Antes de mais nada, a temporada de 2022 da Fórmula 1 promete ser uma das mais emocionantes dos últimos tempos. Já que aconteceram diversas surpresas no primeiro treino classificatório da categoria, no Bahrein. Entretanto, a grande surpresa foi a Ferrari, que colocou Charles Leclerc na 1ª posição (pole position). Assim, Leclerc foi seguido do atual campeão mundial Max Verstappen (Red Bull) e Carlos Sainz (Ferrari).

Além disso, a Haas conseguiu uma excelente 7ª posição com Kevin Magnussen, e o estreante pela Alfa Romeo, Valterri Bottas, ficou na 6ª posição. Já a Mercedes não conseguiu bons tempos. Assim, Lewis Hamilton ficou apenas na 5ª posição, enquanto George Russell ficou com o 9º melhor tempo.

O que você vai conferir neste post:

Q1 da Fórmula 1

Em suma, o treino classificatório da Fórmula 1 no Bahrein começou com a Ferrari num ritmo muito forte. Assim, Charles Leclerc e Carlos Sainz fizeram a dobradinha logo no começo, seguido por Max Verstappen. Entretanto, após garantirem os excelentes tempos, os três pilotos não voltaram para a pista no Q1.

Por outro lado, a grande decepção deste Q1 foi a McLaren de Daniel Ricciardo. Em suma, o piloto australiano não saiu em momento algum da zona de corte para o Q2, e no final da regressiva, acabou na 18ª posição. Então, foram eliminados Yuki Tsunoda (AlphaTauri) (16º), Nico Hulkenberg (Aston Martin) (17º), Daniel Ricciardo (McLaren) (18º), Lance Stroll (Aston Martin) (19º) e Nicholas Latifi (Williams) (20º). Vale lembrar que a Haas colocou seus dois pilotos no Q2, coisa que não acontecia desde o GP do Brasil de 2019.

Q2

Assim que começou o Q2 da Fórmula 1, Red Bull e Ferrari continuaram seu duelo particular na ponta da tabela. Contudo, desta vez, quem ficou com o melhor tempo no início foi o holandês da equipe austríaca, Max Verstappen. Seguido por Leclerc e Sainz (Ferrari). Porém, a diferença entre Verstappen e Leclerc era considerável. E faltando 30 segundos para o fim, Carlos Sainz superou o companheiro de equipe. Assim, ficando em 2º lugar.

Por fim, foram eliminados Esteban Ocon (Alpine) (11º), Mick Schumacher (Haas) (12º), Lando Norris (McLaren) (13º), Alexander Albon (Williams) (14º) e Guanyu Zhou (Alfa Romeo) (15º). Mais uma vez, a Haas surpreendeu, colocando Kevin Magnussen no Q3.

Q3

No 3ª e derradeira parte do treino classificatório da Fórmula 1, mais uma “trocação” entre Red Bull e Ferrari. Desta vez, quem saiu na frente foi a escudeira italiana. Assim, Carlos Sainz fez o melhor tempo na 1ª volta, com 1:30.6, seguido por Leclerc, 44 milésimos atrás, e Verstappen, 56 milésimos atrás. Enquanto isso, as duas Mercedes (de Lewis Hamilton e George Russell) não conseguiram um bom tempo, ficando em 5º e 6º lugar, respectivamente.

Por fim, na 2ª tentativa de cada piloto (com exceção de Magnussen e Bottas, que fizeram apenas uma tentativa de volta rápida), o monegasco baixou o tempo para 1:30.558, e assumiu a ponta. Portanto, ficou com a pole position, Já que seu grande rival nesta sessão, Verstappen, não conseguiu melhorar seu tempo e ficou com 2º lugar, largando na 1ª fila ao lado de Leclerc. Carlos Sainz ficou em 3º. Ainda no fim, Bottas, Magnussen e Alonso melhoraram seus tempos. Assim, empurrando Russell para a 9ª posição.

  1. Charles Leclerc (Ferrari): 1:30.558
  2. Max Verstappen (Red Bull): 1:30.681
  3. Carlos Sainz (Ferrari): 1:30.687
  4. Sergio Perez (Red Bull): 1:30.921
  5. Lewis Hamilton (Mercedes): 1:31.238
  6. Valterri Bottas (Alfa Romeo): 1:31.560
  7. Kevin Magnussen (Haas): 1:31.800
  8. Fernando Alonso (Alpine): 1:32.195
  9. George Russell (Mercedes): 1:32.216
  10. Pierre Gasly (AlphaTauri): 1:32.338

Foto Destaque: Divulgação/F1