Entenda como os times do Campeonato Chinês têm tanto dinheiro, qual o limite de estrangeiros, campeões, artilheiros e recordes

Nos últimos anos, uma pergunta passou a ser feita no mundo do futebol: de onde vem tanto dinheiro gasto pelos clubes que disputam o Campeonato Chinês?

A resposta passa por incentivos do governo e por quem são os donos dos times de futebol da China.

As equipes da Superliga Chinesa são comandada por empresas, tanto da iniciativa privada quanto públicas. A maioria dos clubes usa os nomes dessas companhias.

O Guangzhou Evergrande, por exemplo, é comandado pelo Evergrande Real Estate Group e pelo Alibaba Group. Já o Shandong Luneng é comandado pelo Luneng Group. 

Essas empresas recebem isenção fiscal do governo chinês e incentivos do presidente Xi Jinping, torcedor fanático de futebol. E é por isso que temos visto clubes brasileiros e até europeus perderem jogadores para clubes chineses. 

Agora que você já sabe de onde vem tanto investimento no futebol, fique com a gente e descubra quem são os maiores vencedores, os grandes artilheiros e todos os detalhes da história do Campeonato Chinês!

Quando e como surgiu o Campeonato Chinês?

A Superliga Chinesa surgiu em 2004, quando a federação de futebol do país asiático organizou pela primeira vez o Campeonato Chinês no formato que é disputado atualmente. A competição substituiu a antiga Liga Jia-A, que, em 1994, tornou-se a primeira liga de futebol profissional da China. 

O desenvolvimento do Campeonato Chinês faz parte do Plano de Desenvolvimento do Futebol Chinês, lançado pelo Comitê para a Reforma, uma das principais instituições do regime comunista.

O presidente Xi Jinping é torcedor fanático de futebol e grande incentivador do esporte no país. Como metas, o plano traçou que a China deva ser campeã asiática até 2030 e que conquiste uma Copa do Mundo até 2050.

O governo de Xi Jinping tem sido determinante para que os clubes chineses sejam tão ricos e consigam pagar altos salários, dando isenções fiscais e até incentivos financeiros para clubes que tenham vínculos com instituições públicas. 

Regras do Campeonato Chinês

O Campeonato Chinês é disputado por 16 equipes. A liga é realizada em formato de disputa de pontos corridos, com turno e returno. 

Os três primeiros da Superliga Chinesa, assim como o vencedor da Copa da China, se classificam para a Liga dos Campeões da Ásia do ano seguinte. Já os dois últimos colocados são rebaixados.

Em calendário similar ao do Campeonato Brasileiro, a Superliga Chinesa começa em fevereiro ou março (primavera na China) e é encerrada em outubro ou novembro (início do inverno).

Em 2020, por causa da pandemia de Covid-19, o Campeonato Chinês foi iniciado em julho e teve um formato diferente, com as 16 equipes divididas em dois grupos de 8. Duas cidades (Dalian e Suzhou) foram escolhidas com as sedes dos grupos.

Limite de estrangeiros e teto salarial do Campeonato Chinês

No Campeonato Chinês, há regras de limites de jogadores estrangeiros e de investimentos.

Cada equipe pode inscrever no máximo 5 jogadores estrangeiros em seu elenco. Mas durante as partidas, são permitidos apenas 4 estrangeiros em campo ao mesmo tempo, de qualquer nacionalidade.

Ou seja, se o estrangeiro que estiver no banco de reservas for acionado no decorrer da partida, ele somente poderá substituir outro estrangeiro.

Cada equipe pode inscrever apenas um atleta naturalizado que não tenha nenhum
grau de parentesco chinês. Os brasileiros Elkeson, Ricardo Goulart e Aloísio se enquadram nessa regra.

Há a obrigatoriedade de contar com um chinês de até 23 anos no time titular em cada partida e de, no mínimo, três no elenco.

Para a edição de 2020, houve uma mudança importante que pode limitar a entrada de atletas de outros países: a imposição de um teto salarial.

A partir de janeiro de 2020, os atletas estrangeiros terão um limite de vencimentos no Campeonato Chinês de 3 milhões de euros por ano (cerca de R$ 13,5 milhões), enquanto os chineses só poderão receber, no máximo, 10 milhões de yuans (R$ 5,8 milhões) por ano. Jogadores que representem a seleção nacional poderão receber até 20% acima do teto.

As equipes do Campeonato Chinês têm um teto de investimento anual de 1 bilhão de yuans. Deste valor, apenas 60% podem ser destinados a pagamentos de salários e bônus.

Dario Conca no Campeonato Chinês
Argentino Dario Conca chegou a ser o terceiro jogador mais pago do mundo quando atuou na China

Quem é o maior campeão do Campeonato Chinês?

O Guangzhou Evergrande é o time com mais títulos na história da Superliga Chinesa. Para se consolidar como o maior campeão do Campeonato Chinês, o Guangzhou venceu o campeonato nacional 7 vezes consecutivas (2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017), além de ter levado também a edição de 2019, totalizando 8 títulos.

A sequência de títulos do Guangzhou Evergrande havia sido quebrada pelo Shanghai SIPG, campeão chinês em 2018.

Shangai SIPG campeão chinês em 2018
Shangai SIPG foi campeão chinês em 2018 e encerrou série de 7 títulos do Guangzhou Evergrande

Na história do Campeonato Chinês, 8 clubes já foram campeões: Shenzhen Jianlibao, Dalian Shide, Shandong Luneng, Changchun Yatai, Beijing Guoan, Shanghai SIPG, Guangzhou Evergrande e Jiangsu Suning.

O último time a se juntar à lista de campeões da Superliga Chinesa foi o Jiangsu Suning, campeão da temporada 2020.

Maiores campeões do Campeonato Chinês

  • Guangzhou Evergrande: 8 títulos
  • Shandong Luneng: 3 títulos
  • Shanghai SIPG: 1 título
  • Dalian Shide: 1 título
  • Changchun Yatai: 1 título
  • Beijing Guoan: 1 título
  • Shenzhen Jianlibao: 1 título
  • Jiangsu Suning: 1 título

Todos os campeões do Campeonato Chinês, ano a ano

  • 2004: Shenzhen Jianlibao
  • 2005: Dalian Shide
  • 2006: Shandong Luneng
  • 2007: Changchun Yatai
  • 2008: Shandong Luneng
  • 2009: Beijing Guoan
  • 2010: Shandong Luneng
  • 2011: Guangzhou Evergrande
  • 2012: Guangzhou Evergrande
  • 2013: Guangzhou Evergrande
  • 2014: Guangzhou Evergrande
  • 2015: Guangzhou Evergrande
  • 2016: Guangzhou Evergrande
  • 2017: Guangzhou Evergrande
  • 2018: Shanghai SIPG
  • 2019: Guangzhou Evergrande
  • 2020: Jiangsu Suning

Quem é o maior artilheiro do Campeonato Chinês?

Elkeson maior artilheiro do Campeonato Chinês
Elkeson é o maior artilheiro do Campeonato Chinês e se naturalizou para jogar pela China

O maior artilheiro da Superliga Chinesa é o atacante brasileiro Elkeson. Em agosto de 2019, ele ultrapassou o chinês Wu Lei, até então o maior goleador da história do Campeonato Chinês.

Contratado pelo Espanyol, da Espanha, em janeiro de 2019, Wu Lei deixou a disputa do Campeonato Chinês com 102 gols marcados em 172 partidas. 

Já Elkeson alcançou 103 gols marcados no Campeonato Chinês ao balançar as redes na partida entre Guangzhou Evergrande e Beijing Gouan, em 11 de agosto de 2019.

Ao fim do Campeonato Chinês de 2020, Elkeson somava 111 gols em toda a sua história na liga nacional.

Ex-jogador do Botafogo, Elkeson chegou à China em 2013, para defender o Guangzhou Evergrande. No Campeonato Chinês, ele atuou também pelo Shangai SIPG.

Elkeson era também o maior artilheiro de uma única edição da Superliga Chinesa, até ser ultrapassado em 2019. Quer saber mais detalhes? Confira mais abaixo!

Maiores artilheiros da história do Campeonato Chinês

  • Elkeson – 111 gols
  • Wu Lei – 102 gols

Quem é o maior artilheiro de uma edição do Campeonato Chinês?

Eran Zahavi maior artilheiro de uma edição do Campeonato Chinês
O israelense Eran Zahavi bateu o recorde de Elkeson e se tornou o maior artilheiro de uma edição do Chinês

O recorde de gols em um ano no Campeonato Chinês pertencia a um brasileiro até 2019. Elkeson era o maior artilheiro em uma edição da Superliga Chinesa, com 28 gols marcados em 2014, quando defendia o Guangzhou Evergrande. Porém, sua marca foi quebrada pelo israelense Eran Zahavi, que marcou 29 gols na edição de 2019, jogando pelo Guangzhou R&F.

Na história do Campeonato Chinês, seis brasileiros foram artilheiros de alguma edição. Recordista de gols em 2014, Elkeson já havia sido o maior goleador em 2013. Além dele, Éber, Muriqui, Aloísio, Ricardo Goulart e Marcão foram artilheiros da Superliga Chinesa.

Confira, a seguir, todos os artilheiros da história do Campeonato Chinês!

Todos os artilheiros do Campeonato Chinês, ano a ano

  • 2004: Kwane Ayew (Gana) – 17 gols
  • 2005: Branko Jelic (Sérvia) – 21 gols
  • 2006: Li Jinyu (China) – 26 gols
  • 2007: Li Jinyu (China) – 15 gols
  • 2008: Éber (Brasil) – 14 gols
  • 2009: Luis Alfredo Ramírez (Honduras) e Hernán Barcos (Argentina) – 17 gols
  • 2010: Duvier Riascos (Colômbia) – 20 gols
  • 2011: Muriqui (Brasil) – 16 gols
  • 2012: Cristian Danalache (Romênia) – 23 gols
  • 2013: Elkeson (Brasil) – 24 gols
  • 2014: Elkeson (Brasil) – 28 gols
  • 2015: Aloísio (Brasil) – 22 gols
  • 2016: Ricardo Goulart (Brasil) – 19 gols
  • 2017: Eran Zahavi (Israel) – 27 gols
  • 2018: Wu Lei (China) – 27 gols
  • 2019: Eran Zahavi (Israel) – 29 gols
  • 2020: Marcão (Brasil) e Cédric Bakambu (Congo/França) – 11 gols

Vá além do mundo do Futebol! Confira também nossos outros conteúdos:

Quais foram os melhores jogadores do Campeonato Chinês?

Ricardo Goulart no Guangzhou Evergrande
Ricardo Goulart foi eleito o MVP do Campeonato Chinês em duas temporadas
  • 2004: Zhao Junzhe (China)
  • 2005: Branko Jelic (Sérvia)
  • 2006: Zheng Zhi (China)
  • 2007: Du Zhenyu (China)
  • 2008: Emil Martínez (Honduras)
  • 2009: Samuel Caballero (Honduras)
  • 2010: Duvier Riascos (Colômbia)
  • 2011: Muriqui (Brasil)
  • 2012: Cristian Danalache (Romênia)
  • 2013: Darío Conca (Argentina)
  • 2014: Elkeson (Brasil)
  • 2015: Ricardo Goulart (Brasil)
  • 2016: Ricardo Goulart (Brasil)
  • 2017: Eran Zahavi (Israel)
  • 2018: Wu Lei (China)
  • 2019: Paulinho (Brasil)
  • 2020: Alex Teixeira (Brasil)

Todos os anos, o melhor jogador do Campeonato Chinês recebe o prêmio de Most Valuable Player (MVP). O maior vencedor dessa premiação é o brasileiro Ricardo Goulart, que foi o craque da Superliga Chinesa tanto em 2015 quanto em 2016.

Além de Ricardo Goulart, quatro brasileiros já foram MVP do Campeonato Chinês: Muriqui, Elkeson, Paulinho e Alex Teixeira.

Outros dois jogadores com passagens pelo Campeonato Brasileiro também receberam a premiação: o colombiano Duvier Riascos e o argentino Darío Conca.

Que técnico venceu mais vezes o Campeonato Chinês?

Luiz Felipe Scolari tricampeão Campeonato Chinês
Felipão foi tricampeão do Campeonato Chinês à frente do Guangzhou Evergrande

Dois treinadores dividem o recorde de títulos do Campeonato Chinês. Tanto o italiano Marcelo Lippi quanto o brasileiro Luiz Felipe Scolari, o Felipão, foram 3 vezes campeões da Superliga Chinesa. Ambos foram tricampeões pelo Guangzhou Evergrande.

Lippi venceu o Campeonato Chinês em 2012, 2013 e 2014. Já Felipão foi tricampeão nos anos seguintes (2015, 2016 e 2017).

Veja, a seguir, quais treinadores foram campeões da liga chinesa.

Treinadores campeões do Campeonato Chinês

  • 2004: Zhu Guanghu (China)
  • 2005: Vladimir Petrović Pižon (Sérvia)
  • 2006: Ljubiša Tumbaković (Sérvia)
  • 2007: Gao Hongbo (China)
  • 2008: Ljubiša Tumbaković (Sérvia)
  • 2009: Hong Yuanshuo (China)
  • 2010: Branko Ivanković (Croácia)
  • 2011: Lee Jang-Soo (Coreia do Sul)
  • 2012: Marcello Lippi (Itália)
  • 2013: Marcello Lippi (Itália)
  • 2014: Marcello Lippi (Itália)
  • 2015: Luiz Felipe Scolari (Brasil)
  • 2016: Luiz Felipe Scolari (Brasil)
  • 2017: Luiz Felipe Scolari (Brasil)
  • 2018: Vítor Pereira (Portugal)
  • 2019: Fabio Cannavaro (Itália)
  • 2020: Cosmin Olaroiu (Romênia)

Com a experiência de técnicos estrangeiros e o investimento para contratação de estrelas do futebol mundial, a China espera transformar o Campeonato Chinês em uma das principais ligas do planeta.

Agora que você já sabe tudo sobre a Superliga Chinesa, aproveite para conhecer mais sobre outras importantes competições do futebol mundial:

*Última atualização em 12 de novembro de 2020

Comentários

Salvar
52 Compart.
Compartilhar46
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin6