O VakifBank, da ponteira Gabi, foi até a Itália enfrentar o Milão, uma das estrelas do voleibol mundial, Paola Egonu, em um confronto entre os líderes do grupo na Champions League.

Apesar de ser um confronto direto entre as melhores equipes de um grupo difícil da competição, o time turco tinha poucas chances de realmente mudar as coisas.

Gabi é a melhor em quadra mas VakifBank terá vida dura

Gabi faz grande partida, mas VakifBank fica na saudade e tem duro chaveamento
Divulgação/VakifBank

Em um jogo equilibrado e complicado, como esperado, o VakifBank conseguiu uma vitória diante do Milão no tie break. As parciais terminaram com 25/20, 25/17, 22/25, 18/25 e 15/12.

Gabi foi um dos maiores destaques do jogo e saiu como a melhor jogadora em quadra, mesmo sem ser a maior pontuadora, que foi a estrela Paola Egonu, com 20 pontos.

Por outro lado, Gabi marcou 11 pontos, mas seu grande impacto positivo na defesa garantiu o prêmio de craque da competição.

Mesmo com o triunfo, o VakifBank ainda terminou em segundo no grupo, atrás do Milão. Dessa forma, a equipe precisará passar pela fase de oitavas de final da competição, enquanto as italianas avançam direto às quartas.

Sendo assim, o próximo oponente de Gabi e suas companheiras na competição será o Rzeszow da Polônia. Caso avance, a equipe terá pela frente o Conegliano, provável futuro time da brasileira.

Continue no mundo do vôlei! Confira também nossos outros conteúdos sobre essa modalidade: