (Boca Juniors)
  • 1979: Luis Cubilla/URU (Olimpia)
  • 1980: Juan Martín Mujica/URU ( Nacional)
  • 1981: Paulo César Carpeggiani (Flamengo)
  • 1982: Hugo Bagnulo/URU (Peñarol)
  • 1983: Valdir Espinosa (Grêmio)
  • 1984: José Omar Pastoriza/ARG (Independiente)
  • 1985: José Yudica/ARG (Argentinos Juniors)
  • 1986: Héctor Veira/ARG (River Plate)
  • 1987: Oscar Tabárez/URU (Peñarol)
  • 1988: Roberto Fleitas/URU (Nacional)
  • 1989: Francisco Maturana/COL (Atlético Nacional)
  • 1990: Luis Cubilla/URU (Olimpia)
  • 1991: Mirko Jozić/IUG (Colo-Colo)
  • 1992: Telê Santana (São Paulo)
  • 1993: Telê Santana (São Paulo)
  • 1994: Carlos Bianchi/ARG (Vélez Sársfield)
  • 1995: Luiz Felipe Scolari (Grêmio)
  • 1996: Ramón Díaz/ARG (River Plate)
  • 1997: Paulo Autuori (Cruzeiro)
  • 1998: Antônio Lopes (Vasco da Gama)
  • 1999: Luiz Felipe Scolari (Palmeiras)
  • 2000: Carlos Bianchi/ARG (Boca Juniors)
  • 2001: Carlos Bianchi/ARG (Boca Juniors)
  • 2002: Nery Pumpido/ARG (Olimpia)
  • 2003: Carlos Bianchi/ARG (Boca Juniors)
  • 2004: Luis Fernando Montoya/COL (Once Caldas)
  • 2005: Paulo Autuori (São Paulo)
  • 2006: Abel Braga (Internacional)
  • 2007: Miguel Ángel Russo/ARG (Boca Juniors)
  • 2008: Edgardo Bauza/ARG(LDU)
  • 2009: Alejandro Sabella/ARG (Estudiantes)
  • 2010: Celso Roth (Internacional)
  • 2011:Muricy Ramalho (Santos)
  • 2012: Tite (Corinthians)
  • 2013: Cuca (Atlético Mineiro)
  • 2014: Edgardo Bauza/ARG (San Lorenzo)
  • 2015: Marcelo Gallardo/ARG (River Plate)
  • 2016: Reinaldo Rueda/COL (Atlético Nacional)
  • 2017: Renato Gaúcho (Grêmio)
  • 2018: Marcelo Gallardo/ARG (River Plate)
  • 2019: Jorge Jesus/POR (Flamengo)
  • 2020: Abel Ferreira/POR (Palmeiras)

Técnicos brasileiros campeões da Libertadores

  • Lula (Santos): 1962, 1963
  • Zezé Moreira (Cruzeiro): 1976
  • Paulo César Carpeggiani (Flamengo): 1981
  • Valdir Espinosa (Grêmio): 1983
  • Telê Santana (São Paulo): 1992, 1993
  • Luiz Felipe Scolari (Grêmio, Palmeiras): 1995, 1999
  • Paulo Autuori (Cruzeiro, São Paulo): 1997, 2005
  • Antônio Lopes (Vasco da Gama): 1998
  • Abel Braga (Internacional): 2006
  • Celso Roth (Internacional): 2010
  • Muricy Ramalho (Santos): 2011
  • Tite (Corinthians): 2012
  • Cuca (Atlético-MG): 2013
  • Renato Gaúcho (Grêmio): 2017

Depois de conhecer todos os técnicos campeões da Libertadores, que tal ler mais sobre futebol brasileiro? Acesse:

*Última atualização feita em 5 de abril de 2021

Salvar