A fase de Sergio Pérez é complicada na Fórmula 1. O piloto mexicano que renovou seu contrato com a Red Bull não vem alcançando resultados satisfatórios nas últimas corridas.

O desempenho vexatório de Checo, principalmente no GP do Canadá, começou a ligar um alerta dentro da Red Bull sobre a decisão pela sua renovação em um contrato de duas temporadas.

Pérez abre o jogo e espera melhora nas próximas corridas

Pérez sofre as consequências de atuação desastrosa no Canadá e recebe punição
Icon Sport

Deixando a desejar, Sergio Pérez explicou o motivo de seus últimos resultados dentro da Fórmula 1. Segundo o piloto, as negociações para sua renovação foram desgastantes e afetaram seu desempenho: 

Sempre há um processo a seguir em toda negociação, o que nem sempre é agradável de fazer entre as corridas, quando tudo está a mil.

Então é muito bom tirar essa distração para a equipe e para mim do caminho para que possamos nos concentrar no desempenho puro, e eu acho que essa é a melhor coisa para a nossa equipe”, completou Pérez.

É fato que o mexicano precisa se recuperar e rápido, já que o vice-campeonato das últimas temporadas está ameaçado por nomes como Charles Leclerc, Lando Norris e Carlos Sainz.

Todos esses pilotos figuram na frente de Checo, que no atual momento ocupa somente a quinta colocação, bem longe do desempenho de seu companheiro Max Verstappen, que deve ser tetracampeão mundial em 2024.

Gosta de Fórmula 1? Então siga no mundo do automobilismo e confira também mais alguns textos sobre a categoria: