Energia, dedicação e muita competência. Esses atributos marcam a trajetória de Jorge Sampaoli até aqui e fazem dele um técnico de renome no futebol atual.

Da carreira frustrada como jogador de futebol para a trajetória vitoriosa como técnico, Jorge Sampaoli segue em busca de deixar seu nome marcado na história do esporte.

Venha conferir tudo sobre a carreira de Jorge Sampaoli, os títulos, os clubes que dirigiu, curiosidades e sua passagem pelo Brasil.

Quem é Jorge Sampaoli

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
A vibração e o “jogar junto” marcam a carreira do treinador

Jorge Sampaoli, nascido em 13 de março de 1960, no pequeno município de Casilda (ARG), é um técnico de futebol e ex-jogador.

Como atleta, o argentino teve uma história bastante curta. Fez boa parte das categorias de base no Newell's Old Boys, de 1977-1979, mas nunca chegou a atuar nos principais torneios da Argentina.

Com 19 anos, em 1979, foi atuar nas competições amadoras de Casilda, mas uma grave lesão na perna fez com que tivesse que abandonar a carreira de jogador.

Após 18 anos do seu abandono do campo como jogador de futebol, o argentino decidiu ser treinador de futebol e assumiu o pequeno clube de sua cidade natal, o Alumni de Casilda.

Desde então, Sampaoli segue no ramo e é, atualmente, um dos principais treinadores de futebol da escola argentina.

Quais times Jorge Sampaoli treinou

O técnico Jorge Sampaoli já comandou 20 clubes ao longo de sua carreira, contando com alguns times que disputam campeonatos amadores ou de menor expressão no futebol argentino.

Sampaoli começou como técnico em 1994, treinando a equipe amadora do Alumni de Casilda, da Argentina, que disputava competições da Liga Casildense, formada por clubes da região da Casilda, pequeno município Argentino, e por times das proximidades. 

Depois disso, passou por outras equipes que disputavam o mesmo torneio. Nas principais ligas, Sampaoli conquistou sua primeira oportunidade de peso em 2002, na equipe do Juan Aurich, do Peru. 

Mostrando trabalhos sólidos e com metodologia bem definida, Sampaoli foi ganhando destaque e conquistando oportunidades em clubes mais consolidados. 

Times que Jorge Sampaoli treinou

Clube Período
Alumni de Casilda 1994–1995
Belgrano de Arequito 1996
Argentino de Rosário 1996–1997
Alumni de Casilda 1997
Belgrano de Arequito 1998
Aprendices Casildenses 1999–2000
Argentino de Rosário 2000
Alumni de Casilda 2001
Juan Aurich 2002
Sport Boys 2003
Coronel Bolognesi 2004-2006
Sporting Cristal 2007
O'Higgins 2008-2009
Emelec 2010
Universidad de Chile 2011–2012
Seleção Chilena 2012–2016
Sevilla 2016–2017
Seleção Argentina 2017–2018
Santos 2019
Atlético Mineiro Desde 2020

Não fique preso ao futebol! Conheça histórias marcantes de outros esportes:

Primeiro trabalho de destaque de Jorge Sampaoli

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
Os primeiros títulos de Sampaoli foram na Universidad de Chile

Depois de rodar por alguns clubes de menor relevância, principalmente em relação ao nível do futebol sul-americano, Sampaoli teve sua primeira grande chance em 2011, quando foi contratado pelo Universidad do Chile.

Na época, a equipe da capital chilena vivia grande fase e era uma das grandes forças do continente. O trabalho do técnico deu liga rapidamente e, logo no primeiro ano, ele conquistou os Torneios Apertura e Clausura e também o título da Copa Sul-Americana, segunda competição mais importante da América do Sul.

Em 2012, o técnico voltou a conquistar o torneio Apertura, aumentando ainda mais sua visibilidade. Com isso, a Federação Chilena fez o convite para que o técnico se tornasse comandante da Seleção do Chile, e ele não titubeou em aceitar.

Trajetória de Sampaoli na Seleção Chilena

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
O chile de Sampaoli bateu nos pênaltis a Argentina e se sagrou campeão da Copa América de 2015

Na Seleção Chilena, Jorge Sampaoli fez seu trabalho de maior destaque. Contratado para ser o comandante da equipe em 2012, a seleção logo conseguiu o acesso para a Copa do Mundo de 2014.

Na Copa, fez uma campanha bastante digna. A equipe avançou na primeira fase e encarou a Seleção Brasileira nas oitavas de final. Em um confronto bastante equilibrado, o Brasil conseguiu eliminar o Chile apenas nas disputas de pênaltis.

A Seleção Chilena nunca havia conquistado nenhum título em toda a sua história no futebol sul-americano e, graças ao bom trabalho do técnico argentino, esse cenário mudou.

Com um estilo característico de Jorge Sampaoli, o Chile passou a controlar as ações dos jogos, independentemente do adversário. 

Foi na Copa América de 2015 que Jorge Sampaoli mostrou para o mundo a capacidade do seu time. A equipe fez uma campanha intocável e sagrou-se campeã de forma invicta, sendo esse o primeiro título da história do país no futebol. 

Passagem de Sampaoli pelo Sevilla

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
No Sevilla, o argentino teve sua primeira oportunidade na Europa

A boa campanha na Copa do Mundo e o título da Copa América fizeram com que o velho continente olhasse para Sampaoli com mais carinho. 

Em 2016, o Sevilla anunciou a contratação do técnico argentino, em um contrato de 2 temporadas. A equipe havia sido tricampeã da Liga Europa e queria alçar voos mais altos.

O começo do Sevilla de Jorge Sampaoli foi empolgante, e a equipe mostrava atributos para disputar na parte de cima da tabela do Campeonato Espanhol.

Já no fim da temporada, quando o Sevilla ocupava a 4ª colocação, o trabalho de Jorge Sampaoli foi interrompido.

Sampaoli recebeu uma proposta para comandar a Seleção Argentina, que vivia uma crise e estava próximo de não se classificar para a Copa do Mundo de 2018, por conta de uma péssima campanha nas eliminatórias.

O sonho de comandar a seleção de seu país falou mais alto, e Jorge Sampaoli assumiu a equipe albiceleste no dia 1º de junho de 2017.

Como foi a passagem de Sampaoli pela Seleção Argentina

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
Sampaoli não foi capaz de conduzir a Argentina para o título da Copa do Mundo de 2018

 A Argentina vivia um momento de crise política no comando do futebol, e isso atrapalhava fortemente o desempenho da seleção. A equipe estava fora da zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018, pouco mais de um ano para a disputa do torneio.

Após a demissão de Edgardo Bauza, o nome de Sampaoli era unanimidade. Ele assumiu com a missão de classificar a Argentina para a Copa do Mundo e melhorar o desempenho da equipe, que mesmo recheada de craques, com o comando de Lionel Messi, apresentava futebol bem decepcionante.

A missão foi cumprida, e a Argentina de Sampaoli conquistou a vaga para a Copa do Mundo com vitória na última rodada das Eliminatórias. No Mundial, a equipe avançou até as oitavas de final, quando foi eliminada por 4 a 3 pela França, que posteriormente seria campeã

Trabalho de Sampaoli no Santos

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
Primeiro time de Sampaoli no Brasil foi o Santos

Em 2018, a Federação Argentina de Futebol anunciou a saída de Sampaoli da Seleção Argentina. 

No final desse mesmo ano, o Santos era surpreendido com o anúncio de que o atual técnico, Cuca, iria dar uma pausa na carreira por problemas de saúde e deixaria o comando da equipe ao final da temporada.

Buscando um nome que assumisse e levasse o time praiano de volta a conquista de títulos importantes, o Santos investiu pesado na contratação de Jorge Sampaoli e o anunciou ainda no final de 2018.

O argentino chegou para assumir a equipe em 2019 e viveu momentos conturbados logo de início. 

Decepcionado com a diretoria santista, que havia prometido alguns reforços e não cumpriu essa promessa, Jorge Sampaoli reclamou publicamente com a diretoria, principalmente com o presidente José Carlos Peres.

A turbulência entre o técnico e o presidente seguiu até o final do ano. Normalmente uma briga dessa magnitude seria motivo suficiente para a demissão do técnico, mas o trabalho dentro de campo do argentino se sobressaia.

O Santos de Sampaoli jogava um futebol ofensivo, e a torcida aprovava o trabalho do técnico.

Mesmo com a eliminação precoce no Campeonato Paulista, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil, o Santos mostrava consistência no Campeonato Brasileiro.

A excelente campanha da equipe comandada por Jorge Sampaoli levou o Santos a terminar em 2° lugar no campeonato nacional.

Os 74 pontos conquistados seriam o suficiente para a conquista em diversos anos anteriores, mas o Flamengo destoou nessa temporada e atingiu a melhor campanha da história do Campeonato Brasileiro de pontos corridos com 20 times participantes, com 90 pontos conquistados.

O trabalho de Sampaoli chegou ao fim no término da temporada. A última partida do Santos sob o comando do Argentino foi justamente diante do Flamengo, na 38ª rodada do Brasileiro, em que o Santos aplicou uma sonora goleada de 4 a 0, mostrando que o trabalho foi bem executado. 

Trajetória de Sampaoli no Atlético Mineiro

Jorge Sampaoli, técnico de futebol
Domínio e ofensividade marcam o estilo de jogo de Sampaoli no Atletico Mineiro

Em 2020, Jorge Sampaoli decidiu continuar seu trabalho em solo brasileiro. Após tratativas frustradas com o Palmeiras no início do ano, o argentino foi anunciado como técnico do Atlético Mineiro. 

Com o comando de Sampaoli a equipe conquistou o título do Campeonato Mineiro, vencendo o Tombense pelo placar agregado de 3 a 1. 

O argentino tem contrato firmado com a equipe mineira até dezembro de 2021.

Títulos de Jorge Sampaoli como técnico

Jorge Sampaoli conquistou 6 títulos como treinador. O mais importante deles foi a Copa América de 2015, no comando da Seleção Chilena. Ainda no futebol chileno, ele foi campeão da Copa Sul-Americana, bicampeão do Torneio Apertura e campeão do Torneio Clausura, todos pela Universidad de Chile. O sexto título da carreira de Sampaoli foi o Campeonato Mineiro de 2020, pelo Atlético.

Universidad de Chile

  • Copa Sul-Americana: 2011
  • Torneio Apertura: 2011, 2012
  • Torneio Clausura: 2011

Seleção do Chile

  • Copa América: 2015

Atlético Mineiro

  • Campeonato Mineiro: 2020

Prêmios individuais

Apesar de curta, a carreira de Sampaoli já é bastante notável. Em 2015, após a conquista da Copa América pela Seleção Chilena, Jorge Sampaoli foi indicado para o prêmio “técnico do ano” da Fifa.

Disputando com Luis Enrique, campeão da Champions League com o Barcelona, e Pep Guardiola, o técnico argentino ficou em terceiro lugar na eleição.

Essa foi a principal indicação para prêmios de toda a carreira de Sampaoli, mas ele também foi indicado em outras premiações e inclusive vencendo algumas delas. Confira:

  • El Gráfico – Treinador do Ano: 2011
  • Treinador do Ano no Chile: 2011
  • Seleção da Copa América: 2015
  • IFFHS – Treinador de Seleções do Ano: 2015
  • Treinador Sul-Americano do Ano: 2015

Biografia de Jorge Sampaoli

  • Nome completo: Jorge Luis Sampaoli Moya
  • Data de Nascimento: 13 de março de 1960
  • Local de Nascimento: Casilda, Argentina
  • Altura: 1,67 m

Curiosidades de Sampaoli

Passeios de bicicleta e entrada de crianças aos treinos

Além do campo e do extracampo, Jorge Sampaoli ficou marcado durante a sua passagem pelo Santos pela simplicidade. 

O argentino costumava ir aos treinos da equipe santista de bicicleta, prática bastante incomum na classe dos treinadores brasileiros.

Além disso, o treinador liberava a entrada de crianças para assistir aos treinos do Santos, tirava fotos e costumava bater um papo descontraído com a criançada.

Exigências

Outro fato interessante que marca a trajetória de Jorge Sampaoli são suas exigências. Aqui no Brasil, por exemplo, tanto no Santos como no Atlético Mineiro, o treinaror fez uma série de exigências para acertar o contrato com as equipes brasileiras.

Os pedidos de Sampaoli são principalmente em cima de reforços. O treinador exige que os clubes que ele dirige tenham um elenco forte para as disputas, e abusa nas pedidas de contratações para reforçar o time, mesmo que isso ultrapasse os limites financeiros dos clubes que ele dirige.

Essas e outras exigências foram fatores determinantes para que o Palmeiras desistisse da contratação do treinador, no início de 2020, mesmo depois de ter acertado as bases salariais. 

Agora que você conhece a história completa de Jorge Sampaoli, que tal conhecer a vida de outras figuras importantes do futebol? Confira:

*Última atualização em 27 de outubro de 2020