O Brasil sempre revela muitos talentos e exporta para todo o mundo, isso vale para todos os esportes. Ana Eliza é uma goleira brasileira que vem mostrando o potencial na Espanha. Agora, a mineira tem um final feliz no país, jogando na 1ª divisão com a camisa do Amarelle.

A jogadora passou a temporada de 2022/23 com muitos desafios, atuando com o Sala Zaragoza. Isso porque a brasileira chegou a passar fome, teve salários atrasados e pressões psicológicas. A atleta teve que contar com ajuda do marido, da família e de pessoas próximas para continuar lutando pelo seu sonho.

Novo clube e final feliz para Ana Eliza

A goleira brasileira vinha se preparando após sair do Sala Zaragoza, em busca de uma oportunidade que pudesse dar as condições ideais para apresentar o seu potencial nas quadras. Visto que a mineira, de 23 anos, mostrou capacidade no ano, mas enfrentou um time que não dava o tratamento desejado para o seu trabalho.

Desta forma, a atleta assinou um contrato com o Amarelle e continua na 1ª divisão espanhola para brilhar com a camisa de uma equipe com estrutura.

Ana Eliza conta detalhes da escravidão vivida na Espanha

A brasileira deu uma entrevista para o Esportelândia e contou sobre o ocorrido durante a temporada 2022/23. Não à toa, já teve que ficar de forma ilegal na Espanha por falta de apoio e também de conhecimento sobre as documentações necessárias para permanecer no país. O momento foi marcado por choros e abraços das companheiras de time.

+ [ENTREVISTA] Ana Eliza detalha escravidão psicológica vivida no futsal espanhol

A goleira afirmou que teve muitas dificuldades atuando com a camisa do Sala Zaragoza e contou algumas situações difíceis quando atuava pelo time da Espanha. No entanto, a conversa também rendeu muitos momentos descontraídos e alguns planos da atleta. Ana confidenciou que já estava nas tratativas para acertar com o novo clube e o sonho de estar na Seleção Brasileira.